Deus Habitou Nele Download PDF

Benefícios n° 3

Deus habitou nele

Brian Kocourek

Domingo, 25 de Julho de 2004.

Brian Kocourek, pastor.

Trad. Jhonatas Rosendo,

 

1- Esta manha eu continuarei nossa série a respeito dos benefícios do Filho de Deus para nós, ou os benefícios da Revelação da Doutrina de Cristo para nós; Como vocês descobriram na semana passada, esta seria fala sobre a revelação de Cristo, que fala do relacionamento entre o Pai e o Filho, porque em 2º João 1:9 nos é dito que aquele que tem a doutrina de Cristo tem ambos, o Pai e o Filho.  Então nesta série nós estudaremos os benefícios que recebemos como resultado de nossa fé nessa relação.

 2- Para começar nosso estudo esta manha, nós olharemos o Segundo Beneficio para nós a respeito da nossa crença no Filho de Deus, e é isso que nós somos trazidos em tal relacionamento com o próprio Deus que Ele vem para dentro de nós e nós Nele e somos batizados com o Espírito de Deus que é Seu Espírito Santo, que é Sua Palavra feita viva entre nós. Agora, antes que eu explique tudo isso, vamos tirar nosso texto de 1º João 4:15. Qualquer um que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus habita nele, e ele em Deus;

3- Agora, muitas pessoas não entendem o que significa confessar que Jesus é o Filho de Deus. Os fundamentalistas baseiam sua inteira salvação em suas próprias confissões, e é por isso que as suas igrejas estão cheias de pessoas que não nasceram de novo. Eles fizeram uma confissão, mas não de acordo com as escrituras.  Eles pensam que isso simplesmente significa declarar que Jesus seja Filho de Deus, e apenas dizer isso pra eles é a resposta para essa escritura e assim eles acreditam que têm cumprido essa escritura. E eu temo que a mensagem esteja também cheia desse tipo de coisa.

 4- As pessoas vão citar o irmão Branham e dizer que a evidencia de que se é preenchido com o Espírito de Deus é crer na mensagem da hora. E isso é verdade, mas o que significa crer somente na mensagem da hora? E assim temos algumas questões aqui que precisam de respostas, porque muitos não têm procurado pelo novo nascimento porque acham que estão bem, desde que creiam que Deus enviou um profeta. Mas não é isso que a Mensagem da hora é.

 5- Mensagem alguma de hora alguma foi que Deus enviou um profeta. Se um profeta viesse em cena declarando a si mesmo, poderia apenas ser falso e não deveríamos crer nele. Jesus disse em João 5:31 Se eu testemunhar de mim mesmo, meu testemunho não é verdade. E se um profeta… Qualquer profeta é para declarar as coisas de Deus. Como um mensageiro, sua primeira obediência é para com a Mensagem que Deus dá a ele para que entregue ao povo. E essa mensagem nunca é para direcionar o povo para si mesmo, mas para Aquele que o enviou.

 6- Então esse é o primeiro erro que as pessoas cometem quando dizem, “A evidencia de ter nascido de novo é crer da Mensagem da hora”, porque eles não entendem o que a mensagem é; E assim vemos o mesmo erro feito entre os fanáticos, batistas, evangélicos, pentecostais ou qualquer que seja o nome da organização. Eles colocam a completa evidencia de seu novo nascimento em suas próprias confissões.

  Eles vão para ROMANOS 10:9 A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. 10 Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.

 7- Agora os fundamentalistas tomarão essas escrituras e a combinarão com 1º João 4:15 Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus está nele, e ele em Deus. E eles já acrescentam salvação e crêem que estão cheio com o Espírito Santo em seus próprios entendimentos destas escrituras, e porque eles entendem mal o que estas duas escrituras dizem, param de ir adiante com Deus e pensam que O têm.  Eles pensam, “Se eu só disser às pessoas que Deus levantou a Jesus dos mortos, e se eu confessar que Jesus é o Filho de Deus, então estou salvo e cheio com o Espírito Santo”. E se você perguntar se eles nasceram novamente ou não, eles dizem: você não crê na bíblia. Bem, só porque eu não creio do seu jeito, não quer dizer que eu não creia.

 8- Olhem, os Judeus disseram crer em cada palavra da Bíblia, e ainda é muito evidente que quando o Próprio do qual a Bíblia fala veio a eles, eles O rejeitaram. Por quê? Porque Ele não veio da forma que eles interpretaram que viria, ainda que tivesse vindo exatamente como a Bíblia disse que viria. Então você vê, eles acreditam na Bíblia, mas criam nisso de seu próprio jeito de pensar e assim não perceberam o Rei da Gloria quando Ele veio. E eles pensam que porque que Jesus é o Filho de Deus, eu O Adquiri, e ainda fazem do Filho uma terceira parte da trindade e coexistente e co-igual ao Pai e outro ser que eles chamam de Espírito Santo.

 9- Para provar que você pode confessar que Jesus é o Filho de Deus e não ser preenchido com o Espírito Santo, apenas pegue como exemplo o homem de quem é falado nas escrituras que foi verdadeiramente preenchido com muitos demônios, e mesmo assim identificou a Jesus Cristo como Filho de Deus, e estava com medo de que Jesus tivesse ido para atormentá-lo. Nós encontramos esta historia sendo contada três vezes nas escrituras.

