Rhema e Logos Download PDF

Doutrina da Mensagem

 Rhema e Logos; Intenção

Melquisedeque livro3

 7 de Agosto de 1988

 Rev. Lee Vayle

 Lee vayle introdução

Sempre foi o desejo de Deus tornar-Se visível a nós por meio de alguma manifestação ao fazer uso do princípio en morphe, revelando-Se através de alguma máscara para dar início e perpetuar a adoração de Si mesmo. Ele está em nosso meio agora na forma da Coluna de Fogo a fim de mudar os nossos corações de volta à fé dos pais apostólicos dando-nos uma veste interior.

 Porém no princípio, antes que Deus alguma vez Se expressasse e Se revelasse a nós de alguma forma por meio de uma máscara, Ele vivia só com os Seus atributos que eram os Seus pensamentos, até o momento em que esses pensamentos foram expressos na forma da Palavra falada, onde a partir de então, Seus atributos foram manifestados. Mas antes de haver tais pensamentos é necessário que haja uma Mente que os conceba, que é o Espírito do próprio Deus, e aquilo que está em Seu Espírito traz o pensamento.

 O Espírito de Deus é a grande Mente de onde provêm todos os pensamentos ou a fonte de todos os genes que carregam consigo todas as Suas características intrínsecas que revelam os Seus atributos. Estes pensamentos ou atributos de Deus são conhecidos e expressos na forma de Palavra.

 No Novo Testamento, “palavra” vem do grego “rhema” e “logos”; rhema significa derramar, proferir, falar, quebrar um silêncio; logos trata não somente da palavra escrita ou falada, mas também de uma revelação e compreensão daquilo que estava na mente de quem falou. Por esse motivo João usou a palavra “logos” para falar da expressão divina que é Jesus, a expressão exata da Pessoa de Deus.

 Estas duas palavras “rhema” e “logos” são intercambiáveis nas Escrituras, o que significa que possuem uma mesma aplicação, onde tanto logos como rhema proporcionam uma revelação da Palavra desde que o ouvinte ou o leitor possua em si próprio a mesma natureza ou que venha da mesma fonte da Palavra de Deus, que é Espírito e vida, ou seja, uma semente da Palavra, o que significa dizer que a Palavra como a fonte de vida só tem efeito naqueles que são as ovelhas de Deus, filhos gerados pela Palavra.

 São somente estes que obtém uma revelação e que tomam posse de cada promessa de Deus que lhes foi entregue, tendo cada promessa uma finalidade em particular, e uma intenção definida para a qual foi enviada. Todas as promessas de Deus terão o Seu cumprimento porque são a Sua Palavra manifestando as intenções de Seu Espírito e que são imutáveis.

 E há um Espírito em Sua Palavra que dirige a fé de cada eleito para que ele tome posse das promessas de Deus; mas para isso é necessário que Ele entre no Espírito da promessa para recebê-la. E as promessas serão cumpridas quando a intenção de um filho de Deus for exatamente a mesma intenção com que Deus teve ao fazer a promessa, para que assim ele possa não somente andar no Espírito da Palavra mas viver nesse mesmo Espírito. E a certeza da vitória de cada semente de Deus é sair do caminho para que o Seu Espírito possa assumir o Seu devido lugar.

 Diógenes Dornelles

Quem é Este Melquisedeque? Nº. 3

 Rhema e Logos; Intenção

  7 de Agosto de 1988

 Irmão Lee Vayle

 

1                  Amado Pai celestial, estamos mais uma vez agradecidos e apreciamos o fato de queLee Vayle Tu nos permitiste nos reunirmos aqui em Teu nome Senhor, e estamos vendo por que razão um profeta poderia vir em Teu nome, e em Teu nome Senhor, declarar essas coisas que viriam a acontecer, e elas aconteceram. Então nós entendemos nessa hora um pouco mais do que alguma vez entendemos sobre o que está por vir nesse Nome e para esse Nome, Senhor, e nós apreciamos isso. Nós somente desejamos que possamos chegar a uma revelação mais completa e a uma manifestação e benefício mais completo em nossas vidas a esse respeito.

 2                    Ajude-nos em nosso estudo, esta manhã, Senhor, para que possamos absorver livremente a Palavra do Deus Todo-Poderoso, como Tu A tens dado para nós, Senhor. Que Ela possa ser dada para o nosso entendimento, Senhor, pela revelação que Tu já passaste para nós, a qual foi vindicada. E que nossas vidas possam crescer assim, ó Deus, para que nos tornemos realmente ovelhas do Teu pastorado, Senhor, junto às águas, nos pastos verdejantes que Tu deste a nós, Senhor, essa amável área que está designada como nossa, Pai, e que possamos crescer ricos e gordos e fortes em Ti. Em nome de Jesus oramos. Amém. Podem se assentar.

Agora… …Mike, pode me dar aquelas folhas ali, por favor? Eu não preciso disso neste momento, mas eu vou ter que usar algumas declarações delas. Obrigado.

 3                    Agora, esta é a terceira mensagem sobre o sermão do irmão Branham “Quem é Este Melquisedeque?”. E você vai se lembrar de que ao introduzir o assunto, o sermão, antes mesmo de nós termos lido um pouco na noite passada, nós notamos duas coisas:

 4                    Número um, nós descobrimos que o irmão Branham estava muito, muito certo de acordo com as Escrituras, e ele colocou o assunto de Melquisedeque como uma revelação do tempo do fim no âmbito do Sétimo Selo. Agora, você pode adquirir essa fita e ele define isso muito claramente de acordo com o nosso entendimento.

 5                    E depois o número dois, que nós tomamos ontem à noite, vimos que originalmente o nome Melquisedeque significa realmente Rei de Justiça; mas foi dado um outro e mais esclarecedor significado quando Paulo chamou também pelo nome de Seu Reino Shalom, ou de Paz. E nós observamos esta seqüência em particular e vimos que a paz só pode ser estabelecida mediante a justiça. Somente um Rei justo e um reino justo pode produzir a paz e nós estamos olhando para a totalidade, tanto da justiça como da paz, quando estamos apenas 24 horas e talvez três minutos, faltando para quando entrarmos na Nova Jerusalém, onde vemos a consumação ou a totalidade disso.

 6                    E ao termos visto estas duas verdades nós nos movemos para o irmão Branham em seu sermão onde ele declarou que “Melquisedeque era de fato Deus en morphe”, ou Deus tornando-se visível para nós através de alguma manifestação, que neste caso foi a forma de um homem.

 7                    Então a partir desse princípio, o princípio en morphe, ele mostrou como que Deus Se tornou carne para que assim Ele pudesse dar a Sua vida por nós. Sempre Deus tornou-Se en morphe, ou revelou-Se em uma máscara, e pela máscara revelou-Se a Si mesmo a fim de iniciar e perpetuar a adoração de Si mesmo, e a Ele só. Agora, isso é algo que você pode não ter captado na noite passada, mas esta é a verdade. Sempre Deus tornou-Se en morphe ou velado em uma máscara, e pela máscara revelou-Se a Si mesmo a fim de iniciar e perpetuar a verdadeira adoração, a adoração de Si mesmo, e a Ele só. Já não haveria mais uma hibridização.

 8                    E neste exato momento Ele apareceu novamente para abrir a porta da comunhão e restaurar a Noiva caída através da verdadeira adoração e do companheirismo de Si mesmo. Exatamente como o irmão Branham disse: “Ele veio e favoreceu a nós ao manifestar-Se com sinais e maravilhas”. Da mesma forma quando vimos que o servo de Abraão veio e trouxe presentes para Rebeca para que ela pudesse favorecer a Isaque.

 9                    Agora vamos olhar então para a página 10 e o parágrafo 45, que nós lemos na noite passada. E o irmão Branham está falando sobre o princípio en morphe. E ele disse – depois de nos ter levado ao ponto de 2 Coríntios, onde “Deus estava em Cristo reconciliando o mundo Consigo mesmo” – ele nos leva para a data de dois mil anos mais tarde.

 10                [Quem é Este Melquisedeque? § 45]

E notem agora, Ele criou o homem, e o homem caiu. Então Ele desceu e redimiu o homem, porque Deus gosta de ser adorado! A própria palavra “deus” significa “objeto de adoração”. E isso que vem entre nós como uma Coluna de Fogo, (Veja o quadro na parede, este que vem em meio a nós, ou entre nós, como uma Coluna de Fogo), como algo que muda os nossos corações…

 11                Isso não é renascimento. Isso está mudando os corações de volta à fé dos pais. Mudando vidas para que constantemente recebamos um reconhecimento das mensagens que saem daqui e aqui dentro, onde você pode ver que as pessoas estão literalmente mudando de dentro para fora. Por fora não significa muito, é o interior, a vestimenta interior. E isso… E aquele que vem entre nós é uma Coluna de Fogo. Aquele que muda os nossos corações, que é o mesmo Deus que Se fez homem e que redimiu o homem. A fase final da redenção.

 12                …O mesmo Deus que disse “Haja luz”, e houve luz! A luz viaja a partir do leste para o oeste. Ele é o mesmo ontem, hoje e eternamente. (Agora continua no parágrafo 46) Agora, no princípio Deus vivia sozinho com os Seus atributos como falei esta manhã. (Isso é algo que o irmão Branham continuamente trazia para nós, para revelar a Divindade e o Seu plano e da nossa parte em tudo. Você tem que se lembrar que Deus habita a sós com os Seus atributos.) Isso são os Seus pensamentos. Não havia nada, apenas Deus. Mas Ele tinha pensamentos. Assim como um grande arquiteto que pode traçar em sua mente, e desenhar o que ele pensa, o que ele vai construir, criar. Agora, (um arquiteto) não pode criar; ele pode pegar algo que foi criado e torná-lo de uma forma diferente, porque Deus é o único que pode criar. Mas ele tem em sua mente o que ele vai fazer, (esse é o arquiteto), que são os seus pensamentos, que são os seus desejos. (Parágrafo 47) Agora, isso é um pensamento, (agora falando de Deus) …agora, isso é um pensamento, e então Ele o fala, e é uma palavra então. Um pensamento quando se expressa é uma palavra, um pensamento expressado (ele repete) é uma palavra. Mas primeiro tem que ser um pensamento. Assim são os atributos de Deus; então isso se torna um pensamento, depois uma palavra.

