Sacerdote de Deus Para o Homem Download PDF

Quem é Este Melquisedeque?

Livro 7

Sacerdote de Deus Para o Homem 

livro 7

intro

 

O irmão Branham afirmava categoricamente que Melquisedeque era Deus manifestado em uma forma humana a fim de demonstrar posteriormente como seria ao manifestar-Se em Seu Filho, nascido de mulher, para que Ele pudesse ser a plenitude da Divindade em um corpo de carne, fazendo assim do Seu Filho o princípio da criação de Deus.

 A vinda dos filhos de Deus em carne humana seguiu o mesmo percurso que Jesus tomou, com a diferença de que eles contornam o seu corpo Palavra, enquanto que Jesus veio em carne com ele. Antes esses filhos estavam em Deus apenas na forma de atributos, mas por não possuírem os seus corpos Palavra não há uma memória ou recordação disso. Os filhos de Deus são Seus pensamentos, porém nem todos que estavam em Seus pensamentos são de fato Seus atributos como sendo sementes ou genes de Deus.

 Embora a semente da serpente estivesse nos pensamentos de Deus isso não faz deles Seus atributos, pois eles foram pré-ordenados por Deus para a condenação, enquanto que um filho de Deus não pode se perder pelo fato de serem uma parcela de Deus, e ao condená-los também à aniquilação seria o equivalente a destruir uma parte de Si mesmo.

 Os filhos de Abraão ou filhos da fé, são manifestados em carne humana para sofrerem tentação a fim de serem provados como filhos, porém suas almas não podem pecar ou serem pecaminosas por serem uma parte de Deus, mas os corpos de carne estão sujeitos ao pecado. Há uma eleição natural e uma eleição espiritual, pois mesmo antes de nascerem a fim de serem mais tarde posicionados como filhos de Deus, já eram conhecidos de antemão e tiveram os Seus nomes escritos no Livro da Vida do Cordeiro.

 Os filhos de Deus não o são somente por um processo de fé. A fé reconhece a sua filiação com o Seu Pai. Mas quando eles saíram de Deus da forma de atributos para corpos humanos sujeitos à tentação houve uma separação, devido a esses corpos assumirem a mesma natureza pecadora da raça de Adão. Nós como filhos fomos seqüestrados por Satanás, mas Deus enviou o Seu Filho unigênito em forma humana para que ao assumir um corpo semelhante ao nosso pudesse pagar o resgate, sem ter a vergonha de nos chamar de Seus irmãos.

 Embora Jesus precisasse assumir um corpo de homem, não havia nesse corpo nenhum traço da semente da serpente, o que fez de Jesus um ser humano perfeito sem mancha ou mácula, para que Ele pudesse também ser um sacerdote perfeito do homem para Deus. Nos dias de Abraão, Melquisedeque foi um sacerdote de Deus para o homem porque ministrou a ele os símbolos do corpo e do sangue. Mas nos dias de Sua carne, Jesus em semelhança humana foi um sacerdote dos homens para Deus, ao ter ofertado para o Seu Pai o sacrifício de Si mesmo para pagar o resgate de Seus irmãos e devolvê-los ao seu legítimo Proprietário.

 

Diógenes Dornelles

 

diagrama 7 melquisedeque

 

  

Quem é Este Melquisedeque? Nº 7

 Sacerdote de Deus Para o Homem

 27 de agosto de 1988

 Irmão Lee Vayle

 

 1                    Pai celestial, queremos dizer que agradecemos a Tua maravilhosa Presençalee Senhor; sabemos que Tu estás aqui na forma do Espírito Santo na Coluna de Fogo. A foto tirada pela câmera, Senhor, autenticada como um ser sobrenatural, uma super visitação natural. Nós não sentimos o impacto total, Senhor, mas sabemos que a Tua Palavra é verdadeira e que a Tua Palavra será cumprida e que Tu estás aqui para cumpri-La Senhor. Estamos muito gratos por isso.

 2                    Agora oramos Pai, para que Tu nos ajudes no estudo do irmão Branham. A mensagem do irmão Branham. Sabemos que ele era o Teu profeta e nós sabemos que muitas coisas são difíceis de entender, porque não podemos nos colocar no lugar dele, Senhor, ou saber por seu espírito, mas podemos saber com o Teu auxílio Senhor, o que ele estava dizendo para nós e nós sabemos que é muito, muito necessário saber o que ele estava dizendo, até mesmo nesta mensagem Pai, da qual em muitos lugares é difícil. Ajude-nos hoje a obter o que nós precisamos, e sabermos Senhor o que particularmente pode não ter necessidade de Deus neste momento, mas talvez mais adiante Tu possas nos mostrar isso, nessa hora. Mas nós simplesmente nos lançamos sobre a Tua misericórdia Senhor, para nos mostrar a verdade do que foi dito. Ajude-nos, nós rogamos. Em nome de Jesus. Amém. Podeis assentar.

 3                    Agora, creio também que temos conosco… irmão, você é de Michigan, não é? Você me ligou outro dia, você é de Michigan. Certo. Há um irmão que eu conheci em Jeffersonville. Ele me encontrou, acho que nos conhecemos um ao outro. Eu não consigo me lembrar dele, mas ele se parece um pouco com Mark Keller. Sendo assim, ele e sua esposa e filhos estão aí, por isso não se esqueça de recebê-los após o culto. Estamos muito felizes em tê-los conosco. Eles são crentes na Mensagem. Eu não creio que você tenha um lugar para adorar, irmão, neste momento – tem? Você tem uma igreja para ir? Não. Bem, apenas continue firme, essa é a coisa mais importante, irmão. O Senhor proverá para você com o passar do tempo.

 4 –  Agora, estamos no número sete de “Quem é Este Melquisedeque?”. E eu irei para as minhas notas aqui de modo a entendermos, como eu costumo fazer. Agora, esta mensagem que estamos estudando é baseada na pergunta: quem é este Melquisedeque? E nós sabemos que o irmão Branham afirma categoricamente que na verdade é Deus na forma de um homem. Agora, essa é a resposta para a pergunta. Ele é Deus. Ele é Deus em uma forma e é claro que foi um Rei.

 5 – Agora, surpreendentemente ele não trata em qualquer período de tempo comprovando esta tese. Ele simplesmente toma a Escritura que ele leu em Hebreus 7:1-3, onde ele menciona: “Este não tinha nem princípio de dias nem uma vida interminável, mas ele teve uma vida interminável”. E ele disse: “Há somente um que poderia qualificar-se para isso e esse era Deus. Ele não era Jesus Cristo mesmo, era Deus”. Mas nós sabemos, é claro, que ele diz: Melquisedeque tornou-Se Jesus”. Em outras palavras, verificamos onde Deus estava encarnando-Se, Ele agora Se incorpora no Senhor Jesus Cristo. Você realmente tem um retrato perfeito aqui no sentido de Deus entrando e habitando em Seu templo. O Senhor vem ao Seu templo, como no rio Jordão.

 6 – Agora, no entanto isso nos mostra que este é Deus manifestado por uma encarnação de formas, porque a palavra “carnous” significa “carne” e isso não era a verdadeira carne, quanto ao que diz respeito à carne humana; isso era uma forma. Então isso foi… Ele nos mostrou que Deus Se manifestou, Se encarnou, e nisso ele nos informa que este evento em particular é um grande passo que Deus tomou pelo qual Ele finalmente Se torna uma parte de Sua própria criação no corpo do Senhor Jesus Cristo, que é então, verdadeiramente Deus manifestado em carne, que é a carne humana.

 7  – E é claro que isso é tirado de seu pensamento sobre Apocalipse 3:14, onde a Escritura nos fala de uma das definições ou descrições de Jesus que é “o princípio da criação de Deus”, e o irmão Branham disse: “Deus criando a Si mesmo na forma de carne humana”. E assim, quando você está olhando para isso, você está olhando para um final, um final que Deus desejava no plano da redenção.

 8                    Agora, nós entendemos completamente como Jesus nasceu. Não há ninguém aqui que eu tenha certeza que não entenda isso. O irmão Branham disse: O que Deus fez, Ele criou um espermatozóide e um óvulo e então Ele reduziu todos os Seus atributos naquela forma particular de modo que Jesus fosse a plenitude da Divindade manifestada corporalmente”. Agora, o termo “manifestado corporalmente”, não pode ser relegado a… simplesmente por do lado de fora de nossos pensamentos. Isso não pode ser posto de lado. Você poderia ter muitos pensamentos sobre isso o qual nós não vamos entrar nessa manhã, mas muitas pessoas têm a ideia de que se eles são os atributos corporalmente eles não necessariamente seriam todos os atributos de Deus. E eu posso concordar com isso na medida em que Deus estava preparando um corpo e assim, portanto, os atributos tendo sido comprimidos podem ter sido por necessidade, apenas, sabe, olhando para o corpo. Mas quando Deus veio tudo estava ali. No meu entendimento, eu não vejo nada deixado de fora, eu vejo tudo dentro. Deus estava em Cristo. Esse é o meu entendimento.

 9                    Agora, ao nos ter mostrado isso, o irmão Branham então declara: Todos estes filhos de Deus vem desta maneira. A maneira de Melquisedeque – Deus veio através de Melquisedeque e para baixo através de Cristo. Mas todos os filhos de Deus vêm dessa maneira em particular”. E nós sabemos que isso é muito verdadeiro, pois isso é verificado no livro de Hebreus capítulo 2, o qual você sabe que nós tivemos um grande proveito, e nós lemos do 9 ao 16, e é claro que nós particularmente lemos, lembre-se, do 11 ao 13 desses versículos.

