Deus Se Tornando Tudo Em Todos Download PDF

Quem é Este Melquisedeque? Nº 14

 

 

Movimentos de Deus; Se Tornando Tudo em Todos

Deus sempre tem Se manifestado de diversas maneiras e Seus movimentos mostram que tudo o que Ele fez foi com o objetivo de dar a conhecer a Si mesmo a toda Sua filiação, não somente nesta criação como também na vindoura, quando Deus criar um Novo Céu e uma Nova Terra. Lá haverá a cidade santa, que será a cidade da Noiva, a Nova Jerusalém, uma cidade literal onde a Noiva habitará eternamente.

A Nova Jerusalém será uma cidade de estrutura piramidal que tem levado ao menos 6 mil anos para ser edificada, com uma praça central, e onde também se estabelecerá o trono do Cordeiro, enquanto Deus pairará sobre esse trono na forma de uma Coluna de Fogo, para que Deus brilhe sobre os Seus santos pelos séculos dos séculos. Ela será cercada por muros, contendo portões que permanecerão abertos continuamente para dar entrada à cidade da Noiva. Dentro dos muros desta cidade estará então a Noiva, enquanto que as demais nações dos salvos e servos de Deus estarão do lado de fora, segundo uma ordem estabelecida que somente será conhecida quando todos lá estiverem. Nessa cidade tudo estará sujeito a Deus, inclusive o Seu Filho Unigênito, para que Deus seja então de fato tudo em todos. Será nessa ocasião que definitivamente o Alfa se mostrará ser o Ômega e o Ômega se mostrará ser o Alfa.

Porém antes do Novo Céu e da Nova terra, haverá ainda o reinado do Milênio, onde lá o Filho Unigênito, o Homem Cristo Jesus, reinará sobre todos aqueles que Lhe estiverem sujeitos, exceto Deus que nessa ocasião estará outra vez encarnado em Seu Filho. Embora Jesus não seja exatamente rei, mas príncipe, Ele reinará como tal porque o Seu Pai, o grande Rei, fará mais uma vez do corpo do Seu Filho o Seu tabernáculo sobre a terra. É por essa razão que no Milênio o Filho será chamado de Deus, embora Ele não seja. Este Filho é aquele mesmo Logos que saiu do seio do Pai, lá no princípio, antes da criação, uma parte de Deus que saiu de Deus na forma de Palavra expressa para que o Pai eterno pudesse Se revelar e tornar-Se conhecido. Aquele Filho era o resplendor da Sua glória e a expressa imagem da Sua Pessoa. Portanto, antes da criação, Deus manifestou a Sua Paternidade pela primeira vez ao dar à luz ao Seu Filho unigênito. Esse havia sido o Seu primeiro movimento quando começou a manifestar a Sua Paternidade, por meio do Seu Filho que foi gerado em uma teofania ou Corpo-Palavra.

Deus é o criador de todas as coisas, porém Ele criou por meio de Seu Filho Primogênito, e Deus não muda. Tudo que Deus fez ou ainda fará, sempre será feito por meio da Filiação, que é o Seu Cristo. No princípio o Filho estava na forma de Deus e mesmo após habitar em um corpo de carne e assumindo uma forma de servo, a mesma essência divina de Deus O acompanhou por Lhe ser algo inseparável. Deus sempre usou uma máscara para Se manifestar, mas sem mudar jamais a Sua essencialidade.

Deus possui várias maneiras de Se expressar utilizando-Se de diferentes ofícios ou papéis, porém toda a Palavra de Deus sempre foi cumprida por meio de Sua Filiação, embora fosse sempre o próprio Deus neste Filho cumprindo todas as coisas; sempre foi Deus em Cristo, em cada momento dado. Jesus disse: “Eu e o Pai somos um. E naquele dia sabereis que Eu estou no Pai e Eu em vós, e vós em Mim”. Entre Deus e o Seu Filho reina uma perfeita unidade, motivo pelo qual Aquele mesmo Filho por meio de Quem Deus reconciliou o mundo Consigo, pode estar hoje em meio à Sua Igreja na forma do Espírito Santo.

Diógenes Dornelles

Veja o Livro Completo Aqui

Gostou? Compartilhe na rede!
Tags

Nenhum comentário  - Clique aqui para comentar!

No comments yet.


RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Dados do Autor

Doutrina da Mensagem Admin do site doutrina da mensagem » Blog do autor. » Site do autor.