 13                Agora note o que ele diz. Assim é Deus em Seus atributos. Ele nem sequer tem pensado neste momento. Assim, portanto, o que Ele pensa e o que Ele faz irá depender totalmente dos atributos. Poderia você pensar de um cão a tocar violino quando ele ouviu um? Bem, ele diz: “Au, au, au”. Ele quer que você pare de tocar o violino. [Risos – Trad.] Mas se você se sentar e ouvir um dos mais belos concertos para violino, ou solo, ou qualquer outra coisa, você diz: “Eu quero isso”. Por quê? Porque você possui atributos dentro de você que poderiam responder a isso. O cão não tem isso. O cão irá farejar a brisa e dirá a você: “Há um osso aí fora em algum lugar”, sabe, e ele pode roer o osso. Ele pode sentir o cheiro de um gato e ai, pobre do gato. Ele pode farejar um guaxinim, ele pode sentir o cheiro do guaxinim, e ai, pobre do guaxinim se ele não puder entrar depressa na árvore. Nós não fazemos isso. Nosso pensamento e aquilo que fazemos dependem dos atributos. Assim, pois, temos um Deus que tem atributos.

 14                Agora, a palavra “atributo” é um substantivo e realmente significa “aquilo que atribui”. Agora, eu poderia dizer que eu vou atribuir essas flores a Maria, ou Becca, porque eu vi Bruce trazê-las para dentro. Agora, eu atribuí a elas uma ação, ou a uma delas. Agora, eu estou atribuindo a elas, vê? Mas isso não é assim quando você fala dos atributos de Deus. Isso é uma coisa completamente diferente. Quando você está falando de atributo e o que atribui, você está falando sobre aquilo que faz com que sempre que deve ser será, e o que sempre essa forma será em qualquer tempo determinado. Assim, um atributo é o que atribui, ou que causa, e muitas vezes uma manifestação, na maioria das vezes, é o que se encontra no interior da semente e dos genes. E a grande semente da fonte da vida é Deus. Ele atribui de acordo com os Seus atributos, ou o que está na Sua vida e traz à manifestação, ou seja o que for que Ele queira fazer com isso. Isso então é uma expressão, e aí você vê os atributos de Deus.

 15                Os atributos em si são invisíveis, como os pensamentos são invisíveis. Mas falados… fale um pensamento ou dê corpo a um atributo, e você tem uma expressão. Então é por isso que o irmão Branham diz isso: “Tudo que tem a ver intrinsecamente com o que Deus deseja produzir de Si mesmo é um atributo”. É por isso que você e eu somos chamados de atributos. E os atributos que Ele coloca com o pensamento, que, embora seja correto, não está correto. Agora, eu não estou tentando corrigir o profeta, eu só estou tentando dizer a você como isso se alinha, porque você tem que ter algo além e anterior ao pensamento, que é o Espírito. E o que está no Espírito traz o pensamento. Mas nós não poderíamos começar a ter atributos que significassem qualquer coisa, ou que fizessem qualquer coisa até que houvesse pensamentos. Isso se encontra na onisciência e depois a onipotência os produz.

 16                Veja que eu não sou crítico do irmão Branham, eu só estou tentando trazer a coisa até a um estágio bem definitivo e claro, onde você possa ver para o que estamos olhando, de modo que você não seja apenas meramente um pensamento Nele, porque se você sempre teve a vida eterna você não podia ser apenas um pensamento. Você teria que ser uma parte do próprio Deus e o irmão Branham disse que você era. Então eu estou tentando ser definitivo aqui para lhe dar uma compreensão do que eu estarei em breve entrando aqui nesta hora.

 17                Então alguma coisa estava dentro de Deus que poderia ser expressa e, assim, descrever ou dar a conhecer o próprio Deus. É por isso que você fala sobre as coisas na natureza, plantas, animais e assim por diante. E nós falamos de suas características. Falamos de sua natureza, falamos de seus atributos, de forma que você esteja reconhecendo que antes que houvesse qualquer dessas coisas para que possamos realmente falar, tem que haver algo antes mesmo para isso. Você está indo de volta a Deus. Você não pode fugir disso.

 18                Agora, se você quer ser muito tolo, muito imprudente, você poderia dizer: “Eu sou ateu e eu acredito na evolução”. Ótimo, isso só prova que você foi evoluído, mas não de Deus. [“Amém”] Você é a semente da serpente e é muito legal da sua parte declarar-se. Estou feliz por você, porque você está feliz por você. Por que eu não deveria estar feliz por você? É bom quando as pessoas realmente se manifestam. A coisa fedida é quando você tem os crentes manufaturados zumbindo em volta de você. Então eu preferiria ter uma boa semente da serpente à moda antiga que se declara, do que o outro, apesar de que temos todos eles e que estejamos presos a eles.

 19                Então vamos olhar um pouco para isso de novo para ver sobre o que estamos falando. O irmão Branham disse: “Assim, isso é atributo de Deus”. Ele está falando de atributo de Deus no sentido de expressão. Seu pensamento se expressa pela Palavra e havia algo antes disso. Ele diz: “Quando Deus sentou-Se sozinho, como eu disse, com os Seus pensamentos. E isso é tudo que Ele tinha”. Na verdade Ele tinha Sua onisciência com Ele. Então, algo de Deus começou a produzir.

 20                E assim, um atributo é o que atribui ou causa tudo aquilo que você está olhando ou não olhando, que está aí, algo de dentro de uma fonte que é chamado de semente, cromossomos e genes e assim por diante. Atrás de tudo isso está a grande semente que é o próprio Deus como a grande fonte de todas as coisas. E Ele atribui de acordo com os Seus atributos. Em outras palavras, Ele dá substância. Ele faz tudo aqui de acordo com o que é, de acordo com o que está Nele. Agora, isso não pode estar lá fora, a menos que estivesse de acordo com o que estava em conformidade Nele, porque não há nada feito nesta terra que Ele não fez. Agora, o diabo pode pegar e misturar isso, mas ele não pode criar; o diabo não pode criar. Vê? Ele não pode fazer isso. É por isso que muitas pessoas estão fora da Escritura, porque elas sequer sabem dessa pequena coisa. Certo.

 21                Atributos em si são literalmente invisíveis, como os pensamentos. Mas fale um pensamento e você lhe dá um corpo. Assim, portanto, você expõe, de alguma forma você dá a isto que Deus tem em mente uma capacidade de ter um manto ou um revestimento, uma substância, e todas as coisas vem exatamente do jeito que elas estão agora. Então esta terra e tudo mais é realmente uma manifestação, embora seja neste ponto inferior uma manifestação de Deus, e isso está manifestando os atributos e eles são os atributos embora eles tenham que entrar em deterioração e Deus irá queimar tudo e trazer tudo de volta. É exatamente dessa maneira como você e eu ficamos todos queimados pelo Espírito Santo. Depois disso nós morremos e nos corrompemos – voltamos até mesmo para os gases e cinzas, mais ou menos gases. Depois Deus traz tudo de volta novamente recriado.

 22                Tudo bem, assim o que iremos ver aqui então, é baseado sobre o irmão Branham lidar com pensamentos e palavras que entram em uma manifestação literal. Eu pensei que eu pudesse parar aqui e levar esta manhã um pequeno assunto pastoral, e depois voltar para o grande assunto do irmão Branham baseado nesta declaração que ele fez aqui sobre o pensamento e a palavra, para esta aplicação pastoral. E você vai perceber que o irmão Branham, como eu disse, estava falando da Palavra como um pensamento expressado, um atributo de Deus, para se manifestar em definitivo e em princípio para nós.

 23                Agora, falando de Palavra, há duas palavras básicas no grego que são realmente traduzidas como “palavra” no inglês e a primeira é chamada de Rhema e a segunda é chamada de Logos. Agora, queremos olhar para as duas, porque nós estamos falando sobre os pensamentos de Deus vindo à expressão e mantenha isso em mente à medida que seguimos em frente.

 24                Então, primeiro de tudo, há a palavra Rhema, e ela vem do pensamento básico de “derramar”, ou “proferir”, isto é, falar ou dizer, ou num inglês mais claro, quebrar um silêncio. Assim temos então o pensamento; derramar, proferir, falar, dizer, quebrar um silêncio.

 25                Agora, a palavra Logos não é simplesmente proferir ou derramar, porque você pode derramar coisas incompreensíveis para as pessoas e elas nem saberiam do que você estava falando. Você tem algumas pessoas que aprendem tanto álgebra e chegam à primeira série, ou aprendem um pouco sobre raízes e depois chegam à quarta, e depois você começa a entrar nos logaritmos, e eles estão completamente perdidos. Eu mesmo ficaria completamente perdido depois de 50 anos. Eu simplesmente desisto – não consigo me lembrar de nada que eu aprendi sobre isso, dificilmente. Então quando você usa a palavra Rhema definitivamente é da palavra Logos quanto à intensidade do que está dentro dele.

 26                Agora, Logos é “lançar luz”, ou “relacionar com palavras pelo discurso”, de modo que você está realmente obtendo uma expressão, ou o conhecimento do pensamento ou da ideia como o irmão Branham falou, sobre o arquiteto construir a partir de materiais que ele tinha em sua mente, mas antes que ele fizesse isso, ele fez um projeto. Então ele veio da mente como um pensamento, de um projeto que ele começou a trabalhar e apresentá-lo. Então é para isso que você está olhando. [Rhema], simplesmente uma palavra escrita, palavra proferida, rompendo um silêncio. Mas quando você vem para Logos você está literalmente tratando com o que se torna uma revelação, porque você está colocando isso à frente com a compreensão do que estava na mente da pessoa, e não simplesmente do uso de palavras.

 27               Agora, porque João usou a palavra Logos sobre a expressão divina. Agora, a expressão divina é Jesus. Agora, vamos para o livro de Hebreus para que você saiba que isto não é apenas uma terminologia teológica – é uma expressão muito verdadeira. Aqui diz que Jesus…

…que sendo o resplendor da Sua glória, e a expressa imagem da Sua pessoa.

Esse é o Logos. A Palavra Se tornando carne. Então tudo bem, nós vemos aqui que João usa a palavra “Logos” a fim de apresentar a expressão divina que é Jesus Cristo, que é o que? Mashiah? Que é o Messias.

 28                Agora, a maioria dos estudantes tenta fazer duas definições ou entendimentos separados sobre Rhema e Logos. Agora, temos um homem que é lá de Chicago, eu simplesmente não vou mencionar o nome dele, eu mencionei isso muitas vezes e ele vai se embaraçar no Trono Branco porque ele tenta fazer diferente. Ele tenta nos dizer que quando o irmão Branham quis dizer “Rhema”, e quando ele quis dizer “Logos”, ele vai nos dizer. Tenho novidades para ele. Agora, esses homens assim como ele, esperam que Rhema seja simplesmente letras escritas ou sons falados, enquanto que Logos deve ser uma expressão que transmita muito mais do que isso até mesmo na medida em que isso seja uma manifestação e revelação e expressão de Deus.

