Comentários sobre O Sétimo Selo – Parte 3 Download PDF

Comentários sobre O Sétimo Selo Parte 3

setimo selo parte tres

 

“O Segredo Debaixo do Sétimo Selo”

O Cordeiro tomou o Seu Livro quando, o Sétimo Selo estava quase pronto para ser Berto, o Sexto Selo. Lembre-se, Ele escondeu o Sétimo Selo de nós. Ele não abriu. Quando o Anjo permaneceu, dia a dia, dizendo, entretanto Ele não o fez nesse selo. Disse: “Há silêncio no Céu”. Ninguém sabia. Era a Vinda do Senhor”. Almas em prisão Agora – 10/11/1963 § 208

 

01-       E vi na destra do que estava assentado sobre o trono um livro escrito por dentro, e por fora selado com sete selos. E vi um Anjo Forte bradando com grande voz: Quem é digno de abrir o livro e de desatar os seus selos? E ninguém no céu, nem na terra, nem debaixo da terra podia abrir o livro nem olhar para ele.

Apocalipse 8:1 E, havendo aberto o sétimo selo, fez-se silêncio no céu quase por meia hora.

 

02-       Senhor, nosso amado Pai celestial. Aquilo que João chorou, a causa pela qual ele derramou lágrimas… Pois ele sabia que se aquele livro não fosse aberto, não fosse rompido a redenção não poderia ser efetuada. Tudo estaria perdido.

 

03-       Ele sabia que o seu nome estava ali, e aquele livro precisava ser aberto, pois quando aquele livro fosse aberto, aquilo significava que todos aqueles que tinham seus nomes escritos no Livro estavam já redimidos, resgatados, livres. E agora estas coisas têm chegado até nós depois que temos escutado, ouvido, dado atenção à voz do sétimo anjo, quando esta trombeta tem soado exatamente para revelar o segredo de Deus.

 

04-       E nós estamos agradecidos por vivermos neste dia quando o Senhor tem aberto, tem rasgado o véu dos mistérios e tem nos colocado para vermos o que estava por trás do véu. Ajuda Teu povo e nos abençoa nesse instante, neste culto. Para a glória do Teu nome, Senhor Jesus, nós Te pedimos. Amém. Podem se assentar.

 

05-       Nós estamos abismados depois do regozijo que sentimos. Quando o Cordeiro tomou o livro para desatar os seus selos, houve um grande júbilo, uma grande alegria, uma estrondosa festa. Todos clamaram: Digno És, Cordeiro, de tomar o livro e de desatar os seus sete selos.

 

06-       Hoje, no dia em que você vive, depois de você entender estas coisas, o homem e a mulher que não se sentir parte desta festa espiritual, deste regozijo, desta alegria de ver o livro aberto, de ver o Cordeiro com o livro aberto entregando a revelação, isto já está mostrando, isto já é uma prova que esta pessoa, que este homem, que esta mulher não estava incluída dentro do plano de Deus (pois todos aqueles que estão incluídos dentro do plano de Deus, têm seus nomes escritos no livro).

 

07-       E quando o Cordeiro toma o livro para desatar os seus sete selos, houve um tremendo júbilo. E, neste júbilo, nesta alegria eu estava! Eu estou neste júbilo. Nossas almas gritam de alegria em saber que chegou o momento, chegou o tempo que, desde antes da fundação do mundo tudo que ficou escondido, acobertado sem ninguém saber, agora Deus abre e diz “olha, você está incluído nas páginas do Livro da Vida” [a congregação diz: Amém]. Seu nome foi escrito ali com o sangue do Cordeiro antes da fundação do mundo.

 

08-       Mas só que agora chegou o tempo de você saber tudo que estava por trás dos selos. E você hoje pode encontrar pessoas dizendo que os selos não estão abertos. Ou que estão abertos apenas seis selos e que falta abrir o sétimo. Outros estão a dizer que o Cordeiro deixou de interceder quando o sétimo selo foi aberto. E todos dizem que estão dizendo o que o profeta disse.

 

09-       Agora, “O Primeiro Selo” parágrafo dezoito O profeta diz: O Cordeiro está de pé com o livro aberto esta noite, abrindo os selos para nós      E se a Palavra tem algum significado, ele disse que estava e eu creio! Billy Paul disse “não há conjectura”, Billy Paul disse “eu não tenho porquê discutir essas coisas”. Se Deus pensa, o profeta fala e eu creio! [a congregação diz: Amém]. Deus pensou, o profeta expressa para a igreja o pensamento de Deus.

 

10-       E nós estamos fazendo estes comentários sobre o sétimo selo aberto. Pois crer que o primeiro selo foi aberto, isso é fácil! O segundo, o terceiro, o quarto, o quinto, o sexto… Mas quando se chega no sétimo selo ficou alguma coisa escondida para o futuro. E se o sétimo selo não estiver aberto os outros também não estarão, pois é o sétimo selo que abre os outros. O mistério do sétimo selo é o que desvenda o mistério de todos os outros, porque o sétimo selo teria que estar na terra aberto, em atuação, revelando os outros selos.

 

11-       Agora, o que seria novidade para a igreja hoje? Não é mais novidade para nós o batismo em nome do Senhor Jesus Cristo. Não é novidade! Isto deixou de ser novidade desde o livro de Atos. Faz dois mil anos que o batismo em nome do Senhor Jesus Cristo não é mais novidade porque os apóstolos já ensinaram isto e está registrado nas escrituras. Crer que Deus é um, anunciar que Deus é um e não três, não é novidade, está registrado em Tiago 2:19: Crês tu que há um só Deus? Fazes bem… Pregar sobre usos e costumes não é novidade, está tudo registrado nas páginas da Bíblia Sagrada.

 

12-       Mas a novidade hoje para a igreja, o que nos deixa estarrecidos, na expectativa, vivendo na expectativa de algo é você saber que o mistério do sétimo selo está revelado, está aberto porque era uma coisa que nem os apóstolos sabiam á respeito. Ninguém teve o direito e o privilégio de saber o que era aquilo. Jesus falou de seis selos, mas Ele não falou do sétimo. Quando chegou no sétimo selo, Ele só disse: Aquele dia e hora ninguém sabe. E quando João foi chamado para ver a abertura do selo, ele estava em visão vendo o que aconteceria no futuro.

 

13-       Ele vê cada abertura dos selos. E cada vez que algum selo foi rompido um acontecimento foi mostrado. Mas quando chegou ao sétimo selo houve silêncio por quase meia hora. Aquilo ficou em silêncio. Nenhum barulho… acabou os glórias, o Aleluia, acabou os Vivas, acabou tudo. Ninguém dava um “piu” (como dizem). Os querubins, serafins, anjos, arcanjos pararam de glorificar. Nada se moveu! Nada foi feito por um espaço de quase meia hora, porque era o grande selo com o grande segredo que estava sendo desvendado, e na hora de seu deslumbramento (ou dele ser mostrado), ninguém poderia saber o que era.

 

14-       O profeta do Senhor quando estava recebendo as revelações dos selos… Olha, o Anjo disse para ele: É tempo dos sete selos serem abertos, vá para Tucson. O irmão Branham se despediu da igreja, e foi para aquela região dizendo que estava seguindo uma visão que Deus lhe mostrou, ele foi, houve aquele acontecimento (como vocês sabem). E ali a voz disse mais uma vez: Volte para Jeffersonville porque chegou o tempo da abertura dos sete selos.

 

15-       Então, ele pregou “Deus em Simplicidade”, pregou “A Brecha”, ou “O Intervalo Entre as Eras e os Selos”. Então ele disse: Eu não sei o que é o primeiro selo, mas na noite seguinte ele entregou, porque o mistério do primeiro selo foi entregue para ele.

