Casamento Divórcio e Novo Casamento Download PDF

Casamento, Divórcio e Novo Casamento

casamento e divorcio

 Brian Kocourek

 

1 – O irmão Branham disse que há somente uma razão para que um homem possa se casar novamente, e que é se sua esposa havia mentido para ele antes que ele se casou com ela a respeito dela ser virgem, o que faz com que ela não somente seja uma fornicadora, mas uma mentirosa, e eles entraram no contrato de casamento sob falsos pretextos. Se ele a repudia por qualquer outro motivo e ela se casa novamente, ele é culpado de incitá-la ao adultério.  Se ele se casa novamente por qualquer outro motivo ele comete adultério. Não importa se ela comete adultério contra ele depois que eles são casados. Ele pode repudiá-la por isso, mas não para se casar outra vez.

2 – Jesus disse em Mateus 5:31-32 Também foi dito: Qualquer que deixar sua mulher, dê-lhe carta de divórcio. Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de prostituição, faz que ela cometa adultério, e qualquer que casar com a repudiada comete adultério.

3 – Novamente Jesus disse em  Mateus 19:7-9 Disseram-Lhe eles: Então, por que mandou Moisés dar-lhe carta de divórcio, e repudiá-la? Disse-lhes Ele: Moisés, por causa da dureza dos vossos corações, vos permitiu repudiar vossas mulheres; mas ao princípio não foi assim. Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, não sendo por causa de fornicação, e casar com outra, comete adultério; e o que casar com a repudiada também comete adultério.

4 –  O irmão Branham deixou isso bem claro em  Perguntas e Respostas nº 9 (28/06/1959) Agora, temos mais uma e então terminamos. Vamos ver: “Irmão Bill, qual é a diferença entre fornicações e adultério, Mateus 19:9?”. Jesus disse em Mateus 19:9:Qualquer que repudia sua mulher e se casa com outra, a menos que seja por causa de fornicações, comete adultério”. A diferença entre fornicações e adultério, a palavra poderia aplicar-se de uma e de outra maneira. Mas para deixar claro o que Ele estava falando ali, isso – uma mulher que não é casada não pode cometer adultério, porque ela não tem marido para cometer adultério contra ele. Isto é imundície para ela. Ela tem que confessar aquilo para o seu marido antes que eles se casem, se ela fez isto. Se não e seu marido descobre isto mais tarde, ele tem o direito de deixá-la, porque ela fez um voto falso. Pois a Bíblia disse: “Seja pois…” ou o ritual diz: “Seja pois conhecido de vós (eu tenho isso no meu) que se algum casal tem se unido de outra maneira que a Palavra de Deus permite, o matrimônio deles não é lícito. Eu exigirei e responsabilizarei a ambos quando vocês certamente responderão no dia do juízo quando os segredos de todos os corações serão revelados, se um de vocês sabe de algum impedimento do porque você não deveria estar legalmente unido, fale isto agora”. Aí está você. Vê? Então fornicação é o que uma moça, quando ela não vive limpa, isso é fornicação, porque ela não tem marido. Mas quando ela está casada e então quando ela vive assim, ela comete adultério contra o seu marido. Uma mulher veio a não muito tempo atrás, e ela disse: “Oh, eu tenho confessado tudo isso”. Ela estava nervosa, e teve um choque nervoso, e disse: “Eu confessei tudo isso a Deus”. Eu disse: “Você tem que confessar isto para o seu marido. Não foi contra Deus que você cometeu adultério; foi contra o seu marido”. Isso mesmo. E se um homem se casa com uma mulher e ela viveu impura antes de ela se casar com ele, e então ela vem até ele, se eles já estiverem casados e depois ela vem até ele e diz: “Querido, quero lhe dizer uma coisa. Eu saí com outro homem; eu nunca contei a você”, Jesus disse que ele tem o direito de rejeitá-la e casar-se com outra, porque eles não estavam casados no princípio, porque ela falsamente contou uma – uma mentira contra ele.