 29                Agora, isso em parte é verdade, mas realmente não é verdade. Agora, vamos para a Bíblia e descobriremos. Vamos em primeiro lugar ver o intercâmbio dessas palavras. E você descobrirá que você não pode vir com uma versão concordante, o que significa dizer que as pessoas que tentam tornar cada palavra na Bíblia dizerem a mesma coisa a cada momento, quando não há tal coisa na Bíblia grega e hebraica, onde uma palavra poderia significar 17 a 30 vezes diferente de acordo com o que você está falando. Agora, se não é necessário uma revelação divina, diga-me o que necessário.

 30                Certo, Efésios 3:1-3.

Por esta causa eu, Paulo, sou o prisioneiro de Jesus Cristo por vós, os gentios; se é que tendes ouvido a dispensação da graça de Deus, que para convosco me foi dada; como me foi este mistério manifestado pela revelação, (como antes vos escrevi em poucas palavras).

Agora, isso é Rhema. “Escrevi em poucas palavras, quebrei o silêncio, eu me comuniquei, eu coloquei os meus pensamentos”, ele os expôs, ele os disse em palavras.

 31                Agora vamos voltar para o evangelho de João 3:34.

Porque aquele que Deus enviou fala as palavras (Rhema) de Deus; pois não lhe dá Deus o Espírito por medida.

Essa palavra é Rhema, não há nenhuma dúvida sobre isso. Isso é “quebrar o silêncio”, simplesmente derramando. Certo, mas observe em João 14:23.

Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém Me ama, guardará a Minha Palavra (Isso é Logos)

 32                Qual é a diferença então entre João 3 e este? Você diz: “Bem, eu creio que em um lugar isso poderia ser uma revelação”. Isso é apenas uma suposição. É isso que Deus diz? Vamos para Mateus, capítulo doze, e vamos percorrer através de algumas palavras. Agora, nós poderíamos tomar centenas e centenas de palavras aqui; nós não vamos fazer isso.

 33                Mateus 12:32.

E, se qualquer disser alguma palavra contra o Filho do homem, ser-lhe-á perdoado;

Essa palavra é Logos. Você poderia pensar que essa palavra teria que ser Rhema. Bem, você poderia dizer: “Bem, este homem deveria saber melhor, mas de qualquer maneira ele não sabe. Ele tem algumas dicas, mas ele recua nisso. Portanto ele sabe que a Palavra é Logos”. Você poderia dizer isso, mas você não pode provar.

 34                Vamos para o versículo 36.

Mas eu vos digo que de toda a palavra [Rhema] ociosa que os homens disserem hão de dar conta no dia do juízo.

Então, por que não é Logos? Porque isso permite que você saiba que você deveria ter mantido sua boca fechada, e é melhor você manter a boca fechada, mas você abriu a boca de qualquer maneira.

 35                Vamos para Mateus 13:19.

Ouvindo alguém a palavra do reino, e não a entendendo, vem o maligno…

Isso é Logos. Agora, isso para mim teria que ser Rhema, e ainda assim por outro lado você diz: “Bem, é Logos, porque não há entendimento”. Versículo 20:

O que foi semeado em pedregais é o que ouve a palavra, [Logos] e logo a recebe com alegria;

Bem, ele poderia ter conseguido um pouco de percepção, mas ele jogou ao mar. E isso não pode ser uma verdadeira revelação. Você diz: “Isso deve ser Rhema”. É Logos.

 36                [Mateus 13:22-23]

Mas não tem raiz em si mesmo, antes é de pouca duração; e, chegada a angústia e a perseguição, por causa da palavra, logo se ofende; (Isso é Logos) E o que foi semeado entre espinhos é o que ouve a palavra, mas os cuidados deste mundo, (sacudir isso fora; isso é Logos. Elas…) sufocam a palavra, (Isso é Logos) …Mas, o que foi semeado em boa terra é o que ouve e compreende a palavra; e dá fruto… (Agora, isso é Logos)

 37                Você diz: “Bem, tudo isso depende de que fundo é”. E isso poderia ser verdade, mas você não pode provar isso. Em outras palavras, eu estou tentando mostrar aqui que não existe tal coisa como alguém determinar uma regra dura e rápida como as pessoas tentam dizer a você, e vem atrás de você e tentam interpretar o irmão Branham para você. Porque você não pode fazer isso com a Bíblia. Vamos para João 1:1. Agora, há dezenas deles, estou apenas – apenas percorrendo através de alguns destes. Há mais de trinta só no livro de Atos. Trinta e cinco vezes é “Logos” e você pensa que deveria ser “Rhema”.

 38                João 1:1.

No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a Palavra era Deus. (Logos.) …E a Palavra se fez carne, e habitou entre nós, (Logos)

[João 2:22] Quando, pois, ressuscitou dentre os mortos, os Seus discípulos lembraram-se de que lhes dissera isto; e creram na Escritura, e na palavra que Jesus tinha dito. (Logos)

[João 4:41] E muitos mais creram por causa da Sua palavra. (Logos. Agora a questão é, apenas conversando, quebrando o silêncio. O versículo 50) Jesus disse: Vai-te, o teu filho vive. E o homem creu na palavra que Jesus tinha dito. (Logos. Você pensa que deveria ser Rhema).

 39                [John 5:24]

Em verdade vos digo que quem ouve a Minha palavra, e crê naquele que Me enviou, tem a vida eterna, (Isso também é Logos. O versículo 38 também é Logos) E a Sua Palavra não permanece em vós, porque naquele que Ele enviou (você não crê Nele) não credes vós.

 40                João 14:24 …Isso foi Logos. Todos estes são Logos. No entanto nem todos de João são Logos:

Quem não Me ama não guarda as Minhas palavras; ora, a palavra que ouvistes não é Minha, mas do Pai que Me enviou.

Isso é Logos. Novamente isso poderia ser absolutamente Rhema.

 41                Vamos a Atos capítulo 4:4.

Muitos, porém, dos que ouviram a Palavra creram, (outra vez que você tem Logos. Versículo 31) Eles falaram a Palavra de Deus com ousadia. (A mesma coisa. Em Atos 6:2 você pensaria que isto seria Rhema:) Não é razoável que nós abandonemos a Palavra de Deus para servir às mesas.

 42                Isso poderia ser qualquer um que você pensasse. Trinta e cinco vezes é “Logos” no livro de Atos e duas vezes é “Rhema”. Vemos que nós simplesmente não podemos formar uma regra, mas nos deparamos com o fato de que Rhema é muito mais do que letras ou sons audíveis e inteligíveis por escrito. Isso mesmo. Você tem que colocá-lo em um nível superior e básico. Só um versículo confirma ser isso cem por cento verdade. Vamos para João 6:63 e lemos.

O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as Palavras (Rhema) que Eu vos falo são espírito e são vida.

“As Palavras, Rhema, que Eu falo são espírito e vida”.

 43                Jesus disse o Rhema ou o som significante. Não apenas o som agora, mas ele tem que ser discursivo. Ele tem que ir além de uma quebra de silêncio – isso é chamado de Rhema. Ele disse isto posterior a e na necessidade da primeira metade do versículo 63. “É o espírito que vivifica, a carne para nada aproveita. A Rhema que Eu falo”. Agora tome o 63a; “é o espírito que vivifica e a carne para nada aproveita”, e vai de volta a Mateus 16:13-18.

 44                E, chegando Jesus às partes de Cesaréia de Filipe, interrogou os Seus discípulos, dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do homem? E eles disseram: Uns, João o Batista; outros, Elias; e outros, Jeremias, ou um dos profetas. Disse-lhes Ele: E vós, Quem dizeis que Eu sou? E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas…

“Tua carne e sangue não significam nada. Eles não têm nenhum proveito, eles não têm nada a ver com isso, porque não revelaram nada a você, nem a Minha vida, nem as Minhas ações, e nem uma coisa sequer que Eu já disse, embora Eu fiz, e Eu faço, e Eu digo que tudo isso iria ao mar se não houvesse algo que lhe desse a capacidade de apreender isto”.

 45                Agora lembre-se que Ele está dizendo a Pedro que Pedro nada tem em si mesmo que fará isso. Assim, portanto, tem que haver algo na Palavra que esteja fazendo isso, [“Amém”] porque isso tudo que Pedro conseguiu foi Rhema. Agora, ele não tinha nada ali que fizesse qualquer coisa. Então havia algo no que ele tinha que fez algo. Você me entende? Não? Quantos não? Ele disse: “Pedro, carne e sangue…”. Ele disse: “Você nunca teve isso por si próprio”. Como ele conseguiu isso? Você diz: “Bem, Deus lhe deu alguma coisa”. Bem, eu não creio nisso neste ponto porque você pode ter uma pessoa que esteja falsamente ungida; ela terá uma verdadeira unção e ela verá um monte de coisas – mas ela não pode ver tudo.

 46                O que eu afirmo é isto aqui que Jesus disse: “A Palavra que Eu vos disse são espírito e são vida”. É a palavra Rhema, e isso quer dizer algo. E essa palavra tem dentro de si a capacidade, porque você é semente, para dar a você uma revelação e que, se você é semente, sem essa Palavra você não adquire uma revelação. Agora, é para isso que eu estou olhando aqui, eu estou colocando os dois juntos e eu não creio que eu esteja chegando a nada.

 47                Agora Ele disse aqui: “Meu Pai o revelou”. De que maneira Ele teve que revelar isso? Pelo Espírito dentro da Palavra. Agora, isso deveria estar fazendo alguma coisa. Vê? Entendimento.

…mas Meu Pai, que está nos céus. Pois também Eu te digo que tu és Pedro…

E assim por diante. Agora, vamos chegar a algum lugar de entendimento disso. Talvez você não entenda, mas eu entendo. Então você pode ver que Rhema e Logos estão literalmente intercambiáveis ​​na Palavra de Deus. Eles estão! E disso entende-se que o irmão Branham, (e ele o fez) ele equiparou a Palavra com ambos Logos e Rhema. Agora, passe por suas fitas e você descobrirá isso porque isso está confuso. Sua mente vai dizer: “Bem, isso deve ser Logos. Como é que o sujeito está tomando Rhema aqui, palavra falada, e igualando-o à pessoa?”. Porque nós usamos para conhecer Jesus segundo a carne – nós não conhecemos mais segundo a carne, é somente segundo o Espírito! E é a Palavra que tem o Espírito – que tem a vida.

