Cingindo os Lombos Download PDF

Cingindo os Lombos do Entendimento

Cingindo os lombos do entendimento

“Eu creio que é de extrema urgência que cada estudante da mensagem leia com atenção este texto”

Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiçaEfésios 6:14

12 de maio de 2007

Citrolândia – MG.

      Somente crer, Somente crer.  Tudo é possível, Somente crer.

Somente crer, Somente crer.  Tudo é possível, Somente crer.

   Creio Senhor, Creio Senhor. Tudo é possível, Creio Senhor.

 Nada a temer, Nada a temer. Tudo é possível, Somente crer.

Levítico 8: 7  – E vestiu Arão com a túnica, cingiu-o com o cinto, e vestiu-lhe o manto, e pôs sobre ele o éfode, e cingiu-o com o cinto de obra esmerada, e com ele lhe apertou o éfode.

 1º Reis 18: 46 –  E a mão do Senhor estava sobre Elias, o qual cingiu os lombos, e veio correndo perante Acabe, até a entrada de Jizreel.

 João 21: 7Quando, pois, Simão Pedro ouviu que era o Senhor, cingiu-se com a túnica, porque estava despido, e lançou-se ao mar;

Culto em Citrolándia - MG

01-    Senhor, nosso Deus. Amoroso Pai Celestial. Nós cremos que Tu estás aqui. Tu prometestes em Tua Palavra, e nós cremos no que está escrito. Porque temos aprendido, pela boca de Teu servo profeta, que é pecado não crer. E o Filho de Deus se manifestou para desfazer as obras do diabo. E as obras do diabo é a incredulidade.

 02-    E nós cremos na Tua Palavra; estamos aqui para nos vestir de toda couraça da Justiça, de toda armadura de Deus. Porque como soldados valorosos da cruz de Cristo, estamos aqui “batalhando pela fé que uma vez foi dada aos santos”. E esta fé que foi dada aos santos, que é a Revelação de Jesus Cristo, isto tem sido restaurado aos nossos corações e temos nos convertido para á Doutrina Original, Apostólica e Profética. Porque Tu vieste para nos levar de volta para casa.

 03-    Te agradecemos pela oportunidade que nos deste de mais uma vez estarmos juntos, de podermos louvar e bendizer Teu Santo Nome. E agora, Pai, diante da ministração da Tua Palavra, que os nossos corações mais uma vez se sintam compungidos, como no dia de pentecostes, para que possamos receber todas as promessas Tuas, que Tu prometestes nas escrituras.

 04-    Abençoe a cada uma destas pessoas aqui presentes, Senhor. Cure os enfermos que haja em nosso meio, solucione todos os problemas, porque Tu, somente Tu podes fazer isto.

 05-    Nós não somos nada, mas somos ovelhas do Teu pasto. E Tu tens nos trazido aqui para nos alimentarmos com a Tua Palavra. E nós aceitamos este alimento, porque é o Pão da Vida que desceu do Céu para alimentar Teus filhos. No nome de Jesus Cristo, aceita a nossa gratidão, para Tua Glória. Amém. Amém.

 06-    Que a graça do Senhor esteja com cada um de vocês. Mesmo enquanto estamos de pé, vamos ler as escrituras na primeira Epístola do Apostolo São Pedro, no capítulo primeiro e versículo treze.

 07-    São Pedro, capítulo primeiro e versículo treze.(1 Pedro 1:13) Vamos ler aqui onde ele fala sobre exortação a santidade. Está escrito assim na Palavra de Deus:

         Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios, e esperais inteiramente na graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo.

 08-    Senhor, nós temos lido esta pequena porção de Tua Palavra. E sabemos que isto é suficiente para criar outro mundo, para criar outro Universo. E este Poder está sobre o Teu povo, porque Tu mesmo És o Poder. Ajuda-nos a compreender estes mistérios, porque Tu prometestes revelar todas estas coisas àqueles que tem um coração sincero e humilde diante do Senhor.

 09-    E aqueles que, como crianças, podem aprender na simplicidade do Espírito. Como Tu mesmo dissestes que “quem não se fazer como uma criancinha não pode ver ou entender o Reino dos céus”. Então, Pai Bendito, fala conosco nesta noite mais uma vez, porque estamos aqui para aprender do Senhor. No nome de Jesus. Amém. Amém. Podeis assentar.

 10-    Em nome do pastor Vanderlei Costa eu quero agradecer a presença de cada um de vocês, que tem vindo… Os irmãos que moram perto, os que moram distante. Os que têm se esforçado para estar aqui nesta noite.

 11-    Vocês que cuidam do som, de gravações, de todas essas coisas. Só quem faz isto é que sabe o trabalho que isto dá. E, antes de qualquer coisa, eu quero parabenizar cada um de vocês pela forma como vocês se juntam para se alimentarem, para comerem. Como vocês louvam, mesmo sem ter os instrumentos para marcar o passo ou a altura certa. Mesmo as irmãs sofrendo com a altura, um tom mais alto do que elas conseguem. Mas mesmo assim vocês procuram dar o melhor de si. E a atitude dos vossos corações é o que Deus está olhando. É a vossa atitude.

 12-    Eu trago saudações da nossa pequena igreja, lá em Francisco Morato, de alguns irmãos também de Jundiaí e da cidade de Itatiba, que quando souberam que eu estava vindo até aqui, eles manifestaram muito desejo de estarem juntos também. Mas desta vez não foi possível. E eu espero que vocês orem por aquele grupinho de pessoas que também estão orando por vocês. [a congregação diz: amém].

 13-    Trago também saudações do reverendo Mário Nina de La Paz, Bolívia. Ele esteve conosco pela segunda vez, a primeira vez no mês de março e a segunda vez na semana passada, onde ele pregou na sexta-feira, pregou no sábado duas vezes e também no domingo, no culto de Ceia. E também o nosso culto de Ceia é no segundo domingo, mas como aqui era segundo domingo eu convidei os irmãos “vamos para o primeiro, porque no segundo domingo eu não vou poder estar aqui”. E eles entenderam.

 14-    E o pastor Mário nina, ele envia saudações para os irmãos, e mandou avisar para o pastor Vanderley que assim na primeira oportunidade que ele tiver de voltar ao Brasil, é desejo sincero do coração dele de estar com os irmãos aqui, de conhecê-los. Foi dito a respeito do mês de novembro, e ele disse “possa ser que não dê certo em novembro por causa do meu trabalho, e o serviço missionário e também a família”, ele precisa conciliar essas três coisas.

 15-    No entanto, ele disse que abrirá um espaço, e quem sabe até mesmo antes disso ele poderá estar conosco. Contudo, está nas mãos de Deus.

 16-    O reverendo Brian Kocourek também envia saudações, e ele tem orado também por uma reunião como esta. E sempre estamos em contato, mostrando como está sendo feito o trabalho.

 17-    Desde 2003… 2003 que eu faço as traduções dos estudos destes homens, do espanhol para o português, e aquilo que eu não sei do inglês, nós temos pago para pessoas fazerem, professores de inglês, no início. E agora, graças a Deus, Deus também colocou em nosso caminho irmãos da Mensagem que crê na Palavra como ela é, e está fazendo também essas traduções de uma forma que nós não poderíamos pagar para quem faz, porque é mui caro. Mas nós temos feito todos os esforços possíveis para no tempo próprio estas coisas chegarem nas mãos das pessoas.

 18-    Hoje eu posso dizer que eu já posso até dormir um pouco mais a vontade. Mas, no início, eu não dormia, eu não descansava. E eu tive que deixar o meu trabalho secular, o trabalho com construção, colocação de mármores, granitos, estas coisas… (toda minha família trabalha com isto). Eu tive que parar com isto para ficar apenas fazendo este trabalho, porque eu sabia da necessidade que as pessoas tinham de conhecer um pouco mais a mensagem que nós professamos crer.

 19-    E eu digo uma coisa para vocês:

Ninguém pode liderar sem primeiro ser liderado.

Ninguém pode ensinar sem antes estar disposto a aprender.

Ninguém pode se encher sem primeiro se esvaziar.

