Comentários sobre o Sétimo Selo – parte 5 Download PDF

Comentários sobre o Sétimo Selo – Parte 5

“Coragem Pra Mudar de Fase”

setimo selo 5

Francisco Morato / SP

Ir. Rosendo

 

01-       E vi na destra do que estava assentado sobre o trono um livro escrito por dentro, e por fora selado com sete selos.

            E vi o Anjo Forte bradando com grande voz: Quem é digno de abrir o livro e de desatar os seus selos? E ninguém no céu, nem na terra, nem debaixo da terra podia abrir o livro nem olhar para ele.

 

02-       Senhor Deus, quantas vezes nós temos lido isto aqui? Quantas vezes temos meditado sobre este assunto? Mas Senhor, cada vez que nós lemos nós queremos ler outra vez, e mais outra vez, e mais outra vez, pois sabemos que esta Bíblia se renova a cada dia, e a cada dia o Espírito do Senhor ilumina as nossas almas esclarece o nosso entendimento e nos sela com esse Espírito da promessa. E este selo vem exatamente ao ouvir, ao crer, ao viver a Tua Palavra, pois a Palavra e o Espírito é a mesma coisa. Oh! Senhor, um não pode existir sem o outro.

 

03-       E nesse instante nós te pedimos que o Espírito Santo ilumine, esclareça e revele a Tua Palavra aos nossos corações, pois nós cremos que o Senhor já trouxe a revelação dos mistérios, e agora nós precisamos entender isso, no nome de Jesus Cristo. Amém. Amém. Podem se assentar.

 

04-       Eu agradeço de coração a vinda de cada um dos irmãos, das irmãs, pela coragem que vocês têm de vir até aqui para ouvir estas coisas, uma vez que a pregação da mensagem tem sido muitas vezes negligenciada, como ela deveria ser pregada, ser entregue. Pois às vezes nós queremos ouvir determinadas coisas, e nós não ouvimos aquilo que queríamos ouvir.

 

05-       E o pregador pode correr o risco de querer entregar para as pessoas aquilo que ele acha que as pessoas irão gostar de ouvir; os irmãos irão se sentir bem ouvindo isso, eles irão se sentir em regozijo ao ouvir tais coisas. Você não pode pensar pela igreja; a igreja não pode pensar pelo pregador. Você não pode pensar por quem quer que seja, você pensa por si mesmo.

06-       E de onde vem o pensamento? Isto é formado na sua mente, lá no íntimo, lá na psíquica do ser humano. E quando se trata do evangelho de Cristo, quando se trata dessas coisas tão tremendas nós procuramos então deixar de lado os nossos pensamentos, o que eu penso, o que eu acho e até mesmo o que eu creio. Pois você pode ter uma determinada convicção sobre um determinado assunto, e daí à pouco quando você pára pra ouvir mais um pouco, ouvir mais alguém então você observa, você percebe que aquela sua convicção não estava tão baseada na verdade. E não porque você estivesse errado, mas porque você precisava aprender mais alguma coisa.

 

07-       E se você descobre (quando você consegue enxergar isso) que você não sabe tudo, que você não encontrou tudo dentro da linha do aprendizado e do conhecimento; mesmo que você diga “mas o tudo está em mim se Deus está comigo”, sim, mas Esse Deus que é tudo em todos, que está na Igreja, que está em você como membro do Seu corpo… Ele não se mostra pra você de uma vez, Ele não se mostra pra você abertamente de uma forma que num único momento entenda tudo e saiba tudo.

 

08-       Os discípulos que caminharam com o Senhor Jesus Cristo se jactanciaram (inclusive), pois alguns deles já queriam assumir o lugar do Mestre quando Ele saísse, e outros já começaram a cogitar “Quem de nós vai comandar o grupo depois que o Mestre se ir? Quem de nós será o maior? Quem vai ser um que os outros terão de obedecer?”. E Jesus chegou a deixá-los por terra quando ensinou para eles o lava pés, quando disse que “o maior servirá o menor”, será como um menor entre eles, e disse que aquele que se exaltasse seria humilhado; e ainda por cima para deixá-los arrasados, disse que eles não eram convertidos, como chegou a dizer para Pedro: quando tu te converteres, Pedro, então vai, então você poderá confirmar aos teus irmãos.

 

09-       Mas depois de ter caminhado com Cristo a tanto tempo, e mesmo depois de ter recebido a revelação de que Ele era o Cristo, o Filho do Deus vivo, e depois de Jesus Cristo ter dito que o próprio Pai o tinha revelado (pois é o Pai quem mostra, é o Pai quem revela, é o Pai que se manifesta, e para isso Ele usa o Seu Filho, mas é o Pai quem tem que fazer isso, vêem?). Depois de Jesus ter dito tudo isso, e ter entregue as chaves do reino para Pedro, mesmo assim Pedro não estava escape de ser atormentado por Satanás, de receber em si o espírito errado a ponto de chamar Jesus de mentiroso, ele disse: “Não Senhor”… Jesus disse: “vai acontecer isto na minha ida à Jerusalém”, e Pedro disse: “De forma alguma, Senhor, isto jamais te acontecerá”; e aquilo era um espírito que se apossou de Pedro. Por isso Jesus não titubeou em dizer “Para traz de mim, Satanás”, pois o diabo falou através de Pedro, ele usou as cordas vocais de Pedro para dizer que Jesus estava falando uma mentira. Jesus disse “isso vai acontecer”, ele disse “isso não vai acontecer”. Não era diferente do mesmo espírito que entrou na serpente e disse “certamente não morrerás”.

 

10-       E Jesus fez o que Eva deveria ter feito: “para traz de mim, Satanás”. Mas era uma serpente tão bonita que estava diante dela, sabe. Era um animal com tanta astúcia, tão bonito. Era o irmão Pedro, um irmão tão abençoado, mas isso não fez com que Jesus não dissesse aquilo: “para trás de mim, Satanás”. E às vezes são coisas que se apresentam, que se mostram de uma forma tão bela, tão bonita, tão preciosa, tão amável, e você não pode de forma alguma deixar de fazer exatamente o que Jesus fez. Qualquer coisa que contrarie a revelação da Palavra do dia, você não pode ter medo de dizer “isto é Satanás tentando me enganar, é Satanás tentando enganar meus irmãos”. Pois o diabo vai procurar entrar exatamente na mente das pessoas. Na mente das pessoas; nunca esqueça disto, o campo de batalha é na mente do ser humano.

 

11-       Então se o diabo tentará batalhar e nos derrotar na nossa mente… Por isso que um dos mistérios que o sétimo anjo veio nos revelar era exatamente este, veio nos dizer que os nossos pensamentos falam alto diante de Deus muito mais do que as nossas palavras aqui na Terra, para que pudéssemos ter cuidado com o que pensando, com o que imaginamos, com o que arquitetamos na nossa imaginação, na nossa mente.

 

12-       Então o que nós precisamos é ter exatamente um entendimento renovado. Por isso é através da Palavra, do ouvir a Palavra, da leitura da Palavra; e Paulo disse: transformai-vos do vosso entendimento. Nós estamos precisando de uma transformação física. Transformação física. Precisamos ser transformados.