 

16-       O primeiro selo foi aberto quando? Foi rompido quando? No tempo de Paulo, na primeira Era da Igreja. Mas ninguém, durante o período das sete Eras, sabia o que significava. Mas quando o profeta estava na terra, nos dias do seu ministério, o mistério do primeiro selo foi entregue. Durante dois mil anos de história o que pensaram que era Cristo era o anti-Cristo. E ele disse: Eu não sei nada sobre o segundo selo, mas na noite do segundo selo ser aberto ali estava a revelação do segundo selo. E assim foi indo com o terceiro, com o quarto, com o quinto e com o sexto.

 

17-       Quando ele pregou o sexto selo, ele estava tão cansado que teve que depois disso fazer um culto de oração pelos enfermos onde teve “Perguntas e Respostas Sobre os Selos”, creio que no domingo pela manhã, para que domingo à noite ele entregasse O Sétimo Selo.        E quando chegou o momento de falar sobre o sétimo selo, o que foi que ele disse para a igreja? “O Sétimo Selo” parágrafo setenta: Agora notem, é por Deus que eu lhes digo a verdade, já que estas coisas me são espiritualmente discernidas. São discernidas pelo Espírito Santo. E cada coisa tem identificado seu lugar na Bíblia…

 

18-       … Agora, o grande segredo sob este selo… ( o sétimo, ele está pregando sobre o sétimo selo, da noite (deixem-me ver aqui para ficar bem registrado) 24 de Abril de 1963, veja. Agora, o grande segredo sob este selo… Sob é abaixo, por baixo; sob. Não é sobre, por cima, é sob. Quer dizer, o selo estava por cima, como foi desatado, por baixo tinha um segredo. É isto que ele está dizendo.

 

19-       “O grande segredo sob este selo eu não o conheço.”

Foi aqui que muitos fizeram as suas próprias interpretações e até hoje dizem que o sétimo selo não está aberto. Outros dizem que só saberemos sobre o sétimo selo quando houver o ministério da ressurreição, outros dizem que o profeta tem que voltar para nos pregar sobre o sétimo selo, e revelar o que era as vozes de trovão outros ficam na defensiva e dizem: “se você já sabe o que significa os trovões, então me diga o que é o Novo Nome” Isto é o mesmo que satanás fez com Jesus, desce da cruz e creremos em ti, ou transforma estas pedras em pães se tu eis mesmo o filho de Deus. Ora, se Jesus tivesse transformado a pedra em pão o diabo diria que era um truque barato de mágica, e até hoje ele está enganando o povo, tentando sempre lhes fazer crer que Deus não tem um Filho!

 

20- Outros são ainda mais audaciosos, e dizem que o Novo Nome é Branham, ou H A M, são pessoas de mente fértil, e gostam de procurar nas entrelinhas para que suas ideias tenham conotação com o que originalmente foi dito. Acho incrível como nenhum destes grupos e ministérios consegue obter a maior de todas as revelações que é a compreensão da Deidade. Isso deixa tudo alinhado, nada fora do lugar, lança fora toda interpretação e conjectura. Dizer o que o profeta disse sem a compreensão de suas palavras tem feito uma colcha de retalhos.

 

21-       … O grande segredo sobre este selo eu não o conheço. Não o conheço! Não o pude decifrar. Não pude captar o que dizia, porém eu sei que eram os sete trovões soando rapidamente um após o outro.

 

22-       Bem, o grande segredo por baixo do sétimo selo, ele disse: “eu não pude decifrar, só sei que eram as sete vozes dos trovoes soando um após outro”. Primeiro vamos pensar um pouquinho: o que é a voz dos trovões? Ele disse que a voz dos trovões é a voz de Deus, disse: um trovão é a voz de Deus nas escrituras. Quando Jesus fez aquela oração dizendo: Pai, glorifica Teu Filho, ouve uma voz do céu que dizia assim: eu já o glorifiquei, outra vez o glorificarei. As outras pessoas não ouviram a voz, ouviram um trovão e disseram “olha, ouve um trovão no céu” e foi a voz de Deus. Só que Jesus ouviu a voz, as pessoas ouviram o som de um trovão.

 

23-       O irmão Branham disse: um trovão é a voz de Deus. Bem, se são sete trovões que soam, de onde sai esta voz? Vocês já entenderam isto no início desta série de estudo que estas vozes de trovoes são proferidas pelos sete anjos, e estes sete anjos são os sete mensageiros das sete Eras da Igreja. Prestem atenção. Os sete anjos enviados às sete Eras da Igreja. Estes são os sete mensageiros. Suas mensagens são exatamente a voz de Deus, é a voz dos trovões. Mas enquanto eles pregaram as suas mensagens as pessoas não entenderam o que aquilo significava. E com a voz dos mensageiros não houve outra coisa, a não ser denominações feitas com aquilo.

 

24-       Mas quando o sétimo está na terra e quando ele prega a sua mensagem, o som da sua trombeta, o som do sétimo selo, o som do sétimo trovão diz o que significa a voz dos outros seis trovões. Mas, prestem atenção… por que ele disse que não sabia, não pôde decifrar? Mas uma coisa ele entendeu: não pude captar o que dizia, porém eu sei que foram os sete trovões soando rapidamente um após o outro...

 

25-       Bem eu quero fazer aqui uma vírgula, uma pausa. Alguém pode dizer (vocês que me ouvem ou vocês que me ouvirão na gravação): “bem, se ele está dizendo que não sabia, como é que você está explicando o sétimo selo?”. Bom para começar, eu não estou explicando, mas tecendo alguns comentários sobre o tema, e eu não estou parado no dia em que ele pregou sobre o sétimo selo, no dia 24/04/1966. Eu estou pregando sobre o sétimo selo, mas baseando-me agora em todas as mensagens que ele pregou depois do sétimo selo, desde sessenta e três até sessenta e cinco. Porque enquanto ele estava no púlpito pregando sobre o sétimo selo, ele disse: eu não sei o significado. Mas quando passou o período daquele tempo, quando ele teve permissão de falar ele então explicou o que ele não explicou aqui. Mas quando ele explicou as pessoas não quiseram entender, até que quando ele pregou a mensagem “Os Ungidos dos Últimos Dias” anos depois, perguntaram: irmão Branham, e aquela voz dos trovões? Não é uma revelação que vai vir? Ele disse: não senhor, aquilo já veio. Aquilo já veio, os sete selos dizem o que era aquilo. Amém.

 

26-       Agora, se você fica apenas com esta mensagem como muitos irmãos e muitos pregadores têm ficado, realmente não tem selo aberto. Mas você tem que prosseguir como o profeta prosseguiu, pois Deus continuou revelando os selos, como eu estava lendo hoje na mensagem “Hoje Tem se Cumprido Estas Escrituras” era pra mim trazê-la mas eu não a trouxe para vocês.

 

27-       Então vamos ver aqui: Eu sei que eram os sete trovões soando rapidamente um após o outro fazendo sete estrondos e isso se abriu para algo mais, e eu vi... Este algo mais ele disse que não tinha permissão de falar neste momento.

 

28-       Quando vi isto busquei a interpretação e me passou tão rapidamente que não pude decifrar. Isso é correto. Todavia, não é a hora para isso. Veja bem: Porém está chegando a esse ciclo, está chegando perto. Então o que se tem que fazer é recordar que estou lhes falando do nome do Senhor. Estejam preparados porque não sabem a que hora algo pode suceder.

 

29-       Agora, quando esta fita estiver em circulação (agora está em circulação), talvez seja um instrumento para correr com dez mil de meus amigos, porque vão dizer “Branham está tratando de se fazer um servo, ou um profeta diante de Deus”. Deixem-me dizer-lhe isto, meus irmãos, isto é um grande erro, eu unicamente estou lhes dizendo o que vi e as coisas que me têm sido dita. Você faça o que lhe agradar. Eu não sei quem será nem o que vai suceder-lhe; não sei. Sei somente que esses sete trovões contém o mistério por cuja causa houve silêncio no céu. Todos entendem? Ele fez uma pergunta: todos entendem? Diga amém mesmo que não entendeu, pois você dizendo amém, isso que dizer assim seja, então Deus pode te revelar isso [a congregação diz: amém].