 10- A primeira vez que esta historia é contada é em Mateus 8:29 e nesta versão se fala em dois homens. E eis que clamaram, dizendo: Que temos nós contigo, Jesus, Filho de Deus? Vieste aqui atormentar-nos antes do tempo?

 A segunda vez é em Marcos 5:7 E, clamando com grande voz, disse: Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? conjuro-te por Deus que não me atormentes.

 E a terceira vez como testemunha vemos em Lucas 8:28 E, quando viu a Jesus, prostrou-se diante dele, exclamando, e dizendo com grande voz: Que tenho eu contigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Peço-te que não me atormentes.

11- Agora, voltando para Romanos 10, o erro dos fundamentalistas em crer que eles têm de dizer alguma palavra mística mágica e serão salvo, é como eles interpretam romanos 10 versos 9 e 10. Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. 10 Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.

 Mas para entender completamente os versos 9 e 10, você deve começar lendo pelo menos do versículo 8.

 ROMANOS 10:8 Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos. Agora, apenas qualquer palavra não vale, mas Paulo diz A Palavra que pregamos, e no livro de Gálatas, ele nos avisou que se nós pregarmos qualquer outro Evangelho diferente do que Ele prega, estamos sob maldição.

Gálatas 1:6 Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho;

12- Observe aqui que Paulo está nos dizendo que estas pessoas passaram do Evangelho que ele havia ensinado para outro Evangelho. Agora, esta palavra “outro” foi traduzida da palavra grega “heteros”, que significa “de uma natureza diferente”. Agora, saber a natureza de qualquer coisa é muito importante porque toda semente produzirá segundo sua natureza. E o que Paulo está dizendo é que embora você use minhas palavras para dizer o que está dizendo, ainda uma natureza muito diferente está saindo e está afetando sua maneira de crer. Porque, observe logo no próximo versículo, 7 O qual não é outro; E da palavra grega que esta palavra “OUTRA” foi traduzida, da palavra grega allos, e não heteros. A palavra allos quer dizer totalmente diferente do inteiro. Como Paulo diz você passou de um de verdadeira natureza, para um ainda não totalmente diferente, e então ele continua dizendo, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo.

13- Agora ele também disse a mesma coisa em Coríntios 11:1-4 onde ele fala das pessoas recebendo outro espírito. Aquela palavra também é heteros, falando em um espírito que tem uma natureza diferente.

2 Coríntios 11:4 Porque, se alguém for pregar-vos outro Jesus que nós não temos pregado, ou se recebeis outro espírito que não recebestes, ou outro evangelho que não abraçastes, com razão o sofrereis.

14- Agora neste caso eles estão pregando um Jesus allos e assim recebendo um espírito heteros, porque seu Evangelho se tornou um Evangelho heteros. Em português, eles estão pregando um Jesus diferente, não apenas um de natureza diferente, mas um todo completamente diferente, e porque eles estão pregando este Jesus diferente, o espírito que eles recebem é de natureza diferente, e assim o Evangelho ao todo que eles usam nos mesmos termos se torna um de natureza totalmente diferente.

15- Então vemos que Paulo estava avisando as pessoas que isso não era uma mensagem diferente para a qual eles estavam se voltando, mas era a mesma mensagem, apenas tinha uma natureza diferente porque foi pervertida da mensagem que ele lhes apresentou primeiro. E se Alfa se tornou Omega como o irmão Branham nos avisou, tem a mesma natureza pura como foi ensinado por William Branham. Mas há uma natureza pervertida se tomou posse na Mensagem onde a maioria das pessoas são unicistas em seus pensamentos. Agora, você não pode jogar isso sobre William Branham porque ele negou diretamente que era um unicista como estão ensinando hoje. Ele disse que Jesus não era seu próprio Pai, e disse que era um ser dual porque Deus habitou no Filho de Deus.

16- Antes de o irmão Branham sair de cena, ele disse a um irmão “Eu sei que já há 17 versões diferentes da Mensagem sendo pregadas.”. E isso foi quase 40 anos atrás. Então voltando para o que o apostolo Paulo disse, Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. Então para ter certeza de que ele foi completamente entendido, de novo no verso 9, Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema.

17- Observe aqui que o Apostolo Paulo está fazendo muito bem claro que qualquer outro Evangelho é pervertido, se não estiver apresentando a mesma natureza que já havia sido pregada. E então ele nos diz porque no verso 10 Porque, persuado eu agora a homens ou a Deus? Ou procuro agradar a homens? Se estivesse ainda agradando aos homens, não seria servo de Cristo. Agora, isso é uma afirmação muito importante a que ele faz aqui, porque se impõe diretamente a aqueles que usariam o púlpito para fazer ganhos para si mesmos e tentar atrair os homens para si mesmos ao invés de para Deus. Ele diz, se eu agrado ao homem, então não deveria ser um sevo de Deus.

18- Agora, ele não está dizendo Eu não devo ser um servo de Deus se eu agrado ao homem, mesmo sendo decisão dele o que devia ser ou não. Não, é uma péssima tradução. Melhor, o que Paulo está dizendo é que se eu agrado aos homens e não a Deus, então eu não sou um servo de Cristo, porque você não pode servir aos dois. Porque para começar não é a nossa mensagem. É também a mensagem de Deus a qual você esta pregando, ou é do homem? Faça sua escolha. Porque no verso 11 ele diz, Mas faço-vos saber, irmãos, (Isso significa eu tenho avisado vocês irmãos) que o evangelho que por mim foi anunciado (ou de mim) não é segundo os homens. Porque não o recebi, nem aprendi de homem algum (Do homem, pelo homem), mas pela revelação (essa palavra é apocalipse, que é a aparição) de Jesus Cristo.

