O Filho Não é Apenas Um Tabernáculo de Carne Download PDF

O Filho Não é Apenas Um Tabernáculo de Carne

Batismo de jesus

Pergunta:

MARCOS

EU ENTENDO QUE HÁ UM SÓ DEUS E ESTE DEUS CRIOU UM TABERNÁCULO DE CARNE E HABITOU NELE PARA PAGAR O PREÇO DOS NOSSOS PECADOS ENTREGANDO O SEU FILHO (O TABERNÁCULO DE CARNE) PARA MORRER POR NÓS. GOSTARIA DE PERGUNTAR: SE UMA PESSOA QUE CRER DIFERENTE DE VOCÊS NESTA MENSAGEM MORRE ELA SERÁ SALVA OU NÃO POR ESSE FATO?

Nossa Resposta:

Irmão Marcos, Deus o abençoe hoje e sempre. Obrigado pelo contato.

O teu entendimento está correto até certo ponto, permita-nos mostrar onde não está. Este Deus único ao criar um tabernáculo de carne, não apenas criou um corpo para entrar nele, e interagir através daquele corpo, primeiramente o corpo foi criado para Seu Filho habitar. Em um nascimento natural não passamos a existir quando se inicia o processo da gestação, o irmão Branham diz que em volta da mulher gestante o espírito daquele bebe fica ao seu redor, esperando o nascimento para entrar naquele corpo. Por favor, observe com atenção as palavras do irmão Branham;

Quem é Este Melquisedeque? 1965 – § 77)

 Exatamente a mesma coisa. Pensem num pequeno bebê. Você pode tomar uma mulher, não importa quão má ela seja, quando ela está grávida e disposta a ser mãe, olhem antes que esse bebê nasça, não importa quão cruel a mulher seja, ela se torna muito dócil. Há algo nela que parece piedoso, ver uma mãezinha se preparando para ser mãe para o bebê. Por que é assim? Aquele corpinho… Agora, não está vivo ainda. Vejam, a única coisa que é, é só carne e músculos. Aqueles pulinhos, aqueles são músculos se contraindo Porém quando sai da matriz, Deus sopra o sopro da vida nele. E então ele grita. Vêem, exatamente tão — tão seguro como há um corpo natural se formando, há um corpo espiritual para recebê-lo tão logo que chega aqui.

O Quinto selo – 446  Observe quando um bebê… Com licença novamente, irmãs, por esta conversa franca na frente das jovens. Mas, veja. Quando uma mãe concebe, e aquele montinho de músculos se contorce e pula, você compreende, aquilo é um corpo natural. E assim como a natureza desenvolve o corpo natural

449      Mas você já observou, que ao redor daquela mãe parece haver um sentimento dócil? O que é aquilo? É um corpinho espiritual, uma vida espiritual, esperando para entrar naquele corpinho assim que ele nascer. Agora, está apenas gerado; mas, quando nascer, nasce. O corpo espiritual se une com o corpo natural.

Agora, se todos nós concordamos com estas palavras, e cremos que cada filho de Deus estava em Deus desde antes da fundação do mundo, e que quando nos manifestamos em carne Deus preparou para nós um corpo e então entramos neste corpo e logo sairemos dele… então neste ponto faço algumas perguntas:

Porque tanta dificuldade de crer que o mesmo processo aconteceu com Jesus Cristo?

– Porque será que sempre se defende a tese que Jesus o Filho de Deus só começou a existir depois de Maria?

Porque defender a tese que Jesus o Filho era apenas o corpo?

– Porque tanta defesa em torno da crença de que Deus criou apenas um corpo, e entrou neste corpo, como se o filho de Deus fosse apenas um papel que Deus atuou?

Em primeiro lugar, se cremos que nossa existência não inicia a partir da nossa concepção terrena, entenda que a existência de Jesus não inicia no processo de gestação a partir de Maria. Primeiramente vamos ver nas Escrituras algumas citações que podem nos ajudar a compreender que Jesus o Filho de Deus, não foi apenas o corpo gerado ali no ventre de Maria, mas um SER que teve uma eternidade com Seu Pai, e que vindo a plenitude dos tempos, Ele foi enviado ao mundo, e como qualquer um de nós, teve que seguir a lei da concepção, com a diferença que não necessitou o intercurso sexual como os demais filhos de Deus.