 

13-       A transformação que virá para o rapto… A transformação que fará com que os nossos corpos doentes se tornem sãos; a transformação que tem que vir para os irmão que sofreram mutilações, que perderam braços e pernas (ou seja qualquer coisa); a transformação que virá para dar-nos corpos perfeitos, para sermos transformados e subirmos às alturas celestiais, essa transformação não vira sem que antes tenhamos o nosso entendimento renovado. Por isso o profeta nos ensinou que quando a Igreja souber quem ela é… Veja, souber. O que é saber? O que vem de conhecimento, o que vem de entendimento. E como é que você sabe das coisas? Porque você tem uma mente boa para aprender. Alguém falou, você aprendeu aquilo. Está na mente, está no teu entendimento.

sa·ber |ê| – (latim sapere, ter sabor, conhecer)

verbo transitivo

1. Possuir o conhecimento de. = CONHECER ≠ DESCONHECER

2. Não ignorar. = CONHECER ≠ DESCONHECER, IGNORAR

3. Estar habilitado para.

4. Ser capaz de. = CONSEGUIR

5. Ter experiência.

6. Ter consciência de.

verbo intransitivo

7. Ter conhecimento. ≠ IGNORAR

8. Estar certo.

9. Ter sabor ou gosto.

verbo pronominal

10. Ter consciência das suas características (ex.: o professor sabe-se exigente).

11. Ser sabido.

substantivo masculino

12. Conjunto de conhecimentos adquiridos. = CIÊNCIA, ILUSTRAÇÃO, SABEDORIA

13. [Figurado]  Prudência; sensatez.

14. Malícia.

15. Experiência do mundo.

Fonte: Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

 

14-       Então, se o diabo tentará pegar as pessoas exatamente em suas mentes, é exatamente nessa mente que precisa estar o batismo do Espírito Santo. O batismo do Espírito Santo tem que ser na mente, na nossa mente.

15-       E nós precisamos entender outra coisa que, quando o profeta separou as três últimas Eras da Igreja (a Era de Sardes, Filadélfia e Laodicéia), mostrando estas três últimas Eras como as etapas da semente depois que ela foi lançada na terra; morreu em Nicéia, foi pisoteada nas Eras das trevas, e começou a nascer, a brotar ali na quinta Era, nos dias de Martin Lutero, ele pega aquelas três últimas Eras para mostrar o estado da semente, que seriam a borla, casca e depois o grão na espiga. E ele mostra ali o que? Justificação, Santificação e batismo do Espírito Santo.

 

16-       Agora… Se você agora estudar isso juntamente comigo, você vai ver que:

Justificação – foi nos dias de quem? De Lutero;

Santificação – nos dias de Wesley;

Batismo do Espírito Santo – nos dias dos Pentecostais. Pentecostal, a Era da renovação dos dons carismáticos. Isto aconteceu dentro de Laodicéia. Mas o que temos? O que podemos entender com isso? Olhe, aqueles que são batizados com o Espírito Santo… Você diz “bem, este homem está cheio de Deus, ele está cheio da Palavra”; será que é exatamente assim a terminologia dessas coisas, dessas palavras? O batismo do Espírito Santo (que é exatamente dentro da Era de Laodicéia) para te tirar fora da Era para ficar na plataforma de rapto, e o batismo do Espírito Santo é o que traz o Espírito Santo. O batismo do Espírito Santo é o que traz a Pedra de Coroa, Ele abre um canal para que desça; quem? O Espírito Santo.

 

17-       As pessoas não compreendem que quando falamos do Espírito Santo estamos falando de Jeová Elohim mesmo. Estamos falando do próprio Deus, Daquele que gerou Jesus Cristo. Vêem? Por isso que é amor que está escrito na Pedra de Coroa. E está escrito na Bíblia que Deus é amor. Por isso foi Ele quem amou o mundo inteiro; Deus nos amou a ponto de enviar Seu Filho Únigênito para que todo aquele que Nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.

 

18-       Então vamos ver isso agora rapidinho, já que estamos lendo aqui o que estava na destra, o que estava assentado…

            E vi na destra do que estava assentado sobre o trono um Livro escrito por dentro, e por fora selado com sete selos.

            Escrito por dentro; o Livro foi escrito depois foi enrolado. O profeta explica que não era um livro como este aqui, era estilo pergaminho. O Livro foi enrolado… Ele foi escrito, foi enrolado e por fora colocado um selo, dois selos, três selos, quatro selos, cinco selos; sexto Selo, sétimo selo. E isto ficou como um título de propriedade original na mão do Dono original, na mão de Deus mesmo!

 

19-       O que está escrito nesse Livro, a revelação que está escrita nesse livro é exatamente esta revelação que hoje, na mente das pessoas, está o medo e o temor de aprender sobre isso. Primeiro, é algo que você não compreende lendo a Bíblia. É algo que você não entende lendo as Escrituras, pois o que está ali João não pôde escrever. Então vamos dizer assim em um sentido: não está na Bíblia, porque não foi escrito. Mas, por outro lado, tem que estar em toda Palavra, de Gênesis à Apocalipse. Por isso que quando o homem tentou o profeta dizendo: “irmão Branham…”, olhe ele já tinha pregado os selos, já tinha pregado tantas mensagens sobre os selos; e alguém chegou e disse: “irmão Branham não tem mais alguma coisa pra ser revelado? Uma grande revelação?”, ele disse: “não senhor! Não Senhor!”

 

20- “Mas, e as vozes dos trovões? Não é algo especial que vai vir depois? Será que não tem que se levantar alguém com essa revelação?” O irmão Branham disse: não, nada pode vir depois disso, pois nada pode ser acrescentado nem tirado da Palavra. Mas e os trovões? E a voz dos trovões? O irmão Branham disse: aquilo são as revelações dos sete selos; a voz dos trovões está nos sete selos.

 

21-       Agora, você encontra hoje (depois de tanto tempo que o profeta entregou a revelação dos selos) as pessoas sem entenderem o que é isso, sem entenderem o que são essas coisas. Para começar nem se quer conseguiram, tiveram a oportunidade de ler sobre os selos… De ler sobre os sete selos. Elas não tiveram, muitas não tiveram essa oportunidade, e quem teve não entendeu por completo. Não entendeu porque ninguém estava ali para explicar aquilo. Você diz “mas já não estava explicado? Não já estava explicado?”; se fosse tão fácil assim de compreender, todos que lessem teriam entendido, todos que lessem teriam visto o fim de Laodicéia com a abertura dos selos; se fosse assim todos teriam entendido que novo nascimento é a base, batismo do Espírito Santo está em cima. O nascer de novo não é a parte de cima, novo nascimento está em baixo, é o pé da pirâmide.

 

22-       E daí, quando você nasce de novo se torna uma nova criatura. Você vai crescendo, crescendo, crescendo até alcançar a estatura de varão perfeito. Agora, o Varão Perfeito é Cristo, e Cristo é a Palavra. Então veja, crescer na estatura completa da Palavra, pois só existe uma coisa que é perfeita, e esta é a Palavra de Deus.