 10                Vemos, porém, coroado de glória e de honra aquele Jesus que fora feito um pouco menor do que os anjos, por causa da paixão da morte, para que, pela graça de Deus, provasse a morte por cada homem. (Agora é claro que a palavra “homem” não está no grego e ela deve estar em itálico. É “cada” e é para “cada filho”) Porque convinha que Aquele, para Quem são todas as coisas, e mediante Quem tudo existe, trazendo muitos filhos à glória, consagrasse pelas aflições o Autor da salvação deles.

11                Agora aqui diz: “Pela graça de Deus, Ele provou a morte por cada filho”. Agora aqui disse: “Convinha que Ele”. Agora, quem é o Ele? O Ele é Deus. Tornou-se Deus. Agora, o irmão Branham disse: Isso não poderia convir a Deus. Não convinha a Deus ter um filho que caísse. Assim, portanto, Eva ficou de fora da criação original no sentido de que ela não era uma parte disso naquele momento, mas ela estava na criação original de Adão”. Você não pode fugir disso, porque ela estava, mas você só vê mais tarde, porque ela nunca apareceu no momento em que Adão apareceu em carne, ela não estava naquela criação. Então o irmão Branham nos trouxe isso, mas você não poderia encontrar Deus fazendo alguma coisa no vulgar ou qualquer coisa que seria de segunda categoria. Não há nenhuma maneira de haver um programa de segunda categoria acontecendo. É tudo de primeira classe.

 12                Porque convinha que Aquele, para Quem são todas as coisas, e mediante Quem tudo existe, trazendo muitos filhos à glória, (E lembre-se que Jesus era um Filho. Vê?) consagrasse o Autor (esse é Jesus) da salvação deles pelas aflições. (E note que isso está no plural – e não apenas aflição, mas aflições. Ou seja, Ele passou por todas as tentações e provações.) Porque, assim o que santifica, (esse é Jesus) como os que são santificados, são todos de um; (Então note)os que são santificados, são todos de um; por cuja causa (Jesus) não Se envergonha de lhes chamar irmãos, dizendo: Anunciarei o Teu nome (ó Deus) a Meus irmãos, no meio da congregação… (No meio da Noiva, a igreja de Deus.) cantar-Te-ei louvores, ó Deus. E outra vez: Eu (Jesus) porei a Minha confiança (em Deus). E outra vez: Eis-Me aqui a Mim, e aos filhos que Deus Me deu.

Agora, aí está você, os filhos são dados a Jesus. Eles são filhos de Deus, mas são dados a Ele. E você entende o por quê – porque Ele pagou um preço por eles.

 13                E, visto como os filhos participam da carne e do sangue, também Ele participou…

Agora, Ele nunca tomou tudo isso. Ele nunca teve nenhuma carne da serpente Nele. [“Amém”] Ele é uma geração diferente, de modo que você nunca pode ficar confuso aí. Ele tomou uma parte do mesmo e Ele tomou parte no mesmo, Ele veio por um nascimento físico. Ele poderia ter vindo como Adão veio, mas não veio. Ele veio pelo nascimento físico para ser a semente da mulher.

14                ...para que pela morte (Sua morte, a morte de Jesus.), aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o diabo; (Satanás) e livrasse todos os que, com medo da morte, estavam por toda a vida sujeitos à servidão. Porque, na verdade, Ele não tomou sobre Si mesmo a natureza dos anjos.

Agora, Ele foi Miguel em um tempo e Miguel ainda está vivo. Você tem um monte de coisas peculiares que o irmão Branham trouxe e eu não vou tentar explicar-lhes como se eu tivesse todas as respostas. Vou falar sobre elas e lembrá-lo de que elas existem, mas eu não tenho todas as respostas para que eu possa reunir tudo isso, mas nós estamos apenas esperando para ver o que Deus irá fazer. Agora, Ele não Se tornou um anjo.

 15                ...mas Ele tomou sobre Si (Se tornou) a descendência de Abraão.

Abraão era um homem. Uma pessoa muito falível. Um homem maravilhoso, mas muito falível. Assim como Adão, ele ouviu a sua esposa e ele não deveria ter feito isso. E quando ele deu ouvido à sua esposa, esse é todo o problema agora em Israel. Neste momento todos os acontecimentos no Oriente Médio são porque Abraão representou o tolo. Sabe, ele se envolveu com uma mulher que ele não deveria ter se envolvido. Essa é a história, não é? Bem, não culpe as mulheres. Ela não estava saindo por aí, ele estava. Você sabe o que eu quero dizer, ela estava lá. Certo.

 16                Ele tomou sobre Si a semente de Abraão, tornou-Se um ser humano e por esta altura não restava pessoas perfeitas no mundo. Então Ele tinha que ser o único homem perfeito, Jesus tinha que ser a Pessoa perfeita com o sangue perfeito para ir e resgatar todas essas pessoas. Noé foi a última pessoa geneticamente perfeita. Você sabe disso, não é? Sim.

 17                Por isso convinha que em tudo fosse semelhante aos irmãos, (Agora, em todas as coisas Ele foi feito semelhante, embora Ele não fosse um deles para a perfeição.) para ser misericordioso e fiel sumo sacerdote naquilo que é de Deus, (por isso que Ele foi um sacerdote do povo para Deus quando Ele assumiu esse corpo que estamos falando para que Ele pudesse morrer.) para expiar os pecados do povo.

 18                Agora, de volta nos dias de Melquisedeque, Ele era um sacerdote de Deus para o povo. Isso é uma inversão. Ele deu a comunhão, pão e vinho a Abraão e Ele era um sacerdote do Deus Altíssimo, mas você vai notar que ele estava servindo o homem. Na carne Ele inverte, Ele Se torna um sacerdote do homem, Ele toma sobre Si mesmo embora da ordem de Melquisedeque, Ele deve apresentar o sangue a Deus como Aarão fazia. Então, agora Ele é um sacerdote do homem para Deus e nós vamos ver de onde isso sai mais e mais sobre o que estamos falando aqui. Mas você tem que trazer todas essas coisas para a sua mente e ficar com elas.

 19                Porque naquilo que Ele mesmo, sendo tentado, padeceu, pode socorrer aos que são tentados.

Então quando o irmão Branham está nos dizendo isso nós olhamos em seus estudos de “Quem é Este Melquisedeque?” como que Deus começou a formar-Se em carne, ele diz: “É a forma também que chegamos a um certo ponto”. Agora, ele não está dizendo que somos iguais – isso é verdade. Mas ele está dizendo que existe um padrão e é para esse padrão que nós estaremos olhando como fizemos na outra noite.

 20                Agora, então o irmão Branham começou a traçar a descida de Deus na carne. Por que isso foi feito e os resultados? E, claro, nós sabemos como isso foi feito como ele nos diz, nós sabemos por que isso foi feito, e nós sabemos dos resultados. Como hoje o Sangue de Jesus Cristo dissipa o pecado até que não haja evidências. Então como você pode possivelmente chamar uma pessoa de pecador e como você pode não ser perfeito aos olhos de Deus por meio do Sangue? Porque se você é perfeito, tem de haver uma maneira de fazer a perfeição, como o irmão Branham disse: “Sede perfeitos na imagem Daquele que é perfeito”. E ele disse: “Deus teve que fazer um caminho”, ele disse, “Ele fez isso pelo Sangue” e depois ele disse, “o Sangue dissipa o pecado até que não haja nenhuma evidência”.

 21                E se não há evidências então como você pode chamar uma pessoa de pecador? Depois ele nos mostrou a nossa descida, o qual estudamos na outra noite, e em que isso difere de Jesus Cristo e por que foi assim, e quais são os resultados finais. E nós sabemos que os resultados finais vão ser a Nova Jerusalém.

 22                Certo, então vamos prosseguir e olhar para algumas coisas aqui que nós olhamos na última quarta-feira e, finalmente, voltarmos para a mensagem com a qual estamos tomando nosso tempo porque eu acho que, mais tarde, podemos ler rapidamente e apenas subir através disso. Eu espero, eu não sei. Eu quase… na maioria das vezes eu fico de castigo na minha subida, penso eu: “Ei, glória a Deus, talvez dez páginas amanhã à noite ou quinze páginas”, e eu estou atolado com dois parágrafos, porque algo interessante vem. Então, sabe, eu só tenho que te avisar. Não fique feliz de que isso irá acabar em seis, três mensagens mais. [O irmão Lee Vayle ri – Trad.] Estamos no número sete, agora, sabe, apenas seja um tanto calmo e paciente e nós iremos alimentar você. Essa é a sua recompensa. Eu não sei se é ou não, [O irmão Lee Vayle ri – Trad.] mas tudo bem, você sabe o que eu estou dizendo.

 23                Certo, então para começar o irmão Branham tinha em mente algumas Escrituras quando ele está lidando com este paralelismo de nós descendo Dele e, em seguida, terminando onde Ele quer que estejamos e que tem que entrar em uma medida da mesma forma que Jesus, porque somos irmãos e da mesma fonte. Então você tem que esperar algo que seja idêntico, embora os personagens em si não sejam idênticos. Agora, na verdade você olha para isso – quero esclarecer essa observação. Olhando para Jesus, olhando para nós, é a mesma velha história do batismo com o Espírito Santo. O batismo com o Espírito Santo é como um dedal cheio de água do oceano em comparação com o oceano. E nós estamos olhando para a mesma coisa, porque você não pode negar que são da mesma fonte com o mesmo Pai. Se isso é a Bíblia, isso é a Bíblia.