Gálatas 4:4 – Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei,

Hebreus 2:14 – E, visto como os filhos participam da carne e do sangue, também ele participou das mesmas coisas, para que pela morte aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o diabo;

Eu bem sei que todos neste tempo andam sempre com pressa, mas estão sempre devagar com a leitura da Bíblia, apenas passam os olhos e pensam: “Já conheço este versículo” e não o leem como deveriam. Se queremos mesmo aprender sobre um tema, então dediquemo-nos a ele nosso tempo e interesse. Segue uma escritura com seis traduções diferentes, espero que preste atenção em quem está falando o que.

Hebreus 10: 5Por isso, quando Cristo veio ao mundo, proclamou: “Sacrifício e oferta não quiseste, mas um corpo me preparaste; 6de holocausto e ofertas pelo pecado não te agradaste. 7Então, Eu disse: Aqui estou, no Livro está escrito a meu respeito; vim para fazer a tua vontade, ó Deus”. 8Havendo declarado em primeiro lugar: “Sacrifícios, ofertas, holocaustos e ofertas pelo pecado não quiseste, tampouco deles te agradaste”, os quais foram realizados conforme a Lei. 9Então, completou: “Aqui estou; vim para fazer a tua vontade”. E assim, Ele cancela o primeiro padrão, para estabelecer o segundo. 10E por essa determinação, fomos santificados por meio da oferta do corpo de Jesus Cristo, feita de uma vez por todas. (King James Atualizada)

Hebreus 10: 5- 10Por isso, quando Cristo veio ao mundo, disse: “Sacrifício e oferta não quiseste, mas um corpo me preparaste; de holocaustos e ofertas pelo pecado não te agradaste”. Então eu disse: Aqui estou, no livro está escrito a meu respeito; vim para fazer a tua vontade, ó Deus. Primeiro ele disse: “Sacrifícios, ofertas, holocaustos e ofertas pelo pecado não quiseste, nem deles te agradaste” (os quais eram feitos conforme a Lei ). Então acrescentou: “Aqui estou; vim para fazer a tua vontade“. Ele cancela o primeiro para estabelecer o segundo. Pelo cumprimento dessa vontade fomos santificados, por meio do sacrifício do corpo de Jesus Cristo, oferecido uma vez por todas. (Nova Versão Internaciona 

Hebreus 10: 5- 10 – Por isso, entrando no mundo, diz: Sacrifício e oferta não quiseste, Mas corpo me preparaste; Holocaustos e oblações pelo pecado não te agradaram. Então disse: Eis aqui venho (No princípio do livro está escrito de mim), Para fazer, ó Deus, a tua vontade. Como acima diz: Sacrifício e oferta, e holocaustos e oblações pelo pecado não quiseste, nem te agradaram (os quais se oferecem segundo a lei). Então disse: Eis aqui venho, para fazer, ó Deus, a tua vontade. Tira o primeiro, para estabelecer o segundo. Na qual vontade temos sido santificados pela oblação do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez. (Almeida Corrigida e Revisada Fiel)

Hebreus 10: 5- 10 – Eis por que, ao entrar no mundo, Cristo diz: Não quiseste sacrifício nem oblação, mas me formaste um corpo. Holocaustos e sacrifícios pelo pecado não te agradam. Então eu disse: Eis que venho {porque é de mim que está escrito no rolo do livro}, venho, ó Deus, para fazer a tua vontade {Sl 39,7ss}. Disse primeiro: Tu não quiseste, tu não recebeste com agrado os sacrifícios nem as ofertas, nem os holocaustos, nem as vítimas pelo pecado {quer dizer, as imolações legais}.

Em seguida, ajuntou: Eis que venho para fazer a tua vontade. Assim, aboliu o antigo regime e estabeleceu uma nova economia. Foi em virtude desta vontade de Deus que temos sido santificados uma vez para sempre, pela oblação do corpo de Jesus Cristo. (Versão Católica)

Hebreus 10: 5- 10 – É isso que a profecia quer dizer, nas palavras de Cristo: Tu não queres sacrifícios e ofertas ano após ano; E me preparaste um corpo, para o sacrifício. Não é o aroma ou a fumaça do altar que te dá prazer. Então eu disse: “Estou aqui para fazer do teu modo, ó Deus, como está determinado no teu Livro”. Quando ele diz: “Tu não queres sacrifícios e ofertas”, está se referindo às práticas da antiga aliança. Quando acrescenta: “Estou aqui para fazer do teu modo”, deixou de lado o sistema antigo para promulgar a nova aliança — o modo de Deus —, por meio do qual nos tornamos perfeitos para Deus pelo sacrifício único de Jesus. (Bíblia A Mensagem)

Todos que em sã consciência leem estes versículos, sabem que está falando do Filho de Deus, que veio fazer a vontade do Pai.

