Jesus é o Pai Eterno? Download PDF

Jesus é o Pai da Eternidade?

Jesus é o Pai eterno?

Pergunta:

E que vocês explicam sobre Isaías 9:6? Isto nos diz que o que é nascido é o Pai eterno, e o Deus Todo-Poderoso?

RESPOSTA:

Vamos primeiro ler a citação da escritura com cuidado para assimilar as palavras do Profeta, e leremos em versões diferentes com um proposito.

Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.
Isaías 9:6 – [Almeida corrigida e Revisada Fiel]

visao de isaiasporque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado; a soberania repousa sobre seus ombros, e ele se chama: Conselheiro admirável, Deus forte, Pai eterno, Príncipe da paz. 
Isaías 9:6 [Versão Católica]

Porque a nós nos é nascido um menino, e a nós nos é dado um filho: o governo está sobre os seus ombros, e ele tem por nome Maravilhoso, Conselheiro, Poderoso Deus, Eterno Pai, Príncipe da Paz. 
Isaías 9:6 [Sociedade Britânica]

Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado, e o governo está sobre os seus ombros. E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz. 
Isaías 9:6 [Nova versão Internacional]

os 12 apostolosUmas das razões de tanta discussão sobre Jesus ser Deus, é porque desejam ardentemente declarar A Divindade de Jesus Cristo, enquanto que outros o querem apresentar como um profeta apenas, um revolucionário, um líder, ou mesmo um  deus menor. Porem os apóstolos de Jesus tiveram o entendimento correto sobre a Divindade de Jesus Cristo, ao crer corretamente que Jesus era o Cristo de Deus, o Filho do Deus Altíssimo, nunca o elevaram a posição do Seu Pai, porque sabia a diferença entre o Pai e Seu Filho.

Ao ler as cartas de Paulo, Tiago, Pedro, João e Judas, podemos ver com clareza o quanto que eles estavam unanimes em uma mesma doutrina, a Doutrina de Cristo… de UM Deus, e Seu Filho.

O Divino Jesus tinha em si cada atributo do Seu Pai, uma cópia exata do Ser de Deus, com a única diferença; Ele sabia que descendia do Pai, e como FILHO foi obediente, mesmo tendo as mesmas qualidades e atributos de Deus ele não usou isto para tomar vantagem para si. Sendo em forma de Deus não teve por usurpação ser igual a Deus, o Seu Pai.

Mas, será que este versículo de Isaías 9:6 está dizendo que o menino é o Deus forte e o Pai Eterno? Diz? Vamos ler isto pensamento por pensamento.  E combinar com o restante das Escrituras, fomos ensinados por um Profeta Vindicado, a levar tudo para a Bíblia de Gênesis a Apocalipses, assim não formar uma doutrina em um versículo  isolado tirado do seu contexto.

ISAÍAS 9:6 Pois um menino nos nasceu…” Ora, se o menino nos nasceu, ele tem um princípio. Então, como pode ter um princípio e ser o Pai eterno? William Branham disse que ele não pode ser Seu próprio Pai, então nós temos aqui um oxímoro, [uma figura de linguagem que harmoniza dois conceitos opostos, formando assim um terceiro conceito que dependerá da interpretação do leitor. Paradoxismo. Ed.] Ele não pode ter um princípio e ainda ser o Próprio Deus, por isso  William Branham diz que esta é a diferença entre Jesus e Deus, “Jesus teve um principio, Deus não tem principio”.  Só com isto  já deveria por fim ao assunto, mas nunca é suficiente quando por seculos se teve a ideia errada, eradica-la leva tempo, e requer uma Revelação. Mas vamos continuar lendo…

“um filho se nos deu;… Agora, se este Filho é dado, então alguém maior teve que dá-Lo, e quem este poderia ser? Nós encontramos nossa resposta em João 3:16 Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu Seu filho unigênito.

Portanto, quando Isaías 9:6 nos diz que este filho foi dado é imperativo que alguém maior o deu, e nós temos nossa resposta, o Pai deu Seu Filho Unigênito.

e o principado esta sobre os seus ombros: Agora, a fim de o principado estar sobre os ombros deste, ele teria que ser elevado àquele lugar, e nós descobrimos que a Escritura nos diz no Livro de Atos, 2:36 que Deus O fez Senhor e Cristo.