 24                Agora, não tem nada a ver com os nossos sentimentos, porque nossos sentimentos nos fazem saber que somos fracos. Mas a Palavra de Deus nos faz saber que somos filhos de Deus, se você tiver o Espírito Santo. Agora, se você ainda não tem o Espírito Santo, você pode olhar para isso e dizer: “Bem, é isso, isso é lindo. O Senhor não queria realmente algo de bom para nós e ver como é que nós estragamos tudo?”. Em outras palavras: “Olha Deus, deixe-me dizer-Lhe uma coisa. Você é um bom rapaz, mas olha com o que você está lidando. De jeito nenhum Senhor, poderia ser o que Tu diz. Deixem-nos em paz e talvez pela graça fazer algo de bom, mas por favor não nos diga que somos filhos como se viéssemos de Ti”. Como você gostaria de sair e dizer a seu pai isso? Ele daria tapas em você, não daria? [Risos – Trad.] Pelo menos sua mãe daria. “Você está tentando me dizer que eu tive um caso ilegítimo?”. Hã? Pense bem. Você sabe que palavras são caras, irmão e irmã.

25                Tudo bem. Vejamos algumas Escrituras aqui. Primeiro de tudo vamos para João 14 e vemos o que Jesus disse sobre Si mesmo e de Sua relação com Deus. Poderíamos usar outros, mas o irmão Branham gostava disso e eu gosto disso e se ele gostava nós somos obrigados a gostar. João 14:10.

 26                Não crês tu que Eu estou no Pai, e que o Pai está em Mim? (Agora, isso é ótimo. Olhe para isso.) As Palavras que Eu vos digo não as digo de Mim mesmo, mas o Pai, que está em Mim, é Quem faz as obras.

Certo? Isso é bom. Você gostou disso? Tudo bem, o que dizer de Hebreus capítulo 1, que tem um par de versículos aí, 1 e 2?

 27                Havendo Deus antigamente (em muitas partes, de muitas maneiras, ou em diferentes tempos e de diferentes maneiras) falado aos pais, nos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho.

Ou seja, Ele falou como Ele falou pelos profetas. Entrou em um homem, Seu próprio homem, depois Seu próprio Espírito criando e formando no ventre de Maria, Este agora no ofício de Filho. No ofício de Filho Ele está falando. É por isso que os profetas são chamados de “filho do homem”. É por isso que Ele tinha o retorno do ministério do Filho do homem à terra, São Lucas 17 – todas essas coisas.

 28                Agora vamos para Efésios e vamos dar uma olhada em nós e isso é uma coisa agradável de se ver. E aqui diz no versículo 3.

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, O qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo; como também nos elegeu (dentro Dele ou) Nele antes da fundação do mundo.

Aí está você. Você tem uma imagem perfeita daquelas Escrituras se reunindo. E então ele levou para Colossenses capítulo 2, e talvez vamos olhar no versículo 9 e um par de versículos. Aqui diz:

 29                Porque Nele habita corporalmente toda a plenitude da Divindade; e estais perfeitos Nele, que é a cabeça de todo o principado e potestade; no qual também estais circuncidados com a circuncisão não feita por mão no despojo do corpo dos pecados da carne, a circuncisão de Jesus; (Agora, o que foi isso? Isso não era a circuncisão aos oito dias de idade, isso foi a Sua morte, quando Ele é cortado. Ele morreu com Ele, ressuscitou com Ele.) Sepultados com Ele no batismo, Nele também ressuscitastes pela fé no poder de Deus, que O ressuscitou dentre os mortos.

 30                 Aqui diz a você bem aí, que se você estiver disposto o suficiente e for suficientemente humilde e inocente o suficiente e, aos olhos do mundo, estúpido o suficiente, você está certo aí. Essa é uma situação bastante elevada que Deus dá àqueles que estão dispostos a crer e ninguém irá crer, exceto os eleitos. [“Amém”] Você pode muito bem saber disso. Vê? Ninguém vai crer a não ser os eleitos. Vê?

 31                Agora, sua expressão própria para isso foi: “Que Jesus era a plenitude dos atributos da Divindade corporalmente”. Ele usou o termo “atributos” e você perceberá que ele também usou o termo “atributos” com respeito a nós. E veremos isso mais tarde novamente.

 32                Agora, além disso, depois em sua comparação de Cristo conosco, ele nos fez atributos individuais de Deus. Assim, poderíamos de certo modo, se você puder ver aqui em cima, creio que é melhor eu não tentar colocar isso – ou talvez eu creio que você não enxergue muito bem ali, não é mesmo? Como vamos fazer este trabalho para vocês aqui? Sabe, não que a minha arte seja tão importante, mas talvez… ela não tem uma câmera ali. Com um pouco de sorte você sabe que pode fazer alguma coisa. Que tal se nós desligássemos isso? Se eu posso ligar isso vamos ver com o que podemos subir. Então o que eu estou pensando é que eu posso levantar os braços até aqui, mas isso vai ser meio confuso para as pessoas que nada recebem a não ser fitas, não o visual. [O irmão Lee Vayle desenha no quadro negro – Trad.]

 33                Certo, veja agora, se nós podemos de certo modo talvez, eu disse aqui, quando você diz com respeito ao próprio Deus, nós estamos olhando para a comparação onde o irmão Branham disse: “Cristo foi a plenitude dos atributos corporalmente”, e, em seguida lembre-se que ele disse: “Que éramos atributos”. Então nós colocamos aqui e nós entendemos, então, que Deus estava em Cristo. Esse é o Messias. Entendemos que Ele desceu em uma forma corpórea. Mas nós estamos olhando para trás aqui no início. Assim, portanto, temos todos esses filhos aqui, aqui em cima, vê? E eles são atributos. Agora, você sabe o que eu li aqui em Colossenses.

 34                Porque Nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade; e estais perfeitos Nele, que é a cabeça de todo o principado e potestade; no qual também estais circuncidados com a circuncisão não feita por mão no despojo do corpo dos pecados da carne, a circuncisão de Cristo; sepultados com Ele no batismo, Nele também ressuscitastes pela fé no poder de Deus, que O ressuscitou dentre os mortos. E, quando vós estáveis mortos nos pecados, e na incircuncisão da vossa carne, vos vivificou juntamente com Ele, perdoando-vos todas as ofensas.

 35                Assim você pode ver que você estava realmente – estava em Cristo. E como o irmão Branham disse: “Quando Ele morreu, eu morri; quando Ele ressuscitou, eu ressuscitei”. E há uma perfeita identificação aí que é muito, muito difícil de entender, mas que você simplesmente tem que aceitá-la pela fé e você não consegue imaginar isso, porque o que você irá tentar descobrir: “Como eu poderia estar lá em cima se eu estou Nele, e depois aqui dentro?”. Agora, Deus tem um meio natural de fazer isso. Agora lembre-se que a Bíblia chama Jesus de eleito. Certo? Pedro, a palavra eleita está aí dentro então, não vamos… Eu tenho uma concordância maior lá atrás. Sabe, tenho uma memória péssima, mas eu sei, ouça, eu sei o que diz aqui. Talvez eu não saiba o versículo e o capítulo, mas eu sei o que diz aqui – e Jesus é chamado de eleito.

 36                Agora, quando você está lidando com a eleição você está lidando com uma escolha. E o irmão Branham disse: “Houve uma eleição natural e há uma eleição espiritual”. É isso mesmo? Exatamente o que ele disse. Tudo bem, então por isso é que você tem uma eleição espiritual aqui [2ee]. Agora, aqui você tem que ter em algum lugar uma eleição natural [6en]. Então vamos chamar isso de “EE”, eleição espiritual, e vamos chamar isso de “EN”, se bem me lembro o que é isso, diga-me se eu esquecer, uma eleição natural. Agora, a eleição natural é o lugar onde Deus faz a escolha entre as pessoas, como fez com Esaú e Jacó, mas já era uma eleição espiritual, porque antes de eles nascerem: “Eu amei um e odiei o outro”. Você entende? [“Amém”]

 37                Certo, então o que ele está dizendo aqui a você é sobre a plenitude da Divindade corporalmente, tudo o que Deus era foi derramado em Jesus Cristo, para que cada coisa ali em cima tivesse uma manifestação em um único homem. Assim como existe um único Deus. Mas todos esses pequenos indivíduos aqui [1a], (vê?) eles têm o direito de vir aqui e eles [1a] são chamados de atributos. Eles [7f] são chamados de filhos do Espírito. Eles são chamados de filhos de Deus. Eles são chamados de filhos da fé. Eles são chamados de filhos de Abraão. Cinco, pelo menos, e cada um deles é o mesmo e também você tem outra denominação que é chamado de semente. Vê?

 38                Há somente uma parte de você que era de Deus e você tem três partes. Uma parte era de carne, e você terá um espírito permitido por Deus, mas não de Deus, o que mostra que não é o Espírito Santo, então quando você desce até aqui [6] você desce como a semente que é a alma. E a casa que a alma deveria ter tido, ou que a semente deveria ter tido, ou que o filho deveria ter tido, filhos de Deus, filhos do Espírito, chame do que quiser, deveria ter sido uma forma teofânica [4], mas não era. Há somente um que tinha a forma teofânica e esse era a plenitude da Divindade. E isso é uma “FT”, “forma teofânica”, “T”, coloque um pequeno “t” aí [4], “forma teofânica”.