 

23-       Agora você chame como você quiser (à respeito da Palavra). Primeiro você aprende que a Palavra é o próprio Deus. Deus é a Palavra; é exatamente isso que João diz no seu capítulo um. João capítulo um, versículo um:

            No princípio era o Verbo… Ele está nos dizendo ali: no princípio era a Palavra, e a Palavra era Deus. Chame você como quiser: Palavra, Logos, Teofania, mas você tem que entender a linguajem, se você não entender a linguajem você não vai entender a doutrina. Se alguém escuta isto que eu estou pregando hoje, apenas esse culto de hoje e não sabe o que temos ensinado antes ou o que vamos ensinar depois como uma continuidade vai ficar perdido dentro desse assunto porque não aprendeu as outras lições. Por isso que, às vezes, seu filho chega em casa copiando alguma coisa de outro colega, você diz “o que é isso?”; “É que eu perdi aquele dia, o dia em que eu estava doente e não fui em tal aula foi dado tal ensinamento, e agora eu estou copiando tal ensinamento porque vai cair na prova”.

 

24-       Ah se o povo soubesse que muitas coisas que estão negligenciando é exatamente o que vai cair na prova. Viu? É exatamente aquilo que muitos estão negligenciando. E quando você diz “Eu não compreendo” então não vai dar importância para isso, vai procurar compreender alguma coisa mais fácil (não é assim?), “Vou procurar compreender alguma coisa mais fácil”; o difícil não é difícil! Não é difícil, você é quem acha difícil porque não se apegou naquilo, você não deu ênfase, você não procurou se despertar, você tem que procurar se despertar. As coisas não vêm pra você assim de uma forma… Vamos dizer assim, automática para que você saiba de tudo, aprenda tudo. Não, não é desta maneira!

 

25-       Então, quando tratamos à respeito dos selos, as pessoas primeiro não ouviram pregações sobre a abertura dos selos, pois os pastores não entendiam o que era a abertura dos selos; entendiam uma parte, o restante não conseguiam entender, faltava o encaixe do quebra-cabeças.

 

26-       Então, se agora eu tenho o encaixe do quebra-cabeça dos selos, eu agora mostro isto para as pessoas, e aqueles que não procurarem compreender… Você diz “Mas eu tenho que compreender?”; bem, primeiro você tem que crer.

Primeira coisa: crer; se você não crer não adianta você procurar entender uma coisa sem crer. Vêem? Não adianta você procurar entender sem crer naquilo. Primeiro eu sei que os selos estão abertos, então depois eu procurei entender o que é a abertura dos selos. Este é o processo. Vêem? Então primeiro eu cri naquele acontecimento no monte Pôr-do-Sol, eu cri que aquilo não era apenas uma nuvem qualquer, pois eu li nas mensagens o irmão Branham dizendo que aquele era o rosto de Cristo; depois eu li ele dizendo que ali está o Juiz Supremo… Ou o Supremo Juiz; daí a pouco você encontra ele estava dizendo “Eu estava dentro daquela nuvem junto com sete anjos que vieram da eternidade trazendo a revelação dos selos; depois diz “Ali estávamos voando em direção ao oeste, mostrando que o tempo havia terminado”. Bem, eu não duvidei de nenhuma dessas citações, porque eu cri que Deus nos enviou este homem para nos revelar os mistérios da Bíblia. As coisas que foram escritas em símbolos este homem viria para revelar, então eu creio, mas se agora eu creio então eu preciso entender no que é que eu creio…

 

27-       Você ouviu, a fé vem ouvir. Você pode ouvir o ano inteiro e não saber o que está ouvindo. Muitas pessoas estão nas igrejas (ou até mesmo na igreja, no Tabernáculo) assim ouvindo, ouvindo, ouvindo, mas não sabem o que estão ouvindo. Por isso a Bíblia diz: “quem tem ouvido para ouvir, ouça…” Você tem, eu tenho… Já falamos sobre isso; eu tenho ouvido você tem ouvido, você está ouvindo, mas por que a Bíblia diz, se repete assim: quem tem ouvidos para ouvir, ouça o que o Espírito diz às igrejas? Por quê? Porque as pessoas ouvem, mas não compreendem. “Ouvir” (de acordo com aquilo que está nas Escrituras) significa entender. Entender. É aquilo, você ouviu a Voz, ouviu outra voz, mas Jesus disse: as minhas ovelhas ouvem a minha voz e seguem, porque ela compreendeu que no meio de outras vozes que ela ouviu, ela discerniu entre aquelas vozes a voz do Bom Pastor e ela compreendeu, então ela procura seguir.

 

28-       Então, quando nós falamos à respeito da abertura dos selos, da revelação dos selos, e você vai entrar agora em discórdia, em desacordo com outros irmãos que não vêem ainda estas coisas. Veja, principalmente quando se fala do Sétimo Selo. Você pode entender uma coisa, se a pessoa faltou em alguns cultos (quando eu digo pessoas, eu estou tanto me referindo à membros, como à pregadores), faltou em fazer a sua lição de casa, faltou copiar a parte que perdeu (sabe), e daí a pouco quando alguém apresenta “Ih, eu faltei naquela aula, deixa isso pra lá; ah, eu não estudei tal mensagem, não, deixa isso quieto” (sabe)…

 

29-       Agora, são coisas que irão cair na prova, pois a primeira coisa que o sétimo anjo fez, a primeira coisa que Malaquias quatro (quando entrou em atuação) começou fazer foi restaurar os pontos doutrinários. E você aprendeu que o verdadeiro batismo não é com os títulos Pai, Filho e Espírito Santo, mas com o nome Senhor Jesus Cristo. Você aprendeu sobre as duas raças na terra: filhos de Deus e filhos do diabo; semente da serpente. Você aprendeu que uma linhagem veio de Sete, a outra veio de Caim; Setistas, Caimitas, filhos de Deus, filhos do diabo; filhos de Deus, filhos dos homens, até que se juntaram em Gênesis seis através do casamento misto.

 

30-       Então você encontra agora Deus dizendo: vou destruir a Terra; e você foi entendendo estes pontos doutrinários, foi entendendo, entendendo, mas chega-se um momento que o Sétimo Anjo pregou todos esses pontos doutrinários, agora ele precisa entregar a parte da Revelação.

 

31-       E eu quero entender assim que, se você fez, estudou o primeiro ano (sabe) nessa escola espiritual (como tem uma irmã que sempre nos visita, sempre vem aqui em alguns cultos, ela diz que isso aqui é como uma Universidade, chegou até a dizer que é muita coisa para a cabeça dela, pois isso aqui é como uma Universidade)… Tudo bem… Agora, se você fez apenas o primeiro ano nesse aprendizado, aprendeu as doutrinas básicas, os rudimentos, chega-se um momento em que você vai precisar mudar de fase. Se você não mudar, meu irmão, você vai ficar analfabeto mesmo tento estudado. Às vezes você…

 

32-       O nosso país aqui, o clima… O analfabetismo é uma coisa contagiante, é uma coisa que supera muitos outros países, mas chegou-se a uma conclusão de que se você assinar o nome já não é analfabeto. Analfabeto é aquele que a digital coloca lá porque não conhece o “o”, mesmo tomando água numa xícara, num copo, não sabe o que é um “o”, e tal. Mas, se aprendeu a fazer o nome já não é analfabeto; isto é uma pobreza de conhecimento muito grande… Mui grande. Uma pessoa que só sabe assinar o seu nome é analfabeta, uma pessoa que não consegue ler um livro é analfabeta, sempre está… É maior dificuldade de aprender as horas, vem um ônibus e não sabe o nome. Isso é analfabetismo! Isso é pobreza no conhecimento, no aprendizado. Agora, se isto é no natural, o espiritual caminha no paralelo, lado a lado.