Agora, se Deus O fez Senhor, então ele não era Senhor para começar.

Atos 5:31  – Deus com a sua destra O elevou a Príncipe e Salvador, para dar a Israel o arrependimento e remissão dos pecados.

Filipenses 2:8 E, achado na forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus. 9Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; 10 Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra. Agora, esta escritura claramente nos diz que ele era obediente, mostrando que ele não era soberano, e Deus o Soberano exaltou aquele que não era soberano.

e se chamará o seu nome Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.” Note que não diz que ele é, mas Seu nome será chamado, e isso tem muito significado porque Jesus disse “Eu vim em nome de meu pai”.

JÕAO 5:43 Eu vim em nome de meu Pai, e não me aceitais; se outro vier em seu próprio nome, a esse aceitareis.E de onde vem o nome de Jesus? Vem de Josué que significa “Jeová Salvador”. Portanto, Seu nome será chamado… chamado o que? O mesmo que o Deus Forte e Pai da eternidade…

As pessoas não estão mais sabendo ler direto de suas Bíblias, a minha não diz que o menino é o Deus forte, mas diz que O SEU NOME SERÁ… Que diferença! Os Apóstolos que receberam o correto ensino do Pai através de Jesus Cristo, nunca conceberam uma doutrina Unicista de que Jesus era o próprio Pai da Eternidade, e com certeza William Branham não cria em tal coisa. O que fazem é apresentar citações sem ter o conhecimento da doutrina. Se você não tem a compreensão correta da doutrina de Deus, seus parágrafos apresentados estarão de ponta cabeça.

Deus nos enviou um Profeta vindicado para restaurar-nos de volta ao que foi ensinado pelos Pais da igreja primitiva. De fato, se você examinar II João 3 e 9 você descobrirá que João foi muito específico com relação à revelação de que existe Um Deus e Ele teve um Filho.

II João 1:3 – Graça, misericórdia, paz, da parte de Deus Pai e da do Senhor Jesus Cristo, o Filho do Pai, seja convosco na verdade e caridade.

II João 1:9 – Todo aquele que prevarica, e não persevera na doutrina de Cristo, não tem a Deus: quem persevera na doutrina de Cristo, esse tem tanto ao Pai como ao Filho.

João é muito específico e nos diz que se você não tem a doutrina de Cristo, você não tem Deus, e então Ele nos diz qual é a doutrina de Cristo, Ele diz que você tem que ter TANTO o Pai COMO o Filho.  E as palavras TANTO e COMO significam AMBOS, dois, não três, não quatro, mas DOIS. E se você não tem DOIS em referência à doutrina de Cristo, você não tem Deus. DOIS seres, mas somente UM é Deus, e esse que é Deus habitou Naquele que não era Deus, pois ele era o Filho de Deus, não o Deus-Filho. Para mim está muito claro e o porque creio que Jesus é Deus; pelo fato de Deus ter descido e habitado em Seu Filho fazendo  assim de Jesus DEUS NA TERRA.

PERGUNTAS E RESPOSTAS  IMAGEM DA BESTA 15/05/1954 –  194-282  – E Deus desceu e habitou em Seu Filho, Cristo Jesus, fazendo  Dele Deus na terra. Quando Tomas disse, “Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta.” Ele disse, “Por que dizes, ‘Mostra-nos o Pai’?” Ora, Ele disse, “Quando você vê a Mim você vê o Pai.  Eu e Meu Pai somos Um. Meu Pai habita em Mim.”

William BranhamELE JUROU POR SI MESMO – 12/12/1954 – 156  E o Próprio Deus morando neste, fazendo um tabernáculo, e Ele habitou em Cristo. Aí está Deus andando. Ele disse, “Eu e Meu Pai somos Um. Meu Pai está em Mim..” Disse, “Mostra-nos agora o Pai.” Filipe disse, “Mostra-me o Pai o que me basta.” Disse, “Filipe, estou há tanto tempo convosco, e não Me conheces?” Ele disse, “Quanto tu Me vês, tu vês o Pai. E por que dizes, ‘Mostra-me o Pai.’ Eu e o Pai somos um. Meu Pai está morando em Mim agora. Não sou Eu quem faz as obras; é Ele que habita em mim que faz as obras.” Oh, que coisa.