E com essas três coisas em mente, nós sabemos que está prometido nas Escrituras que viria um tempo onde teria que se cumprir as profecias que ficou para esse tempo final, tanto no Velho como no Novo Testamento.

 20-    E foi prometido pára nós, Deus prometeu em Sua Palavra que mudaria o nosso coração, mudaria… Nos daria um novo espírito e depois colocaria em nós o Seu próprio Espírito.

 21-    O profeta de Deus, quando ele pregou a mensagem “Crentes de Coração” e também a mensagem “Imitação do Cristianismo”, ele disse: Quando Deus te dá um novo coração, Ele te dá um novo entendimento. Este é o novo coração. O novo espírito que Deus te dá é um novo desejo: eu quero fazer a coisa certa! Depois disto, então Ele pode dar à você do Seu Espírito. É para isto que Ele está aqui, para dar de Si mesmo para nós.

 22-    E você só poderá receber o Espírito de Deus se você estiver disposto a receber toda a Palavra. Uma Palavra que não está tão complicada de ser vista, uma vez que ela desceu do céu aberta para você. Cumprindo Apocalipse dez.

 23-    Nós gostaríamos de falar um pouquinho neste culto… Vocês que têm suas Bíblias… Tenham paciência comigo, eu sou assim, meio devagar, não é? Mas depois vocês terão que puxar assim o paletó para eu parar, não é? Não é?

 24-    E eu gostaria de abranger as escrituras aqui com vocês, e algumas citações da mensagem do irmão Branham. E, voltando primeiramente aqui para o livro de Pedro, onde nós lemos e… Onde Pedro diz: Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento. Isto é o que nós precisamos estar agora fazendo. Nós precisamos cingir os lombos.

 25-    Eu aprendi algo incrível e tão simples a respeito de cingir os lombos… em todas as escrituras você encontra isto: Filho do homem, põe-te de pé, cingi os teus lombos e falarei contigo. Observe quando Deus falou com o profeta Jeremias para lhes revelar o plano para aquela dispensação. E Jeremias disse “eu sou apenas uma criança”, e Deus disse: “não diga mais isso; não diga mais que és uma criança”, e Deus disse: “cinge-te como um homem”.

 26-    E a palavra cingir, quando você tem que cingir… O profeta de Deus, quando ele pregou a mensagem “A Obra Prima” e também “Quem é Este Melquisedeque”, principalmente na mensagem “Quem é Este Melquisedeque” no primeiro parágrafo ele fala a respeito da zona de segurança. Ele disse: enquanto o mundo está caindo aos pedaços, enquanto o mundo está aí perdido, nós temos uma saída, uma zona de segurança. E esta zona de segurança trata-se de algo que te rodeia, que te prende como um diadema em volta da tua cabeça. Ou, como de uma forma simples de se expressar, um cinto que você coloca em sua roupa. E as irmãs que usam essas vestes próprias, compridas e tudo, elas sabem que se precisar dar uma “carreira” elas terão que segurar um pouco, para poder correr.

 27-    Então, lembrem-se disso, que este é o tempo que nós estamos vivendo; é um tempo de pressa. Porque estamos neste terceiro êxodo.

 28-    E, desta feita, não é cinturão, não são os lombos. Desta vez você tem que cingir os lombos do seu entendimento. Porque Deus tem vindo a esta terra, e é uma obra rápida que rodeará a terra. E, durante esta obra rápida que estará rodeando a terra, as pessoas serão pegas numa armadilha. Porque elas não sabem o que está acontecendo, e Jesus disse que isso viria no tempo do fim e apanharia a todos como uma armadilha. E o profeta chamou isto de Fade. Fade, [pronuncia-se feide. Ed.] quando ele disse: o tempo está fundindo-se com a eternidade.

 29-    Então, se você observar na expressão original de William Branham, lá a palavra é fade. E quem faz filmagem, quem trabalha com filmagem, sabe muito bem o que é isto, é quando um tela fecha-se e outra abre. Aquilo se chama fade. Uma cena se inter-passa para outra. Você está vendo uma imagem, uma paisagem, então a máquina tem aquela forma automática, quando você aciona aquilo e ela simplesmente fecha aquela cena, e quando abre já aparece outra coisa diferente. Isto é o que o profeta disse: o tempo está se fundindo com a eternidade, e isto é uma armadilha para todas as pessoas!

 30-    Está acontecendo de uma forma lenta. Lentamente, e eles não percebem. E quando eles forem fechados no tempo e quando abrir será novos céus e nova terra, e eles dirão “que aconteceu comigo? Por que já estou diante do tribunal do julgamento?”.

 31-    Aconteceu muito rápido. Não percebi! Então é pressa. É tempo de nos apressarmos, porque é tempo de cingir os lombos do nosso entendimento. E, lembrem-se que o Apostolo Pedro, quando ele falou sobre isto, ele estava falando do tempo do fim, o tempo da Revelação de Jesus Cristo.

 32-    E você sabe perfeitamente que a Revelação de Jesus Cristo não veio para a primeira Era, nem para a Segunda, nem para a Terceira, nem para a Quarta, nem para a Quinta, nem para a Sexta. Viria no final da Sétima Era, quando se cumprisse Apocalipse dez e o julgamento… Ou, juramento fosse feito. Porque Ele não tem outro por quem jurar, Ele jura por Si Mesmo e diz: o tempo não será mais. E na expressão original aquilo diz: o tempo não será mais retardado. É já! Está acontecendo e é agora. E as pessoas não estão percebendo isto.

 33-    Isto é o que aconteceria no tempo do fim. O Apostolo Pedro está nos chamando como filhos obedientes. Isto não é para filhos desobedientes. Não é para aqueles que são filhos da desobediência. É para aqueles que têm a capacidade e a humildade de se desprover do seu próprio entendimento, das suas próprias experiências passadas. E mesmo por boas que elas foram… Paulo também teve boas experiências, bons aprendizados, mas quando ele se encontrou com aquela manifestação do Pilar de Fogo e ele parou com tudo que ele já tinha aprendido e ficou quieto. Ele foi para o deserto da Arábia e passou cerca de três anos e meio comparando as escrituras que ele tinha no momento, que era o Antigo Testamento, porque ele queria saber se aquela experiência estava de acordo com a Palavra.

 34-    Mas, as pessoas querem a experiência e não têm coragem de parar um pouco para examinar com a Palavra. Paulo fez aquilo. Ele ficou quieto e foi procurar saber se aquilo que ele encontrou naquela visão, naquela grande e luz e disse: Eu Sou Jesus, ele procurou em todo Antigo Testamento e pôde ver que aquilo tinha acontecido com Moisés e com vários profetas.

 35-    Então, quando ele se inteirou daquilo (que realmente ele ouviu a voz), você diz “isto não era suficiente?”. Ou você acha que para você é suficiente ver uma luz?

 36-    Eu quero vos dizer uma coisa; João Batista, ele sabia qual era o ministério que ele tinha. Ele não foi criado junto com a sociedade. Ele não teve este privilégio por causa da perseguição dos primogênitos. Mas, quando ele saiu do deserto, ele saiu com o ASSIM DIZ O SENHOR, e com o seu dedo rústico apontado para as pessoas. Porque Deus, o Espírito Santo, tinha dito para João, mostrou a ele em visão e disse: aquele que chegar até você, e o qual você ver a forma corpórea da pomba vindo sobre ele, é aquele. É aquele o prometido.

 37-    E João ficou na expectativa… como muitas vezes você tem ficado na expectativa, esperando algo. E quando João estava ali nas ribanceiras do rio Jordão e viu aquele acontecimento, então ele viu que aquilo casava perfeitamente, então ele apontou o dedo dizendo: eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. [João 1:29] E ele contou para os seus discípulos, e disse: eu vi, foi me mostrado Aquele sobre quem desceu o Espírito Santo na forma de pomba, é Este o prometido, é Este o homem, e eu testifico que Ele é o Filho de Deus. [João 1:34]

 38-    É assim o testemunho de João Batista. Mas não foi suficiente para ele. Mesmo depois que ele enviou os discípulos e disse: agora, que Ele cresça e que eu diminua, [João 3:30] e os discípulos de João começaram a seguir a Jesus. Mas, daí a pouco João ficou preocupado. Ou vocês acham que um profeta também não se preocupa com aquilo que falou, com o que disse e com a profecia que deu?