19- Então Paulo nos diz que o Evangelho que ele estava pregando foi feito conhecido a ele não por ler a Bíblia, e não de algum homem em algum lugar, mas por Jesus Cristo aparecendo a ele. E o que Paulo está trazendo às pessoas é um entendimento vindicado. Agora, isso nos leva a Romanos 10 Novamente. Lembre-se, os fundamentalistas crêem que tudo o que têm de fazer é fazer uma confissão oral de que Jesus é o Filho de Deus e Esta em, salvo e cheio com o espírito Santo. Mas observe que eles vão ler Romanos 10 versos 9 e 10 mas não vão voltar para o verso 8, que fala da palavra que Paulo pregou, que tem uma maldição sobre si, que qualquer que desviar uma virgula disso e produzir outra natureza da maneira que eles a apresentam, há uma maldição posta sobre ele ou ela.

 

20- E assim nós pegamos no verso 9 agora com o entendimento. Então vamos ler novamente. ROMANOS 10:9 A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. 10 Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. Certo. Agora, se nós realmente queremos entender o que Paulo está dizendo aqui, nós precisamos continuar a ler.

 Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido. 12 Porquanto não há diferença entre judeu e grego; porque um mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. 13 Porque todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo.

21- Você vê, é aqui é onde os fundamentalistas param de ler. Porque eles acreditam que a chamada pelo Senhor é a confissão que está sendo feita. Mas Paulo nos clareia que apenas um chamado qualquer não vai funcionar. Pois no próximo verso ele diz, 14 Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? (agora, esta é uma boa pergunta, porque ele está noz dizendo que eles poderiam estar chamando e ainda não estar crendo na verdade) e como crerão naquele de quem não ouviram?

22- Agora, e se eles tivessem ouvido outro Evangelho do qual Paulo está falando no livro de Gálatas? Se eles cressem naquele outro Evangelho de diferente natureza, então que natureza você supõe que eles receberiam? A natureza correta, que é a de Deus? Eu acho que não. Então ele faz a próxima pergunta…

 E como ouvirão, se não há quem pregue?

 Agora, é uma boa pergunta. Como eles podem ouvir se não há pregador para pregar a Palavra com a natureza correta?

Mas Paulo não terminou por ai, e ainda faz outra pergunta, 15 E como pregarão, se não forem enviados? Como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas.

23- Então vemos Paulo fazer a pergunta, E como pregarão, se não forem enviados? E esta é a pergunta mais importante de todas, porque e se mesmo eles não sendo enviados, fossem? Então eles estão pregando a mensagem de quem? E se não foi Deus quem os enviou, então quem? Porque aquele que envia, deste é a mensagem que será entregue. E se eles não foram enviados por Deus e foram por vontade própria, então pregarão suas próprias mensagens.

24- Então você vê o quão importante é que Deus envie alguém? Porque se Ele não enviar um homem, então o homem a quem as pessoas estão ouvindo está pregando uma mensagem que não é de Deus, mas uma mensagem que é seu próprio entendimento, e se é assim, então ela é de outra natureza, e se é assim, então as pessoas que crerão nisso, crerão num Evangelho pervertido, e se for assim, então eles chamaram um falso, e assim crendo em uma falsa esperança, e assim quando eles clamarem a Deus para salvá-los, Ele não os ouvirá. Mas nem todos têm obedecido ao evangelho; pois Isaías diz: SENHOR, quem creu na nossa pregação? 17 De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. 18 Mas digo: Porventura não ouviram? Sim, por certo, pois Por toda a terra saiu a voz deles, E as suas palavras até aos confins do mundo.

 Mas a pergunta continua. Eles realmente ouviram o que foi dito, ou apenas parece que ouviram?

25- Então nós vemos nesse verso das escrituras que tomamos para o nosso assunto esta manha, que devemos primeiro olhar para a palavra confissão que é falada aqui, pois é nos dito nas escrituras Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, e nisso é feita uma promessa que há um certo beneficio que receberemos. E neste caso, acontecerá isto: Deus habitará nele, e ele em Deus.

26- Então devemos examinar o que significa “confessar que Jesus é o Filho de Deus”, pois sabendo sobre o que é essa confissão, também entenderemos porque Deus virá para dentro daqueles que fizerem esta confissão, e também evitaremos a armadilha que incomoda tantos fundamentalistas em crendo que a confissão é meramente algumas palavras mágicas que são ditas pelo crente.

27- Agora, a palavra “confessar” foi traduzida da palavra grega Homo-Logeo ou Homo-Logos, e simplesmente todos os cristãos sabem que a palavra Logos fala da Palavra de Deus.

 Nós sabemos que No principio era o Logos e o Logos era Deus. Então vemos que esta palavra confissão é feita de duas palavras gregas, das quais uma é a palavra Logos, que fala da Palavra.

28- Agora, a primeira parte dessa palavra dupla, “Homo-Logeo” e a palavra “Homo”, e ela não significa homossexual. Simplesmente significa “o mesmo”. Nós a usamos em português como um prefixo para muitas palavras, Nós dizemos homo-cêntrico, que significa tendo o mesmo centro, ou homo-gâmico, que é usado na botânica e significa tendo um tipo de flor ou a mesma planta, ou homo-gêneo, que quer dizer tendo uma natureza similar que vem das duas palavras: homo, significando o mesmo, e geneo, que fala dos genes. Então fala sobre ter os mesmos genes.