 

30-       Olhe: sei somente que esses sete trovões contém o mistério por cuja causa houve silêncio no céu.Pronto!Por causa desses sete trovões houve silêncio no céu. Acabou! Por que silêncio no céu? Veja que quando Aquele que desce do céu… Quem desceu? O Anjo Forte, Apocalipse dez; o profeta disse que este Anjo é Cristo. Alguém interpreta dizendo que é o próprio profeta, isto é um erro! É um erro doutrinário. O irmão Branham disse: é o próprio Cristo; é Cristo que desce do céu. Ele desce com um livro aberto, e o profeta disse: o mensageiro da sétima Era da Igreja está em pé na terra para receber isto. Agora, os sete trovões o profeta disse que é a causa pela qual houve silêncio no céu.

 

31-       O silêncio houve no céu porque o mistério estava sendo desvendado aqui na terra. Por isso que o céu ficou em silêncio, para não revelar aquele segredo, aquele mistério, antes do tempo. Só depois do caso passado era que se saberia que aquilo aconteceu.

 

32-       Só depois que Jesus tinha expirado foi que aquele homem disse… Aquele soldado disse: verdadeiramente este era o Filho de Deus. Depois do caso passado, pois quando está acontecendo ninguém acredita, ninguém crê, ninguém observa. Pois se espera uma coisa grandiosa, e Deus a manda de uma forma simples. As coisas tremendas de Deus vêm de uma forma simples. Então observe isto. “Os sete trovões são a causa...” Vêem? “Contém o mistério por cuja causa houve silêncio no céu”.

 

33-       Agora, o nosso assunto é este: o sétimo selo está aberto? O sétimo selo está revelado? Estamos mostrando dentro da mensagem agora o que é que o sétimo selo significa. Antes que alguém me entenda mal… Vou começar agora de onde nós paramos no culto anterior, na segunda parte, porque esta é a terceira.

 

34-       Antes que alguém me entenda mal, me permitam fazer algumas afirmações:

– Nós não estamos ensinando que Cristo já veio para arrebatar a Igreja.

– Não estamos ensinando que estamos no milênio.

– Não estamos ensinando que já se deu a segunda vinda.

Não estamos falando estas coisas, estamos anunciando que Cristo tem manifestado na terra sua Parousia. Não deixa de ser uma vinda, mas de uma forma diferente daquela que o mundo esperava, que o mundo religioso não sabe, que as igrejas não crer, não ver não acredita, e que esta forma na qual Ele viria Ele deixou em segredo nas escrituras e as igrejas por não esperar, não ensinava! Não ensinavam, porque assim não viam nas escrituras, porque Deus deixou isto em segredo, Ele não falou à respeito (eu digo à respeito como as pessoas pensam). Ele só disse que chegaria o tempo quando o Filho do Homem se revelaria.

 

35-       E, esta revelação do Filho do Homem, seria na terra, e não no céu. Jesus disse que chegaria o momento em que o Filho do Homem se manifestaria. Mas o Filho do Homem não poderia se manifestaria no céu. Cada vez em que o Filho do Homem se manifesta é na terra.

 

36-       Se esperou a vinda do Filho de Deus; o Filho de Deus veio no Pentecostes. O Filho de Davi virá para estabelecer o Reino Milenial. Mas o Filho do Homem que se manifestou há dois mil anos atrás e através do Seu Filho nos deu o conhecimento sobre Deus, este Mesmo Filho do Homem, Deus Mesmo se manifestaria no tempo do fim, usaria uma carne, um profeta para assim fazer o casamento da igreja com a Palavra. Tinha que haver a manifestação do Filho do Homem para que haja o casamento da Igreja com Cristo, ou da Igreja com a Palavra. (O irmão Branham fala sobre isso no sermão “Provando Sua Palavra”.

 

37 – Provando Sua Palavra 236 – 236 Agora, lembre-se, não era Jesus aquele que conversava com Abraão lá, que podia discernir os pensamentos na mente de Sara atrás dele. Esse não era Jesus, Ele ainda não tinha nascido. Mas era um homem em carne humana, que Abraão chamou de “Eloim, o grande Todo-poderoso.” Mostrando…E Jesus disse: “Como foi nos dias de Sodoma,” agora observe bem, “nos dias de Sodoma, assim será na vinda do Filho do homem, quando o Filho do homem se revelar.” Não mais como uma igreja, veja, não mais; a Noiva é chamada, veja. “Naquele dia o Filho do homem se revelará.” Para quê? Para ligar a Igreja à Cabeça, unir, o casamento da Noiva. O chamado do Noivo virá diretamente através disto, quando o Filho do homem descer e vier em carne humana para unir os dois. A Igreja tem que ser a Palavra, Ele é a Palavra, e os dois se unem, para isso ser feito, será necessário a manifestação da revelação do Filho do homem. Não um clérigo. Eu_eu não sei, eu…Você está vendo o que quero dizer? Veja, é o Filho do homem, Jesus Cristo, que descerá em carne humana entre nós, e tornará a Sua Palavra tão real que unirá a Igreja e Ele como sendo um, a Noiva, e então ela irá para o Lar para a Ceia das Bodas. Amém. Ela já está unida, veja, vamos para a Ceia das Bodas, não para as bodas. “…encher a carne…si, de toda carne de poderosos, porque as bodas do Cordeiro chegaram.” Mas, o arrebatamento, é ir para a Ceia das Bodas. Quando, a Palavra aqui se une com a pessoa, e os dois se tornam um. E então o que faz isso então? Manifesta o Filho do homem novamente, não os teólogos da igreja. O Filho do homem! A Palavra e a Igreja se tornam um. Seja o que for que o Filho do homem tenha feito, Ele era a Palavra, a Igreja faz a mesma coisa. (16 de Agosto de 1964,)

 

38-       Observe isto, estamos falando de Sua Aparição a um profeta para cumprir o ministério de Filho do Homem sobre a terra pela segunda vez. Duas vezes o Filho do Homem teria que se manifestar na terra, e quando Ele se manifestou pela primeira vez na pessoa de Cristo, Ele disse assim: quando o Filho do Homem voltar, porventura achará fé na terra?

 

39-       Por isso, nessa manifestação da Palavra do Filho do Homem, Ele começou pregando essas coisas: Fé é a substância; A batalha; Batalhando pela fé que uma vez foi dada aos santos; Fé sem obra é morta; Fé perfeita. Vêem?

 

40-       Em todas as mensagens… Batalhando pela Fé, mensagens que você nem imagina que existem que ele pregou à respeito de fé, pois foi a pergunta que a Palavra encarnada (o Filho do Homem) há dois mil anos atrás disse: quando o Filho do Homem voltar, achará fé na terra? Pois Ele voltaria exatamente em uma época quando as pessoas estariam na condição de Sodoma, e os crentes Lós estariam em uma fé misturada com o mundo, com a religião, com a política. Vêem? Era necessário que houvesse outra vez o grupo que Abraão, que são os filhos da fé, a descendência de Abraão. Filhos de Abraão pela fé. Estes teriam que estar para dar as boas vindas à Palavra, para dar boas vindas ao Filho do Homem do jeito que Abraão recebeu e comeu com Ele, deu bolo para Ele, alimentou o Filho do Homem, Deus numa carne. E as pessoas não querem, não conseguem ver Deus em uma carne porque não têm comida. Pois, quando Deus vem numa carne, Deus come!

 

41-       O Filho do Homem vem para comer, para beber, para se alimentar. Quando Elohim estava numa carne nos dias de Abraão, foi amassado bolo, foi morta ali a vitela; foi morta para que? Para alimentar aquela manifestação de Deus em uma carne.