 48                Agora, simplesmente fique comigo. Veja, eu não estou preocupado com essas aves que correm por todo o país dizendo que o irmão Branham cometeu um erro e que existe um grande sujeito para se ouvir. Não dê ouvidos a esses cérebros de aves. Eles não são cérebros de águias, eles são cérebros de pardais ou algo do tipo – abaixo do estrume de cavalo. [“Amém”] Lembre-se, corvos e abutres podem comer lá embaixo no poço. A pomba não consegue fazer isso. Não dê ouvidos a esses sujeitos que querem te puxar para fora do profeta e que possuem algumas de suas próprias ideias. Fique bem firme com a Palavra de Deus e eu estou tentando mostrar-lhe como o irmão Branham literalmente levou Rhema e Logos alternadamente da mesma forma que os profetas. Porque ele foi um profeta e ele é um profeta e ele nunca irá mudar. Ele voltará aqui e se William Branham pudesse estar aqui, ele teria que ficar aqui e concordar que isso que eu estou lhe dizendo é a verdade sobre uma base; vá a cada um de seus sermões e verá que ele usa isso alternadamente.

 49                Ouça irmão e irmã, a Palavra de Deus é a Palavra de Deus. [“Amém”] Vista isso da maneira que quiser e aplique de qualquer maneira que você queira, Ela ainda assim dirá a mesma coisa. O irmão Branham as usou alternadamente. O homem nunca foi relutante para fazer de Rhema Jesus o Cristo, assim como ele fez com o Logos. Em outras palavras, ele disse: “Rhema, a Bíblia é a forma impressa”. Ele levaria Jesus e faria Dele a forma do corpo físico. Assim como a Coluna de Fogo – toma Rhema e a joga direto em um Logos. Foi exatamente isso que ele fez. Ele estava exatamente correto e devemos estar corretos com ele.

 50                É evidente que tanto Rhema como Logos são partes da mesma Onisciência e Onipotência. Ou você acha que alguma vez Deus iria quebrar o silêncio com qualquer coisa senão com o que estava dentro Dele? Ora, você diz: “Agora, só um minuto. Deus falou daqueles reprovados no porvir”. Isso mesmo, Ele falou deles no contexto do que Ele disse a respeito de Si mesmo e de Seu grande plano para a Sua Noiva. Mas Ele nunca falou deles como Ele falou para você e para mim. [“Sim”; “Isso mesmo”] Certo, eles estão aqui.

 51                Vamos voltar a João 6:63b novamente. Vou ter que mexer muito rápido se eu quiser deixar isto pronto. Bem, apenas ore sobre isso. Aqui diz:

…As Palavras que Eu vos disse (as palavras que Eu falo) são espírito e vida.

Aqui Jesus disse que Sua Rhema era Numa e Zoe. “Espírito” é Numa, e Zoe é a vida, literalmente, desde que Numa significa Espírito, ou força, ou poder; e Zoe abraça todas as formas de vida que se manifesta. Jesus está categoricamente, dizendo: “Minhas Palavras contem o poder de criar e de manifestar, ou recriar, ou formar e reformar, e manifestar, e, progressivamente, por isso, quando indicou qual era a intenção antes que Eu As falasse, e ao falá-Las Elas não podem evitar de levar adiante essa intenção”.

 52                Agora, esse não é um advogado da Filadélfia. Ouça novamente. Estes são… isso são as palavras que eu escrevi aqui. Jesus está dizendo: “Minhas Palavras contêm o poder de criar e manifestar, ou recriar, ou reformar, e manifestar o que a intenção era antes que Eu As falasse, e ao falá-Las Elas não podem evitar de exceto trazer essa intenção”.

 53                Agora, se você não crê nisso vamos para o livro de Isaías 55:9-11. Vamos ver que isso é exatamente verdade.

Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os Meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os Meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos. Porque, assim como desce a chuva e a neve dos céus, e para lá não tornam, mas regam a terra, e a fazem produzir, e brotar, e dar semente ao semeador, e pão ao que come, assim será a Minha Palavra, que sair da Minha boca; Ela não voltará para Mim vazia, antes fará o que Me apraz, e prosperará naquilo para que A enviei.

Agora, Ele disse: “As Minhas Palavras têm em Si o poder absoluto que, assim como Eu As falo, não há nenhuma maneira Delas não poderem vir à tona”. [“Amém”] Isso é Rhema, com certeza. De Rhema vai para Logos.

 54                Agora vamos parar e pensar:

1 – Uma vez que estas palavras Rhema estão cheias de espírito e de poder nós perguntamos: “Quem é o Espírito que está nessas palavras?”. Eu te pergunto: será que isso é algum espírito que Deus criou, ou é o próprio Espírito de Deus? Bem, não é difícil de entender que é o Espírito de Deus que é a Sua própria Palavra, se você quiser deixar o seu pensamento seguir e crer em Deus.

 55                Porque é necessário um pouco que você deixe o seu pensamento seguir e creia nisso, tão fétido quanto você e eu somos, e nós olhamos para muitos espelhos de três ângulos, tanto externa quanto internamente e nós temos chegado a muitas e muitas faltas. [“Amém”] Mas lembre-se, até mesmo em Jesus nada havia para se olhar. Ele tampouco tinha a forma que eles queriam. Pode então você determinar o testemunho de Deus de que você estava em Deus? Que vocês como maus pensadores, com esses pensamentos de adultério e praticando isso, e pensamentos de cobiça e praticando isso, e pensamentos pensados que eram vulgares e que eles os pensaram, e pensamentos de mentiras e que as disseram, pensamentos de coisas ruins e que as fizeram, pensamentos para roubar e que roubaram… você acha que por um minuto você poderia ser uma parte de Deus? Bem, se você não fosse você não nunca chegaria lá, [“Amém”] pois lembre-se, os filhos caíram, [“Amém”] caíram, e estavam sem Deus e sem esperança. Os filhos separados dos pais… Sem Pai por seis mil anos, sem Ele.

 56                Agora, visto que essas palavras Rhema estão cheias de espírito ou de poder, nós perguntamos: que espírito estava nela? O Espírito de Deus. O mesmo como você e eu temos um pequeníssimo, nem mesmo uma cabeça de alfinete, mas um pequenino ponto da vida de Deus. Essa foi a poeira de estrela para a nossa alma que nos trouxe aos genes e cromossomos de Deus para produzir um corpo glorificado em Seu próprio tempo, em Seu próprio propósito que mostraria a glória e o esplendor de Deus como nada mais pode, pôde ou poderá.

 57                Agora, isso está além de seu raciocínio. Isso está além de seu pensamento. Então, não se incomode em pensar – pedir por uma revelação. Então você pode entender sobre o que eu estou falando. Pode o Espírito de Deus estar em Suas Palavras? Um Espírito literal estar nessas Palavras? Eu sei que você vai: “Blá, blá, blá. Como pode Deus estar em um pedaço de papel? Blá, blá, blá”. Eu sei que isso faz você… Simplesmente cale-se e diga: “Sim, Senhor, é dessa maneira que é”, porque você não chegará à primeira base até que você faça isso.

 58                Lembre-se que eu comentei com você várias vezes quando o irmão Branham disse: “O Alarido é a Mensagem”. Eu disse: “Irmão Branham, de jeito nenhum”. Então eu disse: “Quando que alguma vez ele errou?”. Voltei para uns vinte e tantos anos atrás quando o irmão Branham se foi de nós. Vinte e cinco anos desde a abertura dos Selos. Vinte e três anos após desde o tempo de sua morte. No dia 4 de dezembro em Yuma, Arizona, ele pregou sobre as condições do “Arrebatamento”. Quem poderia acreditar? Quem poderia entender? Hoje é sopa de pato – perdão, eu não deveria usar essa expressão, mas eu uso termos vulgares para fazer você entender mais fácil. É simplesmente cristal claro e um milhão de vezes mais belo do que os diamantes brilhantes deste mundo.

 59                Da necessidade o Espírito é o próprio Espírito de Deus. As palavras, portanto, são o canal de Deus na forma do Espírito Santo. As palavras, embora Rhema, na verdade é Logos.

60                2a – Deus tem um propósito em Sua mente que Ele estabelece em palavras que transmitem essa finalidade.

61                2b A expressão delas inicia e sucede para esse fim. Ou seja, Deus diz a você Rhema, palavra por palavra o que Ele quer, e nessa Rhema, segundo se você é de Deus ou não, com o Logos; quero dizer que a Vida começará a operar e produzir a promessa que ela tem que produzir na humanidade.

 62                3 Certamente que nós entendemos que as palavras de Deus somente são operadas sobre aqueles a quem é dado – que são as ovelhas, não para as não-ovelhas. Você não pode ouvir aquelas palavras quando Jesus disse aos fariseus: “Vocês não podem ouvi-las porque vocês não possuem espaço em seus corações para elas”.

 63                4 – Os três primeiros princípios agora nos colocam em posição de ver que Rhema, ou a Rhema de Deus, pode se tornar o verdadeiro Logos de Deus no crente que só pode receber essa Palavra de qualquer promessa que é dada. Agora nós estamos falando de… não da dívida agora, porque muitas pessoas se agarrarão pela fé às Palavras de Deus em uma promessa, e isso só se torna uma dívida para com eles, vamos mostrar-lhe isso. Ele ou ela receberá essa Palavra no Espírito, agora observe, ele ou ela receberá essa Palavra no Espírito de que é dado, para compreendê-la e vê-la, e produzir na vida dele ou dela.

 64                Agora, essa é uma afirmação muito forte que eu fiz na qual eu quero que você permaneça comigo. Agora, eu poderia perder você muito rápido aqui e eu não quero perder você. Estou falando de um certo espírito e você pode chamá-lo de atmosfera se você quiser para fluir sobre você. Uma determinada coisa que é inata dentro dela, que é causativo nesta condição em particular, ou na área da promessa da qual não poderia ser causativa em outra área. É o que estou tentando dizer a você. Se você está cheio até as guelras já com sua…?… e de todos os doces bons que você acumula, depois você não poderá mais dar nenhuma mordida, e se alguém traz um sorvete de casquinha, você estará sem nenhum espírito para comer aquele sorvete. Assim é com as promessas de Deus. Vê? Agora, apenas observe, nós falaremos sobre isso de uma forma até um pouco mais completa.

 65                5 – Assim, vemos mais uma vez a injunção do irmão Branham, “Entre no espírito” de tudo o que o espírito está produzindo, seja qual for a promessa para a hora, ou qualquer promessa que seja boa em qualquer hora e somos apresentados a isso. Agora, deixe-me ler isso de novo. Assim nós vemos que esse é o princípio número cinco, a injunção do irmão Branham, “Entre no espírito”, de todo o espírito que estaria condicionado à promessa. Agora, você não pode ter uma promessa, uma promessa feita a você: “Eu lhe darei um sorvete de casquinha agora para que você esteja tão cheio até às guelras que você explodiria se você desse mais uma lambida”. Mas eu poderia dizer: “Agora que você está mais cheio, sabe, como você não deveria estar, e como você dificilmente pode caminhar, heh, eu tenho uma promessa de um carro para te levar para casa”. “Posso aceitar isso”, isso é um espírito totalmente diferente. Você entende o que eu estou dizendo? Apenas fique comigo, vamos tentar chegar a algum lugar.