29- Então você vê a palavra homo-Logeo ou Logos significando “tendo a mesma Palavra”. Então se lermos este verso das Escrituras corretamente, devemos ler como segue: Quem tiver as mesmas palavras e disser a mesma Palavra que Jesus é o Filho de Deus, nele Deus habitará, e ele em Deus.

 Agora, diz, quem disser as mesmas palavras, e devemos conhecer quem disse aquelas mesmas palavras primeiro, e então temos uma idéia do autor dessas palavras, e assim de quem é a Vida expressada por elas. Pois Jesus nos disse, “como um homem pensa em seu coração, assim é, e da abundancia do coração fala a boca”.

30- Então o que realmente somos essencialmente e basicamente é o que nós pensamos em nossas mentes ou corações. E o que fazemos deve primeiro vir do que pensamos, e então quando fazemos o que pensamos, nossos pensamentos se expressam. Então quando lemos a afirmação, “Quem confessar que Jesus é o Filho de Deus”, estamos dizendo assim, Quem pensar e disser a mesma Palavra, e qual e a palavra que devemos pensar e depois dizer? “que Jesus é o Filho de Deus”.

31- William Branham nos ensinou que confissão significa dizer a mesma coisa. E a razão pela qual ele podia nos dizer isso não é porque ele era um profeta, nem porque arbitrariamente ele decidiu que deveríamos acreditar porque ele era um vindicado. Mas a razão pela qual ele podia dizer isso é o que a palavra grega homologeo significa. Quer dizer “Mesmo-Homo, Palavra-Logeo”.

32- Agora no sermão Cristo 21/02/1955 – P:49 William Branham disse, Você não está usando nossos próprios pensamentos. Você está usando os pensamentos Dele. “Deixe a mente que estava em Cristo estar em você”. Vê? Pense dessa maneira de pensar; Diga o que Ele diz. “Confissão” significa “dizer a mesma coisa”. Confessar é confessar a mesma coisa, dizer a mesma coisa. Então não confesse suas próprias concepções mentais. Nasça de novo e confesse Sua Palavra, confesse o que Ele disse. Isso é confissão. Diz, “Pelas suas chicotadas, fui curado”. Pelas Suas chicotadas, eu tenho um direito—pelas feridas, agora mesmo, eu tenho a salvação correta. Eu tenho um direito pelo espírito Santo. Ele me prometeu isso. Disse, “Você e seus filhos, e aqueles que estão distantes, e tantos quantos o Senhor nosso Deus chamar”. Eu creio nisso. É para qualquer geração. “Ló, eu estou sempre contigo, ate o fim do mundo”. Ele morreu para que pudesse nascer de novo e estar com Sua igreja todo o caminho até o fim do mundo, para confirmar a Palavra com sinais seguintes. Quão longe isso estaria? “Vão…” Isso terminou com os apóstolos? Marcos 16 disse, “Ide por todo mundo, e pregai o Evangelho a toda criatura”. Isso ainda não chegou lá, apenas quase um terço disso. Deus está dependendo de nós.

33- E novamente no sermão Não temas, Sou Eu 29/06/1962 – P:9 William Branham nos disse como simplesmente dizer a mesma Palavra. Ele disse, “Eu creio na palavra, e só fico do lado da Palavra. E qualquer pensador elevado saberá que a Palavra está correta. Ele tem de estar correta. Vê? Eu não ponho nenhuma interpretação nisso. Eu tento ler isso do jeito que está escrito a mesma coisa. Isso é confessar. “Confessar” significa a mesma coisa, como ‘Ele é o sumo sacerdote de nossa…” Bem, o Rei Tiago põe “profecia”. Mas “professar” e “confessar” são a mesma coisa. Vê? Assim, então “confessar” significa “dizer a mesma coisa que Ele disse”. “Pelas suas chicotadas eu sou curado”. Eu estou confessando. Vê? Estou confessando a mesma coisa que Ele confessou. Vê? Estou fazendo uma confissão. Na verdade é isso. Você tem de dizer a mesma coisa. Agora, eu estou… Ao meu Grande Sumo Sacerdote, pois Ele senta à mão direita da Majestade para interceder por minhas confissões.

 Então nós estamos olhando para a promessa de Deus feita para nós, que se tivermos a mesma confissão que Deus nos deu, então Ele promete vir e habitar em nós.

34- No livro de Lucas 12:8 e Mateus 10:32 nós lemos, Portanto, qualquer que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus. Aqui encontramos Jesus nos dizendo que se dissermos a mesma Palavra sobre Jesus diante dos homens, então Ele dirá a mesma Palavra sobre nós diante de Seu Pai.

 E em 1º João 1:9 Se confessarmos os nossos pecados,(se dissermos a mesma Palavra que Deus disser sobre nossos pecados) ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça. Mas quantas pessoas prefeririam negar o que o Pai diz, e tentar justificar suas próprias ações ao invés de repudiá-las como Deus as repudiou?