5   – Perguntas e Respostas nº 1 (23/08/1964 – manhã)  Querido irmão Branham, minha esposa e eu estávamos separados. Ela está me processando por um divórcio. Ela não é cristã, e eu creio na Mensagem e desejo que ela seja salva (Isso não é agradável? Esse é o verdadeiro espírito cristão. Vê?) e creia. O que devo fazer? Temos também dois meninos. (Escreveu os seus nomes). Irmão, olhe; deixe eu dizer a você, ela vai processar você por um divórcio; isso é Satanás. Vê? Você não deveria fazer isso, mas se você é um cristão e não fez nada no mundo para atrapalhar essa mulher, então é Satanás fazendo isso. Ele apenas está tentando te partir em pedaços. Agora, se ela é uma das eleitas de Deus, ela virá até Ele. Se ela não for, não vale a pena se preocupar com ela. Então se isso faz… Se te preocupas, perderás tua saúde e isso é o que Satanás quer fazer. Ele está trabalhando, eu sei, para você. Então apenas encomende toda a coisa para Deus e prossiga servindo a Deus simplesmente tão contente quanto possa estar. Deus tomará conta do resto. “Todo aquele que o Pai Me der virá a Mim”. Dobre os seus joelhos; eu orarei contigo ou qualquer coisa. Orarei pelo assunto. Apenas diga: “Senhor Deus, eu a amo; ela é a mãe dos meus filhos” (se ela for) e diga: “Eu apenas encomendo a coisa toda a Ti, Senhor. Eu os quero salvos; Tu sabes que eu quero; mas eu não posso ir mais além. Ela vai se divorciar de mim de qualquer maneira. Eu não tenho feito nada; se tiver feito, revele a mim; eu irei corrigir isso. Eu farei qualquer coisa”. Então encomende isso ao Senhor e simplesmente deixe isso então. Prossiga vivendo do mesmo modo… como se nada tivesse acontecido. E Deus cuidará do resto.

6 –  Perguntas e Respostas nº 15 (27/05/1962) Ou a mulher diz para o seu marido: “Eu não vou me misturar com aquele bando de santos roladores. Eu não vou fazer isso. Eu me separarei e deixarei você”. Não saia da igreja, deixe que ela saia. Vê? Um irmão ou uma irmã não está sujeito à servidão em tal caso, isto é, se o seu companheiro está repudiando você e quer partir por isso.  Você não tem que simplesmente segurá-los. Se eles estão querendo deixar você e eles vão deixar você pela causa de Cristo, deixe-os sair.  Mas você não pode se casar novamente. “Mas Deus nos chamou para a paz”. Vê? Agora, não que você possa se casar novamente; ele já declarou isso, mas  você não tem que viver com um marido descrente ou uma mulher descrente, se eles não estão dispostos.

