Introduzindo o tema sobre a Divindade Download PDF

A Divindade

Deidade Suprema

Página atualizada em 30/04/2017

Uma série de estudos doutrinários que nos leva a compreensão da Doutrina Apostólica, restaurada neste tempo do Fim pelo Mensageiro de Deus o Rev, William Marrion Branham. A primeira coisa que você deve conhecer, é sobre a Deidade Suprema de nosso Senhor Jesus Cristo

Durante todo o período da história humana sempre nos questionamos a respeito de Deus, e nossos primeiros antepassados quando recebiam alguma revelação da parte de Deus Ele se apresentava como o Deus de Abraão, de Isaque e Jaco. Moisés questionou sobre sua identidade, e Ele apresentou a Si mesmo como  O Grande “Eu Sou”!

Mas vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou Seu Filho, o qual tinha a incubéncia de manifestar e revelar Deus o Pai, para todos nós. Aprendemos pelas escrituras que Deus é Luz, Deus é amor, Deus é Espírito, mas somente EM Jesus Cristo Ele pode ser visto, e somente Através de Jesus Cristo Ele deve ser adorado, buscado e se tornado accessível ao homem.

Porém a grande revelação sobre quem é este Deus, e quem é Seu Filho se perdeu durante as Eras, e a doutrina apostólica sobre Deus e Seu filho foi negligenciada.

Deus nos enviou um profeta neste tempo do fim, com a Mensagem do tempo do entardecer, e ele nos apresentou outra vez a forma doutrinaria de se crer em Deus como anunciou o Senhor Jesus e os apóstolos que aprenderam a Seus pés.

Por volta do ano de 2002, iniciei a pesquisa sobre este tema, recorrendo a Bíblia Sagrada como primeira fonte de informação, seguido dos sermões entregue por William Marrion Branham e seu associado o irmão Lee Vayle. Foi surpreendente descobrir como os Apóstolos ensinaram, como  William Branham ensinou, e a forma que eu ensinava de acordo com a instrução que eu tive e pensei ser o correto sem questionar.

Ao comparar os pontos, percebi que muitas lacunas existiam, e os cabos soltos durantes as eras que o Profeta de Deus veio juntar, estavam sendo  puxados, e trocados  de lugar, e necessitava urgente de alguém para fazer manutenção nestes cabos e guardar para que ninguém os troque de lugar.

Tive paciência na espera, e por quase dois anos e seis meses estudei sobre o tema, juntei material a respeito, traduzindo os estudos do Pr. Brian Kocourek que já estavam em espanhol e então em  Junho de 2004 o primeiro estudo sobre a Divindade foi entregue para um pequeno  numero de pessoas em uma escola Dominical. “VOLTANDO AO PRINCÍPIO PARA VER O LOGOS“. Não consegui mais parar, e era gritante a necessidade das pessoas por uma explicação sobre o tema.

Ao longo  do ultimo semestre de 2004 e 2005 foram entregues 52 palestras sobre a Divindade, e isto  foi o inicio para que muitos outros pregadores e grupos de irmãos se despertasse para a diferença que  há entre Deus e Seu Filho.

Para ajudar outros irmãos na compreensão desta parte em particular, muitas destas palestras foram  colocadas em texto e desejamos  partilhar isto com os demais irmãos.

Espero que seja uma grande Benção pra você, assim como tem sido para nós.

 Ir. Rosendo

www.doutrinadamensagem.com

 

01 – Voltando Ao Princípio Para Ver o Logos – Sexta Feira – 25.06.2004 – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

02 – A Divindade em Serviço – E. Dominical 27.06.2004 – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

03 – Elohim e o Logos – Domingo a noite 27.06.2004  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

04 – A Deidade Corporal  Sexta Feira 02.07.2004 – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

05 – O Logos Mostrando Sua Criação  – E.Dominical 04.07.2004 – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

06 – Deus e Seu Filho  – Domingo a noite 04.07.2004 – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

07 – O Pai Habitando No Filho  – Sexta Feira 09.07.2004 – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

08 – Deus Fez Para Si Um Corpo  – 11.07.2004 – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

09 – Os Nove Braços do Memra 11.07.2004 – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

10 – Deus Falado Através do Filho  – 23.07.2004– Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

11 – A Doutrina (crença) do Profeta – 24.07.2004 – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

12 – A Criação do Logos 25.07.2004 – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

13 – O Princípio da Criação de Deus – 25.07.2004  Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

14 – A Diferença Entre o Pai e o Filho – E.Dominical 15.08.2004Texto  –  Youtube  –  Mp3 Download

15 – O Filho Entrega o Reino ao Pai – Domingo a noite 15.08.2004Texto  – Youtube  –  Mp3 Download