35- Quantas vezes nesses meus trinta anos de Mensagem eu conheci pessoas que tinham dois padrões de regra para conduta? Eles tem um padrão para si mesmos e outro padrão para qualquer outra pessoa. Mas Jesus disse que devemos dizer a mesma coisa que Deus diz sobre nós e nossos pecados. Assim como o irmão Branham disse, nós não tentamos interpretar Palavra por nós mesmos, nós simplesmente dizemos o que Deus disse, e assim nós repetimos Suas palavras, assim como um eco. E se você ouve um eco, ele vai parecer como o original, apenas se repete de novo e de novo. E quando você ecoa, deve ter a mesma expressão no eco como era na Palavra original.

36- O apostolo Paulo nos fala no livro de Romanos, capitulo 10, que nossa confissão é mais importante se nós pusermos em ação aquilo que cremos.

 Romanos 10:9 Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.

37- Então vemos que nossa salvação não depende apenas do ato que o Filho de Deus executou morrendo naquela cruz, mas é co-dependente desse fato, e do que Deus fez, levantando-O do meio dos mortos.

38- Durante a Guerra Civil um soldado da União fugiu da batalha e quando foi pego ia ser executado. Agora, ele tinha um amigo que conhecia Abraão Lincoln, que e implorou o caso ao presidente Lincoln. O presidente escreveu um perdão para o homem. Mas quando lhe foi apresentado o perdão, ele recusou, pensando que fosse uma brincadeira. O homem foi executado e quando o caso foi a corte, a Suprema Corte decidiu, “Um perdão não é um perdão, a menos que seja aceito como perdão”. E é o que o apostolo Paulo está dizendo. Você deve confessar o que Deus fez ao levantar Jesus da cruz. Não quer dizer que você deve confessar que Ele morreu. Pelos crentes do mundo inteiro Jesus morreu na cruz. Mas a confissão a ser feita está no ato que Deus fez para o homem Jesus. Assim dizendo o que Deus diz sobre isso.

39- Qualquer um que lê historia sabe que Jesus morreu na cruz, mas é a nossa confissão que torna aquele ato em si em um ato de salvação para o crente. E Paulo não está dizendo, aquele que confessa Jesus Cristo é uma coisa, e acreditar em seu coração é outra. Pois da abundancia do coração fala a boca. Então se você acredita de coração, então sua boca dirá a mesma coisa. E a formula que Paulo está falando aqui é essencial que digamos a mesma coisa que Deus diz sobre Seu Filho.

 Que se tu disseres a mesma palavra com tua boca sobre o Senhor Jesus, e creres em teu coração que Deus O levantou dos mortos, tu serás salvo.

40- E para isso você não pode crer, nem confessar que ele levantou a si mesmo dos mortos. Porque se você crer assim, então você não crê que Deus O levantou dos mortos como Deus disse em Sua Palavra.

 Há 18 versos diferentes nas Escrituras (Palavra de Deus para nós) que falam de Deus levantando Jesus, Seu Filho, de dentre os mortos.

 1) Atos 2:24 Ao qual Deus ressuscitou, soltas as ânsias da morte, pois não era possível que fosse retido por ela;

 2) Atos 2:32 Deus ressuscitou a este Jesus, do que todos nós somos testemunhas.

 3) Atos 3:26 Ressuscitando Deus a seu Filho Jesus, primeiro o enviou a vós, para que nisso vos abençoasse, no apartar, a cada um de vós, das vossas maldades.

 4) Atos 4:10 Seja conhecido de vós todos, e de todo o povo de Israel, que em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, aquele a quem vós crucificastes e a quem Deus ressuscitou dentre os mortos, em nome desse é que este está são diante de vós.

 5) Atos 5:30 O Deus de nossos pais ressuscitou a Jesus, ao qual vós matastes, suspendendo-o no madeiro.

 6) Atos 10:40 A este ressuscitou Deus ao terceiro dia, e fez que se manifestasse

 7) Atos 13:33 Deus a cumpriu a nós, seus filhos, ressuscitando a Jesus; 33 Como também está escrito no salmo segundo: Meu filho és tu, hoje te gerei.

 8) Romanos 4:24 Mas também por nós, a quem será tomado em conta, os que cremos naquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus nosso Senhor;

 9) Romanos 8:11 E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que em vós habita.

 10) Romanos 10:9 Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.

 11) 1 Coríntios 15:15 E assim somos também considerados como falsas testemunhas de Deus, pois testificamos de Deus, que ressuscitou a Cristo, ao qual, porém, não ressuscitou, se, na verdade, os mortos não ressuscitam.

12) 1 Coríntios 6:14 Ora, Deus, que também ressuscitou o Senhor, nos ressuscitará a nós pelo seu poder.

 13) 2 Coríntios 4:14 Sabendo que o que ressuscitou o Senhor Jesus nos ressuscitará também por Jesus, e nos apresentará convosco.

 14) Gálatas 1:1 PAULO, apóstolo ( não da parte dos homens, nem por homem algum, mas por Jesus Cristo, e por Deus Pai, que o ressuscitou dentre os mortos ),

 15) Efésios 2:6 E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus;

 16) 1 Pedro 1:3 Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos,

 17) 1 Pedro 1:21 E por ele credes em Deus, que o ressuscitou dentre os mortos, e lhe deu glória, para que a vossa fé e esperança estivessem em Deus;

18) Hebreus 13:20 Ora, o Deus de paz, que pelo sangue da aliança eterna tornou a trazer dos mortos a nosso Senhor Jesus Cristo, grande pastor das ovelhas,

41- Agora, nós acabamos de ler dezoito versos da própria Palavra de Deus que falam de Deus levantando Seu Filho Jesus de entre os mortos. E se você não pode dizer isso como Deus mesmo diz em Sua própria Palavra, então você está negando a Deus. E para negá-Lo, você faz Dele um mentiroso.