7 – Perguntas e Respostas nº 15 (27/05/1962) Agora, bem aqui pareceria que isso daria… E é assim que você obtém contradições na Bíblia, mas não é assim. Agora, parece que aqui, que a pessoa está querendo saber, ou a pergunta que eles querem saber… É um irmão ou irmã no Senhor, pode se casar ou se casar de novo e ser livre, se eles abandonam o seu companheiro para casar-se novamente de novo? Não. Agora, vamos dar… começar no versículo 10: …aos casados, mando não eu mas o Senhor, … (Vê?) …Que a mulher não se aparte do marido; (Vê?) …Mas  se ela se apartar, que fique sem casar, ou que se reconcilie com o marido; e que o marido não repudie sua mulher. (Isso são os Mandamentos do Senhor. Vê?) Mas aos outros digo eu, não o Senhor… (Vê?) …se algum irmão tem mulher incrédula… Agora, observe o seu tema. Vê? E leia a continuação antes disso, no meio do capítulo você descobre que eles pensaram: “Se casamos com uma mulher e ela era… nós… Eu me casei e me torno um crente, e minha esposa não era uma crente, me permite repudiá-la”. Ah não. Não é isso. Você não pode fazer isso. Vê, vê? …se algum irmão tem mulher incrédula, e ela consente em habitar com ele, que ele não se separe dela. (É assim, não por causa do casamento; é por causa da incredulidade. Não “casar de novo” outra vez. Veja, fique com ela) E se a mulher que tem marido incrédulo, e ele consente em habitar com ela, que ela não o deixe. (Isso mesmo. Vê?) Porque o marido incrédulo é santificado pela mulher, e a mulher incrédula é santificada pelo marido; de outra sorte os vossos filhos seriam imundos; mas agora são santos. Mas, se o descrente se apartar, aparte-se… Agora, se o incrédulo diz: “Eu não vou viver com você por mais tempo; você se tornou uma cristã”. Para… um homem que diz à sua esposa: “Porque você foi salva, e vai ficar de fora do mundo em que estávamos uma vez, eu deixarei você”. Agora,  não há nada que você possa fazer sobre isso; deixe-o partir. Vê?

8 – Perguntas e Respostas nº 2 (23/08/1964 – noite) Irmão Branham, se um homem casou e se divorciou (Isso não é horrível? Vê? Tantos… Agora, eu não estou falando nada contra as pessoas; isso simplesmente está na mente das pessoas. Com certeza, eles estão confusos. O arrebatamento, as pessoas não costumavam pensar muito sobre isso; não era tanto disso. Mas agora, isso simplesmente tem abrangido o mundo. E as pessoas lêem essas coisas nas Escrituras. E as pessoas, eleitas, lá fora, estão vindo procurar por isso. E eles veem isso e são sinceros. Eles querem saber. É por essa razão que eu quero responder isso, simplesmente com tanto sentido quanto posso dar a você.) – casou ​​e se divorciou e depois se casou com uma mulher que também foi casada e divorciada e se casou com ele, e estes dois podem – podem – casados aos olhos de Deus – eles estão casados aos olhos de Deus ? Como podem os dois ou um deles estar no arrebatamento? Como? Eu não sei.  Eu não poderia lhe dizer.  A pergunta é: “Será que eles podem estar no arrebatamento?”. Divorciados, cada um deles se divorciaram, cada um deles tem um companheiro vivo, depois eles se casaram novamente, ambos se casaram novamente.  E agora, aquele que… Essa mulher tem um marido vivo; este homem tem uma esposa viva. E agora, eles têm filhos e assim por diante e querem chegar a Deus.  Eles podem ir ao arrebatamento? Isso caberá ao Pai celestial. Eu não poderia responder a isso. Vê? Eu vi uma coisa.  A Bíblia diz que  eles serão chamados de um adúltero.  E a Bíblia diz também: “Um adúltero não entrará no Reino dos céus”. Isso é tudo que eu posso dizer. Eu sei, isso simplesmente me mata dizer isso, mas eu não posso dizer senão o que a Palavra diz. Devo ficar com isso. Eu espero que isso esteja tudo errado.

9 – Perguntas e Respostas nº 15 (27/05/1962) Agora, 1 Coríntios, capítulo 7, versículo 15. Agora, a pergunta que eles fizeram: Irmão Branham,  isso quer dizer que uma irmã ou um irmão está livre para se casar novamente?  Não. Veja, você não obtém sua pergunta aí e o que ele está dizendo.  Eles não estão livres.  Veja, isso faria uma contradição nas Escrituras, e as Escrituras não se contradizem de modo algum. Vê? Agora, vamos… Veja, como você pode fazer a Escritura, apenas ao ler um versículo, dizer qualquer coisa que você quer que isso diga para se ajustar ao seu pensamento. Mas você tem que ter o pensamento do que eles estão falando. Como se eu estivesse falando com o irmão Neville e você me ouvisse dizer a palavra “quadro”. E então você iria embora, e você diria: “Você sabe do que ele está falando? Nós entediamos ele esta noite”. Vê? “Não”, o outro companheiro diria: “Isso está errado; isso significava que ele devia uma nota promissória, e que ele iria pagá-la”. O outro diz: “Oh, não, ele não quis dizer isso, ele quis dizer as tábuas do lado da casa”. E o outro companheiro diz: “Não, vou lhe dizer, eu creio que ele estava tentando – falando em perfurar um buraco”. Vê, vê? Você tem que descobrir a conversa, então você sabe do que você está falando, porque Paulo aqui às vezes está respondendo de volta a pergunta deles.