 66                Tudo bem agora, lembre-se dos quatro animais. Os quatro espíritos diferentes. Um deles era o espírito de leão, um era o espírito de boi, um era o espírito de homem e agora é o espírito da águia. Certo. Então temos estes cinco princípios estabelecidos aqui sobre os quais falamos. Veja, pare e pense sobre essas cinco principais coisas que eu disse.

 67                1 – A Rhema de Deus está cheia do Espírito de Deus – apenas deixe-a aí. Não faça nada se ela atingir a pessoa errada. Apenas deixe-a aí.

 68                2 – Deus tem algum propósito em mente quando Ele apresenta a coisa por escrito ou falado para nós. Ele teve que iniciar o que Ele quer que aconteça.

 69                3 – Nós entendemos a Palavra de Deus quando falamos Dela somente para os crentes, embora os incrédulos possam obter uma parte Dela.

 70                A terceira coisa [Provavelmente o ir. Lee Vayle quis dizer a quarta – Ed.] que vimos foi que nós estamos agora em posição por causa desse Espírito dentro da Palavra e nós sendo o tipo certo de terra em que o Senhor plantou a semente, e Ele está regando isso, para que a Palavra tenha que voltar para Ele. E isso então dependeria se agora poderíamos traduzir Rhema em Logos. Em outras palavras, trazer isso em nossas vidas.

 71                5 – Assim, vemos mais uma vez a injunção do irmão Branham para entrar no Espírito. Agora temos que entrar no Espírito, porque você vê que há um Espírito na Palavra. [“Amém”] O que é a Palavra? O que é o Espírito ou a atmosfera contingente à Palavra? É uma promessa da hora? Se é uma promessa da hora, então é melhor nós entrarmos no espírito da Nova Jerusalém. Entre no espírito de Elias – não para ser Elias, mas para entrar no espírito de Elias, para entrar no espírito da águia, para começar a se mover dentro disso. E a partir daí, nós estamos falando pastoralmente agora, não academicamente, mas de forma estritamente pastoral, que é fundamentalmente uma proposição literal que pode ser trabalhado. Nós agora podemos aplicar isso a todas as promessas que Deus tem para nós, que nos é dada e que tem sido dada através dos tempos.

 72                Então, nesses cinco, agora, esse é o número da graça – simplesmente caiu assim. Nestas cinco declarações quero levar-nos a uma entrada para o espírito do que Deus tinha em Sua mente, ou o propósito em Sua mente, quando Ele nos deu várias promessas. Em outras palavras, Deus estava como que de bom humor quando nos deu uma certa promessa aqui, estava disposto a suprir algo nesta área. Então Ele estava disposto a suprir algo nesta área. Então Ele estava de bom humor, por assim dizer, para suprir algo nesta área. Na verdade Ele estava no Espírito e do Seu Espírito vieram as palavras que iriam iniciar e começar o que você e eu poderíamos ter a partir da própria intenção de Deus em nossas vidas. Vê? E um espírito estava por detrás dessa – dessa intenção de Deus. Será que você captou isso? A intenção de Deus. O espírito de um cão é a intenção de trazer um cão. O espírito de um homem é a intenção de trazer um homem. O espírito de uma vaca – todos eles tem espíritos – é a intenção de trazer uma vaca. Certo.

 73                Então com essas cinco afirmações, eu quero levar-nos a entrar no espírito do que Deus tinha em mente ou o propósito em Sua mente, quando Ele nos deu várias promessas. O que eu estou dizendo é que há um espírito especial que dirige a nossa fé, cuja fé já temos de Deus. Uma medida da fé que está bem em 2 Tessalonicenses. Podemos usar essa fé de Deus na medida em que Ele nos deu de modo que com a Sua fé designada, e Sua Palavra, e o espírito de direção – que é a Sua própria motivação, o que Ele tem intencionado, o que Ele tinha em mente – possamos receber a promessa.

 74                Agora vamos para Romanos capítulo 12 e veremos de certo modo isso.

Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos… (e assim por diante e assim por diante. Agora ele diz lá no versículo 3) Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um.

 Agora, cada um tem uma medida de fé. E ainda por cima a medida de fé que você tem é uma fé específica para os dons, pois diz aqui [no versículo 6]:

…se for profecia, que seja segundo a fé.

 75                E eu vou lhe dizer isso: é preciso muito mais fé para profetizar do que para falar em línguas. Qualquer pessoa pode falar em línguas, exceto que você se levante e positivamente sabe que você irá falar de eventos que devem acontecer. Pphst! Garoto, fale sobre fé. Você está no ponto onde disseram ao irmão Branham: “Você nos colocou no ponto, irmão Branham”. Ele disse: “Não estarei no ponto o tempo todo eu mesmo?”. [“Amém”] Deixe-me dizer-lhe uma coisa, nunca desça da cadeira elétrica[1] com Deus. Portanto não pense que você irá fazê-lo. Agora, é preciso entrar no espírito da promessa e recebê-la. Todas as promessas são diferentes. Agora vamos dar uma olhada nisso para que você obtenha o quadro.

 76                Em 1 Coríntios 12:4.

Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo. E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo. (É o mesmo Espírito) E há diversidade de operações, (mas é o mesmo Espírito) Diferentes manifestações (mas é o mesmo Espírito) …Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; (e você recebe também fé, cura, milagres, mas é o mesmo Espírito).

 77                Pelo mesmo Espírito você tem várias promessas, mas a sua manifestação, ou a intenção para o que lhes é dada é diferente dentro de cada uma, embora todas elas operem juntas. Em outras palavras, quando a igreja está para se unir e ter uma obra de relacionamento com Deus através dos dons e do que você tem, como Deus estabeleceu para que cada crente deva estar integrado pelo mesmo Espírito de Deus, então ele pode entrar no Espírito da promessa daquilo que essa promessa lhe dá. Agora veja, eu ainda não toquei em nenhuma promessa, mas eu só estou te segurando sobre o fogo. Estou fazendo isso de propósito. Vê?

 78                Agora, se eu posso conhecer a Sua Palavra da promessa e o que Ele intentou por ela, o Espírito em que Deus a deu, você entende o que estou dizendo agora? O Espírito planejou, a mesma coisa, eu posso entrar nesse Espírito e a Palavra então será espiritual para mim e vivendo e produzindo na minha vida o que está prometido. Em outras palavras, essa Palavra pode fazer algo em mim e para mim, para tentar nos tirar do chão. Permita-me como de costume tornar-me bem físico na minha abordagem, e eu tenho que ser físico. E para fazer isso eu irei direto para o que estamos falando agora, entrando no Espírito da promessa da Palavra de Deus e eu estou tomando uma promessa específica. A primeira é… é 3 João, que é a epístola de João e o versículo é o dois.

Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas, e que tenhas saúde, assim como bem vai a tua alma.

 79                Isso é o que ele disse. E com isso iremos de volta aqui para Isaías 55:11.

Assim será a Minha Palavra, que sair da Minha boca; Ela não voltará para Mim vazia, antes fará o que Me apraz, e prosperará naquilo para que A enviei.

Agora, a Palavra de Deus, o Espírito de Deus, está nesta Rhema bem aqui. Aqui está uma Rhema. Aqui está uma Rhema que não é diferente de Logos, porque a intenção de Deus que é exposta aqui e no vaso respondendo à promessa, à intenção, o Espírito de Deus, neste caso produzirá isto. Tudo bem.

 80                Agora, aqui está uma vida que é para ser próspera. Ela só pode prosperar enquanto ela for a Palavra de Vida de acordo com Isaías 55:11, somente da forma como ela fará isso, mas ela o fará. A pessoa que tenta tornar essa promessa um processo da Palavra Viva, em um vaso santificado, deve conhecer a verdadeira intenção de Deus e em seu espírito desejar o seu cumprimento, e levar em conta o seu cumprimento com a verdadeira intenção, e nunca desejar o seu cumprimento sem a intenção. Certo.

 81                O que você diz quando que eu lhe entrego uma arma? Você é o meu menino de doze anos e eu digo: “Agora, filho, vou te dar essa arma para torná-lo um maravilhoso atirador. Tenho observado você e você se tornará muito eficiente, você vai se tornar um grande atirador”. E eu não sei se o pequeno gambá já está nas drogas. E ele diz: “Hum, hum, hum, quando eu conseguir essa arma do velho vou explodir a cabeça dele”. E ele tem a arma do velho e ele explode a sua cabeça.

 82                Você está pensando? Você realmente está pensando agora? Estamos falando de coisas espirituais agora? Agora eu estou ilustrando muito carnalmente, porque é a única maneira que alguma vez iremos ver isso. A pessoa que tenta tornar essa promessa um processo da Palavra Viva em um vaso santificado deve conhecer a verdadeira intenção de Deus e cumpri-la. Começando a partir de seu espírito ou ele poderia simplesmente provar que ele é uma semente falsa com uma unção. Isso não é necessariamente assim, mas temos de tomar cuidado para não tentar receber uma promessa sem a intenção de Deus, como diz em Mateus 7: “Nunca vos conheci, bando de bandidos imundos, que praticam a iniqüidade”. “Mas, Senhor, aquela mulher estava possuída por demônios e eu expulsei o demônio dela e olhe para a sua família saudável agora”. Ele disse: “Saia da Minha frente”. Tinha que haver alguma coisa errada com a intenção daquele homem. Não era a intenção de Deus ou Deus não poderia ter dito isso. Há algo errado em algum lugar. Vê? Ele diz: “Eu nunca vos conheci”.

 83                Agora, para começar em 3 João 2, onde lemos.

Desejo que te vá bem em todas as coisas, e que tenhas saúde, assim como bem vai a tua alma.

E lá em Isaías 55:11 Ele diz aqui.

Assim será a Minha Palavra, que sair da Minha boca; Ela não voltará para Mim vazia, antes fará o que Me apraz,

Ora, Deus não envia a Sua Palavra e depois fala em Se agradar. Ele já está falando em Se agradar antes que Ele envie a Sua Palavra. Então Ele envia a Sua Palavra sob a condição de que nós nos agradamos de nosso Deus. Você diz: “Senhor, eu quero entrar no Seu prazer”. Bem, Ele disse: “Meu prazer é a Minha Palavra do jeito que Eu queria que Ela fosse entregue e sob as condições que Eu tinha em mente”. E o que é que Deus tem em mente? E nós estamos falando de coisas numéricas.

 84                Então vamos voltar agora a Lucas capítulo 12. Certo. E nós vamos ler os versículos 16-34; é uma pena ler tanto assim, mas nós precisamos.