 39-    João Batista, ele conhecia as escrituras (um profeta que não conhece as escrituras, ele não é profeta). E ele viu nas páginas do Antigo Testamento, em tudo aquilo que os profetas falaram e disse: escuta uma coisa, onde, que na bíblia sagrada que eu tenho de Gênesis até os nossos dias, onde é que fala que o Messias seria vindicado com uma pomba descendo? Não tinha nenhuma!

 40-    [um irmão fala com o pastor- – ed.]… Sim… Onde foi que alguém profetizou que aconteceria algo desse tipo? Nunca!

 41-    Então, João enviou dois discípulos a Jesus e disse: eu quero saber algo mais, porque existe um sinal escriturístico. Mesmo que eu tenha visto, mesmo que eu pare e tenha notado esta visão, mas tem algo que eu preciso saber. Se isto não tiver acontecido, então eu não posso ainda sair de cena. E ele enviou dois discípulos, [Lucas 7: 19 E João, chamando a dois deles, enviou-os ao Senhor para perguntar-lhe: És tu aquele que havia de vir, ou havemos de esperar outro?] e na hora que aqueles dois discípulos estavam ali presenciando, quando Jesus ressuscitou o filho da viúva de Naim (creio que está em Lucas, por volta do capítulo sete, aproximadamente). Daí a pouco as pessoas se maravilharam, e o que eles disseram? Deus, verdadeiramente, visitou o Seu povo porque um grande profeta se levantou entre nós. [Lucas 7:16 O medo se apoderou de todos, e glorificavam a Deus, dizendo: Um grande profeta se levantou entre nós; e: Deus visitou o seu povo.]

 42-    Então, observe a testificação das escrituras. As pessoas sabiam de antemão que, quando um profeta estava na terra, ali estava uma visitação de Deus. Nunca, jamais Deus levantaria um profeta sem estar ali para vindicá-lo como Seu enviado.

 43-    Foi assim com Moisés. Deus, para enviar Moisés, Ele mesmo veio. Observe lá no livro de Êxodo, Moisés olhou e estava a sarça ardente… Observe que eu estou falando de vários assuntos e deixando… Falo um pouquinho, falo outro pouco, falo outro pouco. Vocês terão que encontrar agora a concordância disto. Vamos ter que encontrar isto juntos.

 44-    Moisés estava ali, ele viu aquela sarça e disse: escute, eu vou me virar para observar esta visão.. A bíblia diz que ele viu o Anjo do Senhor. Mas daí a pouco quando ele se virou para olhar, a voz disse… Deus disse: Moisés, Moisés, não se aproximes. Tira a sandália dos teus pés, porque o lugar que pisas é santo. E o que é que a voz disse para ele? Eu desci para visitar o Meu povo. É assim que está nas escrituras. Deus desceu.

 45-    Então, não fique preocupado quando pregamos que Deus tem descido à esta terra mais uma vez. E desta vez para realizar [manifestar] o Seu último Atributo.

 46-    Ele tem vindo para manifestar o Seu último Atributo. E quando Ele Se apresentou para Moisés, Ele então enviou Moisés e disse: Eu estarei por trás disto, para mostrar às pessoas que Eu Sou te enviou. E Moisés tinha um sinal escriturístico.

 47-    João queria o sinal escriturístico para o seu dia. Então ele enviou aqueles dois discípulos, e eles prestaram atenção naquilo que Jesus estava realizando. E quando as pessoas clamaram: Deus visitou Seu povo, porque tem um profeta em nosso meio. Aquela era uma visitação de Deus. Deus já tinha vindo; Este é Meu Filho amado, no qual Eu tenho prazer de habitar; mas João precisava de algo.

 48-    Porque, tudo que João encontrou nas escrituras foi Isaías sessenta e um: O Espírito do Senhor Jeová está sobre mim, e Ele me ungiu para dar vista aos cegos, para levantar os quebrantados (e tal…), apregoar ao inaceitável do Senhor… Vocês conhecem as escrituras. Este era o sinal escriturístico. Quando eles disseram: João mandou dizer para ti, Rabi, se és Tu mesmo, ou devemos esperar outro?

 49-    Não seria bom se muitas pessoas tivessem também a humildade, a capacidade de fazer a mesma pergunta que João fez? E os discípulos de João também fizeram? Ou acham que o que têm é suficiente?

 50-    Jesus não respondeu nada para eles. Sabe o que disse? “Espere terminar a fila de oração”. Fique mais um pouquinho, observe mais o culto. A fila de oração vai vir. Então, durante a fila de oração, Jesus discerniu os pensamentos das pessoas, Ele discerniu a intenção do coração, falou o que estava na profundeza de cada ser, curou enfermos, expulsou demônios, libertou aos oprimidos, deu vista aos cegos. E assim foi mostrado o cumprimento das escrituras em atuação. E quando terminou a fila de oração, Jesus olhou para aqueles dois e disse: Agora vai e diz a João o que vocês viram e ouviram. João fez: “Ufa! Pode cortar a cabeça agora!”.

 51-    Vai chegar a sua vez, vai chegar o momento em que você vai dizer “Senhor, despede Teu servo em paz. Agora eu não tenho mais por quê ficar aqui”. Eu estou esperando este momento. Eu estou esperando o momento quando eu terei que deixar, ou ceder o lugar para outro continuar o trabalho que eu tenho feito até agora. Eu espero isto a qualquer hora, e falo isto para as pessoas. Eu não sei… Eu posso ter servido neste trabalho apenas para fazer uma ligação entre alguém que está precisando dessa ligação. Sabe, de fazer algo dentro de todos os seguimentos, ou seja o que for.

 52-    Se pelo menos uma pessoa for bem instruída dentro da Doutrina da Palavra que foi revelada neste tempo final, eu estarei satisfeito. Porque Deus disse em Sua Palavra que os eleitos não seriam confundidos. Então, quando você vê muita confusão e muita “bate-cabeça” para lá e para cá, e muitas guerras de versículos, e muitas guerras de parágrafos para lá e para cá, é porquê a coisa não está bem! E Deus tem vindo para nos trazer segurança e descanso. William Branham disse: a fé perfeita descansa. Ela te deixa ancorado. Foi para isto que Ele veio. Foi para fazer estas coisas.

 53-    Como filhos obedientes, não vos conformando com as concupiscências que antes havia em vossa ignorância...

         Você acha que ele aqui está falando de questões carnais? Ele está falando de pessoas ignorantes. Mas, sabe, a misericórdia de Deus é tão rica para conosco que ele não leva em conta o tempo da nossa ignorância, mesmo a nossa ignorância com respeito a Ele mesmo.

 54-    E Deus sabendo quem são os Seus, Ele tem reservado a hora certa, o momento próprio de abrir o nosso entendimento, de mudar nossa natureza. E quando o profeta de Deus pregou a mensagem “Quem é Este Melquisedeque”… ele não disse Quem é Aquele, ele disse Quem é Este, porque Ele disse que Melquisedeque estava presente ministrando aos filhos de Abraão. Ele disse: E Este que tem vindo até nós na forma do Pilar de fogo para mudar nossa natureza, para mudar nossos orações.

 55-    Esta mudança de natureza, meus amigos, que vem por um novo nascimento, é uma mudança de entendimento. É o que eu encontro nas escrituras; transformai-vos pela renovação do vosso entendimento. [Romanos 12:2] Nós estamos aguardando uma transformação dos nossos corpos, mas esta transformação dos corpos não virá enquanto não tivermos nosso entendimento transformado. E esta transformação infundirá na Igreja a completa Revelação de Jesus Cristo. O irmão Branham disse: a bíblia inteira é a revelação de Jesus Cristo; e na mensagem “Shalom” ele disse: todo Novo Testamento fala desta hora.

 56-    Então, aquilo que você ler no Novo Testamento, saiba de uma coisa, está falando dos nossos dias. Você encontra Jesus dizendo assim: olha, o Reino dos céus é semelhante a mulher que pegou um pouco de fermento e escondeu em três medidas de farinha. O que é que aconteceu? Levedou toda a massa.