10  –  Hebreus Capítulo 7 Parte 1 (15/09/1957)  Aqui outro dia, dois homens entraram em um… E um homem e uma esposa, e outro homem e uma esposa, jovens recém-casados, entraram em um lugar para irem à África como missionários. Alguém se levantou e deu uma profecia e falou em línguas e deu interpretações de que eles tivessem a esposa um do outro, que não deveria ser daquela maneira; eles se casaram com a pessoa errada. Aquelas duas pessoas se separaram e se casaram novamente. Um homem tomou a esposa do outro e o outro (em uma denominação pentecostal conceituada) e foram para a África como missionários. Irmão, quando você faz o seu juramento, você deve estar ligado àquele juramento até que a morte vos separe. Isto é exatamente certo. Certamente, quando você faz o seu juramento, ele é obrigatório.

11          Casamento e Divórcio (21/02/1965) §§ 227-229  Veja, ela tem um marido vivo, de modo que nenhum homem pode se casar com ela. Não importa o que ela faça e quem ela é, ela tem um marido vivo. Não há fundamentos para ela de modo algum. Mas isso não é para ele. “Faz que ela,” não ele. Entende? Você tem de fazer a Palavra andar em continuidade. Vê? Nada dizendo que ele não pudesse, mas ela não pode. Vê? “Faz que ela,” não ele. Isso é exatamente o que a Bíblia diz. “Faz que ela”. Não é dito contra ele se casar novamente, mas “ela.” Por quê? Cristo no tipo. Note, é dito que ele não pode casar novamente, somente com uma virgem. Ele pode casar novamente; ele pode casar – ele pode casar novamente outra vez se for com uma virgem; porém ele não pode casar com alguém que seja esposa de outro. De jeito nenhum. E se ele se casa com uma mulher divorciada, ele está vivendo em adultério; não me importa quem ele seja. A Bíblia diz: “Qualquer que casar com a repudiada, vive em adultério.” Aí está você, nada de divorciadas. Está vendo esse original lá atrás, “ao princípio,” agora? Casando novamente… Agora note, ele pode, porém ela não pode. Como Davi, como Salomão, como a continuidade da Bíblia inteira. Agora, igual a Davi e os demais.

12  – Portanto se ele pode se casar novamente, então nós precisamos saber quais as razões do porque ele pode se casar novamente, porque muitos homens usam esta frase para justificar o novo casamento, quando o profeta de Deus não ensinou que um homem pode se casar outra vez por qualquer motivo. Ele disse que há uma e somente uma razão para que um homem possa se casar outra vez.

13  –  A União Invisível da Noiva (25/11/1965)  O profeta Paulo aqui está dizendo que uma mulher não pode casar-se novamente até que o seu primeiro marido esteja morto. Ela não pode se casar de novo, enquanto o seu primeiro marido estiver vivo. Ela, por quaisquer circunstâncias de modo algum…  Ela deve permanecer solteira enquanto o seu primeiro marido estiver vivo. E se ela cometesse tal pecado, ela será chamada de adúltera… (estou falando do natural agora, para tipificar isso com o espiritual.) Se essa mulher cometesse tal pecado, então  ela é marcada como uma adúltera, se ela tem dois maridos vivos ao mesmo tempo. Portanto ao fazer isso ela tem perdido os seus direitos para com Deus e o céu ao fazer isso; com certeza ela temEla é uma excomungada na economia de Deus, segundo as Escrituras que acabei de ler.