Em 1 João 5:10 nós lemos  Quem crê no Filho de Deus, em si mesmo tem o testemunho; quem a Deus não crê mentiroso o fez, porquanto não creu no testemunho que Deus de seu Filho deu.

42- Então Deus tem um testemunho, esse testemunho nos declara que Deus levantou Seu Filho. E se você não crê que há dois envolvidos aqui, Um sendo o Filho que precisava ser levantando dos mortos, e o Outro sendo o Próprio Deus que levantou Seu Filho, então você não crê no “Testemunho”. E eu te lhes mostrei “O Testemunho” onde há 18 Escrituras individuais que falam de Deus levantando Seu Filho. E se você não crê no testemunho de Deus, está fazendo Dele um mentiroso diante de Seus próprios olhos. Paulo disse, “Aquele que não crê em Deus faz Dele um mentiroso”.

 E nós somos avisados pelo apostolo João em 2 João 1:7 Porque já muitos enganadores entraram no mundo, os quais não confessam que Jesus Cristo veio em carne. Este tal é o enganador e o anticristo. Então nós vemos que o impostor é aquele que não confessará, e lembre-se: confessar significa dizer a mesma coisa que Deus disse. Assim estes são aqueles que não dirão a mesma coisa que Deus disse. Então o que estão dizendo, se não dizem a mesma coisa que Deus disse? Eles devem estar dizendo suas próprias palavras, e não a Palavra de Deus.

43- Assim você pode ver o quão importante é fazer a confissão correta, e esta é dizer a mesma coisa sobre o Filho de Deus, que o próprio Deus disse sobre Ele.

 Romanos 10:10 isto que com o coração se crê para a justiça,(que é sabedoria correta. Agora, é isso que você faz com seu coração) e com a boca se faz confissão para a salvação. É por isso que a boca pode falar apenas o que está no coração, “pois da abundancia do coração fala a boca

 44- Agora que estabelecemos que a co um ato importante de fé diante de Deus crendo em Seu relatório a respeito de Seu Filho, vamos olhar agora para a segunda metade de nosso texto onde nos é dito que se tivermos a confissão correta sobre o Filho de Deus, receberemos uma promessa de Deus de que Ele virá a nós e nós vamos a Ele. (Dentro NT).

 1 João 4:15 Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus está nele, e ele em Deus. (Habita NT).

45- Agora note, a promessa é “que se fizermos essa confissão correta, se dissermos o que o próprio Deus diz a respeito de Seu Filho, então o próprio Deus virá para dentro de nós, e habitará em nós”.

 JOÃO 17:1 JESUS falou assim e, levantando seus olhos ao céu, disse: Pai, é chegada a hora; glorifica a teu Filho, para que também o teu Filho te glorifique a ti; (agora, se Jesus e Deus fossem um assim como seu dedo é um, então essa oração é um bocado ridícula, pois por que ele perguntaria por algo que já tinha? E por que perguntaria, pra começar?  Por que pedir se você já tem? E por que pedir se você está falando com você mesmo?)

 2 Assim como lhe deste poder sobre toda a carne, para que dê a vida eterna a todos quantos lhe deste. 3 E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.

46- Agora, se Jesus está declarando aqui que Deus tinha lhe dado poder, então Ele não tinha antes que Deus o desse. E observe aqui que ele nos mostra o que é a vida é conhecer a Deus e conhecer a Seu Filho.

 4 Eu glorifiquei-te na terra, tendo consumado a obra que me deste a fazer. Agora, por que Deus lhe daria uma obra para fazer se Ele e o Pai eram um como seu dedo é um?

 5 E agora glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que tinha contigo antes que o mundo existisse. 6 Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste; eram teus, e tu mos deste, e guardaram a tua palavra.

Agora, observe aqui que Ele não diz que eles guardaram minhas palavras, mas eles guardaram Tua Palavra. Mostrando que Deus é a Palavra, e é a Sua Palavra que Jesus veio e falou a eles, não sua própria palavra.

 7 Agora já têm conhecido que tudo quanto me deste provém de ti; 8 Porque lhes dei as palavras que tu me deste; e eles as receberam, e têm verdadeiramente conhecido que saí de ti, e creram que me enviaste.

47- (Agora, se você acredita que Jesus e Deus são um como seu dedo é um, ou se você acredita que o filho de Deus é na verdade Seu próprio Pai, então você não pode crer que Deus O enviou. Então certamente você não recebeu as Palavras que Jesus nos deu, Palavras que também foram dadas a Jesus pelo Seu Pai).

 9 Eu rogo por eles; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus.10 E todas as minhas coisas são tuas, e as tuas coisas são minhas; e nisso sou glorificado. 11 E eu já não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós.

48- Agora, novamente vemos aqui que Jesus está pedindo ao Pai que nos faça um com o Pai da mesma maneira que ele e o Pai são um. Assim, se você não é um hipócrita, então deve crer que Deus nos fez Um com Ele mesmo da mesma maneira como Ele fez a Si mesmo e a Seu Filho Jesus um. E se você crê nisso de outra forma, você não está confessando a mesma coisa que Jesus confessou aqui.