HEBREUS CAPÍTULO UM – 21/08/1957 –  25-158  Tomé disse, “Senhor, mostra-nos o Pai o que nos basta. Disse,  “Estou há tanto tempo convosco e não Me conheceste?” Disse, “Quando vês a mim, tu vês o Pai. E porque dizes, ‘mostra-nos o Pai’? Eu e o Pai somos Um. Meu Pai habita em Mim. Eu sou apenas um Tabernáculo chamado o Filho. O Pai habita em Mim. Não sou Eu quem faz as obras, é Meu Pai que habita em Mim. Ele faz as obras, não Eu.”

MOSTRA-NOS O PAI 0722 E-64  Deus em Seu Filho, você acredita que Ele estava? Ele parecia Deus; Ele agia como Deus; Ele disse que Ele era Deus. Ele chorou como Deus; Ele curou como Deus; Ele morreu como um homem; e Ele ressuscitou como Deus. Ele era Deus manifesto em carne. Deus estava em Seu Filho. Você acredita nisso? Deus estava em Seu universo. Você acredita nisso? Deus está em Sua Palavra. Você acredita nisto? Deus estava em Seu Filho. Você acredita nisso? Você poderia vê-Lo em Cristo? Jesus disse, “Quando vês a Mim, tu vês o Pai. Por que dizes tu, Mostra-me o Pai?” Deus estava no Filho, reconciliando o mundo Consigo Mesmo. Agora, Deus em Seu universo, você acredita nisso? Deus em Sua Palavra, você acredita nisso? Deus em Seu Filho, você acredita nisso?

“…Não irmão Branham, eles não acreditam, mas fazem de tudo para desfazer de tuas palavras usando outras citações, colocando em choque teu ensino com a doutrina expressa na Bíblia, pensam que sabem mais do que quem escreveu os livros, só porque  leram os livros de forma superficial…”

O irmão Branham tentou nos levar de volta a essa maravilhosa revelação de Cristo, mas a maioria de seus seguidores acham que eles sabem mais do que ele com relação a Deus e Seu Filho.

Por favor, tenha em mente estas oito definições principais do irmão Branham enquanto você lê este estudo e você não terá nenhuma dificuldade em mudar seu pensamento.

” Fato 1 – O irmão Branham nunca alegou ser unicista. Na verdade ele abertamente nega ser unicista.

” Fato 2 – O irmão Branham disse que Deus não é UM como seu dedo é UM.

” Fato 3 – O irmão Branham disse que Jesus não poderia ser Seu Próprio Pai.

” Fato 4 – O irmão Branham nos diz que a diferença a entre O Pai e o Filho é que Filhos têm princípio.

” Fato 5 – O irmão Branham fala de Deus nem mesmo estando em Cristo até Ele ser batizado no Rio Jordão. E então Deus O deixa no Getsêmani para morrer como um mortal.

” Fato 6 – O irmão Branham nos diz que o Corpo não era a Deidade, mas a Deidade habitou no Corpo.

” Fato 7 – O irmão Branham nos diz que quando Deus gerou a Jesus havia dois seres envolvidos. Um que era Deus e Um que era o Filho de Deus.

” Fato 8 – O irmão Branham nos diz que Jesus era uma pessoa dual porque Deus estava morando Nele.

Nós sabemos que os Trinitarianos não têm entendimento da Escritura porque é muito fácil ver que o Espírito Santo e Deus Pai são exatamente a mesma pessoa.

Nós sabemos que Deus é Espírito e que aqueles que o adoram devem adorá-lo em Espírito e Verdade. Mas o problema real vem com as pessoas que têm mente unicista nesta mensagem, que acham que eles têm a Deidade esclarecida quando eles simplesmente estão tão errados na sua maneira de pensar quanto os trinitarianos.