 

Analfabetismo = Ausência completa de instrução. = ILITERACI

Desejo acrescenta aqui o que escreveu uma pedagoga sobre o analfabetismo:

 

“Não é de hoje que se sabe que o índice de analfabetismo no Brasil ainda é grande, tendo milhões de analfabetos acima dos 15 anos de idade. Isso é uma realidade causada pelos modelos de educação arcaicos, sem inovações, que tolhem a capacidade criativa dos sujeitos, gerando insegurança e insatisfação pessoal. Convencidos de que não adianta continuar na escola, muitos estudantes se afastam da mesma por pura falta de motivação, por não acreditarem que são capazes de vencer. O medo domina as sensações prazerosas do aprender, pois repetências anteriores, exposições diante dos colegas, humilhações dentro da sala de aula coíbem o sujeito, demonstrando que ele não é capaz. No Brasil ainda existe a concepção de que os menos favorecidos não têm condições de aprender, devendo aceitar que são a mão de obra pesada e barata do país, estando às margens da nossa pirâmide social. Para melhorar essa visão, a escola deve manter uma política educacional voltada para atender a diversidade, através de planos de ação que valorizem as habilidades e potencialidades de cada um. Seria mesmo identificar o que cada um tem de bom, em quê cada qual pode colaborar com as experiências e crescimento do grupo. Dessa forma, preocupados com a defasagem do ensino, buscando qualificar o trabalho docente, voltam-se para a motivação desses alunos, dando oportunidade aos mesmos, inserindo-os num grupo que está mais adiantado. Além disso, não se pode descartar a realidade social em que cada um vive. Muitas crianças ficam paralisadas porque não recebem atenção necessária, outras são alvos de agressões, outras sofrem abusos sexuais, algumas têm que trabalhar para sustentar suas famílias, etc. A escola precisa considerar todos esses aspectos e muitos outros, repensando seus valores, buscando diminuir as diferenças entre os alunos, identificando porque uns aprendem e outros não. Segundo pesquisas do Ministério da Educação, no Brasil são 16 milhões de analfabetos, pessoas que não conseguem sequer escrever um bilhete. Já os que não chegaram a concluir a 4ª série do ensino fundamental I, somam 33 milhões, concentrados em 50% no norte e nordeste do país. Dessa forma, podemos questionar como acontecerá o crescimento social e econômico do país se não temos política educacional consistente? É preciso repensar para mudar!”  

Por Jussara de Barros – PedagogaEquipe Brasil Escola – fonte:

 http://educador.brasilescola.com/politica-educacional/analfabetismo-no-brasil.htm

 

33-       Então, têm muitos que conseguiram aprender o Nome e acham que têm muita coisa porque conseguiu sair da denominação e veio pra mensagem, se batizou no nome de Jesus Cristo, e fez isto, e fez aquilo, e não imagina que aquilo é apenas a primeira série, gente! A primeira série! A primeira série foi o que eu estudei quando era pequeno, e a segunda série apenas. Mas eu não parei por aí, mesmo não freqüentando escola eu nunca deixei de estudar! Nunca, sempre estou com um livro na mão, sempre estou com alguma apostila, sempre estou com alguma coisa, lendo, estudando, aprendendo. E às vezes você me vê falando tantas coisas erradas, tantas palavras fora de nexo, não é, e tal… É realmente ignorância à respeito de um quadro todo de um conhecimento perfeito sobre o nosso vocabulário.

 

34-       Mas tem pessoas que ouvem e dizem “Esse homem é um…”, como é que chamam? Ai meu Deus do céu, é cada coisa! “Esse homem fez seminário, este homem fez aquilo, esse homem é isso, esse homem é aquilo”, quando ouvem, não é? Quando ouvem… Só que quando me vêem pessoalmente dizem “É só esse? É só esse?”.(risos)

 

35-       Agora, na escola (é que quando pegamos essas partes assim é bom mostrar essas coisas, pois fica fácil pra você entender). Na escola, o professor que está ensinando (quando ele está ensinando) começa ali desde o primeiro ano com as crianças e elas vão indo, vão mudando de fase, vão mudando de fase, daqui a pouco aquele aluno se ele se aplicar chega na Universidade, ele presta vestibular, se torna um universitário, tem um conhecimento geral sobre o mundo, sobre o Universo (vamos dizer assim, já que se chama Universidade); e o professor continua lá naquele grupinho lá naquele colégiozinho ainda ensinando pessoas de primeira série, e seu aluno foi embora. Se o professor tivesse continuado a estudar ele não teria permanecido ali, ia chegar um momento em que ele iria prestar um concurso público; ia chegar o momento em que ele não seria nem se quer um professor de escola, seria um diretor, tomaria conta de professores.

 

36-       Mas será que nós não podemos ver isto acontecer exatamente dentro do plano espiritual na igreja? Será que não têm membros que estão passando de primeira etapa, segunda etapa e estão em terceira etapa já? E os pastores estão ficando para trás porque não continuaram no aprendizado; “Já sou professor”, sabe, já tem o título “Sou pastor, me respeite, cuidado; agora a ‘parte mais gorda’ é pra mim, o pedaço de carne mais saboroso tem que ser o meu, o prato mais bem feito é o meu, o primeiro lugar da mesa é o meu”, e assim vai indo, e vai indo… E não imagine que está apenas na primeira série… Primeira série. Tem alunos ali… Vários alunos, ouvindo seus ensinamentos, e ensinam muito bem, mas pararam no primeiro ano. Então você vê professores aplicados, na escola dando aula à noite, no outro dia na escola estudando, estudando, daqui a pouco o aprendizado deles já pode ser ensinado para crianças do segundo, do terceiro, quarto, quinto, oitava, segundo ano; daí a pouco os professores estão lá…. Meu Deus do céu! Vocês estão entendo que eu estou falando? [a congregação diz: Amém- Ed.]. Então saibam isto está acontecendo dentro da pregação da Palavra de Deus, dentro da mensagem.

 

37-       William Branham não ficou apenas ensinando os rudimentos, os rudimentos da doutrina, de comportamento (isto você escuta em várias pregações como se comportar), e se você tem aprendido durante tantos anos… Oito, dez, quinze anos aprendendo sobre o bom comportamento cristão dentro das Escrituras, dentro das mensagens e ainda está lutando com isto, ainda me pergunta se pode aparar pontas de cabelo, se pode fazer isso, se essa roupa está boa, ou se isso está bem assim; será que durante esse tempo o entendimento nosso não amadureceu a ponto de olharmos (na palavra e saber o que podemos ou não fazer?) Se o espelho na tua frente está te enganando, se ele estiver desfocado (pois às vezes acontece isso, não é?), se ele estiver meio sujo e você achar que está bom, então vá no espelho da Palavra e veja se combina, veja se está certo! Será que nós não temos mente para isto já pelo aprendizado que tivemos?

 

38-       E vai ficar toda vida no primeiro ano do primário, e o professorzinho lá “Isso não pode, isso não pode, isso não deve, isso não deve”, e olhando as roupas das irmãs, e olhando como é que está o cabelo dos irmãos, se os irmãos estão ficando cabeludos, sabe; e se preocupando quem usa barba e quem não usa, e essas coisas todas. Gente, esse povo não aprendeu, não?