 39                Então agora vamos para o livro de Gálatas e vamos dar uma olhada no terceiro capítulo e vamos começar com o versículo 26.

Pois todos vós sois filhos de Deus pela fé em Jesus Cristo.

Agora, isso permite a você saber como que você sabe que você é um filho de Deus. Mas você não pode ser um filho de Deus simplesmente pela fé, porque cada pessoa que está na cristandade quer crer que ele é um filho de Deus através de um processo de fé. Você tem que ir além disso. [“Sim”] Sua fé não faz, literalmente, alguma coisa acontecer. Sua fé reconhece. Certo. Nossa fé reconhece, irmão e irmã. Não a força de um grande mover que as pessoas pensam que é, é apenas… embora eu concorde com tudo, de que a fé é um poder tremendo. Eu concordo olhando pelo lado humano, mas quando você olha desse lado aqui é um reconhecimento. “Pelas Suas pisaduras eu estou curado”. Se você e eu pudermos reconhecer isso com entendimento fazendo a mesma confissão que Jesus Cristo fez, somos curados. [“Amém”] Vê? É para isso que você está olhando, então vamos continuar olhando.

 40                Porque todos quantos fostes batizados em Cristo já vos revestistes de Cristo. (Em outras palavras, você é batizado no corpo místico do Senhor Jesus Cristo.) Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. (Agora, isso não são mulheres pregadoras) E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa.

 41                Agora ele diz a você que um verdadeiro filho de Deus é um verdadeiro filho de Abraão; você tem que ser batizado para isso. Agora, quando você é batizado em Cristo, lembre-se de uma coisa, você é vivificado. Agora, para o que você é vivificado? Você diz: “Tudo bem, estávamos mortos em pecado”. O que significa essa palavra “mortos”? Significa separado. E isso é exatamente correto. Quando tudo isto veio… quando estes [1a] estavam descendo até aqui [6] houve uma separação. E lembre-se que o homem Jesus também foi separado de Deus, porque Ele disse: “Meu Deus, Meu Deus, por que Me desamparaste?”. Há uma separação.

 42                Agora, há uma separação natural para descer até aqui [6] e isso veio por Adão, porque em Adão estavam as almas. Há uma seleção natural e quando Deus os escolheu eles já estavam em Adão, os que estavam em Cristo. Agora, é por isso que o profeta diz: “o sexo tinha que vir”, mas você sabe tão bem quanto eu que ele veio da maneira errada. Eu não vou denegrir o sexo de modo algum e da maneira como veio o nascimento. O irmão Branham trouxe isso muito, muito claramente, mas ele limpou a atmosfera, dizendo: “Eles teriam que vir de qualquer maneira”

 43                Eles absolutamente teriam que chegar a isso, mas ela não precisaria deixar aquele animal chegar até ela primeiro. Não teria havido partos multiplicados. Não teria havido todo o sofrimento e dor. Não teria havido toda essa mistura de raça e tudo mais. Homossexualidade – todo esse lixo, não teria havido de modo nenhum. Até mesmo o pecado que nós fizemos voltou sobre os animais, porque um animal foi para o ato. Quando Eva rebaixou o ser humano com Adão, o animal rebaixou toda a natureza. A coisa toda entrou em corrupção. Não há nada de errado com o que Deus estabeleceu aqui, o que o homem passou a fazer foi uma separação. Isso mesmo. Separe qualquer Palavra de Deus e você destrói todas as obras. [“Amém”] Vê? Temos que voltar para a integridade de Deus, o que significa uma integração, o que significa uma verdade. Ora, estes [1a] filhos [7f] saíram exatamente como Ele [2] teve que sair.

 44                Agora, quando você está falando de Jesus, vamos entrar em algumas coisas aqui que são ásperas para se entrar, mas vamos tentar lidar com elas. Agora eu irei para o capítulo 4.

Digo, pois, que todo o tempo que o herdeiro é menino em nada difere do servo, ainda que seja senhor de tudo; (Amém, apenas creia nisso) mas está debaixo de tutores e curadores até ao tempo determinado pelo pai. (Amém. Sete longas eras da igreja nós atravessamos agora desde o tempo de Jesus) Assim também nós, quando éramos meninos, estávamos reduzidos à servidão debaixo dos primeiros rudimentos do mundo. Mas, vindo a plenitude dos tempos, (Agora observe o que Deus fez em um período específico e você verá algo maior do que isso em um outro período.) Deus enviou Seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei,

 45                Agora observe, Ele não foi feito de um homem. Deus enviou o Seu Filho nascido de uma mulher. A criação foi de Deus, mas a composição foi da mulher. Ela foi uma fábrica de produtos químicos. E o Seu corpo saiu da terra da mesma forma como o seu corpo e o meu corpo saiu da terra. Diga o que você quiser, essa é a Palavra de Deus.

 46                Para remir os que estavam debaixo da lei,

Agora, a palavra “remir” realmente significa “resgatar”. Trazer de volta o seqüestrado. Olhe demasiadas vezes para a palavra “redimido” e você sairá em um estado de confusão e numa tangente. Isso significa “comprar de volta”, que literalmente quer dizer “resgate”. A palavra “comprar de volta” é bem como “redimir”. Ela é boa o suficiente, quero dizer, é boa, mas não é boa o suficiente. Ela realmente significa para mim que a vítima foi seqüestrada. Vou dar uma pequena ilustração mais tarde, se alguma vez eu chegar a ela. Em algum momento, talvez hoje ou amanhã. Quem sabe? Tudo bem, aqui diz:

 47                Para remir os… (comprar de volta, resgatar) os que estavam debaixo da lei, (Eles não queriam ficar debaixo da lei; evidentemente que alguém os colocou debaixo da lei. Não pertenciam lá embaixo, eles não eram parte disso. Mas eles foram sequestrados e eles estavam presos lá.) para que recebêssemos a posição de filhos.

 48                Em outras palavras, você tem Jesus vindo por meio de uma mulher a fim de nos tirar do nosso seqüestrador e identificar-nos com o nosso Proprietário. Veja o… tudo bem, vamos falar sobre isso. Aqui está uma mulher, ela é sequestrada, ela é uma esposa e mãe. E algum indivíduo imundo a sequestra e ele envia uma carta e ele diz:

“Agora eu tenho sua esposa e eu vou lhe dizer, eu quero dez milhões de dólares por ela”.

O sujeito rico então diz: “Tudo bem, ela vale a pena tudo o que eu tenho, então eu vou dar-lhe os dez milhões de dólares”.

 49                Quero lhe fazer uma pergunta. Quando ela foi sequestrada e estava de posse do seqüestrador seria essa esposa menos esposa do que quando ela estava nos braços do seu marido? A resposta é não. Ela é a mesma pessoa em diferentes condições. [“Amém”] E quanto a nós como filhos de Deus? [“Amém”] Amém, isso deveria fazer um muro de pedra começar a subir, se realmente cremos nisso. [“Amém”; “Glória a Deus”] Então agora foi pago ao seqüestrador um resgate. Desta forma nós podemos ser identificados agora e a voltarmos para os braços de Deus. Agora, ele diz:

 50                E, porque sois filhos, (E sabendo que somos filhos, identificados Nele) Deus enviou aos vossos corações o Espírito de Seu Filho, que clama: Aba, Pai. (Nosso Pai) Assim que já não és mais servo, mas filho; (Ele sempre foi um filho, mas ele estava trabalhando sob a servidão do seqüestrador.).

O Faraó tomou os filhos de Deus e os fez de escravos e Moisés desceu. Ele disse: “Faraó, deixe ir o Meu povo”. E Jesus veio, Ele disse: “Deixe Meu povo ir Satanás”. Ele disse: “Eu vou deixar o Teu povo ir como nada”. Então quando Israel foi torturado em um pequeno quadro, do que se pode chamar, um exemplo, uma ilustração ou um tipo, Cristo foi lamentavelmente torturado e crucificado para deixar o povo ir. E até mesmo desceu ao inferno em uma forma teofânica e pregou para as almas em prisão e arrancou fora as portas do inferno.

 51                Uma espécie de tipo, o único tipo que eu posso ver em Sansão. Todo pregador pentecostal sempre grita sobre a tomada dos portões da cidade e de subir a uma montanha. Eu digo: “Oh bando de aves, vocês me deixam doente”. Quem quer arrancar um portão fora? Jesus arrancou os portões fora. Você e eu não arrancamos nenhum portão, nós caminhamos pelos portões que são arrancados e se nós pensarmos que sairemos por aí arrancando os portões nós apenas estaremos indo direto de volta à velha selvageria pentecostal. Quem precisa disso? Você não precisa disso. Você quer algo diferente. Você quer que Deus arranque os portões. [“Amém”]

 52                Como o irmão Branham disse, ele disse: “Você apenas”, disse ele “minha vindicação é tão perfeita, que se Deus dissesse: ‘Amanhã vá ao cemitério e ressuscite Abraham Lincoln’, eu chamaria os braços do mundo para me derrubarem, se eu não pudesse fazer isso”. William Branham não arrancou nenhum portão de cidade e subiu a um morro. William Branham não arrancou fora nenhum portão. Ele ficou de lado e deixou que Deus arrancasse os portões! [“Amém”]

 53                Esse é o nosso problema de colheita de algodão irmão, se você quiser saber a verdade. Perdoe o meu vernáculo, mas é a verdade. Esse é o nosso problema, estamos “pbbst”. Mas aleluia, ainda somos filhos de Deus. Temos muito que aprender, não temos? [“Amém”] O Milênio é um lugar para onde estamos indo para aprender um monte disso. Você não vai para lá só para cruzar os braços e [O irmão Vayle faz um barulho de ronco –Ed.] “Boa hora para dormir, eu sou um tipo de pessoa com sono”. Você não vai dormir por mil… você vai ir para a cama à noite, suponho eu, porque… quando se trata da Nova Jerusalém você não vai dormir. Você vai estar muito ocupado com um tempo muito maravilhoso. Quem quer dormir e deixar que tudo passe por você? Você sabe como as crianças pequenas são? Crianças pobres que esfregam os olhos, elas os mantêm abertos porque elas não querem perder um truque, sabe? É assim que é.