16 – A Plenitude da Deidade Corporal – – 22.08.2004 –  Texto   –  YoutubeMp3 Download

17 – Melquisedeque Não é Jesus29.08.2004Texto  –  Youtube  – Mp3 Download

18 – Deus tudo fez através do FilhoE.Dominical 05.09.2004TextoYoutubeMp3 Download

19 – Deus é a Cabeça de CristoDomingo a noite 05.09.2004  – Texto – Youtube  – Mp3 Download

20 – A Revelação de Deus e Sua Palavra – 17.10.2004 – Texto – Youtube  – Mp3 Download

21 – Jesus e a PalavraE.Dominical 24.10.2004 – Texto – Youtube  – Mp3 Download

22 – Filhos Gerados pela PalavraDomingo a noite 24.10.2004 – Texto – Youtube  – Mp3 Download

23 – Deus não pode ser visto31.10.2004 – Texto – Youtube  – Mp3 Download

24 – Teofania. A parte visível de Deus07.11.2004 – Texto – Youtube  – Mp3 Download

25 – Deus se revela através de Cristo19.11.2004 – Texto – Youtube  – Mp3 Download

26 – O Sétimo Mistério28.11.2004 – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

27 – O Básico sobre DeusDomingo a noite 19.12.2004  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

28 –  Espírito Invisível-Logos Visível31.12.2004 – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

29 – A Grande Mente Infinita16.01.2005  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

30 – O lado de Deus voltado em direção ao mundo —   Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

31 –  Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

32 – Deus Revelado Em Carne Humana –  Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

33 – Deus Vida –  Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

34 – Deus ocupou uma casa de três cómodos  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

35 – O mediador entre Deus e o homem – 27.11.2005  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

36 –  Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

37 – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

38 –  Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

39 – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

40 – Quem desceu em 1963 no Monte Por-Do-Sol?  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

41 – A Descida do Espírito Santo  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

42 – Soberania – 31.07.2005  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

43 – O Soberano Cumpre Sua Vontade – 07.08.2005  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

44 – O Soberano no exercício de Sua Misericórdia – 14.08.2005  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

45 – O Pai da Misericórdia – 08.10.2005  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

46 – O Deus Soberano – 04.09.2005  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

47 – A Grande Fonte Vivente – 12.02.2006  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

48 – O Deus Solitário – parte1 – Parte2  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

49 – O Principio da Criação de Deus  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

50 – Rei dos reis – 30.04.2006  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

51 –  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

52 – Não me decepcionem – 03.12.2006  – Texto  –  Youtube   –  Mp3 Download

Gostou? Compartilhe na rede!
Tags

17 Comments  - Clique aqui para comentar!

  • GLORIA A DEUS POR ESTA PALAVRA QUE VIVIFICA NOSSAS ALMAS!!!!!!!!!!!

    Comentário feito por Douglas Felipe — 3 de abril de 2015 @ 15:23

  • Era o ano de 2004, já se passara quase dois anos e seis meses que eu estudava o tema sobre a divindade, horas de sono, pesquisa, levantamento… até o momento que já não suportava guardar tudo apenas para mim. Lagunas foram preenchidas, perguntas a muito negligenciadas estavam sendo respondidas, e enquanto virava moda falar sobre “Terceira Etapa” Selos e Trovões, fui despertado para as palavras do irmão Branham que diz: “A Deidade é a maior de todas as revelações, e se você não tem isso, não tem nem mesmo a primeira base para começar!”. E foi assim que no dia 25 de Junho de 2004, um pequeno grupo de pessoas foram convidados para serem os primeiros a ouvir o primeiro culto em nosso País sobre o tema A Divindade, ou a Deidade de Jesus Cristo. Tem sido um longo caminho até aqui, mas ao ver a alegria dos irmãos e suas palavras de agradecimentos sabemos o quanto foi necessário romper barreiras e derrubar muros para que a construção pudesse ser erguida conforme a planta original, a Doutrina Apostólica e Profética. Espero que estas palestras sejam de bênçãos para você. Algumas não estão com áudio tão perfeito, porque na época gravávamos em Fitas K7, contamos com a compreensão dos irmãos.

    Irmão Rosendo

    Comentário feito por Doutrina da Mensagem — 6 de abril de 2015 @ 6:45

  • São João capítulo 8 versículo 42, está escrito assim:
    Disse-lhes, pois Jesus: Se Deus fosse o vosso Pai, certamente me amaríeis, pois que eu saí, e vim de Deus; não vim de mim mesmo, mas Ele me enviou.