Seu ministério aqui está claro, Ele sabe para que veio, o que tem de fazer aqui: “Estou aqui para fazer O Deus a tua vontade”, e no ministério de Jesus Ele deixou isto bem claro como podemos averiguar  nas seguintes citações:

João 4:34 – Jesus disse-lhes: A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar a sua obra.

João 5:30 –Eu não posso de mim mesmo fazer coisa alguma. Como ouço, assim julgo; e o meu juízo é justo, porque não busco a minha vontade, mas a vontade do Pai que me enviou.

João 6:38 –Porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou.

(Se Jesus fosse o próprio Deus eterno, e Ele diz aqui que desceu do céu, porque está dizendo que tem um que o enviou e que deve fazer sua vontade? Eu não posso crer que Jesus estava jogando com as palavras, mas realmente dizendo o que estava dizendo. Que ele não começou a existir a partir da concepção, que Ele veio do céu, que Ele foi enviado por Seu Pai, e que estava na terra para fazer a vontade de Seu Pai e Deus.)

João 6:39 –E a vontade do Pai que me enviou é esta: Que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que o ressuscite no último dia.

João 6:40 –Porquanto a vontade daquele que me enviou é esta: Que todo aquele que vê o Filho, e crê nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia.

João 7:17 –Se alguém quiser fazer a vontade dele, pela mesma doutrina conhecerá se ela é de Deus, ou se eu falo de mim mesmo.

Mateus 12:50 –Porque, qualquer que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão, e irmã e mãe.

Nós não somos irmãos de Deus, mas somos sim irmãos de Jesus, pois tanto Jesus como os demais filhos descendem do mesmo Pai.

Marcos 3:35 –Porquanto, qualquer que fizer a vontade de Deus, esse é meu irmão, e minha irmã, e minha mãe.

 Lucas 22:42 –Dizendo: Pai, se queres, passa de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua.

João 9:31 –Ora, nós sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas, se alguém é temente a Deus, e faz a sua vontade, a esse ouve.

 Aí está o porquê Jesus fez o que fez, porque ele temia a Deus, e fez a vontade de Deus.

 Atos 10:38Como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com virtude; o qual andou fazendo bem, e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele.

Acima foram mostradas sete escrituras, onde mostra que Jesus não fazia sua própria vontade, não trabalhava por conta própria, que Ele foi enviado pelo Pai e estava aqui na terra fazendo a vontade de Seu Pai.

 Uma pena saber que mesmo depois de ler tudo isto, nossos irmãos ainda continuarão crendo que o ofício de Filho, é apenas Deus fazendo uma casca e entrando nela. E mesmo Jesus dizendo que não começou a existir a partir da concepção através de Maria, que estava com Deus antes do mundo ser formado, eles continuarão sem acreditar. Pois bem, é o momento de um teste da Palavra, desta forma se prova que tipo de espírito esta motivando estes que afirmam crer nesta Mensagem!

 

Vejamos, se Jesus o Filho, fosse apenas um tabernáculo ou corpo de Deus gerado no ventre de Maria, e não um ser inteligente, individual, pensante que interagia com Deus na eternidade passada, porque Jesus afirmou que sim?

 

João 17:4-5 – Eu glorifiquei-te na terra, tendo consumado a obra que me deste a fazer.

E agora glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que tinha contigo antes que o mundo existisse.

 

Versão católica –João 17:4-5  “Eu te glorifiquei na terra. Terminei a obra que me deste para fazer. 5. Agora, pois, Pai, glorifica-me junto de ti, concedendo-me a glória que tive junto de ti, antes que o mundo fosse criado”.

Bíblia A mensagem João 17:4-5 Eu te glorifiquei na terra, Ao cumprir até o último detalhe Tudo que me mandaste fazer. Agora, Pai, glorifica a mim com teu esplendor, Aquele esplendor que eu tinha na tua presença Antes que houvesse mundo”. 