 

39-       O irmão Branham levou o povo… Passou o povo pelos rudimentos, levou o povo para pontos doutrinários tremendos, e daí a pouco estava entregando revelação, coisas que não ficaram escritas ele estava revelando, e então vem uma irmã com uma carta para o irmão Branham… Um bilhetinho assim (como vêm esses pedidos de oração): Irmão Branham, não acha que é uma desgraça as irmãs estarem cortando seus cabelos, e algumas delas usando roupas assim, e assim? Era uma irmã bem santa (creio, não é?) que se preocupava; pois imaginem, na igreja em que o profeta pregava tinham irmãs ainda assim. Tinha sim, mas alguém se preocupou (não é?) e mandou aquele bilhetinho lá pra frente e o irmão Branham pegou aquilo… Leu aquela pergunta daquela irmã: Irmão Branham, não acha que é uma desgraça aquelas irmãs estarem assim, algumas irmãs usarem isto? O irmão Branham disse: “Sim irmã, é uma desgraça, eu também vejo assim. Mas eu já tenho pregado sobre isto tão duro quanto eu possa, e isto não resolveu; então se a irmã tiver um método mais eficiente me diga que eu faço!” Entendem?

 

40-       O que ele quis dizer com aquilo? Nós poderíamos tirar grandes lições daquilo. Mas, uma das coisas que agora eu vejo ele dizendo sobre esse assunto é isto: eu não posso ficar todo tempo ensinado o abecedário, sendo que agora já têm pessoas que estão em vestibular. Entendem? Eu preciso entregar o recado completo. Se estas pessoas não aprenderam, tem aí as fitas! Tem as gravações para ouvirem! Não vamos estar em todas as mensagens agora falando sobre um determinado assunto, aquilo já foi pregado antes, é só você voltar a gravação, é só você volta a fita e ouvir de novo!

 

41-       Agora, quando o Espírito Santo vem e dá o recado, e diz “Olha, precisa falar sobre isto”, então nós temos que fazer como São Paulo: “Eu não me canso de repetir o que já falei, porque isto é de proveito para vocês, pois nós não podemos pregar algo que vos agrade” (eu comecei este assunto falando isto, não foi?), não podemos pregar ou entregar algum recado para a igreja achando que á aquilo que a igreja vai achar bom, vai gostar de ouvir, pois tem que ser algo que venha da mente infinita de Deus! [a congregação diz: Amém – Ed.].

 

42-       Mas para vir da mente de Deus para nossa mente, a nossa mente tem que estar naquele processo de aprendizado, de renovação, de transformação. É no entendimento isso. E se a nossa mente não for transformada a ponto de termos a mente de Cristo, jamais teríamos (ou teremos) o batismo do Espírito Santo não vem para a mente de Domingos, não vem para a mente de Maria, não vem para a mente de João; o batismo do Espírito Santo vem para uma mente de Cristo, uma mente transformada, renovada. Vêem? Por isso que nós precisamos dessa mudança, por isso nós precisamos estar crescendo, mudando, mudando, não podemos ficar em rudimentos, não podemos ficar em primeira etapa, não podemos ficar em segunda etapa, uma vez que a terceira é dentro da terceira etapa que existe a fé de rapto.

 

43-       E a nossa renovação é para que? É para sairmos daqui, é a maior mudança que esperamos. É a ponto de mudarmos de atmosfera, mudarmos de estado (entendem?) sairmos dessa dimensão a ponto da gravidade perder a força sobre os nossos corpos. Tudo que cai tem que vir à Terra, porque a força da gravidade… É uma lei da gravidade, o que você soltar aqui tem que descer, o que te mantém de pé é exatamente isso. O que tem caminhado com os pés no chão… Suba o quanto você quiser, mas depois desce, nem que seja um baque fofo que se emborrache todo, mas tem que descer.

 

44-       Mas o que estamos procurando só vem através da Palavra… Então você diz “Mas que Palavra é essa?” Que Palavra é essa? A Palavra, a revelação da Palavra do dia ao seu tempo. Pois se você buscar a revelação da Palavra que se cumpriu ontem ou há quarenta anos atrás você estará descendo os degraus de costas ainda; você vai cair e vai se esborrachar! Você não tem que descer degraus, você tem que subir degraus! Você tem é que subir degraus.

 

45-       Se não for importante pra você ver a comissão de um homem no rio Jordão dizendo Tu és meu Filho amado no qual eu tenho prazer de habitar… Nossa! O Pai está habitando no Filho, isso é muito precioso, mas você tem que seguir a montanha, ir até o cume do monte onde haverá a adoção, e agora não só o Pai está dizendo “Eu habito nele”, mas agora o Pai está dizendo “Este é o Meu Filho amado, a Ele ouvi (amém), pois Eu estou falando através Dele”. A Ele ouvi.

 

46-       Então se você caminhou e achou gostoso quando cumpriu Malaquias quatro, e Deus mandou um profeta, e você viu a vindicação, você creu naquilo: Assim como João Batista foi enviado para precursar a minha primeira vinda, tu tens uma mensagem, a palavra que tu pregas, o recado que tu trazes, precursa a minha segunda vinda; você acho isso maravilhoso e gostou de ver o cumprimento, você agora tem que caminhar outra vez, caminhar outra vez, e encontrar agora não só uma comissão do alto, uma voz falando, mas agora ver o Pilar de Fogo vindo à ele; Jeová Elohim vindo e ficando sobre a cabeça do profeta. Você vai subindo esse degrau, vai subindo esse conhecimento, e você terá que ir até aquele lugar quando a espada cai em sua mão para que você saiba que a Palavra está no homem. O Livro que estava na mão do Deus Todo-Poderoso, o Livro selado com sete selos que veio para a mão do Único digno (o Cordeiro) que poderia abrir seus selos… Você agora tem que ver o livro na mão do homem.

 

47-       Saiu… Pense nisso, saiu das mãos do Deus onipotente para as mãos do Cordeiro, e o Cordeiro entrega para o Seu homem, para o Seu mensageiro; a Espada vem para a sua mão, e essa Espada é cortante, ela é afiada, mais do que uma espada aguda de dois gumes, e penetra até a divisão da alma e do espírito…

Apocalipse 1 :1 Revelação de Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu, para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e pelo seu anjo as enviou, e as notificou a João seu servo;

 

48-       Então ela vai exatamente ali na divisão da alma e do espírito, e um diz “é, eu também sou da Palavra, eu também estou nessa Palavra; eu também sou predestinado, eu também sou eleito”. Esta Palavra que veio para a mão do homem vai até lá no profundo, vai até sobre as juntas e medulas, na divisão; eu não sei se é largo ou estreito, mas existe uma divisão entre a alma e o espírito; e ela vai exatamente lá para discernir e dizer quem você é. Ela vai até lá e mostra quem você é.