E propôs-lhe uma parábola, dizendo: A herdade de um homem rico tinha produzido com abundância; e ele arrazoava consigo mesmo, dizendo: Que farei? Não tenho onde recolher os meus frutos. E disse: Farei isto: Derrubarei os meus celeiros, e edificarei outros maiores, e ali recolherei todas as minhas novidades e os meus bens; e direi a minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e folga. Mas Deus lhe disse: Louco! Esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus.

 85                Isso diz a você bem aqui de que há algo sobre as finanças, há algo sobre a materialidade de que você pode ser rico para com Deus apesar do fato de que tudo irá explodir e ser queimado – mas tudo irá voltar!  Você ouviu isto? Perecem pelo uso, mas tudo irá voltar. O que você faz com as coisas materiais? O que eu estou fazendo? Isso faz você pensar, não é? Faz você pensar. Bem, eu acho que nós não pretendemos perguntar muito disso. Vamos continuar a leitura.

 86                E disse aos Seus discípulos: Portanto vos digo: Não estejais apreensivos pela vossa vida, sobre o que comereis, nem pelo corpo, sobre o que vestireis. (Mas você ainda tem de fazê-lo. Mas Ele está falando agora de princípios mais elevados. Ele disse:) Mais é a vida do que o sustento, e o corpo mais do que as vestes. Considerai os corvos, que nem semeiam, nem segam, nem têm despensa, nem celeiro, e Deus os alimenta; quanto mais valeis vós do que as aves? E qual de vós, sendo solícito, pode acrescentar um côvado à sua estatura? Pois, se nem ainda podeis as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras? Considerai os lírios, como eles crescem; não trabalham, nem fiam; e digo-vos que nem ainda Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como um deles. E, se Deus assim veste a erva que hoje está no campo e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pouca fé? Não pergunteis, pois, que haveis de comer, ou que haveis de beber, e não andeis inquietos. Porque as nações do mundo buscam todas essas coisas (os gentios); mas vosso Pai sabe que precisais delas. Buscai antes o reino de Deus, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não temais, ó pequeno rebanho, porque a vosso Pai agradou dar-vos o reino. Vendei o que tendes, e dai esmolas. Fazei para vós bolsas que não se envelheçam.

 87                Por que, em nome do bom senso, você precisa de sacos que não envelhecerão se você vai dar isso tudo? Ele está dizendo que você pode usar essas coisas da maneira certa e acumular tesouros, e dar glória a Deus. Desenvolver o caráter real e mostrar que você é um verdadeiro filho de Deus. Ele diz: “Porque onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração”. Então se o meu coração vai usá-los para um tesouro, eu tenho que saber por que Deus os deu, para começar, e como devo lidar com isso. Então eu procuro receber e lidar e eu tenho um tesouro. Esta lição nos ensina exatamente o que está errado. Este homem bem aí.

 88                Agora vamos descobrir a verdade. Agora, para começar, onde nós deveríamos ir pela verdade? Bem, quem é o nosso pai? Abraão. Ah, estamos de volta a Melquisedeque. Como poderíamos fazer uma coisa como essa? Como poderíamos sempre encontrar uma Escritura que o irmão Branham fala? Sempre, sempre, nós nunca cometemos um erro. Cometemos? Gênesis 14:14-24.

Ouvindo, pois, Abrão que o seu irmão[2] estava preso, armou os seus criados, nascidos em sua casa, trezentos e dezoito, e os perseguiu até Dã. E dividiu-se contra eles de noite, ele e os seus criados, e os feriu, e os perseguiu até Hobá, que fica à esquerda de Damasco. E tornou a trazer todos os seus bens, e tornou a trazer também a Ló, seu irmão, e os seus bens, e também as mulheres, e o povo. E o rei de Sodoma saiu-lhe ao encontro (depois que voltou de ferir a Quedorlaomer e aos reis que estavam com ele) até ao Vale de Savé, que é o vale do rei. E Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; e era este sacerdote do Deus Altíssimo.

 89                E Abraão bem diante da presença de Deus, en morphe, foi abençoado por este grande sumo sacerdote, o próprio Deus em forma humana e Ele tinha os símbolos do vinho, Ele tinha vinho e pão, significando o símbolo do corpo partido e do sangue derramado. E este grande sumo sacerdote abençoou e disse.

Bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, o possuidor dos céus e da terra;

 90                Agora ouça, ele trouxe Deus direto até o quadro aqui quando esse homem voltou com todos esses bens e “Ele foi triunfante após o calor da batalha”, disse o irmão Branham. E ele abençoou Abraão…

E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo.

 91                Agora, eu vou parar… você pensou que eu ia parar aí, mas eu não parei por aí. Estou lendo.

E o rei de Sodoma disse a Abrão: Dá-me a mim as pessoas, e os bens toma para ti. Abrão, porém, disse ao rei de Sodoma: Levantei minha mão ao Senhor, o Deus Altíssimo, o possuidor dos céus e da terra, jurando que desde um fio até à correia de um sapato, não tomarei coisa alguma de tudo o que é teu; para que não digas: Eu enriqueci a Abrão.

 92                Ele disse: “Olhe, vou te dizer uma coisa. Sem truques, sem jogar duro, sem ser duro e rígido; se Deus não fizer isso, isso não será feito. [“Amém”] Se Deus não provê de acordo com a Palavra de Deus, de acordo com as normas, da maneira que Deus estabeleceu para que eu entre, vou levantar minha mão agora e dizer: ‘Vou lhe dizer uma coisa, estou tomando minha posição aqui, eu seguirei o Seu caminho’, porque eu já levantei a minha mão para Deus e disse: ‘Deus, eu compreendo a Tua Palavra, sei do que se trata a materialidade’.” E aquele homem foi, talvez, o homem mais rico do seu tempo. Agora, não seja ganancioso – você já acabou de perder isso bem aí. Você estragou tudo, [“Amém”] simplesmente estragou tudo. Dedicação para confiar em Deus é o número um. Tome ninguém menos do que Deus que supre, embora nós tenhamos que trabalhar duro para isso, como Abraão trabalhou, sem artifícios. Entre no espírito da coisa. Saia do espírito disso. Você tem que trabalhar duro.

 93                Vamos ler o próximo, Gênesis 15:1-4.

Depois destas coisas veio a Palavra do Senhor a Abrão em visão, dizendo: Não temas, Abrão, Eu sou o teu escudo, o teu grandíssimo galardão. Então disse Abrão: Senhor Deus, que me hás de dar, pois ando sem filhos, e o mordomo da minha casa é o damasceno Eliezer? Disse mais Abrão: Eis que não me tens dado filhos, e eis que um nascido na minha casa será o meu herdeiro. E eis que veio a Palavra do Senhor a ele dizendo: Este não será o teu herdeiro; mas aquele que de tuas entranhas sair, este será o teu herdeiro.

 94                Tudo bem? Não parem por aí. Vá para Gálatas, porque você tem que colocar os dois juntos. Você tem que unir com Gálatas 6:6-10.

E o que é instruído na palavra reparta de todos os seus bens com aquele que o instrui. Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; (Assim como fez aquele sujeito em Lucas.), mas o que semeia para o Espírito do Espírito colherá a vida eterna.

 95                E ele disse: “acumule tesouros para Deus, da mesma forma, com as mesmas coisas que aquele homem não conseguiu fazer”. Veja, ele falhou no caminho certo. Ele pegou o caminho errado, mas ele tinha as mesmas coisas. Vê?

E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido. Então, enquanto temos tempo, façamos o bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé.

 96                E Abraão disse: “Eu não darei nada além de minha própria casa e Eliezer é uma parte dela e eu não quero dar isso a ele. Quero dar isso ao meu filho”. Tudo bem, se examinem a si mesmos. O que vocês já fizeram pela Noiva de Jesus Cristo? Eu estou olhando para mim mesmo também, mas você tem que olhar para si mesmo. Eu olharei para mim, e é melhor você olhar para si mesmo. Quais foram os seus pensamentos sobre o seu salário, sobre o que você ganha e tudo o mais nesta vida? O que você já pensou sobre a igreja? Alguns de vocês gastam dinheiro com os seus filhos, dividem e tudo que eles podem fazer é dividir coca e tudo mais e ir direto para o inferno e vocês não pensariam em fazer muito por um filho de Deus. Vou lhe dizer bem na sua face, eu lhe conheço.

 97                Esta igreja aqui irmão, é mais do que a sua carne e sangue. Deixe-me dizer-lhe, seus maiores pontos fortes são sempre as suas maiores fraquezas e algumas pessoas aqui têm o maior ponto forte de serem bons pais e isso irá te destruir. Você não pensou que eu pregaria dessa forma, não é? Eu tive meus olhos em você. Eu não estou brincando, e eu não estou brincando comigo mesmo. Eu te olharei bem nos olhos. Eu não tenho medo de ninguém, de nenhuma maneira, meio e forma. Eu já passei por isso. Posso sair desta cena hoje e realmente pedir para que os meus filhos sejam deixados (…) e eu coloquei esta igreja e os filhos de Deus à frente dos meus filhos. Então, se a necessidade viesse pela graça de Deus nós pagaríamos toda a dívida desta igreja para que você pudesse ser livre.

 98                Agora, eu não estou aqui me gabando de nada. Vamos deixar isso bem claro, se você acha que eu estou apoiando Lee Vayle e não simplesmente fazendo uma ilustração então eu apertarei sua mão esta manhã e nos despediremos porque eu estou acabado. Estou apenas dizendo a verdade. Você não vive para si mesmo materialmente, ou você morre. Como vocês abrem seus lares? Quão hospitaleiros? Agora você aprendeu boas lições aqui. A casa de Lloyd tem sido como a minha casa, treze de fundo, pessoas de parede a parede. Normand teve cinco meninas, cabelos de parede a parede. [Risos – Trad.] Onde está a pobre Ruthy? Dave, cabelo de parede a parede. Certo? Em breve, chegando. Ótimo! Que o Senhor te abençoe. Precisamos dessas meninas, tenho muitos homens. Agora mulher, está você ensinando suas filhas a amarem os seus maridos, ou você as está deixando sair pelo mundo e viver no pecado? Você as acaricia e diz que está tudo bem? Vamos lá, eu estou falando com você esta manhã. Este é Trono Branco e você se senta aí como se eu estivesse brincando com você. Eu não estou brincando com você.

 99                Vamos para Efésios 4:28.

Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, (para que ele possa se ​​acumular de dinheiro e ter um grande momento com a família e não precisar de nada? Não.) para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade.