 

La Biblia de Jerusalém –João 17:4-5  Yo te he glorificado en la tierra, llevando a cabo la obra que me encomendaste realizar. 5 Ahora, Padre, glorifícame tú, junto a ti, con la gloria que tenía a tu lado antes que el mundo fuese.

João 17:24 – Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo, para que vejam a minha glória que me deste; porque tu me amaste antes da fundação do mundo.

 

Diria você depois de ler tudo isto, que Jesus o Filho, é ou foi apenas uma roupa que Deus utilizou? Que ele não existia no Antigo Testamento? Eu tenho visto estudos, palestra, brochuras, onde pregadores famosos afirmam que não existe filho antes do nascimento virginal, e é claro que utilizam de citações fora do contexto para defender a doutrina de Sabélio, o qual afirmava que Jesus é o próprio Deus eterno em uma roupagem diferente. Tais ministros não compreenderam ainda do perigo que há em suas afirmações, quebram toda bíblia para defender uma doutrina Unicista, pensando que estão defendendo a mensagem.

 

Diga-me, o que significa as palavras de Paulo “Deus estavam em Cristo”? a bíblia não diz que Deus era Jesus o Filho, mas diz que Deus estava EM Jesus, o que é bem diferente de ser e ter.

 

Você pode argumentar e dizer, que não ver o Filho no Antigo Testamento, e por esta razão você continua crendo que o filho é apenas o próprio Deus que se vestiu de uma mascara. Pois bem, que mascara Deus utilizou? Deixe-me ajuda-lo um pouco com esta questão se você me permite.

 

A mascara que Deus usou, foi pegar o corpo do Seu Filho emprestado! Da mesma forma que Deus estabeleceu para Seus filhos se manifestarem na terra, juntando na concepção os cromossomos do pai e da mãe, e no ventre é formado célula sobre célula, até termos um corpo completo, pronto para o nascimento, foi a mesma coisa com Jesus, com a diferença que já mencionamos acima. Veja, aquele corpo formado no ventre ainda não era você, mesmo que a semente tenha estado nos lombos do seu pai, mas somente depois que a criança nasce é que aquele espírito ou vida que estava com Deus entra naquele corpo… então você não começou a existir a partir da concepção, você veio de algum lugar. Um corpo de carne foi preparado pra você, e você ao sair desta terra, deixará o corpo, sua casca e morada para ser sepultada, até o momento da ressurreição. No momento da ressurreição, o espírito passa naquela dimensão onde está a alma, e ambos, espírito e alma requerem aquele corpo que a terra desfez, e você ressuscita para uma nova vida.

 

Da mesma forma, O Filho de Deus teve uma existência com Deus, interagiu com Deus, porem como eu e você Ele não tinha um corpo como o temos hoje, mas quando chegou o momento do Filho de Deus ser enviado ao mundo para cumprir o plano da redenção, Deus criou no ventre de Maria o óvulo, e fecundou aquele óvulo com Sua própria Vida, ou seja, preparou um corpo, e como o profeta de Deus já explicou como se dá o nascimento, aquele pequeno bebe ao nascer, Jesus o Filho enviado de Deus, entrou naquele corpo, e cresceu como qualquer outra criança, com a diferença que nós esquecemos de onde viemos, mas Jesus era o Único que sabia de sua existência anterior com Deus, Ele sabia, Ele recordava, e inclusive todo aprendizado que Deus lhe passou, Ele repassou a seus seguidores palavra por palavra.

 

Porém, temos pessoas inteligentes que dizem que isto é blasfêmia e que somos dualistas, e eles não sabem que estão fazendo o mesmo papel do Fariseus que quando Jesus afirmou ser o filho de Deus eles rasgaram suas vestes e o condenaram por blasfêmia. É o mesmo espírito. Os fariseus não conheciam o autor da escritura que eles tanto liam, e debatiam, hoje não seria diferente, e erram por não conhecer a Palavra.

 

È Jesus apenas o tabernáculo que Deus utilizou e não um ser a parte que foi gerado por Deus? Vejamos alguns versículos do Antigo Testamento.

 

Provérbios 30:4 – Quem subiu ao céu e desceu? Quem encerrou os ventos nos seus punhos? Quem amarrou as águas numa roupa? Quem estabeleceu todas as extremidades da terra? Qual é o seu nome? E qual é o nome de seu filho, se é que o sabes?