 

49-       Então, muitos que dizem que são, não são, porque é uma multidão mista. Uma multidão mista. E nós precisamos entregar este recado da maneira que o profeta nos entregou, porque aqueles que são, precisam aprender, precisam passar de fase, precisam mudar seus entendimentos; aquele entendimento que tinha à respeito da Palavra, aquela revelação que tinha à respeito da revelação que Deus enviou tem que ser mudado, tem que ser acrescentado… Você diz “Mas tem a Palavra, eu já tenho a mensagem”; mas lembre-se disso que é mandamento sobre mandamento! Mandamento sobre mandamento, viu? É regra sobre regra; é um pouquinho aqui e um pouquinho ali; mandamento sobre mandamento; é Palavra sobre Palavra; é de fé em fé; “mas eu já não tenho fé?” Precisa de uma fé maior, precisa de uma fé mais extraordinária. Você tem fé mas pode estar ainda misturada com alguma coisa, com algum pensamento, com alguma idéias, porquê alguém te disse, alguém te mostrou isso, alguém te mostrou dúvida naquilo. Então você precisa estar de fé em fé.

 

50- “Eu já recebi um conhecimento, isso é a glória de Deus”; precisa-se de mais. De glória em glória, e ainda a Palavra vai te mostrando, vai discernindo, vai mostrando quem você é, então você diz “realmente eu nunca poderia ficar em Laodicéia, porque Laodicéia diz: ‘rico sou, estou enriquecido, estou abastecido, já tenho tudo e não preciso mais de nada’”, vêem? E você diz “Senhor, eu preciso de mais; eu quero mais do Teu Espírito, eu quero mais de Tua graça, eu quero mais do Teu conhecimento”.

 

51- Se William Branham estivesse ficado na primeira série, na segunda série, na terceira série do ensinamento da mensagem, ele não poderia ter entregue a revelação da mensagem para nós; ele (mesmo restaurando as doutrinas) quis pregar sobre os selos, e aquilo que ele pregou sobre os selos, quando veio a revelação de Deus… Ora, ele queria pregar sobre os selos sem o Livro estar aberto, mas quando o Livro se abriu ele disse “Olhe, foi de uma maneira que eu nunca imaginava, é contrário a tudo que eu tinha pensado, e aquilo fez com que a Bíblia se tornasse um novo livro para mim”. Amém [a congregação diz: Amém – Ed.].

 

52-       Irmãos, Deus vos abençoe, Deus vos guarde. Que esta Bíblia, a cada dia, se torne uma nova Bíblia a medida em que a revelação de Deus penetre em tua alma, vai até a divisão da alma e do espírito e discirna os pensamentos e as intenções dos corações.

 

53-       Agora, se a Palavra de Deus em você… Veja isso agora para concluirmos isso. A Palavra de Deus em mim, em você, tem que ir até a divisão da alma e do espírito e discernir os pensamentos e as intenções dos nossos corações. E quem vai discernir isso? Ai que está agora… Por isso que nós precisamos ter discernimento; isto foi um recado que o profeta nos trouxe quando ele pregou “Discernimento De Espírito”; a Igreja precisa ter discernimento de espírito para discernir entre o bem e o mal, entre o certo e o errado, entre o que é de Deus e o que é do diabo, entre quando Deus está falando por um irmão e por uma irmã, ou quando o diabo está usando-o, está usando-a. Veja se aquilo combina com a Palavra, se está cem por cento com a Palavra.

 

54-       Você diz “isso está certo, está aqui na Palavra”… Bem, você também está pedindo, mas o diabo chega a fazer de uma forma a ponto que você até pede mal… William Branham disse que existem orações que você é até egoísta. “Mas eu não estou orando?”, mas a oração é egoísta! Vêem?

 

55-       Então é isto… Olhe, a Palavra em você faz isso, penetra até a divisão da alma e do espírito para discernir os pensamentos e as intenções do coração. Mas você vê quando ela está discernindo? Será que estamos observando quando ela está discernindo estas coisas? Como, se eu não tenho discernimento? Como eu vou entender isso se eu não tenho discernimento, se tanto faz para mim uma coisa como outra? Se alguém diz “ali está bom”, você diz “amém”, se outro diz que está ruim você diz “amém”, sabe (como pregou o certo ministro). Chega para o irmão e diz “Os selos estão revelados?”; “Sim”, não é? “O Cordeiro continua no trono?”; “Sim”… Vai ali, “O Cordeiro saiu do trono?”; “Sim”, então fica em um canto, fica noutro; vai ali, vem aqui, pois não encontrou ainda a Palavra que traz… A revelação da Palavra não penetrou até a divisão da alma e do espírito, para mostrar pra ele também divisões de ministérios (vêem?), situações, símbolos e realidades de quando o Livro tinha que sair da mão do Deus Todo-Poderoso…

 

56-       Quando foi que o Livro veio para a mão do homem? Foi no ano de sessenta e três. Não poderia vir para a mão do homem enquanto estava selado, tinha que estar aberto. Quando foi aberto? Quando o Cordeiro tomou da mão do Deus Todo-Poderoso e abriu os seus selos. Então está aberto, o que é que Ele faz? Ele trouxe para a mão do homem em sessenta e três. Então, o que houve lá? O que aconteceu em sessenta e três? A abertura do sétimo selo, pois os outros já tinham sido abertos. A abertura do sétimo selo, pois o sétimo selo… O último selo deixa o Livro aberto, e era isto que estava sendo escondido como um tremendo segredo, pois é ali quando o Anjo Forte, Cristo, Deus mesmo desceu do céu (eu já não digo mais desce, descerá, porque isto é passado)… Deus mesmo Desceu do céu trazendo o Livro aberto. Isto é o cumprimento do que está escrito aos tessalonicenses, o Mesmo Senhor desce do céu com Alarido, Voz e Trombeta.

 

57 – Este tema é tão complicado para se falar sobre ele, porque com facilidade as pessoas confundem tudo, e começam a pensar que falamos certas coisas quando não falamos, ou pensam que falamos porque suas mentes não estão treinadas para discernirem entre a realidade e a imaginação. Foi muito fácil muitos dos nossos  irmãos da mensagem começarem a acreditar que Jesus já veio, que a segunda vinda já aconteceu. Agora, eu insisto em dizer que não adianta por remendos novos em panos velhos, mesmo aqueles que hoje sabem que isto foi uma interpretação errada do cumprimento profético, e percebem que não foi a segunda vinda, mas outro acontecimento, a Parousia… não resolve apenas mascarar sua falsa interpretação da escritura. A melhor coisa é derrubar por terra o aprendizado torto. Então para aqueles que tem mente aberta para o aprendizado e querem mudar de fase, observe isto: Cristo veio a terra, mas não se trata da Segunda Vinda, o CRISTO que veio trazendo a revelação do Sete Selos não se trata de Jesus que morreu pelos teus pecados, este só vem no momento da Segunda Vinda, e nós  o encontraremos nos ares. Mas o Cristo que veio neste tempo da Revelação e abertura da palavra é JESUS, O PAI DE JESUS CRISTO. O Mesmo Senhor e Deus Todo Poderoso, desceu do Céu, com o Alarido, uma mensagem, isto na bíblia foi chamado de A PAROUSIA, William Branham a chamou de PRESENÇA, ou de APARIÇÃO. Deus mesmo veio para nos preparar para a Segunda Vinda que pode se dar a qualquer momento.