 57-    Então, o que você acha… O que você entende sobre Justificação, Santificação e Batismo do Espírito Santo? Ou acha que isto não foi também misturado, ou acha que isto também não foi levedado?

 58-    O que nós entendemos sobre a Presença de Cristo, o que temos aprendido sobre Vindicação? O que temos aprendido sobre Novo Nascimento? O que temos aprendido sobre Eleição e Predestinação? Acha que é tudo?

 59-    O que temos aprendido sobre Deus, e que durante vinte… durante vinte  dois anos, durante vinte e três anos… Trinta anos estamos evangelizando o pais, estamos disputando com denominacionais, e tantas coisas. Mas se você soubesse um pouquinho a mais do que você sabe,  você ficaria envergonhado e diria “Senhor, eu não sei de nada! Eu não sei de nada, porque eu nem se quer tenho procurado o sinal escriturístico como João procurou”.

 60-    Você crê que o Pilar de Fogo tem aparecido, você crê que Deus enviou um profeta para esta geração, você crê que Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e eternamente e você levou isto adiante apenas com aquela frase “Eu não tenho que entender nada, só tenho que crer; é somente crer…”. e será que o inimigo também não se aproveitou disso, neste: “É somente crer e pronto”, e deixou as pessoas sem se preocupar com nada?

 61-    Como é que você crê se não sabe no que está crendo? Como é que você sabe que o que você crer é realmente a verdade das escrituras? É tempo de cingir os lombos do nosso entendimento, porque vocês descobrirão daqui por diante que mesmo (não importa se falando alto ou baixo, rápido ou devagar), mas você vai observar que a Palavra de Deus vai vir de uma forma mais rápida, mais rápida e mais rápida.

 62-    Passou-se o tempo de ficarmos rodeando durante quarenta anos depois da abertura dos selos, rodeando em torno de pontos doutrinários, em torno de guerrinhas daqui e guerras dali. Chegou o tempo de você saber que:

Não são grupos,

Não são ministérios,

Não é companheirismo,

Não são pastores grandes ou pequenos…

É tempo de você saber que este é um trabalho de Deus Mesmo, e que Ele está aqui para aperfeiçoar a Sua Obra! Porque Ele  começou, e Deus não vai deixar os homens com suas boas ou más intenções destruir o que Ele começou?! De forma nenhuma. Ele vai levar adiante e vai aperfeiçoar a Sua Igreja, porque Ele tem vindo como Juiz Supremo para trazer o Seu julgamento.

 63-    O que entendemos quando o profeta falou sobre O Juiz Supremo? O que entendemos sobre O Juiz? Ele mostrou na foto da nuvem de 1963, e O chamou de: Ei-lo aí como o Juiz Supremo. O que entendemos sobre isto?

 64-    Observe, se todo Novo Testamento fala desta hora, então, veja as palavras de Pedro: É tempo que comece o julgamento e que comece… Por onde? Pela casa de Deus. Pois bem, o mesmo Apostolo Pedro, ele disse: quando aparecer o sumo pastor, ele vos dará a incorruptível coroa de glória. Paulo chamou de coroa de justiça, Tiago chamou de outro nome… E você encontra três coroas: coroa de glória, coroa de justiça… E a outra eu esqueci agora, depois nós poderemos encontrar. O que aprendemos sobre isto? [coroa de vida. Tiago 1:12]

 65-    Você sabe o que é coroa? A coroa, ela é colocada na cabeça, para atrair a atenção para a cabeça. E você encontra nas escrituras que Deus mesmo é a coroa da Igreja.

 66-    Por isso que as escrituras dizem que Ele vem para ser coroado, glorificado nos Seus santos. E isto não é algo que acontecerá no futuro. Por isso que Pedro disse: cinge os lombos do vosso entendimento. Meus amigos, todo Novo Testamento fala desta hora, então eu vos falei sobre uma parábola. Jesus falou do fermento…

 67-    Mas, imagine aquela parábola que Jesus disse assim: o Reino dos céus é semelhante ao homem que joga a rede no mar, e ele arrasta e ali ele escolhe um lugar para recolher os peixes bons, e os outros são deixados para trás. Existe alguma rede que pode fazer isto? Durante dois mil anos de cristianismo, nós estamos agora diante de um quadro tremendo, quando tudo isto está sendo cumprindo. Porque estamos vivendo num tempo quando uma grande rede tem sido lançada em todo globo terrestre. Não pensem que é a toa que a palavra “rede” é falada por todas as pessoas como net, internet. [The Net]

 68-    William Branham passou de 1933 até 1965 chamando as denominações para se arrependerem e para aceitarem a Palavra.

 69-    O reverendo Lee Vayle… Lee Vayle… (Se pronuncia “Li Veio”, mas pessoas não sabem que é)… Lee Vayle, ele ficou até o ano 2000 entregando para as pessoas a Doutrina da Mensagem, chamando os pregadores a voltarem para aquilo que William Branham pregou. (de 1977 a 2000) Pois bem, durante quatro anos (simplesmente quatro anos) a Doutrina da Mensagem rodeou a terra e alcançou cento e trinta e quatro países (de 2000 a 2004) E tem despertado pessoas e pregadores do mundo inteiro para voltar atrás e examinar os livros, examinar as escrituras, examinar o que William Branham pregou. E essas pessoas têm deixado de lado seus próprios pensamentos e têm voltado realmente ao original, àquilo que William Branham pregou.

 70-    Talvez você diga “mas eu continuo crendo que Deus enviou um profeta, no batismo em nome de Jesus”; mas o que sabemos sobre isto?

 71-    Os mais antigos sabem perfeitamente no início a dificuldade que nós tivemos com as traduções. Nós entendemos perfeitamente todo trabalho que foi feito e o que foi realizado, mas nós estamos em outro tempo. Alguns fazem de tudo para que as mensagens não cheguem à outras pessoas, para que não seja traduzida, e coloca tudo quanto é de atrapalho. E outros dizem “olha, não temos disto, não temos que ouvir aquilo outro”. Pois bem, nada disto vai barrar a semente eleita de germinar pela chuva de ensinamento.

 72-    Quando você veio para a mensagem há trinta anos atrás, ou vinte anos atrás, nós tínhamos dez mensagens traduzidas, vinte, trinta, e o que sabíamos sobre a doutrina? Pois bem, com aquele pouco que tivemos nós multiplicamos e o país se tornou o que vocês têm visto na questão da evangelização. Vamos dizer assim, uma explosão populacional, dentro da mensagem, quantas pessoas vieram?

 73-    Mas, diga-me, quando Deus estava criando este universo, duas coisas primeiro Ele fez que era própria para a vida. Ele primeiro fez o quê? Luz e depois água. Essas duas coisas são essenciais a vida, sem a luz e a água a vida não encontra uma atmosfera própria para se reproduzir e levar adiante. Luz e água, foram as duas coisas primeiras que Deus criou.

 74-    Deus é sábio. O que é que Ele fez? Ele criou primeiro a atmosfera própria, e depois colocou a vida dentro da atmosfera própria. Nós não tivemos esse entendimento, ou não procuramos esta inspiração. Sem uma atmosfera própria estamos querendo que mais pessoas venham, venham, venham, para se tornarem o quê? Para aprenderem o quê?

 75-    Esta é a luta dos batistas, dos Assembléianos, dos Testemunhas de Jeová e de todos os outros; “Mais um milhão para Cristo, mais cem se batizaram, mais isto, mais aquilo”; para torná-los mais o quê?

 76-    Então, se você sair pelas ruas hoje para evangelizar as pessoas e mostrar para eles que Deus, neste tempo, tem visitado esta terra e tem vindicado um profeta com o ASSIM DIZ O SENHOR, você levará esta pessoa para o quê? Você tem atmosfera própria onde esta vida, este novo filho, possa ser gerado? Temos esta atmosfera? Pois bem, por isso que o julgamento começa pela casa de Deus. Por isso que o profeta disse na mensagem “Evangelismo do Tempo do Fim” que o evangelismo do tempo do fim é cuidar dos nossos. Mas, quando vamos cuidar dos nossos, eles engrossam o talo do pescoço, como adolescentes revoltados contra o pai, contra o sistema e diz “Eu não preciso do seu conselho, já sou homem!”; “que isso minha mãe, já sou grande, não sou mais criança, não; não vou mais brincar de boneca, não”… “Não, isso não é coisa mais… Que é isso!” você vai dar um cheiro, um beijo no seu filho “Hei, que é isso?”.