Esta pergunta feita pelo rei Salomão é sem duvida uma incógnita para as pessoas que são Unicista, pois já mostra no antigo testamento que Deus tem um Filho. Alguém pode dizer que se tratava corpo-tabernáculo que Deus usaria no futuro quando o próprio Deus assumisse o papel do Filho, mas eu tenho novidade para estas pessoas… Deus assumiu o papel do Filho, quando  veio morar EM Seu Filho no Rio Jordão, e é claro que se Deus só veio habitar  em seu Filho quando Ele já estava com mais de trinta anos, como poderia um “corpo-casca” viver da manjedoura até o Jordão? A resposta é a seguinte: porque da manjedoura até o Jordão não temos apenas um corpo vazio, mas O Filho de Deus que foi gerado na eternidade, recebeu um corpo como nós, e estava crescendo em graça e conhecimento diante de Deus Seu Pai e dos homens, não apenas um corpo vazio, mas um homem como nós com corpo, espírito e alma.

 

Talvez você queira continuar sustentando sua tese de que Jesus o Filho era apenas um corpo, mas um profeta vindicado disse que Jesus tinha corpo, espírito e alma, e ainda além disso, recebeu o Espírito de Deus em Plenitude. No sermão VIDA OCULTA 10/06/1955 – William Branham disse – “Quando Deus esteve aqui na terra, Ele ocupou uma Casa de três cômodos, o Corpo, Alma e Espírito de Jesus Cristo.

 

Salomão não apenas sabia da existência do Deus eterno, mas sabia também que Deus tinha um Filho. Todas as profecias do antigo testamento já davam os indícios de que aquele que no futuro se manifestaria na terra como o ungido de Deus, o Messias, era o Filho de Deus. O apóstolo João inclusive confirma isto ao escrever tais palavras:

João 20:31 – Estes, porém, foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo, tenhais vida em seu nome.

 

È necessário você estudas as palavras registradas em provérbios, e gostaria de saber de o leitor teria a coragem de dizer que isto não se refere ao Filho de Deus

 

Provérbios 8_22 O SENHOR me possuiu no princípio de seus caminhos, desde então, e antes de suas obras. 23 Desde a eternidade fui ungida, desde o princípio, antes do começo da terra. 24 Quando ainda não havia abismos, fui gerada, quando ainda não havia fontes carregadas de águas. 25 Antes que os montes se houvessem assentado, antes dos outeiros, eu fui gerada. 26 Ainda ele não tinha feito a terra, nem os campos, nem o princípio do pó do mundo. 27 Quando ele preparava os céus, aí estava eu, quando traçava o horizonte sobre a face do abismo; 28 Quando firmava as nuvens acima, quando fortificava as fontes do abismo, 29 Quando fixava ao mar o seu termo, para que as águas não traspassassem o seu mando, quando compunha os fundamentos da terra. 30 Então eu estava com ele, e era seu arquiteto; era cada dia as suas delícias, alegrando-me perante ele em todo o tempo;”

 

Antes do amado leitor exigir citações de um profeta vindicado, primeiro conheça sua Bíblia, pois as citações de um profeta vindicado tem que está corretamente posicionada dentro da Bíblia de Genesis a Apocalipses. Então se ainda lhes restam duvidas sobre a preexistência do Filho de Deus antes do nascimento virginal mesmo depois de ter lido a escritura acima citada, então mesmo assim atrevo-me a vos fazer lembrar-se de mais duas escrituras.

 

João 1:2 – Ele estava no princípio com Deus.

Quem estava no principio com Deus? O mesmo ser que está registrado em Provérbios 8: 27 Quando ele preparava os céus, aí estava eu,

30 Então eu estava com ele, e era seu arquiteto;

 

Mas o que este SER estava fazendo como arquiteto do Eterno? Simples, Deus o possuiu, e através do Filho, criou todas as coisas.

 

Almeida Revista e Corrigida Fiel – João 1:3 “Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.

Para entender melhor este versículo, convido-os a meditar na forma como está em outras versões.

 

Almeida Revisada Imprensa Bíblica – “Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e sem ele nada do que foi feito se fez”.