14  – Perguntas e Respostas nº 15 (27/05/1962)  Mas agora só para dizer: “Irmão Branham, eu me casei e minha esposa é uma incrédula, e aqui está uma irmã aqui com quem eu posso me casar. Eu vou deixar aquela e casar com esta”. Oh, não. Não, sem dúvida Seu voto é até que a morte vos separe, e não há mais nada no mundo que permitirá você se casar na Bíblia até que o seu companheiro esteja morto. Isso mesmo.  O único motivo… Não existe casar de novo em lugar nenhum, a não ser um companheiro morto. Isso é tudo. Vê?

15 –  Agora, isso deveria ficar claro de uma vez por todas. Bem, então você pode perguntar: “E que tal o que ele disse em Perguntas e Respostas? Por razão de fornicação?” A resposta é: se ela mentiu para ele naquele voto eles nunca foram legitimamente casados para começar, e é por isso que ele está livre para se casar novamente. Ela mentiu para ele sobre a sua virtude para fazê-lo se casar com ela e quando ele descobriu que ela tinha mentido e que ela não era virgem, isso fez do voto um voto falso, e ele não estava legalmente casado com ela para começar, porque a lei diz claramente que qualquer contrato celebrado sob falsos pretextos não é obrigatório.

16 – A União Invisível da Noiva (25/11/1965)  Agora, ela tem um sagrado… Um, eu quero citar três coisas aqui das quais ela não deve escapar. Agora, eu estou falando, mantenha a Igreja em mente por enquanto de que eu estou falando isso para a mulher natural, como Paulo aqui está no sétimo capítulo de Romanos. Ela tem uma sagrada confiança de virtude  que lhe foi confiada pelo seu Senhor – uma certa virtude. Nada mais detêm isso a não ser uma mulher. Isso mesmo. Isso está confiado a ela por Deus.  Ela não deve contaminar essa virtude.  Se ela até mesmo fizer algo errado, ela deve confessar isso ao seu marido antes que ele a tome; e fazer tudo certo. Da mesma forma que a igreja que estava casada com a lei tem que vir também perante a Cristo, antes do segundo casamento. Ela tem que confessar isso. Se ela não confessa e ela vive com o seu marido há dez anos e depois confessa isso, ele tem o direito de repudiá-la e casar-se com outra mulher.  Essa é a Escritura. A fornicação é vida imunda.

17 – Casamento e Divórcio (21/02/1965) §§ 256-257 Note, Ele pode repudiá-la, porém ela não pode repudiá-Lo. Ele fez isto, e provou isto, nos dias quando Lutero, Wesley, e no pentecoste, quando eles recusaram tornar-se a parte adicional Dele ao ter relacionamento sexual espiritual para ficarem grávidas com parte adicional da Palavra. Você entende? Ela se recusou… A igreja luterana recusou que Cristo tivesse mais algum desejo com ela; Lutero recusou isto. E permita-me dizer isto, (vão me chamar de alguma coisa de qualquer maneira), assim é hoje com cada uma delas! Elas falham em tomar essa Palavra! Elas rejeitam a Cristo! E qualquer mulher que recuse a um homem, seu filho, não tem direito de ser uma esposa para ele! Amém.

18 – Agora observe que ele diz que ele pode repudiá-la, mas ele não pode se casar novamente. E ele também deve considerar que se ele a rejeita e ela volta a se casar, ele é a causa de ela cometer adultério.