 54                Tudo bem. Agora diz aqui, então, que você foi um filho o tempo todo e que você foi um herdeiro o tempo todo, mas você está sob esta tribulação e agora você está livre. Agora, ao lado notamos que o irmão Branham usou 1 João 1:3. Agora estamos seguindo para baixo, Ele descendo, e nós descendo. E você tem que admitir que isso é verdade.

 55                No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a Palavra era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio Dele, e sem Ele nada do que foi feito se fez. E a Palavra se fez carne e habitou entre nós.

Agora ele diz a você bem aí que houve um processo e o irmão Branham disse-nos completamente: Se você faz de Jesus a Palavra você faz três deuses”. Jesus não é a Palavra. Deus é a Palavra. Deus Se fez carne e habitou entre nós. Há um processo aí de Deus descendo [5] para ser carne humana. E Deus ainda está Se tornando carne humana pelos atributos individuais que Ele deixou descer pela raça humana. Vê? Ele permitiu isso, essa vida ali.

 56                Agora, nós… agora como Deus manifestou a Si mesmo e, finalmente, Jesus tornou-Se a expressão, agora aqui [3] era Melquisedeque aqui, [O irmão Vayle muda o desenho de cima para baixo – Ed.] aqui embaixo… bem que poderia muito bem vir aqui embaixo [3] e agora vamos a Jesus Cristo. Jesus Cristo nós O chamamos… Certo, agora… Ele veio para cá [2] e aqui embaixo [5]. Agora chegamos aqui, bem aqui embaixo [6] nesta área aqui. Deixe-me ver o que eu tenho, alguns lápis diferentes e coisas. Nós poderíamos fazer um pouco mais aqui, [Acrescenta mais “***” atributos 1a – Ed.] isso aqui. Agora observe o que fazemos, nós não viemos dessa maneira [4]. Agora é só deixarmos isso para em algum momento voltarmos a isso.

 57                Agora, neste momento temos de ver que a expressão “pensamentos de Deus”, “em Seus pensamentos”, deve ser compreendida. Agora, “os pensamentos de Deus” e “em Seus pensamentos” devem ser compreendidos. Vamos falar sobre isso e antes de entrarmos na leitura do que o irmão Branham disse aqui vamos fazer uma nota novamente; somos chamados de atributos, filhos de Abraão, filhos da fé, filhos de Seu Espírito, filhos de Deus. Todas essas denominações aqui em cima, [7f] eu não vou anotá-las porque você já me ouviu dizê-las.

 58                Então ele diz: “Deus estava em Cristo e decidiu por um processo definido Se tornar carne”. Em outras palavras, Deus estava em Sua irradiação de modo que quando você olha para o fato do que a Escritura diz: “No princípio era Deus”, agora Ele mesmo assumiu uma forma e a visibilidade da forma perfeitamente expressou a Deus, de modo que a forma e Deus eram uma e a mesma coisa. Então quando você olha para Melquisedeque aqui [3], você diz: “Esse é Melquisedeque, isso é verdade”.

 59                Essa é a denominação humana, bem como a aplicação humana ou física que Deus estava usando, mas era Deus. [“Amém”] E olhando para a descida aqui [5]. “Quem vê a mim, vê o Pai”. Agora, Ele disse: “Aceite isso ou simplesmente esqueça-o. Se você quer ser uma parte de Mim”, Ele diz: “você tem que aceitar isso”.

 60                Certo, então agora podemos muito bem colocar aqui, vamos colocar um vermelho neste ponto, e vamos colocar por aqui [5] porque este é o corpo para onde nós vamos colocar tudo isso aqui [5dm] e nós vamos fazer isto “Deus mesmo”. E usamos o latim “sese”, ou, “por si só”, o que você quiser usar.

 61                Certo, o próprio Deus. Agora, então… agora o primeiro passo foi assumir uma forma [2], ou uma Palavra, ou um corpo espiritual que é uma teofania. Certo, agora o que nós temos aqui é um corpo espiritual [2cpe], com esse corpo espírito e isso é um corpo Palavra… Chame do que quiser. É como a terceira puxada. A terceira puxada é… tem significados diferentes para isso. E é exatamente como a abertura do Sétimo Selo. O Sétimo Selo foi aberto?

 62                Bem, eles dizem: “Não foi aberto porque o Sétimo Selo é a vinda do Senhor Jesus Cristo”. Bem, agora ouça, não se confunda porque o irmão Branham disse: “Há uma vinda antes que Ele venha”. Essa é a Aparição. E Apocalipse 10:1-7 é o Sétimo Selo, mas isso não é tudo, porque Mateus 24, o silêncio sobre a descida literalmente, onde nós O encontramos nos ares e a volta, isso ainda faz parte do Sétimo Selo. E o Sétimo Selo vai direto para a eternidade, até à Nova Jerusalém. Então simplesmente não deixe, sabe, confundir os teus pensamentos aqui.

 63                Certo, agora, o primeiro passo foi assumir uma forma [2], ou Palavra, ou corpo espiritual, uma teofania, mas nós contornamos [4] a teofania. Certo, agora vamos ler a partir da página… qual é a página que eu quero? Página quinze e estou na página dezesseis, é melhor voltar… …vamos ver agora, quinze, tem que ser essa. Isso mesmo. Tem que estar em um dos lados da dezesseis, posso dizer a você isso ou eu estou perdido, com certeza. Certo, vamos começar no topo da página, na página quinze e que é na verdade o parágrafo 69, mas não vamos percorrer todo o caminho de volta.

 64                Vê? Você não pode ser a Palavra a menos que você seja um pensamento.

Agora vamos falar sobre o pensamento. Então está bem, ele diz aqui [1a], “Você foi um pensamento”. Então, vamos… existem atributos e isso é a mesma coisa, realmente, pensamento, filhos de Deus [7f], tudo aí dentro [1a], é tudo um, aqui estamos nós aí em cima [1a]. Temos todos esses pensamentos aí. [1a]

 65                Agora, um pensamento é um produto – produto de um pensador. Agora, os pensamentos vêm de um pensador e você deve perceber que quando o irmão Branham compara pensamentos com atributos e filhos, ele não está usando a terminologia acerca de Seus pensamentos de nós os quais pertencem à existência humana. É a mesma coisa como se diz respeito ao ímpio, o perverso, eles foram preordenados para isso. Ou seja, foram anteriormente falados, mas eles não podem ser considerados como pensamentos de Deus. Então eu quero que você entenda que quando você lê o irmão Branham, você deve ter muito cuidado para que você não confunda o pensamento de Deus, Seus planos predestinados, e os deixe misturados com os predestinados. Há uma grande diferença. Eu sou um predestinado. Você é um predestinado.

 66                O irmão Branham disse: Aquele era um deles”. Assim como Jesus Cristo na eleição divina, e Deus tinha planos [“Amém”] e a pessoa e os planos estariam juntos, mas os planos foram no físico. Mas os pensamentos originais são os atributos ou a semente. Vê? Ou o que faz conceber e levar a produzir o físico, que ao mesmo tempo é um ser espiritual que desce até aqui [6]. Vê? Então tenha cuidado com essa palavra “pensamento” porque o irmão Branham a usa, e não indiscriminadamente, mas às vezes é um pouco difícil de entender.

 67                Agora, o pensador, o Deus onisciente, tinha dentro de Si todas estas sementes [1a]. Agora irmão, agora observe, isso não foi algo que Deus fez, isso era algo que já estava. Pela mesma razão que o irmão Branham disse: Se Deus permitir que você se perca e enviasse você para o lago de fogo, Ele estaria destruindo uma parte de Si mesmo”. Então você está olhando para uma realidade aqui [1a] do que os filhos realmente são. Eles são uma parte e uma parcela do Pai [1]. [“Sim”] Agora eles têm que descer para esta área aqui [6]. Certo, agora ele diz:

 68                Você não pode ser a Palavra a menos que você seja um pensamento.

Em outras palavras, você nunca poderia entrar aqui [4] e ser expresso, ou entrar aqui [6] e ser expresso como uma das expressões de Deus, ou manifestações, a menos que você esteja aqui em cima [1a]. Agora olhe, isso mesmo. Olhe para as flores lá no órgão. Diga-me, agora olhe para essas coisas aqui, diga-me por um minuto que nós poderíamos… olhe para essas pétalas bonitas aqui, e olhe para as pétalas de lá, e olha essa florzinha bonitinha aqui e aqui. Agora me diga de onde elas vieram a não ser da semente?

 69                Agora, eles são a expressão dos atributos. [“Amém”] As manifestações físicas e se Deus pode produzir uma bela flor e Jesus disse: “O lírio do campo, olhe como ele está vestido. Salomão em toda a sua glória jamais se vestiu como um deles”. Então como Ele deve te vestir? Meu Deus, com o que nós iremos parecer na ressurreição? [“Amém”] Você acha que as flores são belas? Bonitas flores inocentes, as borboletas vêm, os pássaros vêm, os beija-flores vêm. Oh, as belas flores. Oh, os belos filhos de Deus na Sua glória, meu irmão, minha irmã! [“Amém”] Isso é o que há de errado conosco. Temos um olho para isso, para o subnível. É tempo de chegarmos ao nível de Deus. [“Amém”] Nós deveríamos.