 

Webster – Todas as coisas foram feitas por intermédio dele

 

Nova Versão Internacional – Todas as coisas foram feitas por intermédio dele; sem ele, nada do que existe teria sido feito.

American standard Version – Todas as coisas foram feitas por intermédio dele

 

Basic English  – Todas as coisas vieram à existência por intermédio dele…

 

King James –Todas as coisas vieram à existência por intermédio dele…

 

Na tradução da Bíblia A Mensagem, este versículo diz: “Tudo foi criado por meio dele; nada — nada mesmo! — veio a existir sem ele”.

 

Eu creio que já deu para se ter uma ideia de como as coisas vieram à existência. Deus através do Logos Seu Filho, criou todas as coisas, do mesmo jeito que Deus quando possuiu na terra seu Filho em totalidade fez todos aqueles sinais e maravilhas. Foi Deus no Filho, Deus trabalhando através de Seu Filho. Jesus disse isso, Meu Pai trabalha até agora e eu também. William Branham disse que o ministério de Jesus foi baseado nas visões do Pai. Então não me venha isolar citações, tirar outras do contexto e dizer para mim que Jesus é o próprio Eterno Deus, pois os filhos tem princípios, e o principio de Jesus não foi na concepção ou gestação de Maria, mas antes de qualquer coisa ser formada, ou criada.. Deus deu a luz a Seu Filho.

 

Hebreus 1: 2

Almeida Corrigida Fiel – “A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo”.

 

King James –Filho, a quem designou herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo;

 

Nova Versão Internacional – “a quem constituiu herdeiro de todas as coisas e por meio de quem fez o universo.

 

Sociedade Biblica Britanicaao qual constituiu herdeiro de todas as coisas, por quem criou igualmente os mundos;

 

Darby,Jhon Nelson – a quem estabeleceu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo;

 

Webster –a quem ele designou herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo;

 

Jesus não é o Deus Criador, mas o Deus Criador trabalhou através dele. Você só pode crer diferente disso se tirar a escrituras e citações do profeta de seu contexto.

 

Em João 1:10 está escrito: Aquele que é a Palavra estava no mundo, e o mundo foi feito através dele, mas o mundo não o reconheceu.. (Nova Versão Internacional)

 

Como pode você que o Filho é apenas um corpo e pronto? Seria esta a revelação trazida a nós por um profeta? Eu não sei o que as pessoas entendem quando leem as seguintes citações:

Atitude e Quem é Deus? 15/08/1958 – Cleveland, Ohio – 15 E lá naquele grande espaço onde ninguém pode medir em sua mente além disso, naquele espaço, eternidade. Esse é Jeová Deus ali. E somos ensinados no principio que o Logos, ou o Filho de Deus saiu de Deus. Agora, eu não creio em “filiação eterna”. É até mesmo radical só de mencionar tal coisa, “filiação eterna”. Como que…Ele teve uma filiação eterna…de que maneira…?…se é mesmo filiação eterna, como que Ele poderia ser um Filho? Ele teve que ter um principio. Vê. 16 Então Ele primeiro foi Deus, Jeová, e Dele…Vamos somente retratar agora como um pequeno drama para que você possa entender isto. Vamos ver surgindo do espaço onde nada existe, vamos fazer disso uma pequena Luz branca, como uma Luz mística, como um Halo. E esse era o Logos que saiu de Deus no principio. Esse era o Filho de Deus que saiu do seio do Pai. Esse era o que estava no principio que era a Palavra, e a Palavra estava com Deus e a Palavra era Deus. E a Palavra se fez carne e habitou entre nós. No principio era Deus. E então de Deus veio o Logos, uma parte de Deus que saiu de Deus. Vamos observar isto. Agora, eu tenho que fazer isto antes de voltar a isto, apenas como um pequeno filme dramático aqui para você só por um momento, a fim de chegar a um ponto para você, Quem…O que está em nosso meio esta noite. 17 E ali…Agora, veja, este é apenas como uma criança brincando em frente à porta. Era o Filho de Deus, o Logos. E eu posso vê-Lo ali fora, e Ele falou e disse: “Haja luz”. E nada existia. E ali algo estava acontecendo, e um átomo virou ali e começou a girar em volta dessa maneira. O sol começa a vir à existência, porque Ele disse: “haja”. Ali está a autoridade. De onde Ele criou isto? Eu não sei. Nada havia disso para criar. Porem Ele creu em Sua própria Palavra, e houve luz. Eu posso ver um pedaço disso voar; é um meteoro. Depois de alguns milhões de anos, ou cem bilhões de anos, se quiser chamar assim, e isto circulou ao sair. E eu O vejo parado ali observando isto. E isso desce aqui embaixo. Ele para depois que isso cai por alguns milhões de anos, e deixa isso suspenso ali em órbita. Aqui está um voando do sol. Ele vai aqui por cima e desce, pára ali.