 

42-       Quando o Filho do Homem se manifestou e disse: O Filho do Homem veio para ser entregue, para ser desprezado (e todas aquelas coisas como vocês já conhecem no Livro de Marcos, Lucas, João, Mateus). O Filho do Homem comeu. E quando eles criticaram pelo Filho do Homem comer, Jesus disse… Veio João Batista, não comendo e não bebendo e disseram: este tem demônio; veio o Filho do Homem comendo e bebendo, disseram: eis aí um comilão e um beberrão. Em outras palavras, Deus não pode estar neste corpo, Deus não pode estar neste homem, ele é comilão de farinha como nós.

 

43-       Eles não entendem que quando o Filho do Homem se manifesta é exatamente para comer junto com os seus! [a congregação diz: Amém]. A quem Ele se revela Ele se senta para comer! Ele parte o pão junto. Por isso o Filho do Homem que se manifestaria pela segunda vez, usaria outra vez um corpo de carne, e desta vez naquele que cumpriria Malaquias capítulo quatro. E ali estava outra vez Deus calçando sapatos. Usando terno, gravata, roupas do campo. Exatamente para se esconder das pessoa. É Deus usando um véu de carne. Nós cremos!

44-       Quando o profeta disse: o rapto vem em três etapas, (três fases)  aseando-se em 1º Tessalonicenses capítulo quatro, ele mostra primeiro a Aclamação. Paulo diz: o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, voz de arcanjo e trombeta de Deus. Se você não entender isto você não saberá o que é o sétimo selo.

 

45-       Primeira parte: Aclamação, ou Alarido. Isto foi a mensagem para a nossa hora que Cristo entregou ao nosso profeta quando Ele (Jesus Cristo) abriu os selos trouxe para a Igreja o alarido, ou a aclamação. Que aclamação é essa?

 

46-       Uma geração dura quarenta anos. Por isso que dentro de uma geração tudo aquilo que estava previsto teve que acontecer, até mesmo (a vinda) o parecer de Cristo que estava escondida debaixo do sétimo selo, quando Cristo desceria à terra e ministraria Sua Igreja num corpo de um profeta. Este é o segredo do sétimo selo. [a congregação diz: Amém]. Infelizmente estão confundindo isso com a segunda vinda. Porque não entenderam a diferença entre a Aparição e a Vinda.

 

47-       Segunda parte: É a voz de arcanjo que chama os mortos em Cristo de suas tumbas. (Outra vez aqui se faz um “cavalo de batalha” com isso, e alguns ensinam que esta voz sairá da Noiva, outro dizem que está voz sairá do profeta, outros dizem que é do seu filho José e por aí vai. Basta você dizer o que disse William Branham: “Ele desce com as três coisas: Alarido, Voz e Trombeta”. Se o Mesmo Senhor desce do céu com as três coisas, e a primeira destas três é o alarido que é a mensagem, então O Senhor Já desceu, e como Ele vai efetuar isso ou através de quem, não nos interessa. Argumentar sobre isso é perder o foco. É o que satanás quer. Que fiquemos discutindo isso e aquilo, para tirar nosso foco DAQUELE que tem descido para nos instruir.

 

48– Terceira fase: É a grande voz de trombeta que soa para chamar, tantos aos vivos, como àqueles que têm estado mortos, para que todos se encontrem com o Senhor nos ares para o rapto. Mas antes disso Ele desce do céu com alarido (foi o que já fez). Têm essas três fases para poder a Igreja subir para encontrar com Ele nos ares.

 

49-       Sendo isso a verdade, o que é que nós estamos esperando agora? Olha, você não pode estar esperando por novas revelações. Existem coisa que talvez você só saiba amanhã ou depois, mas você não pode estar esperando que algo, ou que alguma coisa nova, se revele. Você tem que saber que tudo já foi revelado. Só que você não chegou ao seu conhecimento, ninguém falou sobre o assunto. Foi falado há quarenta anos atrás, mas precisa-se que alguém veja, encontre, se disponha, tenha olhos para ver, para poder dizer “aqui está! Aqui está!”. Veja isto.

 

50-       Então, o que nós estamos esperando agora para o rapto? O que precisamos agora? Primeiro, não haverá rapto sem uma ressurreição. Não poderá haver arrebatamento sem que antes haja uma ressurreição. Não pode haver nenhum milênio até que haja uma ressurreição. Não pode haver milênio sem o rapto, sem a grande tribulação que termina com a batalha do Armagedom.

 

51-       Então qual é o próximo passo, já que temos sido chamados pelo Alarido de Deus, pela voz de Aclamação? O que é esta voz de aclamação? Outra vez eu pergunto. (Ato de aclamar, proclamar, Declaração verbal e conjunta de uma assembleia que aprova ou elege. Clamor.)

 

52-       Quando o Cordeiro tomou o livro para desatar seus selos, a palavra de Deus… por isso que a Terceira Etapa foi a abertura da palavra, como disse o profeta, a Terceira Etapa foi a abertura da palavra e quando isso veio? Quando a espada do Rei caiu em sua mão no Canyon Sabino, a voz disse: “Está é a espada do rei, e esta será a terceira etapa. O que é o leão, a palavra em atuação? Com isso Ele está dizendo: “Eu já os redimi, Eu os comprei, e agora Eu posso pegar o livro, o título de propriedade, para reclamar meus direitos”.

 

53-       A mensagem de restauração trazida por Elias, quando entra dentro deste ministério é para reclamar os filhos de Deus. Por isso que não importa onde eles estejam, se na Católica, na espírita, na Pentecostal, na Deus é Amor, na Adventista, não importa em que religião, não importa em que grupo, não importa em que loja. A voz do Leão… Porque Ele ruge quando desce à terra: e quando Ele bramiu como leão os sete trovões soaram suas vozes; estão lembrados disto? Isso falando sobre o sétimo selo, e o sétimo selo é Apocalipse dez em evidência.

 

54-       Esta grande voz deste Leão quando ruge, e os sete trovões soam as suas vozes, isto trás uma obra de reclamação dizendo “Eu vos comprei, Eu vos redimi; vocês são Meus, Eu estou reclamando! O diabo não tem poder sobre vocês, não tem por que ele vos enganar com doutrinas erradas, não tem por que ele vos enganar com religião, com interpretação; vocês estão redimidos!” Ele traz uma obra de reclamação.

 

55-       Então quando Ele está te reclamando, Ele diz assim: “Eu comprei, Eu Sou o Parente Redentor, Eu dei minha vida por eles”. Então não importa onde você está (como eu estava dizendo), em qualquer grupo que você esteja a Palavra vai lá e diz “você é meu! Você é minha! Eu te redimi!”.

 

56-       Por isso que a abertura dos selos é o que te livra da denominação. Sem a revelação dos selos você será como uma denominação, mesmo dentro da mensagem. A diferença entre os filhos de Deus, os verdadeiros cristãos hoje, e o resto das religiões é a revelação dos selos. Sem revelação a mensagem não seria outra igreja. Não seria diferente. Por isso que estamos batendo tão forte nestas coisa, mostrando para as pessoas que isto já se deu, que isto já aconteceu para que as pessoas se despertem, se livrem de pensamentos próprios.

 

57-       Bem, não pose haver milênio antes que haja uma ressurreição, um rapto, uma grande tribulação. Então, o Reino Milenial então começa.

 

58-       O segundo grande acontecimento no calendário de Deus, a coisa que estamos esperando acontecer no momento é a ressurreição dos mortos. Olhe, imagine você… Amanhã ou depois você ouvirá a notícia de que o irmão Fulano morreu, a irmão Cicrana morreu. Talvez eu, ou um outro pregador vai ser chamado para fazer o seu sepultamento. “Pó ao pó, cinzas a cinzas, o espírito volta para Deus, que o criou”, e todas essas coisas. Como já fiz alguns velórios. Coisa triste!

 

59-       Então, você enterrou o irmão, sepultou a irmã, e você sabe quantos que já se foram antes de nós. Um belo dia caminhando por aí, encontraremos com alguém “escuta, mas eu estava no enterro daquele irmão, eu estava no enterro daquela irmã. O que aconteceu? Nós temos assistido aquele velório…” Um evento assim, meus amigos, repercutirá um aumento tão tremendo em nossa fé. Paulo disse que é num momento, num abrir e fechar de olhos esses mortos ressuscitam e você então é transformado.