 100            Você diz: “Irmão Vayle, Jesus disse: ‘Vocês sempre têm os pobres, eles estarão sempre por aí’.” Sim, mas meu irmão e minha irmã, quando o povo de Deus começar a aplicar as leis de Deus corretamente, algo começa a acontecer, onde as necessidades serão satisfeitas sob coação, como na fome; mas quando não há fome todos deveriam trabalhar a fim de ter algo para dar a alguém. [“Sim”] Em outras palavras, a generosidade é uma das marcas auriculares do cristianismo. E você pode aprender a ser generoso e quando você pratica um tempo eu vou telefonar para minha irmã e direi: “Você se importaria de ler trinta ou quarenta manuscritos de pessoas para ver se elas praticaram correto, para ver se elas tem a generosidade em seus sistemas?”. Posso sorrir para você, mas eu estou te dizendo a verdade querida, eu não estou falando em rodeios e brincando.

 101            Você pode chegar ao dia em que o seu espírito será do jeito que era o Espírito de Deus porque há um Espírito nessa Palavra, e o Espírito Santo é literalmente intenção. Você pode até mesmo, irmão e irmã, sair para matar se você puder provar que você não tinha a intenção de fazer isso. Como você gosta das maçãs? Você pensa por um minuto que Deus tem algum problema com um homem que tem a intenção correta? Não, ele vai ter um problema ou dois, mas não muitos.

 102            Ouça, se você quer chegar à raiz de toda a coisa, vamos para 2 Coríntios capítulo 9 – se este é um daqueles longos sermões eu prometo a você que… na próxima quarta-feira à noite que vier, vamos cortá-lo a quarenta e cinco minutos. Vou deixar alguém pregar. Veja, eu não vou ficar aqui e mentir para você. Certo?

Ora, quanto à assistência a favor dos santos, é necessário escrever-vos. Porque bem sei a prontidão do vosso ânimo, (Vê? Ter o espírito certo) da qual me glorio de vós para com os macedônios; que a Acaia está pronta desde o ano passado; e o vosso zelo tem estimulado muitos. (As pessoas ficam animadas para fazer a mesma coisa que você está fazendo.) Mas enviei estes irmãos, para que a nossa glória, acerca de vós, não seja vã nesta parte; para que (como já disse) possais estar prontos, a fim de, se acaso os macedônios vierem comigo, e vos acharem desapercebidos, não nos envergonharmos nós (para não dizermos vós) deste firme fundamento de glória.

 103            Em outras palavras, Paulo disse: “Olha, eu tenho fé em você, mas eu começo a me perguntar, às vezes”. [“Sim”] Paulo pregando como um pastor. Tenho feito um pouco disso eu mesmo. Por muitos anos estive pastoreando filhos. Não creio que fosse todos esses anos na estrada e eu não tenho pastoreado. Eu pastoreei por muitos anos.

 104            Portanto, tive por coisa necessária exortar estes irmãos, para que primeiro fossem ter convosco, e preparassem de antemão a vossa bênção, já antes anunciada, para que esteja pronta como bênção, e não como avareza.

Espírito ganancioso dando como os pentecostais: “Dar e receber, dar e receber, dar e receber, dar e receber. Mercadoria…?…”.  O esquema bezerro de ouro. Vender a Deus por um bilhão de dólares e ir para o inferno por vinte trilhões de anos. Como você gosta disso? [“Amém”] Enganar a Deus? Você não engana a Deus irmão e irmã, experimente isso.

 105            E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará. Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade.

Qual é o propósito do coração? Tem que ser o propósito de Deus. O espírito por trás do seu espírito tem de ser o Espírito de Deus. Idênticos, os mesmos desejos, então a Palavra não pode voltar vazia. Não ser “cobiça, cobiça, me dá, me dá”. Diga: “Aqui, aqui, aqui, aqui”. Você pode chegar ao ponto onde você pode ir embora e deixar tudo se você tivesse que ir e você não sabe o que você faria, mas você diz: “Vou deitar na vala e morrer”. Deixe-me dizer-lhe uma coisa, irmão e irmã, isso é um espírito estranho que vem sobre você. É o Espírito de Deus e Ele é tão diferente do espírito humano que não se pode compreendê-lo. [“Sim”] Quando os homens estão rindo e criticando você pode ficar para trás e chorar.

 106            Entre no espírito para o qual a Palavra foi dada. A Palavra não foi dada para torná-lo próspero por si. Era para fazer você ter suficiência para todas as coisas. Você podia ficar lá e dizer: “Veja a graça de Deus em minha vida”. E fique como Deus e com Deus. [“Sim”] É disso que estamos falando. Estamos atingindo o mundano aqui, mas tudo que eu posso fazer é bater no mundano, porque isso é algo que eu posso referir e relacionar com base de que eu posso obter uma posse como essa e eu sei do que estou falando. Vê?

 107             E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda a boa obra;

Isso não significa que você vai pagar toda a conta. Mas significa que não importa o que vier, você pode ser um contribuinte feliz. Tenho aprendido ao longo dos anos que você dá e você esquece. Eu dei milhares e milhares e milhares de dólares só para depois ver as pessoas se virarem contra mim e descer a estrada como um gambá. Quem dá a mínima? [“Amém”] No meu coração era para eu fazer o bem, mas eu não saí por toda a parte com Deus para saber a quem você faz o bem e com quem você o faz. Não dance com ninguém além de sua própria esposa. Certifique-se de que é a família da fé. Porque você acha que nós temos dinheiro empilhado na tesouraria da igreja? Porque eu não saberia onde dar isso. Sou honesto com você. Você diz: “Bem, irmão Vayle, eu lhe direi alguém”. Cale a sua boca e descubra o que você pode dar. [“Amém”] Meta-se com os seus negócios que eu vou me ocupar com o meu. “Eu não vou ficar dando por aí”. A caridade começa em casa. Pode apostar sua doce vida.

 108            Ora, aquele que dá a semente ao que semeia, também vos dê pão para comer, e multiplique a vossa sementeira, e aumente os frutos da vossa justiça;

Mesmo entrando no espírito disto, irmão e irmã, isso coloca você no reino de um espírito superior, que a minha Bíblia me diz corretamente, porque é a Palavra de Deus; que se você e eu não fizermos isso direito não há nada mais então que faremos direito. [“Isso mesmo”] Pequenas senhoras deram os seus dez por cento do seu dinheiro dos ovos. Pequenas senhoras trouxeram até o irmão Branham um pequeno frasco de passas, geléia de groselha. Ele disse: “É um sacrilégio, eu quase que simplesmente não poderia comer isso”. As viúvas podem. Seus espíritos certos, irmão e irmã, significou mais do que um bilhão de dólares. Elas eram reduzidas, elas eram desfavorecidas, mas elas tinham o entendimento de Deus [“Amém”] e o seu pequeno pote de geléia de groselha significava mais do que mil notas de dólar que muitas pessoas entregavam para o irmão Branham com grande orgulho. “Ouça irmão Branham, o meu dízimo é de dois mil dólares”. Ah! Tive pessoas que enviavam seis mil dólares e melhor do que em um estalo. Coloque isso na igreja e veja o que Deus irá fazer. [“Amém”] Dê.

 109            Para que em tudo enriqueçais para toda a beneficência, a qual faz que por nós se dêem graças a Deus. Porque a administração deste serviço, não só supre as necessidades dos santos, mas também é abundante em muitas graças, que se dão a Deus. Visto como, na prova desta administração, glorificam a Deus pela submissão, que confessais quanto ao evangelho de Cristo.

Observe o que ele está dizendo. Qual é a submissão? A submissão ao Espírito de Deus que está na Palavra. O Espírito de submissão entrando com a finalidade e as intenções de Deus, que estava fluindo de Seu coração. Vê? O que Deus queria, e Ele o teve.

 110            E então ele diz.

E pela sua oração por vós, tendo de vós saudades, por causa da excelente graça de Deus que em vós há.

Então as pessoas olham ao redor e dizem: “Ei, esse é um povo que tem algo”. Você sabe que as pessoas poderiam entrar nesta igreja simplesmente com base no que você e eu aprendemos deste princípio e dizer: “Ei, ouça, não há nenhuma igreja no mundo como eles”. Eles dizem isso o tempo todo, de qualquer maneira. [Risos – Trad.] E alguns de vocês não têm chegado a esse ponto ainda. Você não entende o que eu estou dizendo, irmão e irmã? Você está preso a si mesmo a menos que você entre no Espírito da Palavra. A Palavra é Espírito e é vida. Que Espírito está Nela? Para produzir o que? Nós não estamos falando de cura agora, [“Isso mesmo”] isso é um assunto diferente. E eu não vou tirar uma oferta.

 111            Olhe, faça o que quiser com o seu dinheiro. Se você acha que eu estou pregando por dinheiro você falhou nisso, esta manhã. Estou pregando esta Palavra de Deus [“Amém”] e eu estou pregando e sabendo que eu tenho que entrar no Espírito, e não tanto sobre o que eu estou falando esta manhã, mas como no Espírito de cura e aquelas outras coisas que estão aí e que eu nem toquei ainda. Vê? Algo por trás dessa mensagem que estamos a falar e o irmão Branham abre a porta e eu quero colocar o meu pé dentro pela graça de Deus.

 112            Nós observamos que 2 Coríntios 9 realmente traz a intenção de Deus e que este é o Seu Espírito que é facilmente visto por causa do que sabemos em João 3:16: “Porque Deus amou o mundo que deu o Seu próprio material, Seu único material, o Seu próprio Filho”. [“Amém”] E depois a Bíblia diz lá em Romanos 8:32:

Aquele que nem mesmo a Seu próprio Filho poupou, antes O entregou por todos nós, como nos não dará também com Ele todas as coisas?

 113            Mas a doação de Jesus depende de quem você é e das condições, assim como faz o outro. Você não pode dizer: “Bem, graças a Deus, eu nasci de novo”. O resto só cai na fila. Isso é verdade, mas também é uma mentira. “A maior mentira é noventa e nove por cento verdade”, foi assim que o irmão Branham disse.

 114            Agora ouça com atenção. Apenas ouça e concorde comigo, isso não dará trabalho. Você deve vir a Deus com o seu próprio espírito humilhado sob o Seu Espírito e com uma consagração a andar nesse Espírito e não somente viver Nele. Há uma coisa como viver no Espírito e não andar Nele, que é saber a verdade e não fazer isso. É necessário atmosfera, mas assim é a perseverança. Veja onde Abraão começou lá em Gênesis 14, no dízimo. Na rica Laodicéia, de acordo com Malaquias, eles nem sequer dizimam – eles se importam menos. Onde está a mordomia para Deus quando se faz isso? Onde está a fé no entendimento de Melquisedeque como sabemos hoje de Hebreus 7:4?