O SELO DA PÁSCOA – 10 de abril de 1965 –…absolutamente, entre pagãos que até mesmo negam haver tal coisa como Jesus Cristo ser o Filho de Deus.

 

A FESTA DAS TROMBETAS – 19 de julho de 1964 – 56 Esta é a razão pela qual eles falharam em reconhecer a Jesus como o Filho de Deus. Suas – suas tradições haviam cegado os seus olhos, mas Ele estava exatamente com a Escritura.

 

Para finalizar, aqui está a ultima parte da pergunta do amado irmão:

 

“SE UMA PESSOA QUE CRER DIFERENTE DE VOCÊS NESTA MENSAGEM MORRE ELA SERÁ SALVA OU NÃO POR ESSE FATO?”

 

O que eu poderia responder a isto? Bem meu irmão, ninguém se salva ou se perde por crer diferente do que creio, mas sabemos o resultado daqueles que diminuem ou acrescentam, ou falsificam a palavra de Deus. É claro que neste pequeno texto seria impossível por todas as partes da bíblia e da mensagem dando sustentação a cada frase, mas eu creio que não é necessário, pois todos tem as mensagens e a bíblia nas mãos e além do mais temos muitos estudos em texto e áudio onde temos abrangido com mais detalhes estes temas, basta se ter interesse em adquirir. E penso que termino a resposta a ultima parte de sua pergunta com duas citações do mensageiro de Deus para o tempo do fim.

 

Pecado Imperdoável 92Mas se você crê de todo seu coração que Jesus Cristo é o Filho de Deus, Deus está obrigado, se seu testemunho for verdadeiro, a dar-lhes o batismo do Espírito Santo e selá-lo no Reino até o dia de sua redenção. Isto é certo.

 

Pecado Imperdoável 150. Ali está Jesus Cristo; Ele é o Filho de Deus; aceitá-Lo é Vida; rejeitá-Lo é morte. O que você vai querer. Você diz: “Bem agora, eu não creio nisto. Bem, lhes direi, não creio nisto. Apenas não creio”. Bem, se não crê, isto é com você; você não tem Vida. Isto é tudo. Porque Isto é a verdade. Isto é certo. Certo. A mesma coisa com qualquer outra verdade. Isto é certo. Recusar, rejeitar, descrer da Palavra de Deus, é pecado imperdoável.

 

Poderíamos recorrer a centenas de citações para mostrar Deus e Seu Filho na “Eternidade Passada” e mostrar Deus e Seu Filho na “Eternidade Futura”

 

“No cume de Sião assentar-se-á o Cordeiro. E a Cidade não terá necessidade de luz, porque o Cordeiro é a Luz dela. E estará o Pai por sobre o Cordeiro, o Qual é o Logos de Deus, o grande Luzeiro, a Luz Eterna que resplandecerá sobre o Trono. E Jesus não estará no Trono de Seu Pai, Ele estará em Seu Trono. E o Pai cobrirá com Suas asas ao Filho, que o Pai e o Filho serão Um”. E estando eles ainda falando, eu responderei. Antes que possam pensar, Eu estarei pensando por eles”. (Isaias 65:24) Isso é certo. E Jesus lhe encomendará uma era perfeita, perfeita para um… o perfeito Deus Vivo, que Ele tem redimido e o dá ao Pai. Está isso correto? Dará a Deus o Pai, o Qual é o Espírito, não a um homem, ao Espírito. Toda natureza de bondade reunida, esse é Deus. E em bondade… Agora qualquer coisa pervertida do bem é maligna: esse é o reino de Satanás. A Deus pertence o bem. Todo mal pertence… E Deus, pois, se materializou num homem chamado Jesus Cristo, o Qual era Seu Filho. Este Filho deu Sua vida para Ele poder trazer outros filhos, para que Deus pudesse vir a ser tangível, operando todas as coisas em todos. (I Cor. 12:6). “Naquele dia vós conhecereis que Eu estou no Pai, o Pai em Mim, Eu em vós e vós em Mim”. (João 14: 20) PERGUNTAS E RESPOSTAS – Nº 2 – William M. Branham – 23 de agosto de 1964