 77-    Então, chega-se um momento que, quando você vai cuidar dos nossos, eles dizem “eu não preciso!”. E caem no mesmo erro de Laodiceia  que diz “Eu não quero, eu já tenho o suficiente, não preciso aprender mais!”. E isso eles se tornam o quê? Miseráveis. E a palavra miserável mostra uma pessoa desprezível, condição de mendigo, porque a pessoa está naquele espírito.

 78-    Pegue um mendigo (foi o que William Branham nos ensinou) lá na rua, muda a roupa dele, dê banho, faça tudo; dê-lhe novas roupas, coloque dinheiro no seu bolso, deixe ele prontinho. Amanhã você o encontrará na calçada de novo por causa do espírito que está nele, um espírito de miséria.

 79-    Esta é a condição de Laodicéia. E não adianta você dizer “Eu não estou mais em Laodicéia, eu não sou Laodiceiano”. Está bom. Aqueles que saíram de Laodicéia têm, eles receberam uma nova mente, eles receberam uma nova luz porque Laodicéia está em trevas. E João disse, não para o seu dia, mas para o nosso dia porque William Branham disse: todo o Novo Testamento fala desta hora, e João disse: se andarmos na luz, como Ele na luz está, nós temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, Seu Filho, nos purifica de todo pecado.

 80-    Pois bem, sabe o que é purificar de todo pecado, de acordo com as palavras de João? Então você veja o que ele disse também: para isto se manifestou o Filho de Deus, para destruir as obras do diabo.

 81-    Quais são as obras do diabo? Se você souber quais são as obras de Deus, então automaticamente você sabe quais são as obras do diabo. Agora, você quer saber quais são as obras de Deus? Jesus disse: estas são as obras de Deus, que creiais Naquele que O enviou. Então as obras de Deus é o quê? É crer. As obras do diabo é incredulidade.

 82-    Então você diz “eu não sou incrédulo, nós não somos incrédulos”; o mundo religioso diz a mesma coisa. “Eu não sou incrédulo, eu creio”. Em quê nós cremos? O que é um incrédulo? O que seria uma pessoa incrédula?

 83-    Olhe, observe essas simples palavras. William Branham disse: 96%… Pode levar para 99, numa força se expressão ele disse 96, você pode encontrar em outras expressões ele falando 99,9. Mas eu quero citar o que eu lembro da mensagem: 96% da verdade é o reino do anti-Cristo. Uma palavra fora é o reino de Satanás. Uma palavra fora! Isto é para este tempo porque nós não estamos mais no tempo da ignorância, isto não foi para os dias de Lutero que eles tinham apenas a justificação pela fé e continuaram batizando crianças, e continuaram fumando cachimbos e todas essas coisas.

 84-    Não foi para aqueles dias, foi para o tempo da completa manifestação de Deus. A completa revelação de Jesus Cristo. É para este tempo, por isso está registrado no Apocalipse, que quer dizer revelação.

 85-    Tire uma palavra fora do lugar e seu nome será tirado do Livro da Vida do Cordeiro. Acrescente uma palavra e você receberá as pragas. Então, qual a solução? Senhor, tira de mim meus pensamentos. Eu quero a Mente de Cristo. Eu quero a mente de Cristo.

 86-    Agora, meus amigos, se vocês observarem nas escrituras, se você voltar a ler as escrituras, neste tempo (como você sabe), o profeta disse: Ele está aqui como Juiz manifestando o Seu último atributo Deixe-me ler isto aqui para vocês rapidamente. Na mensagem “Cristo Identificado de Todas as Eras” parágrafo duzentos e dois. O irmão Branham… É… 17/06/1964. Ele disse: A Presença de Jesus Cristo que deve iluminar a Igreja. Não é outra coisa, viu? Não é um grande ministério, não é um grande grupo, não são dez pessoas ou duas mil pessoas; é a Presença de Jesus Cristo.

 87-    Agora, presença, ou estar presente… Todo mundo diz que Deus está presente. Mas, na forma bíblica e doutrinaria das escrituras, quando a bíblia fala sobre a Presença de Deus, ou a Presença de Cristo que se manifestaria nos últimos dias, aquilo era algo tão sério (e continua sendo) que os tradutores mudaram a expressão. Em toda bíblia, principalmente no Novo Testamento, onde você encontra “vinda de Cristo” ali o nome é Parousia, que significa Presença. Olhe a diferença.

 88-    Agora, isto são palavras gregas. Mas agora, somos… Eu não entendo nem o “prutuguês” direito! Não sei nem falar direito o português, como é que agora eu vou entender o grego? Pois bem, a bíblia também dizia que Deus, através de lábios gaguejantes falaria à este povo, e Ele cumpriu isto quando usou um homem de Kentucky, sem falar o inglês direito e, no entanto, a mensagem está aí abalando o mundo.

 89-    Agora, se você observar isso nas escrituras, o Novo Testamento foi escrito em quê? Grego. Certo? Quando fizeram aquela tradução. Em cada lugar que você encontra a palavra “vinda”, aquilo foi tomado da palavra grega Parousia, que para nossa tradução seria “Presença”.

 90-    Então, durante as Eras da Igreja, durante esse período de dois mil anos de cristianismo, a palavra Baptismo… Baptismo, ela não foi mudada, ela continua sendo… Eles não mudaram, do original grego, o sentido da palavra. E por isso que até hoje, depois de dois mil anos, você sabe que a palavra batismo significa o quê? Submergir nas águas. Não mudaram. Se a palavra Parousia tivesse ficado no seu original, durante dois mil anos os crentes não estariam esperando vinda. Estariam se preocupando para o momento da Parousia.

 91-    A palavra “vinda”, quando traduziram do grego para o latim (a língua latina), ela dá o sentido de algo que virá e sempre estará no futuro. E por não se compreender isto, o apóstolo Pedro também disse que viria escarnecedores dizendo: onde está  a promessa de Sua vinda? Pois bem, ali, exatamente naquela escritura está: onde está a promessa de Sua Parousia? Não é incrível isto?

 92-    Enquanto a palavra “vinda” dá o sentido de algo que vai sempre… Daqui a cem anos você estará dizendo “a segunda vinda”, daqui a tanto tempo… Mas a palavra Parousia, não senhores! O significado dela é: chegada e presença subseqüente.

 93-    Aqueles que conhecem a bíblia em seu original sabem muito bem disto, que quando os Apóstolos falavam sobre este tempo, quando Ele se manifestasse. E Ele se manifesta em glória. E a palavra “glória” vem da palavra grega Doxa. Enquanto glória, você pensa em algo grandioso, e luzes, e trono, e relâmpagos, e trovões, e  coisas estrondosas; não é este o sentido. A palavra Doxa, de onde trouxeram a palavra “glória” para nossa tradução, a palavra Doxa quer dizer: avaliação e juízo. Quando Ele vem para se manifestar em Doxa é trazendo a Sua avaliação, o Seu julgamento, o Seu juízo. E, por isso, Ele foi apresentado para nós com aquela grande nuvem daqueles sete anjos formando Sua peruca branca, apresentando-O como Juiz Supremo, porque Ele veio trazer a avaliação Dele mesmo para a Igreja.

 94-    Então, chega-se o momento em que a Igreja não terá mais a sua avaliação, ela terá que se desprover do seu entendimento, do que ela aprendeu, da sua inteligência para que a avaliação de Deus possa estar nela. Então, tudo que você vê, quando você for aconselhar, você terá a avaliação Dele em você. Você fará a mesma coisa que o primeiro Filho obediente fez. Observe que Paulo diz: como filhos obedientes. Pedro, aqui…

 95-    Você quer saber como foi que o Filho obediente fez? Ele disse assim, olhe: o Pai a ninguém julga, mas deu ao Filho todo poder de julgar. Agora, diga-me, você acha que o Filho de Deus (Jesus Cristo), Ele pode chegar e dizer “Eu julgo você, julgo você e julgo você”? Não senhores!