CORTINA DO TEMPO – 02/03/1955 – p:22 Eles não podiam entendê-Lo. Ele era um mistério, até mesmo para os Apóstolos. Ninguém conseguia entendê-Lo, porque havia duas pessoas falando o tempo todo. 23 A Pessoa Jesus Cristo estava falando, e Deus estava falando Nele, também. Às vezes era o próprio Cristo; às vezes era o Pai que habitava Nele.  Você vê isso? Ele – eles não conseguiam entender algumas coisas que Ele dizia; Ele falava em enigmas com eles. Jesus finalmente disse, quando Ele estava falando com eles um dia, como, “Eu vim de Deus; eu vim para o mundo; e eu volto para Deus. “E assim os discípulos disseram, “Agora Tu falas claramente. Agora nós entendemos, e nós cremos que Tu sabes todas as coisas, e por isto cremos que Tu és o Filho de Deus. Nós cremos em Ti, agora, porque Tu sabes todas as coisas, e Tu não necessitas de nenhum homem para dizer-Te, porque Deus simplesmente mostra isto para Ti. E essa é a razão que nós cremos que Tu vieste de Deus.”

Ir. BranhamCHAMANDO DEUS EM CENA – 04/08/1963 – .2 Existe Um Deus, vê, não três deuses. Oh, como muitos de vocês trinitarianos bagunçaram tudo isso. E como vocês unicistas bagunçaram tudo isso também, Dele ser um como seu dedo. Uh-uh. Vêem? Eles estão, os dois bagunçaram tudo isso. Isso é certo…, como Ele poderia ser Seu próprio Pai? Vêem? Vêem, Ele não pode ser Seu Próprio Pai. E se Ele teve um outro Pai sem ser o Espírito Santo, e se Deus é um homem, uma pessoa, então Ele é um… o Espírito Santo foi Seu Pai, e Deus é Seu Pai, Mateus 1, então Ele foi um filho ilegítimo. Vê? Então você não pode fazer isso nem de ou de outro jeito, vocês, os dois estão errados. Ele foi Deus manifestado em uma carne de Seu Filho criativo.  Vêem? Agora, Deus criou o Filho. 46 E quando vocês católicos dizem, ”Filho Eterno,” de onde vocês tiraram tal palavra? Não faz sentido para mim. Como Ele pode ser Eterno e ser um filho?  Um filho é alguma coisa que é “gerada”, como ele pode ser Eterno? Eterno nunca começou, e nunca termina, então como pode ser Filho Eterno? Oh, que coisa! 47 Se estas denominações não bagunçaram as coisas, eu não sei o que bagunçou. Não é de se admirar que as pessoas não têm fé, eles não sabem no que ter fé. Isso é certo. O que nós precisamos é de uma boa moda antiga, de volta para a Bíblia. Isso é certo. Exatamente certo. Isso é certo. Agora, Jesus sendo homem, fisicamente, estava cansado, exausto. Agora deitado ali, cansado; virtude tinha saído Dele. E então Ele sendo Deus, Ele podia fazer somente o que… 49 Agora você diz, “Como Ele podia ser Deus e ser homem?” Vê, aí está o mistério. Vê, no corpo Ele era homem, no Espírito Ele era Deus. Vê? Alguém me perguntou, disse, “Então como, para quem Ele orou no Jardim do Getsêmani?” Eu disse, “Eu vou responder isso para você quando me responder isto: Você acredita que você tem o Espírito Santo?” “Sim”. Eu disse, “Então, para Quem você ora? Onde Ele está quando você está orando para Ele? Quando você alega que você O tem, e, todavia você está orando para Ele.” Vê? As pessoas simplesmente… elas simplesmente têm uma ideiazinha e correm selvagem com ela, você vê, é assim que acontece. 53 Agora, em Espírito, Ele era Deus. Jesus disse, em São João 3, vê, “Quando o Filho do homem que agora está no Céu, todavia está de pé aqui na terra, quando o Filho do homem que agora está no Céu.” Como você poderia responder isso? Vê, Ele disse que Ele estava no Céu então, e aqui Ele estava de pé na terra. Vê? Oh, que coisa! Você vê, que, Ele tinha que ser Deus, onipresente. Vê? Claro, Ele está presente em todo lugar. Ele conhece cada pensamento. Sendo onisciente, conhecendo todas as coisas, Ele pode ser onipresente. Vê?