 

60-       Isso te dá uma fé tão tremenda, será uma revolução tão tremenda que você não vai ter tempo para pensar, está além dos sentidos. A fé estará além dos sentidos, estará além da alegria, estará além de qualquer outra coisa. Isto é automático, é quando a dinâmica bate na mecânica. Não tem por que ter explicação, simplesmente você puxa o gatilho, a mecânica bate ali naquele negócio, na pólvora e a faísca (que é a dinâmica do Espírito Santo) toca fogo na coisa e “BUM”, vai embora! [a congregação diz: Amém]. É assim, num abrir e fechar de olhos.

 

61-       O grande peso no coração do irmão Branham, depois da sua experiência no monte Pôr-do-Sol, quando houve aquela manifestação, Apocalipse dez em cumprimento… Você não pense que a coisa é pouca, você está diante da Palavra em seu cumprimento! Sendo cumprida diante de seus olhos.

 

62-       Diante de seus olhos o Anjo Forte quando desceu, Cristo descendo à terra, o grande peso do irmão Branham dali por diante quando ele teve aquela experiência no monte Pôr-do-Sol e a abertura dos selos, o grande peso, o grande trabalho que ele teve foi provar e mostrar para as pessoas que Cristo realmente havia vindo (Aparecido). Tinha vindo a terra, porém de uma maneira diferente que todos tinham esperado. Ele começou a anunciar isto anos antes, porque ele sabia do acontecimento na manhã do seu nascimento quando o Pilar de Fogo brilhou sobre sua janela.

 

63-       Todos estava esperando a vinda de Cristo para o rapto. Mas não desta forma que Ele apareceu. O que na verdade este aparecimento de Cristo é para nos preparar para a Vinda, uma vez que esta descida de Cristo, Deus mesmo é para provocar o Rapto em três fases. Então de uma forma secreta, em segredo, Cristo veio de uma forma que ninguém esperava. E outra vez Cristo caminhou novamente nesta terra sobre sapatos, porém não em seu corpo com cicatrizes de cravos. Desta vez Ele usou o corpo do irmão William Marrion Branham [a congregação diz: Amém]. (O Pr Lee Vayle chega a dizer: “Eu estive diante de Deus, e Ele estava em um profeta”.

 

64-       Sabe quando você fala uma coisa com convicção, certo, sem importar de ser chamado de louco. Fale isso em qualquer igreja, qualquer pregador denominacional que me ouvir dizendo isso, a primeira coisa que ele faz é chegar em seu púlpito bem florido, bem bonito, em suas grandes catedrais e dizer “não escutem aquele doido, não, pois ele é seguidor de falso profeta”. Foi a mesma coisa que fizeram Anás, Califas, e todos os fariseus daquele dia. Eles chegavam a seus grandes templos luxuosos, nas sinagogas e diziam “se vocês forem ouvir João Batista estarão excomungados, serão excomungados de nossa religião. Se vocês forem ouvir aquele nazareno, nunca mais vocês comerão o Cordeiro Pascoal”. Pra que mais comer Cordeiro Pascoal com ervas amargosas se o Cordeiro estava ali em carne? Aleluia. Esta é a diferença.

 

65-       Isso de nenhuma maneira, meus amigos, isto que eu vos acabei de vos falar… Cristo outra vez andou na terra, não naquele corpo com marcas da cruz, mas no corpo de seu profeta. Isto de nenhum modo faz do irmão Branham uma Deidade. Absolutamente não. Mas isto o colocou realmente em um ofício mais alto que alguma vez foi dada a um homem aqui na terra. Nenhum homem teve a posição que aquele pequeno homem do campo de Kentuck teve.

 

66-       Por isso, quando ele… Por um preconceito… Como é que se chama aquilo? Não é preconceito, quando você se sente baixo, acabado, caído, é… Deixem-me ver… [um irmão arrisca um palpite] Não, é bem outra coisa… [outro irmão dá outro palpite] Não, pior do que humilhado… Complexo, complexado; complexo de inferioridade. Quando ninguém quis ouvi-lo, quando ninguém queria ouvir sua mensagem, e ele sabendo o que era aquilo, e as igrejas o rejeitaram, fecharam todas as portas para ele, pois ninguém queria ouvir isto, quiseram ficar com ele só quando estava com o movimento de cura. Mas quando ele começou a pregar a mensagem ficou sozinho. Então ele pensou em deixar o posto e seguir para as montanhas, e dizendo “o povo não quer me ouvir, vou seguir para as montanhas…”. Ele por algum momento esqueceu que o Filho do Homem, nos dias de sua carne, também ficou sozinho; ficou apenas com os doze, e ainda mais um deles era o demônio… Tinha um demônio. Ele esqueceu disso. Estava disposto a seguir nas montanhas, Deus veio à ele naquela viajem, quando ele estava com seus filhos no carro (ele mostra isto na mensagem “Parado na Brecha”), e disse assim: por que você está querendo deixar o trabalho?

 

67-       Parou o carro (o suor pingando com aquela presença sobrenatural), e disse: Senhor, eu tenho falhado, as pessoas não querem me ouvir. E disse: você quer subir para a montanha para ser igual aos profetas do Antigo Testamento? Não é? Em outras palavras, os profetas do Antigo Testamento viviam em pequenas comunidades, a Terra não estava como está hoje, grandes metrópoles. Você vai subir para as montanhas para que? Você veio para ficar com o povo, no meio do povo; suba para as montanhas e você vai ficar como um vagabundo. Você está complexado porque ninguém quer te ouvir?

 

68-       Deus disse para Ele: Tu tens um ministério muito mais sobressaliente do que todos eles. O mesmo que disse isso para William Branham foi o mesmo que tinha dito em mil, novecentos e trinta e três: assim como João Batista foi enviado para precursará a minha primeira vinda, tua mensagem precursará a minha segunda vinda. O mesmo disse: teu ministério é mais sobressaliente do que todos os outros, e eu vou te dar um sinal eterno: o teu nome está gravado em toda aquela montanha. Quando você esquecer disso, quando você ficar triste, quando alguma dúvida vier sobre você, venha até aqui e lembre disso. Deus disse: todo seu ministério é maior do que qualquer um que já viveu nessa terra; qualquer homem, qualquer mortal!

 

69-       Por isso que ele não podia crescer como os outros cresceram, pois nenhum homem de Deus se tornou grande, todos se tornaram humildes e pequenos, caso contrário Deus não poderia usa-lo. Vêem? Seu chamamento foi para reproduzir o mesmo ministério que Jesus teve. Eu estou falando sobre o sétimo selo, não esqueçam disso; eu posso variar pra cá, ir ali, ir aqui. O certo é isso: estamos falando sobre o sétimo selo.

 

70-       O sétimo selo é exatamente o ministério do sétimo anjo. Seu chamamento foi para reproduzir o mesmo ministério que Jesus teve. Ele fez isto. Quando Jesus fazia prodígios e milagres através dele… Ele disse assim certa vez: o Senhor Jesus tem tido mais êxito através do meu ministério do que quando Ele andou nas ruas de Jerusalém. Os pregadores disseram “William Branham enlouqueceu, está se engrandecendo”, não entenderam que ele estava dando glória e honra ao Senhor Jesus. Disse: o Senhor Jesus tem tido mais êxito através do meu ministério do que em seus dias. Agora, não foi isso que Jesus prometeu?

 

71-       Jesus, quando realizou aquele milagre (creio que foi naquela figueira, sabe?), Ele disse assim: você estão admirados com isso? Pois saibam que maiores que estas fareis. Estão lembrados destas escrituras? Maiores que estes milagres vocês farão.  Agora, desde que Cristo subiu ao céu (lá no livro de Atos capítulo um, quando é mostrado ali a ascensão), olhe durante dois mil anos de história e nunca aquele ministério foi reproduzido outra vez. Nunca se levantou um homem para realizar as obras que Jesus realizou. Tivemos grandes pregadores, tivemos grandes evangelistas, tivemos grandes pessoas, grandes homens orando pelos enfermos. Mas nenhum, nenhum realizou, teve o ministério como o irmão Branham teve.