 96-    Observe as suas palavras em outras passagens das escrituras: o que eu vos falo, eu aprendi com meu Pai e, como eu ouço, assim julgo. Isso quer dizer, Jesus só apresenta o julgamento daqueles a quem o Pai já julgou, como ele só pode curar aquele que o Pai mostrou curado. E por isso Ele podia dizer:  o Filho não pode fazer nada de Si mesmo. Ao menos que o Pai o mostre.

 97-    E você sabe na… Quem assistiu já “O Fundo Clama Ao Fundo”, quantas vezes você assistiu aquilo? Observe que quando William Branham está tendo aquela entrevista com aqueles dois irmãos, com a sua esposa e os seus filhinhos na frente (porque nas filmagens antigas não dá pra perceber, mas quando melhoraram aquilo então dá pra perceber que ali está a família dele também).

 98-    Então, Jesus… O irmão Branham falando sobre Jesus e à respeito da mulher do poço, falando sobre discernimento, e depois falou sobre aquele homem que foi curado. Jesus… O irmão Branham falou assim: e o Senhor Jesus, Ele passou por todos aqueles doentes, por todas aquelas pessoas e foi lá no tanque de Betesda e curou apenas um. E Ele foi questionado por quê fez isto, e observe Suas próprias palavras (veja que é bem assim que o irmão Branham fala): o Filho não pode fazer nada de Si mesmo, mas, tudo que vê o Pai fazer, isto Ele faz igualmente.

 99-    Em outra mensagem o irmão Branham explicou o que era aquilo. Ele disse: vocês sabem que eu não posso fazer nada. As pessoas vinham na fila de oração e ele ficava conversando com a audiência e a mulher estava ali, e a pessoa estava ali; um minuto, cinco minutos e ele falando. E ele viu que o povo estava, né… O doente lá, a paciente lá e ele disse: vocês sabem que eu espero algo. Eu espero por Ele, eu espero pelo Anjo do Senhor. Eu sou tão inválido quanto qualquer um de vocês... Não foi diferente com Jesus Cristo.

 100-  Jesus disse: a doutrina que eu vos ensino não é minha; a Palavra que eu vos digo, não a digo de mim mesmo; as obras que eu faço, não são minhas. Tudo isto Jesus explicou. Mas, por que será que nós não aprendemos assim? Por que será que nós não aprendemos desse jeito?

 101-  Por que será que Jesus Cristo, antes de subir ao céu, Ele mandou um recado para os discípulos chamando-os de irmãos? E disse: ide, e dizeis aos meus irmãos que me encontrem em tal lugar? E depois disse: e diga para eles que eu ainda não subi para meu Deus e vosso Deus, para meu Pai e vosso Pai? Por que será que o Filho foi obediente até a morte, mesmo sendo em forma de Deus? Porque o Filho trás a essência do Pai. Ele é um prolongador da vida. Quando você gera um filho, você está colocando sobre ele a capacidade de levar a vida adiante.

 102-  O profeta explicou isto em palavras tão simples, nós é quem complicamos tudo. Ele disse: o macho trás a semente da vida sobre seus lombos. E ele mostrou o exemplo nas escrituras falando a respeito de Levi, o filho de Jacó, que era filho de Isaque, que era filho de Abraão. E a bíblia diz: e Abraão… E Levi pagou dízimos quando estava nos lombos de Abraão. E o profeta explicou isto mostrando porque a vida vem assim, a semente da vida vem do pai. E claro, então o filho… Por isso o filho, o varão, ele tem esta capacidade de multiplicar, de levar a vida adiante. Agora, foi isto, exatamente, o que Jesus disse.

 103-  Como o Pai tem vida em Si mesmo, também deu o FilhoAo Filho o ter a vida em Si mesmo. Então, o filho levou aquilo adiante. Agora, observe. Como foi que o Filho foi gerado? Da mesma foram que todos os outros filhos de Deus, no plano original, teriam que ser gerados também. Não era através da via sexual, era pelo poder da Palavra Falada. E foi assim que Jesus Cristo veio em cena, simplesmente um Anjo do Senhor apareceu para Maria e disse: salve agraciada! Tu conceberás, darás luz à um filho, e ela disse: como é que eu posso, se eu não conheço? Mas você vai conhecer pela experiência. Você vai conhecer pela experiência.

 104-  E agora, Aquele que recebeu a vida do Pai, Ele pôde levar esta vida do Pai adiante, não Dele mesmo. Você tem vida em si mesmo, na questão de gerar adiante? Teu pai te deu este direito, e você passa aquilo para seu filho e você leva aquilo adiante. Por isso no Antigo Testamento era vergonhoso, era uma desonra um homem não poder gerar um filho. E temos aquele caso lá que vocês sabem que o homem morreu, não deixou um filho, então o irmão casou com a viúva para poder suscitar a semente… Vocês sabem… Por causa disto, porque o homem, ou o filho, teria que levar aquilo adiante. Jesus fez isto.

 105-  E como é que somos gerados? Ele disse: através da Palavra que eu vos digo. Minhas palavras são espírito e vida. Não tem outra forma de você receber a vida de Deus em você, a não ser ouvindo a Palavra. A não ser crendo na Palavra. Você tem que nascer da água e do espírito. E como é esse nascimento da água? Você já aprendeu que tem que ter a lavagem da água pela Palavra. E o Espírito Santo, ele é quem vivifica, e as escrituras dizem: se o espírito Daquele… Observem: que ressuscitou a Jesus dos mortos, se aquele mesmo Espírito estiver em você, então Ele também vivificará os vossos corpos mortais. E a palavra “vivificar” quer dizer: tornar a dar vida. Tornar a dar vida.

 106-  Agora, este é um tempo tremendo, no qual nós estamos vivendo. Porque, quando foi falado sobre a Presença de Cristo, e eu disse para vocês (não pensem que eu esqueci) que todas as igrejas, e denominações e religiões falam da Presença, falam que Deus está presente. Mas, a forma que está escrita nas escrituras não é o que eles pensam, eles nunca sabem sobre a Presença de Cristo.

 107-  Se durante dois mil anos de cristianismo o mundo religioso soubesse que realmente Deus está presente, e se Deus estivesse estado presente durante esses dois mil anos na forma que Ele disse que estaria nesses últimos dias, então nós não precisaríamos de um profeta para dizer que Deus está presente.

 108-  Todo o tempo as religiões disseram “Deus está aqui”. Porque eles têm… Eles vêem nas escrituras dizendo: não vos deixareis órfãos, voltarei para vós. Então, ao mesmo tempo, nós com pensamentos unicistas dizemos assim: “Está vendo, Jesus é o próprio Pai, porque o pai é quem deixa órfão”, e fomos tão cegos que não observamos que era o Pai que estava falando através do Filho.

 109-  William Branham pregou oito mensagens, aproximadamente (eu conheço oito), com o titulo “Mostra-nos O Pai, E Isto Nos Basta”… [um irmão fala com o pastor – Ed.]… Nenhuma delas foi traduzida ainda. Mas todos os parágrafos que ele fala sobre o assunto já está traduzido.

 110-  “Mostra-nos O Pai, E Isto Nos Basta”, “Mostra-nos O Pai, E Isto Nos Deixará Satisfeitos”. Ele também pregou a mensagem “Deus Em Seu Povo”, e nessas mensagens ele mostra estas coisas, quando ele diz: Jesus era um mistério até mesmo para os apóstolos, e por isso Ele não era compreendido; porque uma hora Ele virava, era o Pai, e era Ele mesmo, o Filho, que falava. Ele virava para o outro lado, já era o Pai que falava através do Filho.

 111-  E o profeta disse: Ele era um ser dual. Uma hora o Filho falava, outra hora o Pai falava através do Filho. Porque Deus estava em Cristo, reconciliando consigo o mundo.