 70                ...Agora, você tinha que estar em Sua… você não pode ser a Palavra a menos que você seja um pensamento. (Em outras palavras, você nunca pode ser um filho expresso de Deus a menos que você estivesse em Deus.) Você tinha que estar em Seu pensamento primeiro.

Agora, isso é o oposto de ser Seu pensamento, Seus pensamentos reais. E você tinha que estar ali dentro [1a], ou como você chegaria aqui? [6] Você tinha que ser marcado, como iremos mostrar-lhe se Ele coloca isso no livro, você tinha que estar ali dentro [1a] e, em seguida, pegar um livro [7], e, depois você teria que vir nesta forma [4], mas você não foi autorizado a isso, você vem desta maneira [6]. Você me entende? [“Amém”] Isso é o que ele diz, eu não estou inventando isso. Eu não sei nada sobre isso, exceto o que eu ouvi o irmão Branham dizer. 

 71                ...Você tinha que estar em Seu pensamento primeiro. Mas veja, a fim de ficar…

E essa não é uma palavra muito boa “ficar em tentação”. Isso significa estar aqui e ser tentado porque ele usou a palavra “ficar”, seria como: “Bem, ei, eu poderia suportar isso”. E você fica… sabe, você não recua, você passa. Não, isso não significa isso. Ele diz aqui:

 72                …Você teve que contornar esta teofania, [4]

Este corpo espiritual, esta forma Palavra. Então você viria até aqui [6] de uma forma Palavra diferente. Vê? Uma forma Palavra diferente, porque você está sendo expresso, porque uma palavra é uma expressão. E quando você usa a palavra “expressão”, no grego você tem que entender que seja o que for que vier aqui [4] tem que ser uma manifestação do que está ali dentro [1] ou isso não é bom. Como se você tem um conceito perfeito de um garfo.

Você diz: “Isto é um garfo”, e alguém lhe mostra uma caixa de sapato e você diz:

“Oh não, não é, oh não, não é”.

Ou eles mostram a você uma colher e ela tem um dente do lado e dizem:

“Isso é um garfo”.

Você diz: “Oh não, não é. Sinto muito”.

 73                E se um garfo tem que ter quatro dentes nele, então ele não pode ser um garfo que é um verdadeiro garfo, a menos que ele tenha quatro dentes nele. Estou tentando mostrar a você que a coisa em si deve ter algo para indicar que é a coisa real. [“Sim”] A ideia deve estar dentro dela. Então, se você vai falar sobre a Palavra aqui [2], isso tem que ser uma expressão do que está aqui em cima [1]. Jesus não podia entrar em cena e dizer: “Aqui estou. Eu sou um homem, e que é Deus”. Ele tinha que ter muito mais do que isso para ir até Ele e Ele tinha. Então tudo bem,

 74                ...Você teve que vir aqui [6] (para suportar a tentação), para ser testado. E você teve que contornara sua teofania [4]. E você teve que descer aqui em carne, para ser tentado pelo pecado.

Vê? Isso é exatamente verdade. Você teve de contornar – que sendo esse corpo Palavra você não poderia ser isso. De jeito nenhum. Em outras palavras, ele disse: Você teve que contornar isto [4] para ser testado”. Isto permite que você saiba que se você tivesse sido isso [4], ou se você pudesse ter trazido isso [4] com você, você não teria sofrido nenhuma queda. Então você teve que contorná-lo.

 75                Agora, isso deve ser terrivelmente importante seja o que isso for [4]. E nesta série, o qual eu não sei. Vamos saber sobre isso de alguma forma, pela graça de Deus ou Ele nos permitirá saber mais adiante porque o irmão Branham disse: Isto é sob o Sétimo Selo”. E temos que conhecer a história de Melquisedeque. Temos que saber sobre isso, porque nós comparamos a Ele. E ele disse: “Ele nos traz a compreensão dos fatos reais e os verdadeiros resultados”. Veremos isso enquanto eu vou lendo. Agora:

 76                …E se o pecado... (agora observe), então, se você pecar, (agora ele pára por aí. Ou seja, “se”, ele disse), se você peca em razão de estar na carne, tendo contornado a sua teofania, (O que acontece?) “Tudo o que o Pai Me tem dado, cada uma daquelas sementes” [1a] (O que vai acontecer?) “Eu o ressuscitarei no último dia”.  

 77                Então vamos dizer que este pequeno companheiro venha até aqui [6], um dos filhos de Deus desce para cá. Certo, ele cai em pecado. Bem, se você levantá-lo…?… a nós no último dia você sabe que o sujeito vai morrer. Agora, esta alma [1a] não pode morrer. [“Amém”] Ela é eterna, porque é uma parte de Deus. Essa alma [1a] nem sequer pode realmente pecar quando você vem até a isso. Vamos tentar falar sobre isso e ver aonde vamos, mas por favor, como você fará Deus pecar? O que acontece? Pela graça de Deus, vamos tentar obter algumas respostas. Eu não tenho todas as respostas, mas eu tenho que olhar para a coisa do jeito que ela é e há algo aqui que devemos saber.

 78                Tudo bem agora, olhe, se ele [7f] tivesse vindo até aqui [4] não haveria pecado. E se ele [7f] pudesse ter trazido isso [4] com ele, ele poderia ter sido tentado, e ele [7f] com certeza teria sido, mas até onde eu sei nada iria acontecer. Mas na maior parte permite isso flutuar. Apenas deixa isso passar. Ele não poderia trazer isso [4] com ele. De maneira alguma isso poderia estar nele ou ele nunca estaria numa posição onde ele pudesse ser provado na carne [6] e, portanto, não poderia ser algum tipo de problema e aqui diz: “Mesmo se houver, Deus ressuscitará no último dia”. Você não precisa se ​​preocupar, não há nenhum filho de Deus que irá se perder. Nenhum desses [1a] se perderá. Deus não irá perder uma parte de Si mesmo. Se somos uma parte Dele isso tomará conta. Agora ouça:

 79                Veja, você tinha que ser primeiro. (Então ele não usa a palavra aí – primeiro o que? Você tinha que ser primeiro uma semente, então você tinha que estar primeiro no reconhecimento do posicionamento, você desce tendo perdido isto [4] você não consegue se lembrar de nada lá em cima [1a], não consegue se lembrar de nada. Agora então ele diz aqui) primeiro você teve de se tornar carne [6]. (Você tinha que se tornar carne). Então veja, Ele vem até a linha regular, de um atributo para (atributo. Agora, ele não diz: “Ele tinha que se tornar carne”, ele diz) você teve que se tornar carne. (Agora ele está traçando um paralelo). Então veja que Ele veio logo abaixo na linha regular, de atributo para o quê? (O resto, para cumprir o plano de Deus).

 80                Agora, realmente, o que ele está dizendo aqui é… agora, aqui não é uma interpolação de verdade, mas da forma como ele vem para nós, não é que ele perca o seu ponto de vista e o personagem com que ele está lidando; é que como os seus pensamentos se inclinam com respeito às palavras e pensamentos que ele está usando no discurso ele nem sempre possui um, dois, três, quatro, cinco, seis. Pode ser um, dois, três, e ele pára por algum tempo e depois vem cinco, seis. Você entende o que estou dizendo? Não é a coisa mais fácil do mundo, mas vamos dar uma olhada nisso. Agora:

 81                ...Se você peca… (é claro que você pecou. Agora, e nós temos corpos que nos permitem pecar, que nos levam ao pecado. Agora observe lá no final do parágrafo 70, a última linha.) ...Mas olhe, quando este corpo recebe o Espírito de Deus, a vida imortal dentro de você, ele lança este corpo em sujeição a Deus.

Então aqui não diz que você veio até aqui [6] como um filho de Deus e vive como um porco até que Deus te levante. Aqui diz que você está sujeito ao pecado, mas pelo dom do Espírito Santo você pode vencer o pecado na carne. Agora vamos ver… vamos voltar agora, e ele diz a você que a promessa está aí: “Eu vou te levantar, mesmo se você entrar no pecado”. Agora, ele disse:

 82                ...Ele vem direto para a linha regular, de atributo para ... (cumprir toda a Palavra de Deus. Agora observe, levando-nos de volta) Antes da fundação do mundo, seu nome é colocado no Livro da Vida do Cordeiro. [7]

Então aqui em cima [1a] há um monte de sementes de Deus. Vamos torná-lo natural. Há muito da vida de Deus que Ele colocará nos vasos. Eu gosto assim porque é melhor do que ir a indivíduos embora sejam indivíduos. Agora vamos lá, porque Ele sabe onde cada pedacinho da Sua vida irá passar e quem vai tê-la. Então agora, Ele tem um grande Livro aqui em cima [7], e aí está. Chama-se “Livro da Vida do Cordeiro”…

 83                Certo, agora, “Seu nome será chamado Jesus”. Isso é “Senhor Salvador”. “Porque Ele salvará o Seu povo dos seus pecados”. Agora, isso está falando de duas pessoas em um. Deus vai salvar o Seu povo, Ele irá fazer isso na forma do Senhor Jesus Cristo [5], pois essa vida absolutamente no espermatozoide e no óvulo é a vida do próprio Deus. Absolutamente trazendo esse Filho, trazendo à luz.