    Comentário feito por Doutrina da Mensagem — 9 de abril de 2015 @ 1:54

  • A grande dificuldade encontrada pelos ministros está em aceitar e compreender o que o profeta de Deus havia ensinado sobre este tema, dado a linguagem por ele utilizada, que por apresentar uma aparente ambigüidade em algumas colocações, confunde a todos aqueles que não estão por ela familiarizados. Como a linguagem utilizada pelo irmão Branham para falar sobre este assunto era similar à unicista, muitos acabaram por fim caindo para tal extremismo, pregando que Jesus Cristo, o Filho de Deus, seria o próprio Deus único, quando o profeta disse veementemente: “Eu não sou unicista. O Filho não é o Pai de Si Mesmo”. O Rev. Lee Vayle explica que somente um conhecimento inequívoco da doutrina é que pode tornar a linguagem de William Branham compreensível.

    Comentário feito por Doutrina da Mensagem — 6 de março de 2017 @ 3:26

  • 13 Agora, a mensagem de qualquer era da igreja simplesmente pode vir à semente da serpente e à semente de Deus da mesma maneira; ela é pregada sob vindicação, demonstrada que ela é a Palavra de Deus. Neste ponto, ela é [ou verdade ou erro]. Agora, as verdadeiras virgens, a verdadeira semente de Deus, e estamos falando agora sobre as virgens sábias, não das néscias, porque elas não tem azeite em seus vasos, o que significa que não há vida na palavra que elas possuem.
    (Lee Vayle)

    Comentário feito por Doutrina da Mensagem — 6 de março de 2017 @ 3:28

  • a Plenitude da Deidade corporal é Deus que se encarna em Seu Filho Unigênito. Correto? Esta é a definição.
    Lee Vayle

    Comentário feito por Doutrina da Mensagem — 22 de março de 2017 @ 3:02

  • “Deus estava no Seu Filho, em Cristo, reconciliando o mundo Consigo mesmo”. Jesus disse: “Não sou Eu quem faz as obras, mas o Meu Pai que habita em Mim. Eu e Meu Pai somos um”, Deus manifestado, na carne. Que revelação maravilhosa do amor de Deus para conosco, Ele Se revelou e desceu e habitou na carne humana, para tirar o pecado e enfermidade da raça humana, e nos redimir ao Pai. Isto é maravilhoso, não é? Com certeza damos valor a isso.

    William Marrion Branham – REDENÇÃO PELO PODER

    Comentário feito por Ellen Rosendo — 22 de março de 2017 @ 3:19

  • No rio Jordão Deus entrou no corpo de Seu Filho, e usou o Seu Filho para declarar a Si
    mesmo à humanidade. Jesus disse: “Meu Pai habita em Mim. Ele faz as obras”. Deus
    falou e disse: “Este é o Meu Filho amado EM QUEM Me comprazo”, ou “NELE Me
    comprazo habitar”. O Pai (Deus) deixou Jesus no Getsêmani para morrer como um
    mortal. Você não pode matar Deus, Ele é o Rei imortal. Na cruz Jesus clamou: “Meu
    Deus, Meus Deus, por que Tu Me desamparaste”. (Totalmente abandonado).
    Brian Kocourek

    Comentário feito por Ellen Rosendo — 22 de março de 2017 @ 3:25

  • E, como disse o irmão Branham, não existe diferença entre nós e Jesus. Agora, ouça, ele disse: “Não há diferença entre Jesus e Deus, exceto que um teve um começo, porque filhos têm começos”. E mostramos a você agora: o filho, o primogênito, é igual ao pai em cada particular, coisa única. Porém se ele é um filho obediente, ele sempre estará debaixo do pai. Por quê? Porque o filho não é a origem. Você não pode gerar a si mesmo. Quantos de vocês geraram a si mesmos? Diga-me, cada um de vocês: “Eu quis nascer! Eu escolhi meus pais! Aqui estou eu, irmão Vayle”.
    (Lee Vayle)

    Comentário feito por Ellen Rosendo — 22 de março de 2017 @ 3:36

  • Sou grata a Deus pôr Ele me abrir o entendimento para essa Mensagem do dia. Que todos que ouvirem e lerem sejam também abençoados com o mesmo entendimento.

    “Para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê em seu conhecimento o espírito de sabedoria e de revelação;” (Efésios 1:17)

    Comentário feito por Ellen Rosendo — 22 de março de 2017 @ 3:46

  • 2 João – 4 Muito me alegro por achar que alguns de teus filhos andam na verdade, assim como temos recebido o mandamento do Pai.
    5 E agora, senhora, rogo-te, não como se escrevesse um novo mandamento, mas aquele mesmo que desde o princípio tivemos: que nos amemos uns aos outros.
    6 E o amor é este: que andemos segundo os seus mandamentos. Este é o mandamento, como já desde o princípio ouvistes, que andeis nele.
    7 Porque já muitos enganadores entraram no mundo, os quais não confessam que Jesus Cristo veio em carne. Este tal é o enganador e o anticristo.
    8 Olhai por vós mesmos, para que não percamos o que temos ganho, antes recebamos o inteiro galardão.
    9 Todo aquele que prevarica, e não persevera na doutrina de Cristo, não tem a Deus. Quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto ao Pai como ao Filho.
    10 Se alguém vem ter convosco, e não traz esta doutrina, não o recebais em casa, nem tampouco o saudeis.
    11 Porque quem o saúda tem parte nas suas más obras.