 

58-       E agora o regozijo da grande multidão, dos fieis e dos salvos é esta: Digno és, Cordeiro, porque fostes morto, com o Teu sangue nos comprastes para Deus (Ele não comprou para Si mesmo) para Deus, nos fez reis e sacerdotes, e é exatamente por isso que vamos reinar com Ele por mil anos. Mas tem todo um processo, e é este processo que estamos passando para as pessoas. E isto faz com que muita gente fique com medo, pois preferem ficar na primeira série, pois é mais fácil à matemática da primeira série, são mais fáceis as contas de somar e multiplicar, não tem álgebra, a química… Química quântica você não vai encontrar em primeira série, eu acho que não! Pelo menos eu não estudei isso. Você não encontrar essas coisas, você não vai encontrar análises sintáticas das palavras em primeira série; você vai começar aprender sobre vocabulário, dicionário, sinônimos, antônimos, coisinhas pequeninas que já são complicadas.

 

59-       Então têm crianças que ficam com preguiça ali e preferem repetir de ano para não entrarem na outra fase que vai ser mais complicado. Agora, se isto estiver acontecendo comigo, com alguns de nós, com alguns daqueles que me ouvem… Tenha coragem de passar de fase! [a congregação diz: Amém – Ed.]. Tenha coragem de passar de fase! O medo está na mente, tudo está na mente, a batalha jamais pelejada está na mente, o diabo está trabalhando na mente dizendo “Não precisa mais, não, está tudo bem, você já sabe disso, você é um crente, você é eleito; você não crê que já és um eleito? (“Sim”) Então o que você quer mais? Estás querendo complicar as coisas? Estás querendo explicar o inexplicável?”. Como inexplicável se o sétimo anjo já revelou tudo? Está tudo revelado, está tudo nos livros. Tudo que você quiser aprender sobre álgebra, não sei o que, física não sei das quantas, está tudo nos livros. Só que você está aqui com a sua primeira série… Não pense que é uma coisa que vai ser descoberta, está tudo nos livros!

 

60 – Outra coisa que seria bom mencionar aqui. Quando eu digo que o Sétimo Anjo já revelou tudo, com isto eu não estou dizendo que não existe mais nada que necessitamos saber. É necessário sermos específicos nestas terminologias.

 

O Sétimo Selo 379 – “Deus tornou isto tão oculto para o mundo inteiro, até mesmo para o céu, que não há como entendê-Lo, somente a medida que Deus revelar, Ele próprio.”

 

61 – O sétimo anjo já revelou tudo que a igreja necessitada saber para este tempo. Porem no que se diz respeito ao Sétimo Selo, tem muita coisa que não saberemos enquanto estivermos nestes corpos, tem muito do sétimo selo que somente saberemos após a ressurreição, e muito mais adiante também, mesmo no Milênio, que ainda é uma fração do tempo o sétimo selo estará se desdobrando adentrando até a eternidade, portanto é nestas partes que as pessoas ficam perdidas e confusas, porque se põe a questionar o que vai ser no futuro.

 

O Sétimo Selo 358Não tente interpretar as coisas, Não tente fazer nada mais do que somente ter uma vida em comunhão dando louvor e honra a Jesus Cristo.”

 

62-       A revelação dos selos, a voz dos trovões, o novo nome revelado, tudo… Já está tudo aberto, pois está no Livro, e o Livro veio para a mão do homem. Amém. Observe, não é porque não sabemos de certas coisas que aquilo não existe, ou não foi revelado. Nosso querido irmão Branham levou certas coisas para o túmulo, o Anjo de Deus o proibiu de falar certas coisas, e se ele tivesse falado, você pode imaginar o quanto que esta confusão com a parte da revelação estaria ainda mais multiplicada entre o povo da mensagem. Estão se duelando tentando provar o que é o novo nome, ou a voz de trovão, e Deus em sua sabedoria encerrou estas coisas dentro da meia Hora de Silencio. São fatos interligados com a própria Vinda do Senhor. Então sejamos adultos no entendimento e façamos o que o profeta disse para fazermos no que diz respeito a nosso papel neste tempo tão especifico.

 

63 – Então, o que precisamos como alunos neste aprendizado? É, exatamente, ter coragem para passar de fase. Se vai ser mais complicado, então quer dizer que vai exigir mais tempo, mais aprendizado, mais aplicação, você não vai mais poder brincar tanto, vai diminuir a hora do seu recreio, já não vai ter tanto tempo para estar no pezinho da novela, para estar no pezinho de determinadas coisas, ouvindo determinadas coisas, lendo determinadas coisas, pois agora você já sabe que a lição é mais complicada e eu não quero repetir esta fase, eu não quero repetir de ano. Então, quando você passa “Ufa”, é um alivio. Você estava com medo de que?

 

64-       Depois de trinta e tantos anos foi que eu vim fazer o primeiro grau num supletivo. Eu poderia ter feito há vinte anos atrás, mas e o medo de não passar, e o medo de não fazer! Qualquer… Então eu poderia fazer muito bem em poucos meses, três ou quatro meses, o segundo grau; então eu fico naquela; “Mas é mais complicado, se eu fizer eu tenho certeza de que eu me daria bem; se não desse o primeiro semestre, no segundo eu faria”; mas aquilo vai te exigir mais tempo, mais dedicação, mais aplicação. E muitas coisas que você faz que são coisas supérfluas, aquilo tem que ser deixado de lado e precisamos ter coragem de deixar de lado o supérfluo. Precisamos ter coragem disso! Vamos nos colocar de pé.

 

65-       Eu creio que o recado desta noite está dado [a congregação diz: Amém – Ed.]. Não era nada do que eu programei, não li o que eu queria ler, mas eu creio que era isso que Deus queria que ouvíssemos, que aprendêssemos. Amém.

 

66-       Senhor, nosso Deus, nosso bondoso Pai Celestial. Ajuda Teu povo, ajuda Teus filhos, abençoa a Tua Igreja. Tenha misericórdia de mim, de cada um de nós, de cada pregador desta mensagem; ajude a cada um deles, Senhor, para que todos possamos mudar de fase, mudar o ministério, os nossos ministérios. Não sermos apenas daqueles que, como Moisés, tirou o povo do Egito, tirou da denominação, mas que possamos ser verdadeiros Josué, que possa levar o povo a cruzar o Jordão, a fazer morrer a si mesmo, a criarem coragem de fazer morrer a si mesmo para entrar em Canaã, no Espírito Santo, na terra prometida.

 

67-       No nome de Jesus Cristo, sara as nossas enfermidades. Nós cremos na nossa cura. Ajuda-nos, essas pessoas que pediram oração, colocamos diante do Senhor seus problemas e suas dificuldades. Dá-nos uma semana abençoada em nosso trabalho, em tudo o que formos fazer e realizar. Em nossas decisões toma a nossa frente, Senhor, fecha a nossa boca quando necessário e abre a nossa boca quando for necessário também. Queremos estar na linha do nosso dever, na direção do teu Espírito Santo. No nome de Jesus Cristo. Amém Jesus. Amém.

 

            Porque Ele vive, posso crer no amanhã

            Porque Ele vive, temor não há

            Mas eu bem sei, eu sei que a minha vida

            Está nas mãos de meu Jesus que vivo está.

 

68-       Todos Juntos:

            Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o Teu nome;

            Venha o Teu Reino, seja feita a Tua vontade, assim na terra como no céu;

            O pão nosso de cada dia nos dá hoje;

            E perdoa-nos a nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;

            E não nos deixes cair em tentação; mas livra-nos do mal; porque Teu é o reino, o poder e o poder, e a glória para sempre. Amém. Amém. Deus vos abençoe.