 12 Estando eu com eles no mundo, guardava-os em teu nome. Tenho guardado aqueles que tu me deste, e nenhum deles se perdeu, senão o filho da perdição, para que a Escritura se cumprisse. 13 Mas agora vou para ti, e digo isto no mundo, para que tenham a minha alegria completa em si mesmos. 14 Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo. 15 Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal. 16 Não são do mundo, como eu do mundo não sou. 17 Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.

 Então ele está dizendo aqui que a Palavra é o que santifica o crente.

 18 Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo. 19 E por eles me santifico a mim mesmo, para que também eles sejam santificados na verdade.

Lembre-se, Tua Palavra é a Verdade, assim a Palavra de Deus é o que nos santifica.

 20 E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela sua palavra hão de crer em mim;

 É você e eu que temos crido na Palavra de Deus que foi escrita para nossa advertência.

49- Agora, aqui está a brincadeira do que confissão é. Isso é entrar na mesma mente estabelecida para que nos tornemos um pela mesma mente estabelecida. Agora, ouça ao que Jesus está pedindo ao Pai. 21 Para que todos sejam um, como (e a palavra como quer dizer da mesma maneira) como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.

50- Agora, observe o contexto da oração, é que Deus possa garantir a nós uma unidade como ele Fez com Seu Filho, e da mesma maneira que Ele fez com Seu Filho. E o próximo verso nos diz como isso é feito possível.

 22 E a glória que a mim me deste eu dei-lhes, para que sejam um, como nós somos um.

 51- Agora, eu quero que vocês prestem atenção às Palavras de Jesus aqui. Ele diz: a glória que a mim me deste eu dei-lhes… Ok, então há algo sobre esta gloria que devemos saber, porque a mesma Gloria que Deus deu a Ele, Ele nos deu, e o que é essa gloria? Observe, ele continua, para que sejam um, como nós somos um.

 52- Então nós vemos que é a gloria que foi dada ao Filho de Deus que O fez Um com Deus, e da mesma maneira ele nos deu esta gloria, para que pudéssemos também ser Um com Deus e um com Ele. E a glória que a mim me deste eu dei-lhes, para que sejam um, como nós somos um. Então, para fazer a mesma confissão ou dizer a mesma coisa, devemos saber o que é esta gloria, para que todos compartilhemos tento recebido de Jesus e ele de Seu próprio Pai, Deus. E uma vez que sabemos o que é essa gloria, então devemos ser capazes de ver como é que nos tornamos um com Deus como o Filho de Deus era Um com Deus.

 53- Agora, a palavra grega da qual a palavra ‘gloria’ foi traduzida é a palavra ‘Doxa’, que significa a opinião, julgamento ou avaliação de… E a palavra ‘avaliação’ significa ‘o julgamento do valor’. Então, se nós recebemos a mesma opinião que Jesus tinha, e Ele recebeu a mesma opinião que Deus tinha, e a mesma avaliação ou valores que Deus possui, e os mesmos valores, opiniões, e julgamentos que Ele deu ao Seu Filho. E Jesus aqui nesta oração diz ao Pai que Ele havia passado isso tudo para nós para que pudéssemos ser um com o Pai como Ele e o Pai eram Um. Assim a própria mente de Deus vindo ao crente nos faz um com o Pai do mesmo jeito que Jesus era um com o Pai.

 54- Do sermão TEMPO DE COLHEITA 641212 87 034 William Branham disse, Jesus disse, “Para que eles possam ser um, Pai, como Tu e eu somos um”. Não para algum homem estar acima de algo, isso nunca vai funcionar; uma denominação quer ser maior do que as outras, e um homem maior do que o outro. Mas para que você seja um com Deus, como Cristo e Deus eram um. É isso que é a oração. Que… Ele era a Palavra, e Jesus orou para que nós pudéssemos ser a Palavra, refletindo a Ele. Essa é Sua oração a ser respondida. Veja, como Satanás distorce isso na mente carnal? Mas não era a oração de Jesus, afinal, que pudéssemos todos congregar juntos e ter um certo credo e assim por diante. Todas as vezes que eles fazem isso, eles vão para mais longe e mais longe de Deus. Ele quer que nós sejamos um com Deus, e Deus é a Palavra. Cada individuo em seu coração deve ser aquele um com a Palavra.

 55- Então vemos aqui nas próprias palavras do irmão Branham a unidade que Jesus tinha com o Pai e que Ele orou que tivéssemos, que pudéssemos ser Um com a Palavra como Jesus era Um com a Palavra de Deus, pois Deus é a Palavra. E é assim que Deus virá a nós quando nós dissermos a mesma coisa. Quando nossa confissão for Sua confissão. Quando nossos pensamentos forem Seus pensamentos, “Deixe a mente que estava em Cristo Jesus estar em você”.

 56- O que mais pode pedir um homem de sua esposa alem de ter a mesma mente a respeito da família e do crescimento dos filhos? Que grande unidade maior do que compartilhar os mesmos valores, opiniões, e julgamentos? E pelo que mais um Pai poderia pedir de seus filhos além de que eles compartilhes Seus valores, opiniões, e julgamentos? E foi por isso que Jesus orou.