 

72-       Então ele disse assim, olhe: não sou eu, alguém teria que dar cumprimento a essas escrituras, e este alguém para cumprir as escrituras tinha que ser o próprio Jesus Cristo, Deus mesmo, por isso Ele mesmo teria que voltar para se manifestar outra vez como Filho do Homem. Estão entendendo isto?

 

73-       O super sinal, ou o sinal que demonstrou que Cristo, na verdade, estava nele, foi o discernimento dos corações das pessoas. Isto foi feito ao redor do mundo. Nunca falhou, nunca fracassou. Nunca o ASSIM DIZ O SENHOR foi dito e não acontecesse como foi falado. Isto foi ao redor do mundo. Nunca provou alguma vez que estava errado, o ASSIM DIZ O SENHOR sempre estava certo!

 

74-       Maiores que estas fareis. Quantos mortos você encontra nas escrituras que foram ressuscitados enquanto Jesus estava nos dias de sua carne? A Palavra encarnada. Quantos? De quantos mortos vocês lembram? Dá pra você contar quantos mortos? Você encontra o filho da viúva de Naim… Você encontra quem mais? Lázaro; teve uma garotinha também… Quem mais? A filha da Jairo… Era essa garota, não é? A filha de Jairo, Lázaro, a filha da viúva; são três ou quatro, se você observar. Tem um no ministério de Pedro, não é isso? [um irmão diz alguma coisa]… Oi? Sim, mas é o que ficou registrado. Os que ficaram registrados nas Escrituras.

 

75-       Agora, no ministério do irmão Branham… Eu estava lendo uma mensagem onde ele diz assim: oito pessoas têm sido confirmadas pelos médicos que voltaram a vida depois que estavam mortos e que oramos por elas. Oito. Por que isso? Porque Jesus tinha prometido que maiores que essas fareis. Maiores que essas fareis. Você não encontra… Você encontra multidões nas Escrituras, mas você não vê (prestem atenção nisso)… Você não vê Jesus criando algo nas Escrituras. Você encontra Jesus mexendo (vamos usar o sentido dessa palavra, mexendo, manipulando) a criação. De pão, Ele multiplicou mais pães; de peixe, Ele multiplicou mais peixes; água Ele transformou em vinho, naquele ministério.

 

76-       Mas, no ministério de Cristo agora, quando o sétimo selo estava em evidência, foi diferente. A terceira etapa em evidência… Houve um dinheiro na cabeça de um peixe. “Vai lá Pedro, pesque aquele peixe”, olha… Meu Deus do céu!     Tinha que ser um peixe que estava com moeda que Pedro tinha que fisgar para pagar o imposto. Aquele peixe, ninguém sabe por quanto tempo… Vamos pensar assim, quanto tempo fazia que aquela moeda tinha sido jogada na água? Quem jogou aquela moeda lá? E aquele peixe… Teve aquela disputa, porque a palavra do mestre tinha que ser cumprida, e fizeram aquela… Vocês já viram naquelas filmagens quando tem aquele enxame (é enxame que falam?) de peixe? Cardume de peixe? Cardume… Enxame é de abelha… Cardume de peixe (parece estar certo agora). Mas um estava predestinado desde antes da fundação do mundo para ser ele que fosse lá e engolisse aquela moeda. Todos os outros tiveram que se afastar, pois era só ele que iria ser fisgado naquele anzol. Só isso!

 

77-       Jesus não criou essas coisas. Ele já tinha criado aquilo antes, a Palavra já tinha criado. E agora só tinha que mostrar; transformou a água em vinho, Ele não criou o vinho. Ele não criou o pão, ele abençoou e aquilo foi multiplicado. Entendam isso.

 

78-       Mas nesse ministério de Filho do Homem pela segunda vez… Pois, nesse agora era para desvendar todos os mistérios, Ele criou coisas de onde não havia: “haja esquilos”, os esquilos apareceram. “Eu quero um esquilo em cima daquela pedra”; lugar descampinado, não tinha como um esquilo vir correndo e ficar ali, não. É um naquele lugar, e o esquilo apareceu! “Eu quero um no galho daquela árvore”, o esquilo estava lá. Atirou, matou o esquilo, sangrou, guardou-o para leva-lo para comer (carne muito gostosa).

 

79-       “Eu quero mais um naquele lugar”; o quanto que ele pediu foi dado! E quando ele estava contando isso na casa da irmão Hathie Mouser, ela disse: irmão Branham, isso é a pura verdade! Aquele ministério entrou em atuação e disse: irmã, peça o que quiseres e te será dado agora, ou eu serei um falso profeta! Ela disse: irmão Branham, eu não sei o que pedir!

 

80-       Se você tivesse vivido diante daquele ministério em pessoa… O que você teria pedido se essa oportunidade fosse dada à você? Ele deu opções: você é pobre, peça um milhão de dólares… O que você teria pedido? Um carro novo, zero do ano pra andar se amostrando para quem não tem.

 

81-       O que você pediria? Um apartamento num melhor lugar. E o que pedisse era dado, ele disse peça o que quiser! Deus me mandou dizer isso, peça o que você quiser? E ela disse: eu não sei o que pedir, eu não sei o que dizer… Está vendo? Deus sabe pra quem dá oportunidade.

 

82-       E a intercessão? E o sentimento de intercessão? Irmã, teus pais são velhos, peça para eles voltarem a idade de dezoito anos agora e eles voltarão. Jesus deu essa oportunidade para aqueles dias? Não, mas dessa vez Ele deu para mostrar que estava vivo na terra, o mesmo ontem, hoje e eternamente, depois de dois mil anos. Quantas religiões tiveram agora um Jesus histórico, um Jesus daquele tempo? Jesus se manifestou somente para a Noiva, somente para a Igreja. Isto não é para o mundo! Isto é só para eleitos, só para predestinados.

 

83-       A irmã Edith, coitadinha, paralítica na cadeira de rodas (a irmã da irmã Hathie. O irmão Branham disse: nós temos orado por ela há tanto tempo, quantos na cadeira de rodas se levantavam, quantos aleijados… Mortos e aleijados ressuscitaram, mas ela continuava; então peça agora, olhe a oportunidade que Deus está te dando! Peça agora que ela se levantará de lá.

 

84-       Ela disse: irmão Branham, meus dois filhos não são salvos. Os dois moços pareciam selvagens, naquele instante eles estava rindo, criticando aquela conversa. E ela disse: meus dois filhos não são salvos, eu quero a salvação dos meus dois filhos! Não pense que o profeta disse “vamos orar pra Deus salvar”, não é? Vamos orar pra Deus… Não, sabe o que ele disse? Eu os concedo, no nome do Senhor. Não era um homem falando, Deus estava naquela carne! Deus estava naquele homem, era outra vez Elohim em carne humana para mostrar para a Igreja como foi que Ele viveu quando andou aqui nos dias de Jesus Cristo.

 

85-       Vamos concluir isto aqui. Durante o sermão, e depois do sermão, durante suas pregações o irmão Branham nos chamou para crer que Cristo havia vindo… Olha, eu estou falando Cristo havia vindo, um acontecimento passado. Quem não vê essa vinda de Cristo perdeu o rapto, pois esta vinda de Cristo de uma forma diferente que o mundo não esperava (que era o segredo debaixo do sétimo selo), Ele vem trazendo a primeira fase do rapto, que é a Aclamação. É o próprio Cristo que viria para ministrar a Sua Igreja. Sim meus amados, era o próprio Cristo que viria trazendo uma Mensagem. Este é o aparecer de Cristo, para nos preparar para a vinda que é breve que é breve.