    Comentário feito por Doutrina da Mensagem — 12 de abril de 2017 @ 22:03

  • I João 1
    1 O QUE era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que temos contemplado, e as nossas mãos tocaram da Palavra da vida
    2 ( Porque a vida foi manifestada, e nós a vimos, e testificamos dela, e vos anunciamos a vida eterna, que estava com o Pai, e nos foi manifestada );
    3 O que vimos e ouvimos, isso vos anunciamos, para que também tenhais comunhão conosco; e a nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo.
    4 Estas coisas vos escrevemos, para que o vosso gozo se cumpra.
    5 E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há nele trevas nenhumas.
    6 Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos em trevas, mentimos, e não praticamos a verdade.
    7 Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado.

    Comentário feito por Doutrina da Mensagem — 12 de abril de 2017 @ 22:28

  • “No principio criou Deus os Céus e a terra”. Mas ninguém poderia entender que Deus criou os céus e a terra através do seu Filho. Desde lá isto ficou em mistério. Ai não se entende as Escrituras e se tenta tirar Deus de Jesus, sendo que se tem que tirar Jesus de Deus. Do mesmo modo você não pode tirar a Bíblia da mensagem. Você tem que tirar a mensagem da Bíblia. Você tira Jesus de Deus, porque Ele estava com Deus.

    Comentário feito por Doutrina da Mensagem — 15 de abril de 2017 @ 2:52

  • “Havendo Deus antigamente falado muitas vezes e de muitas maneiras aos nossos pais pelos profetas, a nós nos falou nesses últimos dias pelo seu Filho”. Porque a Palavra que vinha aos profetas se tornou carne. Agora você vai entender como, em Hebreus 1:2, Deus criou todas as coisas.

    “…A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem Ele fez o mundo”. Pelo seu Filho. Através do Filho Deus fez o Mundo. Através de Cristo todas as coisas foram criadas. Por isso Ele estava no principio com Deus. Por isso Gênesis 1:1 diz: “No principio criou Deus os Céus e a Terra”. Que Deus era este? Deus criador. O grande Espírito criou tudo. Como Ele fez? Através do Filho. Através da Palavra que um dia se tornaria carne para sangrar por mim e por você.

    Comentário feito por Doutrina da Mensagem — 15 de abril de 2017 @ 2:53

  • Quando ele diz: “O que vimos e ouvimos, isto vos anunciamos para que também tenhais comunhão conosco. E a nossa comunhão é com o Pai e com o Seu Filho, Jesus Cristo”. Se não houvesse essa diferenciação entre Pai e Filho, esse versículo não precisaria estar nas Escrituras: “O que vimos e ouvimos, isto vos anunciamos”. Agora me diga, o que lês viram e ouviram? Antes ele tinha dito: “A vida que estava com o Pai foi manifesta”, a qual foi chamada Jesus Cristo, o único nome que pelo qual podemos ser salvos aqui na terra. Porque é um nome que manifesta Deus, Jesus, que significa “Jeová é salvador”.

    Comentário feito por Doutrina da Mensagem — 15 de abril de 2017 @ 2:55

  • Hebreus capítulo 1 versículo 1 ao 9 diz: “Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho. A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo.” Quando se herda… Você só herda se você tem um pai. Como é que você vai herdar de quem? Do pai, da mãe? Você vai herdar de quem? Alguém teve que deixar para você. E Ele foi constituído herdeiro, porquê o Pai entregou para Ele.

    Comentário feito por Doutrina da Mensagem — 15 de abril de 2017 @ 2:56

  • …O Filho é o resplendor da glória de Deus, e a representação exata de Seu ser, sustentando todas as coisas por Sua Palavra poderosa (o Filho)… Por isso que toda adoração, toda honra, todo louvor é a Jesus; (Porque o Pai habita nele em plenitude.Ed.) e pra pedir alguma coisa você ora a Deus, Pai, em nome de Jesus Cristo. Isto está estabelecido nas escrituras.

    Comentário feito por Doutrina da Mensagem — 15 de abril de 2017 @ 2:57

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Dados do Autor

Doutrina da Mensagem Admin do site doutrina da mensagem » Blog do autor. » Site do autor.