19 – Porque Não Somos Uma Denominação (27/09/1958) § 74 Vou parar meu assunto por apenas um minuto, se for possível. Eu estava lendo uma parte da Escritura onde diz que um filho ilegítimo não entrará na congregação do Senhor por catorze gerações. Quantos sabem disso? Isso mesmo, Deuteronômio 23, um filho ilegítimo. Se uma mulher é pega no campo, isto é, longe da proteção de um homem, e um outro homem domina aquela mulher, aquele homem terá que se casar com ela. Indiferentemente se ela se torne uma prostituta, ele tem que viver com ela até morrer. E se esta mulher se casa com ele, fingindo ser uma virgem, e não é, então ela pode ser morta por isto. E se um homem e uma mulher que estão casados, e dão à luz um filho ilegítimo, este, na congregação do Senhor não entrará, por catorze gerações; e quarenta anos é uma geração, serão quatrocentos anos antes que aquela semente algum dia saia de Israel.

20 – Perguntas e Respostas nº 14 (15/10/1961) Irmão Branham, eu era casado com uma mulher que já tinha sido casada antes.  Nos divorciamos, e ela foi casada duas vezes desde então.  A Bíblia diz que se desejamos nos casar, voltar a… primeira esposa. Agora, poderia eu voltar para ela, que foi casada antes ou eu poderia estar livre? Bem, agora, meu irmão, aqui está a única maneira que você poderia fazer isso.  (Veja o § 174 para a resposta.)  Agora, isso é um grande assunto, e um dia eu quero se a igreja alguma vez se organizar e se endireitar no lugar onde deveria estar ou… Digo isto com reverência, eu… Existem duas facções deste casamento e divórcio nas igrejas, uma detém uma facção e uma outra. E na minha opinião, com a graça em meu coração diante de Deus e de Sua Bíblia, ambas estão erradas. Vê? Mas há uma verdade que se encontra aí. § 169 Se você observar o que Jesus disse… Agora aqui, eu tenho um irmão, o meu próprio irmão de sangue, que está se preparando para se casar com uma mulher. E meu irmão foi casado antes e tem um filho com uma boa mulher. E ele veio até a mim para casá-lo. Eu disse: “Não, de modo algum!” § 170 Jesus disse em Mateus 5: “Todo aquele que repudia sua mulher e casar com outra,  salvo por causa de prostituição (que ela teve a ver antes que ela fosse casada e não contou a ele sobre isso),  faz que ela cometa adultério; todo aquele que se casa com aquela que foi repudiada vive em adultério”. Portanto, não faça isso. Não, você não pode voltar para a sua primeira esposa se ​​ela se casou novamente. Mas se ela se divorciou de você e te repudiou… § 171 Então, você disse: “Eu estou livre?” Deixe-me ler isto novamente. “Eu era casado com uma mulher que nunca tinha sido casada antes. Nos divorciamos, e ela foi casada duas vezes (suponho que essa pessoa permaneceu solteiro.) A Bíblia afirma que se desejamos nos casar para voltar… primeira novamente”. § 172 Não, senhor! Vá nas  leis levíticas.  Volte para essa mulher, que é propriedade de outra pessoa e você tem se contaminado e se tornado pior do que nunca.  Não,  você não deve tomar uma esposa de volta que foi casada com outra pessoa § 173 Agora: “Poderia eu voltar para ela, que foi casada antes ou eu deveria – ou eu deveria estar livre?”. Você está livreFique livre! Sim, não volte outra vez. Não senhor! Ela está casada com outra pessoa; fique longe dela. Isso mesmo! Não… Isso contamina …?… Você entende. Se tivéssemos um pouco mais de tempo, eu gostaria de entrar nisso. Mas apenas para a sua pergunta, meu irmão, quem quer que seja. Não, senhor! Não volte atrás e tome essa mulher quando ela já foi casada duas ou três vezes desde que ela se casou com você. Isso está errado.  § 174  Eu casei um casal aqui não faz muito tempo que tinham se casado antes, e eles se divorciaram e foram embora, um casal de idosos, Oh, era o irmão e a irmã Puckett; isso é exatamente quem foi. Eles simplesmente não conseguiam se dar bem e tiveram uma pequena briga entre eles; eles se divorciaram. Ela viveu simplesmente tão fiel e solteira quanto ela poderia ser, e ele viveu da mesma maneira. E depois de algum tempo, eles viram quão tolos foram, e eles voltaram e queriam se casar. Eu disse: “Claro!”. Vê? “Está tudo bem, isso é o que deveria ser”. Então eles… Bem, eles estavam casados o tempo todo. Eles nunca tinham se divorciaram; apenas lhes deram papéis para viverem juntos como marido e mulher; isso é tudo, porque eles estavam casados no início.