A DEIDADE EXPLICADA 61-0425B 26-1 Eu pensei que Deus fosse Seu Pai? Agora, Ele tem dois pais, irmãos? Ele não pode ter. Se Ele foi, se Ele foi um filho bastardo, que tipo de religião nós temos ali? Você tem que admitir que Deus o Pai e o Espírito Santo são exatamente o mesmo Espírito. Claro que é. Claro, é o mesmo Espírito.

SINAL E TEMPO DE UNIÃO 63-0818 102 Que dia! Que dia em que estamos vivendo, este grande mistério de Deus sendo cumprido: trazendo a Deidade, mostrando o que Ela é; como estes pequenos ismos, e saíram e fizeram Dele isto, e alguém O fez isto, e alguém O fez aquilo. Mas o Anjo do Senhor desceu e trouxe à tona todos os seus ismos, e tirou a Verdade disso, e A apresentou. E aí Ela está simplesmente tão perfeita quanto pode ser; você não poderia ir por outro lado. Aí Ela está, isso é o que Ele é.

Agora, porque é que nós admitimos que Deus e o Espírito Santo é o mesmo Espírito, e, todavia quando é hora de diferenciar entre o Pai e o Filho nós não pegamos essas citações e escrituras que o irmão Branham mencionou?

Eu creio que é porque as pessoas têm sido influenciadas por ensinamento errado. Nós ainda não aprendemos a deixar o nosso pensamento ir e recebermos TUDO o que os profetas dizem.


—————————————————————

Desde já deixamos a disposição de todos esta primeira parte do estudo sobre a Deidade, em breve estará disponível a continuação. Pedimos que orem por este trabalho, para que possamos levar adiante a Doutrina da Mensagem, entregue pelo Mensageiro de Deus.

uma obra rapida

Gostou? Compartilhe na rede!
Tags

7 Comments  - Clique aqui para comentar!

  • Perfeito! Nem 1 (unicista), nem 3 (trinitarianista), mas 2: O Pai e o Seu Filho, sendo o Pai (Espírito) manifestado (habitando) no Filho. O Pai nunca foi visto por homem algum, a não ser no Seu Filho, manifestando a Si mesmo, em carne, ao mundo; por isso disse Jesus “Somo Um”.

    Comentário feito por Joel — 25 de janeiro de 2013 @ 20:08

  • perfeito!agora eu vi que tambem minha visao era unicista!mais Deus é fiel nos manda a mensagem e nos tira do engano!esse estudo veio do ceu!

    Comentário feito por edmilson — 9 de março de 2013 @ 15:44

  • masssssso…………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….

    Comentário feito por igriy. — 8 de abril de 2013 @ 13:09

  • eu amo essa verdade

    Comentário feito por jose dos passos — 21 de março de 2014 @ 20:37

  • AMÉM!!!!!!!!!!!!!

    Comentário feito por Douglas Felipe — 27 de junho de 2014 @ 4:21

  • a visao de um profeta e para aqueles que estao sintonizados com a mesma frequencia deste profeta. e se nao ha uma linha com a mesma frequencia a coisa sai destorcida. sim e claro que Deus estava por dentro o homem, o tabernaculo, era o filho . o filho na tunba de lazaro chorou , mas deus ressucitou a lazaro. havia uma difgerença . ele sendo emforma de deus nao teve por usurpaçao ser igual a deus. amem.

    Comentário feito por julio cesar de andrade carneiro — 7 de julho de 2014 @ 20:56

  • Isso é somente para predestinados filho de DEUS. Os outros criticarão e repreenderão mas somente para os Filhos, Deus deu Visão de águia para enxergar mais longe. Deus os abençoe.

    Comentário feito por Ir. Willi — 25 de novembro de 2014 @ 20:23

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Dados da Matéria

Dados do Autor

Doutrina da Mensagem Admin do site doutrina da mensagem » Blog do autor. » Site do autor.