 

69-       Abençoe o seu irmão e até a próxima…

 

Próximo tema: 

Comentários sobre o Sétimo Selo parte 6

Cristo, o mistério do sétimo selo revelado.

 

www.doutrinadamensagem.com

escreva para : doutrinadamensagem@gmail.com

 

 Leia também:

Comentários sobre o Sétimo Selo #1 – Foi Aberto o Sétimo Selo?

Comentários sobre o Sétimo Selo #2 – Ele se revelaria de uma forma diferente

Comentários sobre o Sétimo Selo #3 – O segredo debaixo do Sétimo Selo

Comentários sobre o Sétimo Selo #4 – Cristo descendo do Céu

Comentários sobre o Sétimo Selo #5 – Coragem pra mudar de fase

Comentários sobre o Sétimo Selo #6 – Cristo, o mistério do sétimo selo revelado.

Comentários sobre o Sétimo Selo #7 – 

Comentários sobre o Sétimo Selo #8 – O Livro É Doce E Amargo

Comentários sobre o Sétimo Selo #9 –

Comentários sobre o Sétimo Selo #10 –

*******

Baixe a Série O Cumprimento de Deus AQUI

Gostou? Compartilhe na rede!
Tags

9 Comments  - Clique aqui para comentar!

  • “Essa transformação não vira sem que antes tenhamos o nosso entendimento renovado.”

    Comentário feito por admin — 8 de agosto de 2014 @ 2:25

  • Apocalipse 1
    1 REVELAÇÃO de Jesus Cristo, a qual Deus lhe deu, para mostrar aos seus servos as coisas que brevemente devem acontecer; e pelo seu anjo as enviou, e as notificou a João seu servo;
    2 O qual testificou da palavra de Deus, e do testemunho de Jesus Cristo, e de tudo o que tem visto.

    Comentário feito por admin — 8 de agosto de 2014 @ 2:26

  • “O Sétimo Selo foi aberto? Bem, eles dizem: “Não foi aberto porque o Sétimo Selo é a vinda do Senhor Jesus Cristo”. Bem, agora ouça, não se confunda porque o irmão Branham disse: “Há uma vinda antes que Ele venha”. Essa é a Aparição. E Apocalipse 10:1-7 é o Sétimo Selo, mas isso não é tudo, porque Mateus 24, o silêncio sobre a descida literalmente, onde nós O encontramos nos ares e a volta, isso ainda faz parte do Sétimo Selo. E o Sétimo Selo vai direto para a eternidade, até à Nova Jerusalém. Então simplesmente não deixe, sabe, confundir os teus pensamentos aqui.”
    Lee Vayle

    Comentário feito por admin — 8 de agosto de 2014 @ 2:35

  • “90 Vamos para Hebreus capítulo 12 e vamos falar sobre os filhos. Começando no versículo 1:
    Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, (e isso é a incredulidade) e corramos com paciência a carreira que nos está proposta.
    Em outras palavras, não fique em seu cavalo alto e não fique animado e não tente se apressar, é apenas sentar e repousar. E o irmão Branham disse: “Repousar é sob o Sétimo Selo”. Então nós não estamos tanto sob o Sétimo Selo ainda. Estamos sob ele mas ele não tomou muito efeito. O anestésico ainda não tem tido efeito. Isso não é terrível? Mas pela fé eu creio nisso.”
    Lee Vayle

    Comentário feito por admin — 8 de agosto de 2014 @ 2:36

  • “113 Esta geração sob o Sétimo Selo é o único povo que tem a visão panorâmica de Efésios capítulo 1. Ninguém mais tem. [“Amém”] Não senhor. Nem no dia de Paulo. Paulo disse isso, e não pôde pregar isso, não pôde fazê-lo, as pessoas não poderiam entender. Este é o único povo totalmente maduro. Isso é porque há algo em Melquisedeque e eu já lhe disse o que era. É pura e simplesmente a melhor coisa que eu vejo neste momento de que Melquisedeque era um sacerdote de Deus para os homens. Esse mesmo aqui que está ministrando para nós hoje. [Aponta para o quadro na parede – Ed.] E que o Cordeiro ainda está no trono e o que Ele está fazendo? Ministrando a Deus por nós. Há um intercessor lá, irmão e irmã, mas o próprio Deus aqui. Sem Aquele ali, irmão e irmã, Deus desceria e explodiria a criação sem restar nada. Vê para o que você está olhando sob Melquisedeque?”
    Lee Vayle

    Comentário feito por admin — 8 de agosto de 2014 @ 2:37

  • “114 Ninguém jamais saberia isso, exceto que Deus enviasse um profeta e eu não sei o que isso vai fazer por nós. Bem, eu sei o que isso irá fazer por nós. Vai aumentar a nossa fé. Vai ser parte da partida daqui. Eu amo isso.”
    Lee Vayle

    Comentário feito por admin — 8 de agosto de 2014 @ 2:38

  • “nos cultos passados desta mini série nós lemos apocalipse 21 e 22, e lemos sobre a abertura dos selos, e mostramos em várias partes das Escrituras tentando formar em nós memso um quadro bíblico que foi desenhando por Deus, e que durante estes milenios da historia está bem diante de nós, e com visão espiritual, Deus nos mostra neste presente o que está para se cumprir no futuro”
    Lee Vayle

    Comentário feito por admin — 8 de agosto de 2014 @ 2:42

  • “Veja, aí está onde ele está cometendo o seu erro aí. Porque ele – eu acho que ele tem ouvido demais a muitas pessoas que dizem que o Sétimo Selo não foi aberto, e que nós simplesmente não o conhecemos. Isso, é claro, não é verdade. Porque se o Sétimo Selo não foi aberto, e eles são Sete Selos por detrás dos pergaminhos (os quais são pergaminhos enrolados), então você diria: “Bem, posso ver isto remotamente e não mais”. Isso não está certo. O – o pergaminho enrolado ainda estaria amarrado se você tivesse… se esse Sétimo Selo não estivesse rompido. E lembre-se, o irmão Branham categoricamente declara: “Está rompido”, e ele diz: “Quem o rompeu?”. E o Cordeiro o rompeu. Então, o Sétimo Selo tem sido aberto. Mas aí está – essa aí é uma grande parte do mistério ainda retido nisso que é sem grandes problemas, porque, como o irmão Branham nos alertou, haveria um elemento de mistério que permaneceria apesar desse mistério ter sido rompido para nós.”
    Lee Vayle

    Comentário feito por admin — 8 de agosto de 2014 @ 2:45

  • “O Arrebatamento, está dentro da revelação do setimo selo. Como estamos na primeira fase ainda, muita coisa tem para ser cumprido, porem o que tínhamos de saber para nos aprontarmos foi revelado a nóis, mas bem sabemos que muita coisa está adiante, e somente no seu cumprimento teremos a revelação disto, “Deus revela Sua Palavra trazendo-a a cumprimento”
    Diógenes Dornelles

    Comentário feito por admin — 8 de agosto de 2014 @ 2:47

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Dados da Matéria

Dados do Autor

Doutrina da Mensagem Admin do site doutrina da mensagem » Blog do autor. » Site do autor.