21 – Mordomia   nº 14 – (31/08/1997) Munificente e Magnífico Deus – Lee Vayle

Agora, aqui diz que você não pode defraudar um ao outro. Isso significa conter-se, a menos que seja para a oração e jejum. E mesmo assim é melhor ter muito cuidado, porque se um homem for para a oração e jejum, a primeira coisa que acontece é que as glândulas começam a se renovar pelo simples fato de que você deixou de fora essas pressões, e um homem pode ser conduzido à sexualidade por volta do terceiro ou quarto dia. Um sujeito na Pensilvânia telefonou-me sobre como ele estava orando e jejuando, e essa moça veio diante dele em uma visão; é claro que ele a desejava sexualmente antes que ele alguma vez começasse a orar e jejuar, e ele tinha certeza de que aquela era a moça com quem ele deveria se casar ao se divorciar de sua esposa. Eu escrevi de volta, e eu o coloquei numa fria, como estou colocando numa fria esta manhã. E eu o coloquei numa fria, e eu lhe expliquei exatamente como o corpo humano reage, e eu disse que nesse período de tempo bem aí, um homem pode ter mais fome por sua esposa do que em qualquer outra ocasião, e ele pode por toda a culpa nisso em Deus, e convenientemente receber algo do diabo para fazê-lo se casar com uma mulher. Agora, lembre-se do que o irmão Branham disse para um certo pregador que queria uma jovem; ele não gostava mais de sua esposa, e ele tinha um monte de desculpas para se livrar dela. Eu não sei quais foram todas elas, mas ele as tinha. E ele foi até o irmão Branham e o irmão Branham disse: “Ouça, se você se divorciar de sua esposa e se casar com ela, você irá para o inferno, e ela irá para o inferno, e todos os seus filhos irão para o inferno”. Ele não disse exatamente dessa maneira. Ele disse: “Ela não irá para o céu; você não irá para o céu, e os seus filhos não irão para o céu”. Esta não é uma questão difícil. Isto é simplesmente aquiescência a Deus e dizer “sim” para Deus, e observe como os fardos se erguem. Lembre-se de que o meio de escape de todas as tentações é suportando-as. Lembre-se, o meio de escape na tentação é suportando-a. Mais uma vez eu repito, o meio de escape não é que a tentação não exista, mas você passar e suportar. Hein? Hein? Tudo bem rapazes. Ouçam-me. Este é o último sermão sobre mordomia, o último que eu possa alguma vez pregar. Eu não sei. Esta é uma pergunta difícil. Eu não estou feliz em pregar isso, não se preocupe; mas eu sei o que a Bíblia diz.

NOTA: Essa é uma resposta do irmão Brian Kocourek para uma pergunta feita por um irmão sobre casamento e divórcio em 16/04/2015.

 Tradução: Diógenes Dornelles

http://diogenestraducoes.webnode.com.br

www.doutrinadamensagem.com

Gostou? Compartilhe na rede!
Tags

Nenhum comentário  - Clique aqui para comentar!

No comments yet.


RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Dados do Autor

Doutrina da Mensagem Admin do site doutrina da mensagem » Blog do autor. » Site do autor.