 DONS 07/12/1956 – Agora, observem atentamente. Agora, Deus habitando em Cristo usou Sua voz para falar. Jesus disse em Seu milagre “Em verdade, em verdade eu vos digo, o Filho não pode fazer nada de Si mesmo, mas o que Ele vê o Pai fazendo, assim o Filho faz igual”. Isso está certo? São João 5:19. Então ele não fez nada de Si próprio. Nenhum profeta alguma vez fez algo de si próprio, até que Deus mostrasse o que fazer. Que erro Moisés cometeu quando saiu sem a visão de Deus e castigar os egípcios, pensou que iria liberá-los com suas próprias mãos, porque achava que tinha muita fé e poderia fazer isso, porque ele foi chamado para o trabalho. Não importa o quanto você seja chamado para um trabalho, Deus tem de estar na liderança. Vê? Ele falhou. Com toda sua escolaridade e sua mente militar e seus treinamentos como um grande líder egípcio. Ainda assim falhou, porque Deus tinha um programa e nós temos de trabalhar de acordo com o programa de Deus. Não importa o que façamos, o quão inteligente somos, temos de nos humilhar e trabalhar de acordo com o programa de Deus. Amém. Então ele falhou e Deus teve de segura-lo mais quarenta anos para educá-lo. Então o que era, que ele devia esquecer se si mesmo. Não é ele, mas era Deus.

57- E porque você pensa que tivemos de esperar quase quarenta anos desde que Deus levou Seu profeta para casa? Ele está esperando por nós, para que saiamos do caminho, para que Deus tenha a preeminência, e que pensemos os pensamentos de Deus, e fazer Suas ações, e falar somente Suas palavras. Ele está esperando por isso. E adoção não pode vir até que o filho tenha a mente do Pai.

Do sermão, MOSTRA-NOS O PAI E ISSO NOS BASTARÁ 31/07/1960 –  E-15 o irmão Branham disse, “As obras que faço vocês também farão”. E vendo os mesmos resultados por um ser humano então submetido a Deus, até que o Espírito Santo possa trabalhar através desses seres humanos assim como trabalhou por Jesus, Quem apenas confessou queEu e Meu Pai somos Um. Meu Pai habita em Mim. Ele faz as obras. Não são Minhas palavras, mas as Dele”… Vê? Ele era submisso a Deus.

58- E do sermão. O DESVELAR DE DEUS 64-0614M 257 o irmão Branham disse, Jesus certa vez disse,Quando você me vê, vê ao Pai”. Vê? Deus e Sua Palavra são Um. Agora você entende? Quando a Palavra é manifestada, o que é isso? Certo. Vê? 260 Jesus disse, “Procurem nas Escrituras que pensam ter… Vocês crêem em Deus, creiam também em Mim. Se eu não faço as obras do meu Pai, então não creiam em Mim. Mas se eu faço as obras, eu e Meu Pai somos Um. Quando me vêem, vêem ao Pai”.  E quando você vê a Palavra feita manifestada, você vê o Deus Pai, porque a Palavra é o Pai, a Palavra é Deus. E a Palavra manifestada é Deus tomando sua própria Palavra e manifestando-a entre os crentes. Nada pode fazê-la viva além dos crentes, apenas os crentes.

59- Agora, voltando para São João 17:23 Jesus continua orando, Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim. 24 Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo,(veja, este é um desejo de presença) para que vejam a minha glória que me deste; porque tu me amaste antes da fundação do mundo. 25 Pai justo, o mundo não te conheceu; mas eu te conheci, e estes conheceram que tu me enviaste a mim. 26 E eu lhes fiz conhecer o teu nome, e lho farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja.

 E assim ele nos deu a mesma mente que nos daria o mesmo Amor.

 Aleluia, Aleluia, Aleluia. Vamos curvar nossas cabeças em palavras de oração.

 60- E agora, Pai celestial, agora que nós entendemos o que é nossa confissão, que é a mesma confissão que seu Filho teve, e que Sua confissão era a mesma que a Tua confissão, Tuas palavras Nele e agora em nós. Então, viemos com essa mesma confissão a qual Tu puseste nos lábios do Teu Filho amado Jesus, para que a confissão que ele fez possa ser a nossa confissão, e que a Gloria que Tu deste a Ele para manifestasse ao mundo Tua opinião, Teu julgamento e Teus valores, assim também Pai nós Te agradecemos por teres vindo nessa hora em resposta às orações do Teu Filho Jesus, e tens nos dado Tua Gloria na qual nos deu Tua opinião, Teu julgamento e Teus valores para que nos tornemos Um Contigo como Tu manifestasse Teu Filho Jesus para ser Um Contigo. Conceda-nos, pois pedimos no nome do Teu filho amado Jesus. Amém!

 

Veja os demais Capítulo desta série:

Capítulo 1 – Manifestado para destruir as Obras do Diabo

Capítulo 2 – A Revelação da doutrina de Cristo

Capítulo 3 – Deus Habitou Nele

Capítulo 4

Capítulo 5

Benefícios n° 3

Deus habitou nele

Domingo, 25 de Julho de 2004

Brian Kocourek, pastor

http://www.messagedoctrine.com/

 

www.doutrinadamensagem.com

 radiounife@hotmail.com Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

 

 

Traduzido em Setembro de 2008 por Jhonatas Rosendo,

Revisão: D. Rosendo

 

Gostou? Compartilhe na rede!
Tags

1 comentário  - Clique aqui para comentar!

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Dados da Matéria

Dados do Autor

Doutrina da Mensagem Admin do site doutrina da mensagem » Blog do autor. » Site do autor.