 

No sermão: DEUS TEM UMA MANEIRA PROVIDA 28/07/1962 – E-81-Agora, recorde estas duas palavras antes de que eu lhe deixe: O APARECER DE CRISTO E A VINDA DE CRISTO são duas coisas diferentes. Cristo está AGORA APARECENDO NA PLENITUDE DE SEU PODER. Sua Vinda será depois: Seu Aparecer é antes de Sua Vinda.”

Sim meus amados, o problema é que confundiram este Aparecer com a Vinda no momento do Rapto, porque na escritura a palavra que mostra sobre a PAROUSIA de Cristo eles traduziram como “vinda” e agora a dificuldade que temos é em explicar as pessoas a diferente entre uma coisa e outra porque eles sempre tem a tendência de confundir!

 

86-       O irmão Branham nos chama a crer nisto, que Cristo havia vindo realmente, que Ele havia cumprido todas as escrituras que as pessoas estavam esperando. Só que as pessoas estavam esperando essas escrituras se cumprirem para o tempo do rapto. Mas são escrituras que se cumpre no tempo do Aparecer de Cristo, e isto é o sinal de Sua Vinda.

 

CONVENCIDO E ENTÃO PREOCUPADOS 21/05/1962- E-31 Agora, João não estava seguro que ia ver o Messías, até que disse, “Ele está em nosso meio agora.” Agora, observe, Note. Há uma grande diferença no Sinal de Jesus aparecendo, e então Jesus vindo. Há duas palavras diferentes, significam duas coisas diferentes: O Aparecer do Senhor, e a Vinda do Senhor. Agora, o aparecer do Senhor é agora, quando aparece em Seu povo, Seu Espírito trabalhando entre eles, demonstrando que Ele está com eles, deixando-os prontos para o Rapto, para a Vinda do Senhor levar para longe Sua Noiva (Vê?): O Aparecer e a Vinda. Bem. Agora. 

 

87-       Parecia como que seu coração se romperia, que as pessoas não estavam entendo. Os pregadores, pastores ao lado do profeta, não entendiam aquilo. E teve um que olhou para ele e disse: irmão Branham, agora eu sei quem tu és! Eu sei que ministério é esse que tens. O irmão Branham disse: fique quieto, não diga mais nada! Eu não digo que ministério é esse porque as pessoas não compreenderiam. Por isso ele sempre dizia: não falhe em ver isso. E quando ele pôde entender que as pessoas não estavam entendendo o que era Malaquias quatro em atuação, o profeta Elias na terra, ele pregou a mensagem “Um verdadeiro sinal que se deixa passar por alto”, e ele diz: assim como perderam aquele sinal, o grande sinal que foi prometido no Antigo Testamento, uma virgem concebera… O mesmo Senhor vos dará um sinal, uma virgem conceberá, e quando aquele sina foi dado, e a virgem concebeu, eles passaram por alto e o chamaram de Belzebu.

 

88-       Então, outra vez foi prometido: o mesmo Senhor descerá do céu e, quando o Senhor, outra vez, desceu do céu, só que desta vez não precisou nascer no ventre de uma virgem, pois era outro ministério, era o final do ministério de Filho do Homem, outra vez disseram “é Belzebu, é falso profeta”. Pois eles nasceram exatamente para criticar, para descrer, para blasfemar. Judas 1:18Os quais vos diziam que nos últimos tempos haveria escarnecedores que andariam segundo as suas ímpias concupiscências.

II Pedro 3:3 – Sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências, E dizendo: Onde está a promessa da sua vinda?[Parousia]

 

89-       Outra vez teria que ter a semente da serpente em atuação para encarar a semente da mulher. Outra vez. Ele sabia que o povo que o ouvia, que ouviria as fitas… Por isso que ele dizia “isto rodeará a Terra”. Ele sabia que estaríamos em perigo de perder o Rapto, [se algo assim fosse possível] pois buscávamos ver, suceder coisas que já tinham sucedido. Estávamos durante tanto tempo esperando alguma coisa, esperando três anjos pregarem o evangelho eterno, estávamos esperando tantas coisas para o futuro. E eu me perguntava; gente, Apocalipse 10, quando vai ser isso? Quando vai ser isso? O profeta sabia que isso já havia sucedido, já tinha acontecido. E não vendo isso você perde o rapto, você tem que ver isso.

 

90-       Por isso que depois dos selos ele pregou tanto sobre essas coisas, o irmão Branham só se tornou repetitivo depois dos selos. Repetindo as mesmas coisas; falando sobre o tempo de Abraão, falando sobre a manifestação de Deus em uma carne, Elohim em carne humana no tempo de Abraão, que se revelaria através dos últimos dias. E quando isso acontecesse, era o cumprimento de Malaquias quatro, de Lucas 17:22 ao 30, Apocalipse 10:1-7,  que ministério é esse irmão Branham? Outra vez Deus em uma carne, até que em uma mensagem ele disse: em minha carne. Mensagem “Abraão Restaurado”.

 

91-       O povo percebeu? Você acha que o povo entendeu isso? Ele disse: esse livro… (Esse aqui, olhe. Mais um comprado em sebo velho, de livro desprezado).

 

92-       O irmão Branham disse assim, olhe: esse livro já tem sido aberto. Pois o Livro selado com sete selos é a Bíblia. (Precisamente o novo Testamento) O que estava selado com sete selos é a Bíblia, era a Palavra de Deus. Ele diz que a Bíblia é a parte da Palavra que pôde ficar escrita. A outra parte da Bíblia não pode ficar escrita, João não pôde escrever. E agora você se espanta quando dizemos que um homem está revelando isso? Você esperava um anjo? O sétimo anjo é o mensageiro da terra. Mas o que se obtém na terra? Ele não teve na terra, porque Cristo (o Anjo Forte) desceu do céu para entregar para ele o que não foi escrito pela caneta (Pena) de João.

 

93-       Ele disse: este livro já tem sido aberto, só se está esperando que a Igreja veja que Cristo, em um profeta, foi o mistério debaixo do sétimo selo… Sétimo assim, não é? Do sétimo selo. Foi isto que o irmão Branham tentou nos mostrar.           Este livro já está aberto, só está se esperando que a Noiva, a Igreja, a Eleita entenda, compreenda que a vinda de Cristo em um profeta foi o mistério debaixo do sétimo selo. (Em toda Bíblia está “vinda do Filho do Homem” quando na verdade deveria ser Parousia do Filho do homem) Mensagem “Que Faremos com Este Jesus chamado Cristo?”, parágrafo 192, na tradução pela Palavra original, e na página quarenta e três da mesma mensagem na língua espanhola.

 

Que Faremos com Este Jesus chamado Cristo § 192 – “Este livro já tem sido aberto. Correto. Só esperando para que o sétimo selo seja identificado com a vinda de Cristo”. É só isso que se precisa! Estamos falando de coisas que nunca foram faladas antes (pelo menos para vocês não foram). E não sei se em muitos outros lugares está sendo falado. Gostaria muito que estivesse! Gostaria muito que muitos irmãos estivessem ouvindo, ouvissem isso, que esse livro está aberto. Se ele está aberto, se a Bíblia foi aberta é porque o sétimo selo também foi aberto. Só que essas coisas ele falou só depois dos selos, depois de 1963. Pois ele podia agora falar. [a muitos questionamentos sobre o tempo do silencio, ou da meia hora de silencio. Eu não sei se seu silencio antes era por causa da “meia hora de silencio”, até o momento ainda não li um bom estudo que trate sobre esta questão em particular, e sendo assim, também não vou por aqui uma particular interpretação. Mas sei, que algumas coisas que o irmão Branham não disse quando pregou os Selos, ele falou depois que aquilo tinha acontecido.]

 

94-       Então todas as mensagens que ele pregou dali por diante, na maior parte delas ele repete as mesmas coisas. E fala do acontecimento no monte Pôr-do-Sol, e fala daquela grande nuvem misteriosa, e fala daqueles sete anjos misteriosos, e fala da voz dos trovões. E quando lhe perguntaram o que era a voz dos trovoes, o irmão Branham disse que era a revelação dos sete selos; em outras palavras, eu já cumpri isso, eu já fiz essa parte. Eu já fiz isso!