 84                Agora diz aqui, agora veja, olha o que vem aqui [7]. Agora, com isso então estavam todos os nomes [7f] dos atributos. E se você não estivesse aqui [7f] você nunca conseguiria isso [4]. [“Amém”] E Jesus não teria sido esse [2] e vindo até aqui [5], que é um mistério. Vamos tentar chegar a isso com Deus nos ajudando. Você e eu tínhamos que ter nossos nomes primeiro e quando os tivemos nós simplesmente contornamos. Companheirinhos aqui [4], isso não contornou [7 ou 2], mas os companheirinhos aqui [1a-7f], eles contornaram isso, o nome aqui [7f], não podiam ir ali [4], vieram logo aqui embaixo [6]. Isso é o que eu entendo que ele está dizendo aqui. Agora ouça:

 85                Antes da fundação do mundo, seu nome é colocado no Livro da Vida do Cordeiro. (Porque ele estava) Então disso Ele Se tornou a Palavra, a teofania, que poderia aparecer e desaparecer [3]; e então Ele Se fez carne, (e observe), Ele morreu e voltou, ressuscitou em uma condição glorificada. Mas (ele disse) você contornou [4] a teofania e tornou-se homem de carne.            

 86                Agora temos uma nova palavra – homem de carne. Todo filho de Deus, cada filho da fé, todos os filhos de Abraão, todo filho do Espírito Santo, cada semente, cada atributo, cada pequena partícula de vida está agora em carne que agora somos chamados de homens de carne. Então aqui [6hc] somos chamados de homem de carne, os homens de carne… Isso é o que nós somos. Quais são os homens de carne? Estes aqui [6hc], todos estes.

 87                Mas observe, a mesma coisa. Não me importa se isso está na carne ou colocado em uma parede de tijolos, ou colocado em uma nuvem, ou numa árvore, isso não me incomoda em nada. Estou apenas usando isso para uma ilustração. Bem, você diz: “Isso é agora um filho de carne”.

 88                Certo, “filho de carne” não faria diferença para mim. Talvez Deus goste de plástico? Certo, um pequeno filho de plástico. O que eu estou tentando mostrar a você é “filho”. Isso não muda. Assim como o irmão Branham disse: “Quando você sair daqui [6] você não muda”. Bem, glória a Deus, se nós estávamos aqui [1a – 7f] e temos um filho de Deus, uma parte de Deus, como iremos mudar? Porque Deus não muda. [“Amém”] Sei que parece esquisito, mas eu sou um sujeito esquisito. Eu simplesmente creio no que o profeta esquisito disse, isso é tudo. Parece estranho, mas eu não vou ficar irritado com isso. Por que eu deveria ficar irritado? Deus tem um princípio e um propósito em fazer tudo isso. Certo?

 89                Deus tornou-Se homem de carne [5], para ser tentado pelo pecado. Então “se esse tabernáculo terrestre [6tt] se desfizer, temos um esperando por nós”. [4]

Certo, o que está esperando? Que nós voltemos para cá agora. [Desenha uma seta de 6 para 4] Nós fizemos um circuito. É claro que nós não terminamos porque Jesus fez outro circuito. Viemos aqui, [Uma seta de 5 a 8] glorificado. Em outras palavras, o corpo teofânico vem e pega o seu corpo de carne [5], agora glorificado [8]. Certo. ​​Temos um corpo [4] esperando. Certo, o homem de carne [6] vai ser testado.

 90                Vamos para Hebreus capítulo 12 e vamos falar sobre os filhos. Começando no versículo 1:

Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, (e isso é a incredulidade) e corramos com paciência a carreira que nos está proposta.

Em outras palavras, não fique em seu cavalo alto e não fique animado e não tente se apressar, é apenas sentar e repousar. E o irmão Branham disse: “Repousar é sob o Sétimo Selo”. Então nós não estamos tanto sob o Sétimo Selo ainda. Estamos sob ele mas ele não tomou muito efeito. O anestésico ainda não tem tido efeito. Isso não é terrível? Mas pela fé eu creio nisso.

 91                Agora estamos mais relaxados do que estávamos porque estamos cristalizados. Sim. Você já viu um caranguejo petrificado, ou algumas minúsculas criaturas celulares que eles apanham das próprias camadas da terra? Claro que você tem. Você as tem visto. Você pode vê-los em museus. Eles estão em repouso também, eles estão petrificados. Nós não estamos assim tão maus. Estamos cristalizados em nossa compreensão do fato de que Ele está aqui, Ele é o Juiz, Ele declarou a sentença, Ele irá nos tirar daqui, está tudo acabado, quer queiramos ou não. Temos muito descanso. [“Sim”] Se nós somos como o sujeito que vai ficar com a cabeça cortada amanhã de manhã, ou o seu pescoço enforcado – agora, o mundo não sabe disso, mas nós o sabemos. Pode apostar. Sabemos dos segredos de Deus. Nós deveríamos conhecer os segredos de Deus – nós conhecemos os segredos de Deus. As pessoas não acreditam em nós, mas eu não me importo com isso. Eu estou feliz… sabe, as coisas mais maravilhosas do mundo é compartilhar um segredo se você não for, sabe, impertinente em fazê-lo. Então nós compartilhamos nossos segredos aqui do que o profeta nos ensina, veja. Tudo bem agora. Deixe-me ler um pouco mais.

 92                Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, O qual, pelo gozo que Lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-Se à destra do trono de Deus. Considerai, pois, Aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra Si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos.

Agora lembre-se, isso é o que ele está falando no capítulo dois e sobre o nosso relacionamento com Ele, onde Ele é o irmão mais velho, nós somos da mesma fonte, Ele e todos nós de Deus, santificados no meio da congregação, ele está cantando louvores. Agora observe o que ele diz sobre nós.

 93                Ainda não resististes até ao sangue, combatendo contra o pecado. (Ele combateu no Jardim do Getsêmani, derramou gotas de Sangue) E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco como filhos: Filho Meu, não desprezes (o treinamento) do Senhor, e não desmaies quando por Ele fores repreendido; porque o Senhor corrige o que ama, e açoita a qualquer que recebe por filho.

Agora, o que Ele faz? Será que Ele vai bater, bater, chutar, chutar, e dar pontapé? Como o agricultor que chutava o seu porco toda vez que ele o via?

            Você diz: “Por que você chuta o seu porco?”.

Ele disse: “Bem, porque ele entrará em apuros ou sairá disso”. [Risos – Trad.]

 94                Você acha que Deus nos chuta como um bando de porcos? Não. Ele coloca provas e testes, e a tentação, testes – a palavra não é realmente tentação como igual a Adão e Eva. São realmente testes. Ele coloca essas coisas à nossa frente. Como talvez alguns de vocês dizem: “Bem rapaz, se eu pudesse roubar um banco eu sairia da dívida”. Você ficaria preso também. “Bem, eu vou dar uma chance a isso e roubar um banco”. E você sabe de uma coisa? Sua pobreza tentou criar um meio de escape quando a saída é aprender o que eu estava tentando te ensinar aqui, uma compreensão e espírito apropriados. Se você somente conseguir entender isso.

 95                Você não pode irmão e irmã, ser mais do que como disse Davi. Ele disse: “Fui jovem e agora sou velho, mas jamais vi o justo desamparado, nem a sua descendência a mendigar o pão”. [“Amém”] Eu quero que você entenda que Deus é verdadeiro. Podemos agir como um bando de impostores. Eu não vou negar isso, mas Deus é fiel e há sempre alguém que irá acreditar em Deus. [“Amém”]

 96                O irmão Branham disse: “Se não somos a Noiva há uma noiva aí fora em algum lugar, e pela graça de Deus nós não ficaremos em seu caminho”. Veja, eu gosto de um homem como o irmão Branham que diz essas coisas. Então tudo bem, vamos continuar lendo.

 97                Mas, se estais sem disciplina, (testado e experimentado e ver como você reage às condições) da qual todos são feitos participantes, (então você é ilegítimo) sois então bastardos, e não filhos.

Um verdadeiro filho de Deus chegará ao ponto onde ele diz: “Senhor, eu confiarei em Ti. Tenho que fazer isso”. Agora, você pode morrer nessa condição, porque alguém tem que nos tirar deste mundo. Papai Bosworth orou pelo enfermo e ele… Eu conheci papai muito bem e ele amava alguém que teve uma operação do mastóide radical, sem o tímpano, não havia ossos, desapareceu. Bem, ele tinha acabado de começar a rir, porque sabia que no minuto em que ele orou aquele sujeito simplesmente olhou assim, porque ele obteve um novo tímpano. Isso aconteceu uma vez em meu ministério. Eu não sei como isso aconteceu, eu simplesmente sabia que aconteceria. Você não pode dizer como Deus Se move. Se você não é guiado por Deus ao orar pelos enfermos e todas estas coisas, irmão, você pode ser uma farsa.

 98                O irmão Branham foi o único homem verdadeiro que alguma vez foi um homem-Palavra em nosso meio, irmão e irmã. [“Sim”] Você o observou, você viu que era exatamente correto. Você escutou, você ouviu o que estava certo. Papai Bosworth morreu com câncer de próstata. Ele não morreu muito, muito doente, mas ele sabia que ele estava partindo. Duas horas antes de morrer, ele se sentou na cama, apertou as mãos de todos os santos falecidos. Abraçou-os em espírito, viu todos eles. Que coisa! Sabe, para morrer assim você tem que viver assim. Você não pode dizer: “Senhor, eu vou viver de repente… morrer assim”. Bobagem. Você tem que descer aqui. Sabe, você é novamente testado, caso contrário você é um filho ilegítimo.