Com amor

Ir. Rosendo

 

Jesus Cristo é o mesmo ontem hoje e eternamente

Ministério Internacional do Tempo do Fim, Doutrina da Mensagem

http://www.leevayle.net/

http://messagedoctrine.com/

http://www.pulpitoonline.com/

http://www.palavracriativa.org.br/

http://www.messagehour.com/

http://www.avozdeaclamacao.com.br/

http://www.doutrinadamensagem.com/

http://diogenestraducoes.webnode.com.br/

radiounife@hotmail.com

contato@doutrinadamensagem.com

doutrinadamensagem@gmail.com

Gostou? Compartilhe na rede!
Tags

2 Comments  - Clique aqui para comentar!

  • Muito bem exposto este assunto. Parabéns!

    Comentário feito por LUIS H STOCKMANN — 14 de agosto de 2013 @ 13:41

  • Bem irmão Rosendo, creio que essa pergunta deve refletir não só a dúvida desse amado irmão que escreveu, mas também de uma grande maioria dos que creem nessa Mensagem. Muitos erroneamente acreditam que o conhecimento doutrinal ou intelectual pode salvar um crente. Parece que eles ainda não sabem que uma pessoa pode ter o entendimento doutrinário correto e ir para o inferno. O diabo sabe melhor do que todos nós que o Filho de Deus não é o próprio Deus, mas nem por isso esse conhecimento irá salvá-lo. O que salva o crente é o seu conhecimento pessoal de Deus mesmo em Sua vida, tê-Lo consigo mesmo em uma comunhão íntima; e o crente deve procurar saber o que é mais importante: se essa comunhão fez dele uma pessoa diferente. Então ele já terá a sua resposta, porque as Escrituras ainda não mudaram, elas continuam as mesmas: “O próprio Espírito testifica com o nosso espírito de que somos filhos de Deus”, ou seja, de que somos salvos. É dessa testificação que ele precisa em sua vida, não da minha, não da tua e nem de ninguém. A única coisa que nos importa é o que Deus mesmo pensa de nós, não os outros. É desse testemunho que precisamos. E não importa se os irmãos irão cambalear sobre um assunto doutrinal aqui e ali, de um lado para o outro, desde que não cambaleie em sua experiência real com Deus, conhecendo a Sua Pessoa, pois a salvação do eleito está só nisso.
    Sei que você apenas quis tirar proveito da pergunta para expor todo esse assunto e mostrar para o irmão através da Mensagem e das Escrituras a diferença entre Deus e o Seu Filho, mas quanto ao tema central creio que poderia ser resumido nisso. O conhecimento doutrinal serve apenas para proporcionar amadurecimento para o crente ao longo de sua jornada espiritual pela terra até que chegue o dia em que ele será recolhido, seja pela morte ou pelo Arrebatamento.
    Veja por exemplo essas palavras do irmão Brian que eu traduzi há alguns dias; creio que elas resumem não somente o que eu disse, mas o que o próprio profeta pensava sobre a salvação:

    “Há ainda muitos que pensam nessa Mensagem que ter conhecimento é ter o espírito certo. Deixe-me dizer-lhe algo meus irmãos e irmãs. O diabo sabe mais das Escrituras do que você jamais saberá neste corpo, por isso não me diga que é o que você sabe. Não é o que você sabe, mas Quem você conhece. Disseram para o irmão Branham que ele não conhecia a Bíblia, mas ele com certeza CONHECIA O AUTOR da Bíblia muito bem.”

    E é um fato que o irmão Branham disse que o conhecimento da Suprema Deidade do Senhor Jesus Cristo é a “primeira base” para que depois o crente possa evoluir para outras questões, e infelizmente o que vemos é muita gente querendo vislumbrar mistérios sobre trovões, Novo nome, etc, sem ainda ter chegado a essa primeira base…

    Comentário feito por Ir. Diógenes — 20 de agosto de 2013 @ 13:41

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Dados da Matéria

Dados do Autor

Doutrina da Mensagem Admin do site doutrina da mensagem » Blog do autor. » Site do autor.