 

95-       Então veja o que ele diz: “esse livro já tem sido aberto só esperando que o sétimo selo seja identificado com a vinda de Cristo”. Ele está dizendo claramente o que, irmãos? Que o mistério debaixo do sétimo selo foi a vinda de Cristo, (ou manifestação do Apokalupsi, ou a grande Revelação de Cristo. Quando Deus se revela na terra como Juiz Supremo e Deidade Suprema, e o profeta estava esperando que aquela revelação fosse dada à Noiva, à Igreja. Pois ela já tinha sido dada ao profeta, faltava apenas ser dada para a Igreja. Este livro já tem sido aberto, só falta agora que seja identificado o sétimo selo com a vinda de Cristo.

 

96-       Por isso que a maioria dos pregadores que pregam esta mensagem querem identificar o sétimo selo com a vinda de Cristo para o rapto, e o profeta deixou bem claro que não é a vinda para o rapto, [é a Parousia, ou A Presença… que Cristo viria antes, para manifestar o Filho do Homem. Esta era a “vinda” de Cristo que estava escondida debaixo do sétimo selo e que está complicado, difícil para as pessoas verem. Uns vão além, e dizem que a vinda já se deu, e outros ficam a quem, sem ao menos estudar sobre o tema. É importante sabermos a diferença entre a Aparição e a Vinda, do mesmo jeito que é importante sabermos a diferença que há entre Jesus e Seu pai.]

 

97-       A vinda de Cristo que ele se refere aqui não era a vinda para o rapto. Este foi o segredo, a misteriosa Presença de Cristo. Depois que Ele veio no dia de Pentecostes como Filho de Deus (o Espírito Santo) então antes de o Filho de Deus descer até as nuvens para encontrar Sua Igreja, antes disso se repetiria o ministério de Filho do Homem. Isto é; Deus Mesmo desce do Céu com uma Mensagem, é desenvolvido todo um trabalho na terra a partir de 1909 quando depois de dois mil anos o Pilar de Fogo se apresenta, e tudo isto culmina com a grande manifestação de 1963, com Ele mostrando sua face. Este é o grande sinal de Sua Vinda que será logo.

 

98-       Antes Dele vir para levar a Sua Igreja no rapto, num pequeno espaço de tempo Ele se manifestaria aqui na terra, e desta vez usaria um corpo de um homem, um profeta. Esta era a vinda de Cristo que estava escondida debaixo do sétimo selo. Por isso que ele disse que o sétimo selo O traz a terra. Em outra mensagem ele disse que é a própria vinda do Senhor. Amém. Deus vos abençoe. [O irmão Branham mesmo sem explicar com palavras claras como gostaríamos que ele tivesse explicado, ele foi bem incisivo quando falou do Aparecer de Cristo e que o aparecer era AGORA, e a vinda seria depois disso.]

 

99-       Senhor nosso Deus, nosso amado Pai Celestial. Como seria bom se todas as pessoas compreendessem o que estamos falando, entendessem o que está sendo tratado aqui agora. Mas, Pai, mesmo em Teus dias, quando a Palavra feita carne estava na terra e foi chamada Jesus Cristo, aquilo que foi proferido nas montanhas, nas ruas de Jerusalém, em Cafarnaum, em todos aqueles lugares não foi entendido pelas pessoas. E mesmo os Teus apóstolos, os Teus discípulos depois de ouvirem ao Senhor pregar eles não compreendiam, até que o Senhor abriu seus entendimentos para compreenderem as Escrituras.

 

100-     A mesma coisa tem acontecido conosco, Senhor. Outra vez o Senhor veio com o Livro aberto trazendo a revelação para nós. E quando aquilo estava sendo mostrado, quando aquilo estava sendo pregado nem todos compreenderam, falharam em ver. Mas chegou o tempo próprio, passaram anos, mais anos e mais anos até que a voz de Deus, a voz do Senhor para esses últimos dias que falou através de um profeta… Isto ficou registrado pois era no tempo da ciência multiplicada. E agora nós podemos pegar estes registros, examina-los com as Escrituras, buscar inspiração Divina, o mesmo Espírito Santo que falou através de um profeta agora está falando através de um ministério Quíntuplo, para levar a igreja ao pleno amadurecimento, no conhecimento de Deus mesmo. E agora nós podemos compreender o que ele disse, por isso ele disse: diga o que está nas gravações, pois essa é a voz de Deus para esses últimos dias.

 

101-     Obrigado por isso, Senhor. Encha-nos a cada dia com esse conhecimento, com a Tua graça, com a Tua misericórdia. E que os Teus filhos, os predestinados para a hora, sobre os quais a Tua Palavra estaria também manifestada em seus corpos de carne, que eles possam ter seus entendimentos abertos, abraçar esta verdade e dizer “Senhor, obrigado pela revelação dos mistérios”. Obrigado pelo Senhor ter me redimido, obrigado pelo Senhor ter vindo como Leão e dado seu grito de brado, como a Palavra original como foi nos dias de Paulo.

 

102-     Pai Santo, no nome de Jesus Cristo nós te pedimos estas bênçãos e que o teu povo seja, oh! Deus, abençoado com esta verdade do Senhor em nosso meio. No Nome de Jesus Cristo, nós te pedimos. Amém. Deus vos abençoe. Deus vos guarde.

 

Que a beleza de Cristo se veja em mim

Toda Sua admirável pureza e amor.

Vem Tu, chama Divina,

Todo meu ser refina

Até que a beleza de Cristo se veja em mim.

*******

 

Ir.Rosendo

 

Texto digitado por Simone Helena,

 

revisado em Novembro de 2013

 

Próximo comentário:

“Cristo Descendo do Céu”

www.doutrinadamensagem.com.br

contato@doutrinadamensagem.com

dourinadamensagem@gmail.com

Gostou? Compartilhe na rede!
Tags

1 comentário  - Clique aqui para comentar!

  • Estive estudando também e estou nesse estudo ainda, Creio queo sétimo Selo tem de estar aberto neste dia para nos dar fé de rapto, porque é os sete trovões que trazem fé de Rapto, e toda vez que rompeu um selo uma voz de Trovão soou, A voz de Deus, Diz o profeta em outra mensagem, o Setimo selo é sua vinda, é Cristo
    Sabemos que Deus ele atua em Mascaras ” En Morphe” então quando fala-se Vinda de Cristo não estamos dizendo em vinda Corporea como será no Milenio, Mais estamos Dizendo de Cristo operando-se em ” Filho do Homem” como foi nos dias de Sodoma e Gomoha mencionado pelo Proprio Jesus Cristo em lucas 17 , Então o Sétimo selo está Aberto porem não é Cristo em seu corpo Fisico mais Cristo Nas pessoas , Deus ocultado em Simplicidade, Deus nos Eleitos.
    Meus irmãos tennho uma pequena questão , queria saber aonde é a mensagem que o Ir Branham fala as seguintes citações, que o Sétimo selo abre os seis Primeiros

    10- E nós estamos fazendo estes comentários sobre o sétimo selo aberto. Pois crer que o primeiro selo foi aberto, isso é fácil! O segundo, o terceiro, o quarto, o quinto, o sexto… Mas quando se chega no sétimo selo ficou alguma coisa escondida para o futuro. E se o sétimo selo não estiver aberto os outros também não estarão, pois é o sétimo selo que abre os outros. O mistério do sétimo selo é o que desvenda o mistério de todos os outros, porque o sétimo selo teria que estar na terra aberto, em atuação, revelando os outros selos.

    Texto extraido de vossos estudos… queria saber qual a mensagem?

    Comentário feito por Elionai — 12 de abril de 2016 @ 3:18

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Dados da Matéria

Dados do Autor

Doutrina da Mensagem Admin do site doutrina da mensagem » Blog do autor. » Site do autor.