Considerai, pois, quão grande era este, a Quem até o patriarca Abraão deu os dízimos dos despojos. (E depois aqui no versículo 7) …E sem contradição alguma, o menor é abençoado pelo maior. E aqui certamente tomam dízimos homens que morrem; ali, (De Quem ele está falando? De Melquisedeque.) porém, Aquele de Quem se testifica que vive.

 115            Não somos nós que testificamos que vivemos, é Jesus, o que está bem ali que é testificado e que eles nem mesmo pagam o dízimo a Ele. [“Sim”] Você não achava que isso fosse um assunto sério, não é? “Bem, meu dinheiro, muito dinheiro, muito dinheiro. Você não está recebendo minha grana. Bem, graças a Deus, eu sou um inteligente espiritual. Aleluia. Eu penso naqueles elevados pensamentos celestiais”. Você é um mentiroso, e você sabe disso; eu lhes digo bem na suas faces. Por favor, não há maneira alguma de você sair do chão para os lugares celestiais a menos que você consiga lidar com isso. Eu não posso e você não pode. Tenho martelado nisso há anos. Nós nos reunimos nesta Palavra – nos reunimos; mas agora temos que ir além da Palavra, no Espírito da Palavra. Isso significa simplesmente sair do caminho para que o Espírito de Deus que está na Palavra possa fazer algo e não apostar isso, e apostar nisso, e apostar nisso. E dizer: “Bem, eu simplesmente não posso fazer isso porque, graças a Deus”.

 116            Lembro que anos atrás quando eu estava no pentecostes, um nazareno veio, anos atrás, o nome era Neelson. Ele tinha um dos melhores empregos do país, trabalhava lá onde minha esposa trabalhou. Tentei mostrar-lhe o dízimo. Eu dizimava cada níquel que eu tinha. Bem acima. Nos últimos anos têm sido de vinte por cento para cima. Todo o tempo, muitas e muitas vezes mais, e bem mais do que isso. “Bem”, ele disse, “veja, nós simplesmente não podemos nos dar ao luxo de dar os dízimos”. Eu disse: “Meu Deus, homem, você não pode deixar de dar o dízimo”. Nascido de novo? Ele era um nazareno nascido de novo, mas não um cristão nascido de novo. Você pode ser um branhamita nascido de novo, mas o que isso faz por você?

 117            Se alguma vez precisávamos estar certos é agora sob Hebreus 7:7. Melquisedeque em cena, a Coluna de Fogo e Ele é Hebreus 13:8. Agora, eu espero que você esteja recebendo o entendimento correto. Eu posso ensinar a você, mas eu não posso dar isso como uma revelação. Tudo o que sei é que se alguém é honesto e permanece fiel, o Espírito de Deus nesta promessa irá finalmente assumir o nosso espírito e trazer o Espírito de Deus diante de Sua Palavra, exatamente da maneira como Deus queria e o Reino de Deus é chegado e estabelecido por essa medida. Agora, talvez muitos que ouvem esse sermão não irão se importar em se mover com ele. Isso cabe inteiramente a você. Quanto a mim, eu sei muito bem que a Palavra é a verdade e que devemos entrar no espírito da coisa. Não é por causa de riqueza, mas é por causa da Palavra para ser cumprida em nós de acordo com a promessa e a intenção de Deus nessa promessa.

118            Apenas deixe-me fazer uma pergunta. Por acaso a intenção de Deus, como vimos no “Futuro Lar” é diferente de sua intenção para nós no resto da Palavra? A resposta é não. A intenção soberana que Deus irá executar é simplesmente… é a mesma intenção. Ele é o mesmo Deus dando a mesma intenção para cada um de nós para se alinhar. E eu não estou tentando fazer esta igreja dar dinheiro. Por favor, entenda isso. Estou apenas usando isso como uma ilustração básica, porque eu sei como lidar com isso. Tenho que confiar em Deus para qualquer coisa que eu traga a você porque eu não sei se eu posso lidar com isso. Da mesma forma como eu tenho dado o meu passo de fé em Melquisedeque. Tenho furado o meu pescoço. Eu não sei o que está neste sermão que eu li. Eu o li, mas pela graça de Deus haverá algo aí dentro. Pode apostar que haverá porque nós colocamos os corações nisso. Eu não sou orgulhoso e tudo mais, mas apenas creio no que Deus disse. Não, não há nenhuma diferença. Um é completamente soberano e o outro é uma intenção, onde podemos glorificá-Lo, enquanto estamos aqui nesta carne. Exatamente como diz em 1 Coríntios 6:24.

Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, (que é Deus)

 119            Nenhuma Palavra de Deus é vazia de poder, [“Amém”] nenhuma Palavra. Ela é todo-poderosa. Rhema e Logos. Não tente ser uma elevada autoridade, algum grande erudito, para tentar fazer alguma separação – sei que você tem algo. Fique com o profeta. Ele tornou Rhema e Logos intercambiáveis exatamente com a Pessoa de Cristo. Podemos fazer de outra forma? A resposta é não. Mas você vê o que eu estou tentando dizer aqui? Há um Espírito na Palavra e Ele não está apenas dizendo: “Seu bendito Espírito Santo”. É a compreensão do que está nesse Espírito quanto à intenção. O que Deus pretendia quando disse primeiro: “Haja luz”? O que Deus pretendia quando disse: “Façamos o homem à Nossa imagem”? O que Deus pretendia? Nós começamos a entender a intenção. O irmão Branham tentou nos mostrar.

 120            Oh, ouça novamente as fitas. Você vai descobrir que ele alegou. Ele tratou ricamente disso. Eu não sou William Branham, eu posso entender, você gostaria que eu fosse, mas estou feliz que eu não seja porque o profeta tinha uma estrada mais dura do que eu tenho. Você diz: “Bem irmão Vayle, se você fosse um profeta e não um mestre você não acharia isso tão difícil”. Não me engane. Quanto maior você é mais difícil isso é. É duro o suficiente só para ensinar um pouco. O Senhor te abençoe agora. Vamos inclinar nossas cabeças em oração.

 121            Bondoso Pai celestial, queremos Te agradecer mais uma vez por dar-nos o tempo, esta manhã, exatamente o comprimento certo do tempo para cobrir o que queríamos dizer, sem machucar ninguém, ou imputar alguém, mas estimular, para literalmente provocar, para deixá-los animados Senhor. Isso é o que Paulo disse: “Deixar o povo animado”. Pai celestial, o irmão Branham tentou deixá-los animados na animação certa que foi “Ouça a Palavra de Deus, o Espírito dentro Dela e simplesmente siga o fluxo divino e observe os rios de Deus se moverem como um Deus a criar, o qual Ele é mais do que isso”. Não é apenas uma criação de Deus, isso é belo e elegante, mas Ele é um Deus de sustentação e essa é a coisa bela, Senhor, que sabemos que Tu estás sustentando. E se é preciso uma outra criação em cima da criação para sustentar, Tu irás fazê-lo provando que Tu já o fez. Aleluia Senhor.

 122            Ajude-nos agora a entrar no Espírito do que falamos sobre esse dia e que o Espírito do Senhor como tentamos falar adiante sobre outras coisas, ó Deus, sem prejudicar a ninguém, sem levar ninguém ao ridículo Senhor – que está além do ponto. Mas sabendo Senhor, que existe um lugar onde podemos começar e nos mover. Começar e se mover tornando-se completamente honestos, ó Deus. Eu não posso dizer que eu seja, porque eu não sei Senhor o que fazer muitas vezes com o que Tu envias para este lugar por meio de dinheiro da maneira que eu sou o responsável. Eu não sei. Suspendendo o fogo agora mesmo, Senhor, eu não sei. Mas Tu sabes Senhor, em meu coração, e eu poderia estar totalmente errado, tenho que saber o que o Teu coração diz e ver o que está na Palavra. E eu quero que Tu me ajudes Senhor. Só estou dizendo isso com um olho aberto Senhor, por assim dizer, porque eu não sei o que eu quero em todo o caminho. Mas se eu não sou algum tipo de idiota, Senhor, eu quero isso por todo o caminho, porque é somente isso que haverá de ser aquela vida, ó Deus. A Palavra pervertida não pode produzir qualquer coisa a não ser a perversão. A verdadeira Vida produzirá a vida de Deus.

 123            Pai, ajuda-nos para esse fim hoje. Conceda agora Senhor que todo o exercício que temos deste culto agora, que se ele continuar, que possa ser para a Tua honra e glória Senhor. [Que o Teu nome seja acolhido na glória do Deus Todo-Poderoso. Te damos louvor em Nome de Jesus. Amém.]

 [O irmão Vayle entra no culto batismal – Ed.]

 Tradução: Diógenes Dornelles

 Esta mensagem intitulada “Quem é Este Melquisedeque? Nº.3 – Rhema a Logos; Intenção” (Who Is This Melchisedec? # 3 – Rhema and Logos; Intent) foi pregada pelo Rev. Lee Vayle, em 7 de agosto de 1988, domingo de manhã, na Igreja do Evangelho da Graça, em Saint Paris, Ohio, EUA. Esta tradução foi feita na íntegra do inglês para o português, em julho de 2013, com o auxílio do texto e áudio original. (Duração: 1 h e 25 min.)

 Quem é Este Melquisedeque – parte I – 

.

Quem é Este Melquisedeque – Parte2 – 

Quem é Este Melquisedeque – parte I –

Este trabalho tem sido fruto da união de ministros associados em prol da divulgação da Doutrina da Mensagem, crendo ser esta uma obra rápida que Deus está realizando nos quatros cantos da terra, preparando assim a Noiva do Senhor Jesus Cristo através do Ministério do Ensinamento.

Que Deus Seja Louvado.

**********************

 Se você deseja fazer parte desta associação para assim ajudar na divulgação da Doutrina de Cristo, entre em contato. Temos muito a traduzir imprimir e distribuir as pessoas de língua portuguesa.  Juntos, faremos mais e melhor.

 

Contato:

radiounife@hotmail.com

www.doutrinadamensagem.com.br

contato@doutrinadamensagem.com.br

 diogenestraducoes.webnode.com.br

 www.doutrinadamensagem.com

********************************

Impressão e distribuição:

Revelação Profética, Caixa Postal nº 12

CEP: 07910  970

Francisco Morato SP.


[1] Do inglês “hot seat”, que se trata de uma gíria, mas que também possui o sentido de “berlinda” – N.T.

[2] “Irmão”, conforme a tradução do Rei Tiago em inglês – N.T.

Gostou? Compartilhe na rede!
Tags

1 comentário  - Clique aqui para comentar!

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Dados da Matéria

Dados do Autor

Doutrina da Mensagem Admin do site doutrina da mensagem » Blog do autor. » Site do autor.