 112-  Há alguns meses atrás (uns oito meses), eu recebi um telefonema de uma cidade próxima. E o homem que ligou, ele se auto-intitulou delegado de polícia. E era da mensagem, e há muito tempo estava trabalhando naquela cidade. E ele disse: “os estudos que o irmão tem colocado à disposição, que fala sobre a Divindade, a Deidade Suprema, eu gostaria de ouvir”.

 113-  E ele me fez algumas perguntas, e o que eu respondi para ele, gostaria de passar rapidamente para vocês. Eu disse: “irmão, até onde eu sei, quando nós fomos evangelizados, há muito tempo atrás com esta mensagem, nós não sabíamos de tudo. Nós tínhamos poucas coisas traduzidas. Então formamos um ponto doutrinário ali, e depois quando vieram outra mensagens nós não crescemos. Nós não queríamos mais aprender. Sustentamos as mesmas coisas”.

 114-  E eu vou dizer para vocês, tudo que vocês aprenderem daqui por diante, e disserem assim: “mas eu não via isso nas mensagens”; “ah, mas essa aqui vai ser traduzida ainda”. Quando for traduzido, as pessoas passarão por alto do mesmo jeito!

 115-  Você sabe por quê o nome Dele é Jesus? O irmão Branham disse: porque esse era o nome de Seu Pai. E ele disse: eu sou Branham porque meu pai é Branham. O nome Dele era Jesus porque Seu Pai é Jesus. E Deus colocou Seu próprio nome em Seu Filho.

 116-  Por isso, toda família no céu e na terra (inclusive o Filho Primogênito) teve que tomar este nome. E por isso Ele disse:  Eu vim em nome de Meu Pai… Pai, manifestei Teu nome aos homens.

 117-  Esse é o tempo de aprendermos. Nunca houve um tempo tão rico, com uma chuva tão rica de ensinamento como este. Mas, esta chuva de ensinamento não vai regar todos eles. Não vai chegar nem se quer nas suas folhinhas, quanto mais nas raízes. Mas a semente eleita e predestinada, ela glorificará a Deus por ter recebido esta visitação neste tempo.

 118-  Concluindo as minhas palavras. Se eu ficasse aqui três meses… O irmão Branham ficou oito dias pregando; coitadinho da gente, não é? Eu poderia ficar aqui a noite inteira, e… Poderíamos aprender muitas coisas juntos.

 119-  Mas, eu quero só falar algo para vocês. Para entender a doutrina de Cristo, nós temos que voltar as páginas da bíblia sagrada outra vez. Quando eu disse para aquele irmão (o delegado de policia) que nós tínhamos poucas mensagens e com aquilo formamos a base doutrinaria, e depois que vieram outros esclarecimentos nós abrimos o leque, passamos por cima. A bíblia está dizendo isto; “ah, mas deixa quieto”. O irmão Branham disse tal coisa; “ah, mas o irmão Branham disse, mas deixa quieto, não vou pregar sobre isto”.

 120-  Pois bem, eu disse “irmão, esse ponto doutrinário é unicista, da igreja Pentecostal Unida”. O próprio irmão Branham… Esta experiência, muitos de nós passamos ou ainda temos que passar. Alguns de nós, para podermos aprender.

 121-  William Branham, quando ele começou seu ministério… Onde ele começou? Entre os trinitários. Aonde? Na Primeira Igreja Batista Missionária de Jeffersonville (se não me falha a memória).

 122-  Logo em seguida, me diga, para onde ele foi? Ele acompanhou quem? Lembram das placas nas bicicletas e nos carros? “Só Jesus”, “só Jesus”, “só Jesus”; o grupo pentecostal. E ele foi atrás. E era entre os “só Jesus” que ele tinha que começar um trabalho, e por ele não ter ido, ele sofreu as conseqüências.

 123-  Observe. Ele já tinha conhecido um lado da doutrina, e agora Deus o estava colocando para conhecer o outro lado. Porque ele tinha que aprender as duas matérias. E não tem como um professor ser um bom ensinador se ele não conhece a matéria que está ensinado. E é por isso que nós estamos nesse problema sério em nosso pais com a educação fajuta. É um desrespeito à um pai de família! Você colocar seus filhos na escola, e eles passam quatro ou cinco horas lá apenas ouvindo piadinhas e conversinhas, e às vezes é sessão de filme, e tudo mais! E os professores apenas escrevem, escrevem, escrevem e não têm nada para explicar, porque eles também não foram instruídos! E teremos um bando de quê futuramente? Um bando no sentido de grupo.

 124-  Pessoas sem instrução, sem um bom emprego, sem uma boa educação, sem poderem competir com os dias em que nós estamos vivendo.

 125-  Enquanto isso vá… Vai ver como é a educação japonesa. De outros países  Mas, porque eles não estão interessados; o governo está interessado simplesmente a enviar tantos currículos, e dizendo assim: “o analfabetismo caiu, porque tem tantas pessoas na sala de aula por causa…”; é apenas números, e somente isso! Porque tem empresas e organizações não governamentais que despejam rios de dinheiro para isto. A máfia que tem por trás disto, misericórdia!

 126-  Quando apareceu aquilo sobre o desarmamento… Lembram daquele assunto sobre o desarmamento? Eu reuni o povo e entreguei o assunto sobre aquilo ali. E Preguei sobre o que estava por trás daquilo. Eu disse que nunca possuirei uma arma, mas sou contra esse chamar a tenção do povo para se desarmarem. Não é assim que acabarão com a violência!

 127-  Você sabe o que é que o governo fez durante esse período de tempo? Está aí agora, durante esse período de eleição… O que é que aconteceu? Digamos, se houve dois mil assaltos, eles divulgaram quinhentos para dizer que estava controlado. Era um período de eleição.

 128-  Agora, William Branham disse, do jeito que está na política está na religião. E por quê será que as pessoas não se conscientizam disto? Enquanto vocês vêem briga daqui, e briga dali; gente, a luta não é contra a carne e o sangue. Não temos que brigar com quem quer que seja, não temos que levantar bandeira contra quem quer que seja. Nós estamos aqui para batalhar pela fé que uma vez foi dada aos santos. Apenas isso.

 129-  Se levantará idéias de todos os lados. Mas você tem que saber qual é o teu chamamento, para quê você foi chamado. Então você precisa conhecer a matéria que você defende. Eu acabei de dizer isso porque eu  estava dizendo que o irmão Branham conheceu as duas matérias primeiro. Ele conheceu a Trinitária e depois a Unicista. Então quando ele conheceu os dois lados e ele viu aquilo pelas escrituras, assim como Moisés viu que aquilo era escriturístico, João Batista viu que era escriturístico…

 130-  Aqui está a mensagem “Fala A Este Monte”, não vou ter tempo de ler nada desta mensagem. Mas aqui ele está dizendo que mesmo quando um anjo de Deus lhe dava algum recado, ele levava aquilo de Gênesis à Apocalipse.

 131-  Ele aqui está dizendo que quando ele encontrou uma determinada palavra nas escrituras, ele buscou o grego, o hebraico, o diaglót enfático, e diz ainda que procurou uma tradução da bíblia católica para ver se aquilo realmente dizia assim.

 132-  Então meus amigos, o ensinar a Palavra não é simplesmente você pegar uma mensagem, sabe, e ler (que é muito bom). Não é simplesmente pegarmos uma literatura, sabe, e ir para o serviço, e ir e voltar e ler, e pronto “acabei, quero outra; quando é que chega outra?”.

 133-  Pois bem, o irmão Brian Kocourek, ele pega uma mensagem dessa e prega cento e cinqüenta e cinco sermões. Isso quer dizer o quê? Um ano, um ano e meio estudando.

 134-  O assunto sobre a Divindade, nós pregamos cinqüenta e dois sermões. Não chegamos nem no começo. Não chegamos nem no início. E cada vez, tocando no assunto, o povo aprende. Porque estamos aprendendo sobre Deus mesmo. Nós precisamos compreender a Natureza de Deus, caso contrario você não conhecerá a sua natureza.

 135-  Quando William Branham conheceu as duas matérias, então ele disse… Chamou eles… Vocês leram a mensagem “A Divindade Explicada”? Ele disse:

Eu não concordo com vocês trinitários, nem concordo com vocês unicistas, porque ambos estão errados. Deus não é três pessoas, e não é só um como o nosso dedo é um. E ele disse: Não para ser diferente... Não é porque eu quero ser diferente; mas eu sigo o centro do caminho. Doa em quem doer. Não é três pessoas, nem é um como o seu dedo é um. Mas, William Branham, como é que você crer? Aí é que está o caso.

 136-  Na mensagem “A Divindade Explicada”, creio que é o parágrafo 74… Ou cinqüenta e quatro, ele diz assim: É por isso que vocês, trinitários, quando me ouvem dizem assim: William Branham é unicista! Ele disse: Eu não sou! E vocês, os irmãos da unicidade, quando me vêem pregando sobre o Pai e o Filho, vocês dizem: ele é trinitário. Ele disse: Eu não sou!

 137-  Não compreenderam suas palavras, como não compreenderam as palavras de Jesus. E, coloque isto na sua cachola agora (você já sabe disto, mas vamos aprender mais um pouquinho). Observe, por que foi que Jesus foi acusado? Quando pegaram pedras para lhe apedrejar, ele disse assim: eu tenho ficado durante todo o tempo com vocês curando enfermos, fazendo sinais e maravilhas; por qual dessas obras vocês me apedrejam? Multipliquei pães, peixes; estão me apedrejando por qual obra? Os Fariseus disseram: não estamos querendo matar-te  ou prender-te por causa de algumas obras que tu fizestes (porque eles sabiam que as obras eram boas). Mas eles disseram assim: estamos tentando te prender porque tu, sendo homem, te fazes Deus.

 138-  Quando foi que Jesus se fez Deus? Quando Ele disse que era Filho de Deus. Jesus nunca disse “Eu Sou Deus”, Ele disse “Eu Sou o Filho de Deus”. És Tu o filho de Deus? Muitas vezes Ele ficou quieto, mas quando o sacerdote disse: Eu conjuro-te pelo Deus vivo, que nos fale. E aquilo era um juramento que nenhum judeu poderia fugir. Diante daquela conjuração.

 139-  Conjuro-te diante do Deus vivo que digas agora. Então Jesus disse: Eu Sou. Eu Sou. Ele foi até o último instante. E desde agora vereis o céu aberto, e o Filho do homem com anjos subindo e descendo... Vocês conhecem as escrituras.

 140-  Pois bem, eles quiseram matá-lo quando ele estava se fazendo Deus. Mas ele estava se fazendo Deus, não para os judeus, os judeus não diziam que Ele era Deus, era dizendo que Ele era o Filho de Deus.

 141-  Agora, quando que o irmão Branham disse que era um Branham? Quando ele disse que esse era o nome que ele tinha, porque ele nasceu naquela família. Agora, claro, uma filho de Deus, ele trás a essência do Pai, e está escrito no Antigo Testamento: Eu Sou o Senhor, não reparto a minha Glória com nenhum outro; mas os judeus sabiam sobre a lei da herança e a lei da adoção. Que um filho, ele recebe 50% de tudo o que o pai tinha. O filho mais velho.

 142-  E Jesus se declarando o Filho de Deus, então Ele, automaticamente, teria que herdar do Pai a metade. E eles disseram: isso é blasfêmia! Isso é blasfêmia!I O que eles não entendem  é que Deus… Nós estávamos separados de Deus. Nós estávamos separados de Deus. Você, como um filho e uma filha de Deus, não tinha como você voltar à Ele. Por isso tinha que existir o mediador. Para haver um mediador tem que haver duas coisas: uma pessoa em cima, outra embaixo e um no meio. Esse do meio é o mediador. O de cima, não é o de cima e o mediador ao mesmo tempo. Só existe um mediador entre Deus e o homem, que é Jesus Cristo; o que fez a ponte.

 143-  Pois bem, Jesus fez essa ponte, porque se não fosse isso você nunca mais voltaria para casa, uma vez que todos pecaram e destituídos estão da Glória de Deus. E na lei da herança e da adoção, quando o filho mais velho era adotado, então ele recebia 50% de tudo que o pai possuía, e os outros filhos só receberiam quando o pai morresse.

 144-  Depois que o pai morria, então os outros 50% era repartindo entre os outros membros da família. Então estávamos em problema, porque Deus não morre! Nosso Pai é imortal! Paulo disse: Ele é o imortal. E se Deus é imortal, como íamos receber alguma coisa? Então, nosso Irmão maior, o nosso Irmão mais velho, Ele deu um passo à frente e disse: “Eu assumo o lugar deles!” Eu cedo os meus direitos! Amém. Que o Senhor vos abençoe. Deus vos guarde. Deus vos guarde…

 Reunião em Citrolandia, Minas Gerais dia 12 de Maio de 2007

 Ouça a palavra de Deus pela Internet, acesse nosso portal:

www.doutrinadamensagem.com

http://diogenestraducoes.webnode.com.br

contato@doutrinadamensagem.com

doutrinadamensagem@gmail.com

 e-mail: radiouninfe@hotmail.com

Uma obra rápida

Leia também:

O Tesouro Oculto – parte1

Gostou? Compartilhe na rede!
Tags

11 Comments  - Clique aqui para comentar!

  • […] Cingindo Os Lombos do Vosso Entendimento – Texto […]

    Pingback feito por O Tesouro Oculto parte1 - Doutrina da Mensagem — 10 de fevereiro de 2013 @ 2:16

  • 1º Reis 18: 46 – E a mão do Senhor estava sobre Elias, o qual cingiu os lombos, e veio correndo perante Acabe, até a entrada de Jizreel.

    Comentário feito por admin — 15 de novembro de 2013 @ 5:24

  • Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça, Efésios 6:14

    Comentário feito por admin — 15 de novembro de 2013 @ 5:25

  • João 21: 7 – Quando, pois, Simão Pedro ouviu que era o Senhor, cingiu-se com a túnica, porque estava despido, e lançou-se ao mar;

    Comentário feito por admin — 15 de novembro de 2013 @ 5:25

  • Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios, e esperais inteiramente na graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo.

    Comentário feito por admin — 15 de novembro de 2013 @ 6:58

  • Quando Deus te dá um novo coração, Ele te dá um novo entendimento. Este é o novo coração. O novo espírito que Deus te dá é um novo desejo: eu quero fazer a coisa certa! Depois disto, então Ele pode dar à você do Seu Espírito.

    Comentário feito por admin — 15 de novembro de 2013 @ 6:59

  • O irmão Branham disse: a bíblia inteira é a revelação de Jesus Cristo; e na mensagem “Shalom” ele disse: todo Novo Testamento fala desta hora.

    Comentário feito por admin — 15 de novembro de 2013 @ 7:00

  • Jesus era um mistério até mesmo para os apóstolos, e por isso Ele não era compreendido;

    Comentário feito por admin — 15 de novembro de 2013 @ 7:00

  • eu tenho ficado durante todo o tempo com vocês curando enfermos, fazendo sinais e maravilhas; por qual dessas obras vocês me apedrejam? Multipliquei pães, peixes; estão me apedrejando por qual obra? Os Fariseus disseram: não estamos querendo matar-te ou prender-te por causa de algumas obras que tu fizestes (porque eles sabiam que as obras eram boas). Mas eles disseram assim: estamos tentando te prender porque tu, sendo homem, te fazes Deus.

    Comentário feito por admin — 15 de novembro de 2013 @ 7:01

  • O irmão Branham disse: porque esse era o nome de Seu Pai. E ele disse: eu sou Branham porque meu pai é Branham. O nome Dele era Jesus porque Seu Pai é Jesus. E Deus colocou Seu próprio nome em Seu Filho.

    Comentário feito por admin — 15 de novembro de 2013 @ 7:02

  • Muito profunda essa mensagem , este estudo. Sobre a revelação da trindade.

    Comentário feito por luciano bonfim — 27 de agosto de 2016 @ 16:28

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Dados da Matéria

Dados do Autor

Doutrina da Mensagem Admin do site doutrina da mensagem » Blog do autor. » Site do autor.