 99                Além do que, tivemos nossos pais segundo a carne, para nos corrigirem, e nós os reverenciamos; não nos sujeitaremos muito mais ao Pai dos espíritos, para vivermos? Porque aqueles, na verdade, por um pouco de tempo, nos corrigiam como bem lhes parecia…

Nós ficamos bravos e damos tapas em nossos filhos. Deus nunca fica com raiva e nos dá tapas. Vamos entender esta manhã, se pudermos, irmão e irmã, porque muitos de nós não se sentem bem. Ficamos doentes e à medida que você envelhece você ficará mais doente. Vamos entender isso, Deus não dá tapas em você. Ele não bate em qualquer um por aí. Se você é muito teimoso Ele simplesmente limpa você muito bem e permite que você morra.

 100            Você diz: “Bem, eu acho irmão Vayle, que eu tenho todos esses problemas, porque eu fui uma pessoa tão desagradável”. Vou dizer a você, você ainda é uma pessoa desagradável. [Risos – Trad.] Você não tem o crédito, então você está doente, é isso? Não. Não, não é o que Deus está fazendo. Não tente associar qualquer coisa fora da Palavra. [“Amém”] Tenha certeza de que você conhece a Palavra. Não seja culpado de tentar julgar a Palavra pelo espírito. Isso não irá funcionar. Você sempre julga o espírito pela Palavra. Deixa cada coisa pela Palavra. Palavra, Palavra, Palavra, Palavra, porque foi revelada a nós. Agora, isso é o suficiente… deixe-me ler aqui.

 101            ...Mas Este, para nosso proveito, para sermos participantes da Sua santidade.

O que significa isso? Aquele que sofre na carne deixará de pecar. “Participar” quer dizer, da sua santidade, não significa que você a obtêm pelo sofrimento, e não significa que você vai ser uma boa pessoa pelo sofrimento. Significa que você aprende as suas lições e você anda mais à Sua imagem. Você está andando na luz, o Sangue está sempre limpando você. Vê? Certo, vamos voltar ao irmão Branham aqui agora.

 102            …Você contornou a teofania [4] para se tornar um homem de carne [6], para ser tentado pelo pecado. “Então, se este tabernáculo terrestre [6tt] se desfizer, você tem um esperando” [4]. (Isso mesmo) Nós ainda não temos os corpos. (que são os corpos Palavra. Nós não temos ainda.) Mas veja, quando este corpo [6] recebe o Espírito de Deus, a Vida Imortal dentro de você, Ele lança este corpo em sujeição a Deus. Aleluia!      

 103            Agora, isso aí é verdade. Ou seja, você e eu recebemos o poder através da revelação da Palavra e o poder que está na Palavra de andar de acordo com a Palavra, como diz a Bíblia: “Se você viver no Espírito ande no Espírito”. Bem, certamente que devemos ser capazes de fazer isso. Agora, ele fala da imortalidade, que só pode vir do outro lado da ressurreição. Mas sabe, o que acontece conosco aqui que nos encontraremos com a Presença de Deus quando formos? Bem, nós não vamos para as nossas teofanias. De nenhuma maneira, meio e forma. Isso tem que vir até nós. Entretanto, se morrermos temos um corpo, o corpo espírito, corpo Palavra, a forma teofânica, ali está [4], temos absolutamente que saber que estamos indo para lá. Nenhum problema de modo algum.

 104            Agora… ele está olhando para este pensamento aqui: “Se você pecar”. Vamos ver se podemos falar um pouco sobre isso. Sempre, é claro, tem que haver um canal em algum lugar para que uma pessoa receba uma impressão, um “stimuli”, um estímulo, a fim de dar uma resposta, a fim de responder a isso, ter uma reação. Tem que haver algum tipo de estímulo para uma reação e uma resposta. Agora aqui [4] você não poderia ter isso. Aqui [6] você poderia ter isso, abaixo. Então é aí que vem o problema.

 105            Agora, na alma aí está contornando isso [4], e indo diretamente para cá [6], você veio aqui [7] para o livro, e aqui embaixo [6] para a carne. O que reside nessa alma é a fé ou a dúvida. O poder de decisão, de crer ou não crer. E se a alma abre caminho para a carne e o espírito, ela tomará uma decisão errada, mas isso é em si mesmo, eu não creio que essa alma peque, porque “a alma que pecar, essa morrerá”. E não foi que Eva descreu de Deus ou Adão descreu completamente de Deus e disse certas coisas que os teria condenado, blasfemado contra o Espírito Santo, a Palavra de Deus. Mas o que eles fizeram, eles deram ouvidos à Satanás ao interpretar a Palavra para eles e, assim, eles entraram em seus problemas.

 106            Então, basta olhar para este quadro aqui enquanto o irmão Branham fala sobre isso. “Então, se você pecar”, e sabemos que Adão e Eva pecaram, Ele não chamou isso de pecado, para começar. Ele apenas disse: “Não toque nesta árvore, não tenha nada a ver com ela”. Mas Ele disse: “No dia em comeres disso”, Ele disse: “Esse é o dia em que morrereis”. E nós sabemos que o pecado entrou e ele entrou pela incredulidade – não creram que havia uma pena ligada a isso porque Satanás entrou e o irmão Branham disse: “Você é a justa, impecável Noiva do Senhor Jesus Cristo. Ele disse: “Você nem sequer fez isso de modo algum, você foi iludido a isso”.

 107            Assim, o que estamos vendo aqui então é que eles foram enganados, mas a própria alma como eu entendo a Escritura, não pode ser enganada no sentido de que ele jamais negaria a Palavra do Deus Todo-Poderoso. Você e eu, todos foram enganados em muitas e muitas coisas. Mas quando isso desceu para a Palavra, que era a Palavra, nós não deixamos de receber a Palavra de Deus e de acreditar. Mas quando a tentação da carne vem, porque somos pessoas de carne, podemos fazer as coisas carnais as quais nós olharemos – não teremos tempo esta manhã – nós vamos ver isso no livro de 1 João e mostrar-lhe como que chega até nós.

 108            Agora, no Milênio, por causa do corpo glorificado, ou se tivéssemos corpos simplesmente teofânicos, nós nunca pecaremos por causa das circunstâncias, não haveria nada lá para responder a essa coisa em particular que aí está. Assim, entendemos este ponto, então. Quando Deus nos deixa descer aqui [6] Ele absolutamente nos permite entrar em uma forma que pudesse ser tentada e que responda a isso. Agora, isso é tudo o que você pode dizer. E se Deus permitiu, Deus permitiu isso. E Irineu foi o homem que disse isso: “Deus sendo um Salvador, foi necessário que Ele predestinasse um homem”, agora observe, “predestinar um homem, em outras palavras, levá-lo a um lugar [6hc] em que ele requeresse salvação”. Então Deus permitiu Seus filhos entrarem em um lugar onde eles precisassem de salvação. Eles estão separados de Deus.

 109            Quanto da separação de Deus há nesta forma aqui? [4] Por favor. Realmente não há separação de modo nenhum, se você quiser falar sobre isso. É quando eles chegaram aqui [6] que houve a separação. Este é onde o problema pode estar. Não há nenhum problema aqui [4]. De nenhuma maneira, meio e forma. E quando você sair daqui [6] não há nenhum problema ali em cima [4]. E quando você voltar, não há mais problemas. Só há problemas em um ponto aqui [6hc]. Deus permitiu isso. Então Ele pagou o preço de Si mesmo em Sua própria vida no corpo do Filho e deu o Seu próprio Sangue.

 110            Agora, isso é o melhor que eu posso entender e fazer isso aí, porque eu não posso neste momento encontrar nada que o irmão Branham teria dito, ou que a Palavra de Deus teria dito, que a alma, uma parte de Deus, na verdade fosse pecaminosa. Em nenhum lugar. Na verdade ele mesmo disse que: “quando você está cheio do Espírito Santo você chegará a um momento em que você perceberá que você sempre foi salvo”. [“Amém”] Bem, meus céus, se você sempre foi salvo, então você nunca se perdeu. [“Amém”] Do que ele está falando? Ele está falando sobre a perfeição de Deus, não importa para onde isso vai. [“Sim”] É sempre a perfeição de Deus, porque isso é uma parte. Então, isso é o melhor que eu posso te dizer aí. Há um pequeno problema, mas nós não precisamos nos ​​preocupar muito.

 111            Quantos minutos temos? Vinte? Bem, eu não irei mais longe. Vou parar por aqui porque eu acho que este é um bom lugar para deixar o quadro-negro. Faz uma breve recapitulação, e depois vai direto para onde eu quero te levar e te mostrar o que está neste mundo aqui, o que Deus permitiu trazer e levar um princípio da tentação do pecado para nós. E nós vamos ver isso aí como o irmão Branham nos trouxe, e ele diz: “Ele nos leva diretamente em linha como este aqui [5]. (Vê?) E em uma perfeita forma glorificada”.  

 112            Isto mesmo é o que acontece conosco, aqui embaixo [6] e talvez alguns de vocês irão para ali em cima [4]. A maioria de nós. E então alguns de nós apenas darão um corta-caminho bem aqui [desenha uma seta de 8a para 8 – Ed.] e simplesmente somos glorificados e encontramos a nossa teofania. Porque, ei, quando você está glorificado é tão bom como se você estivesse neste aqui [4]. Mas veja, você tem que vir por todo o caminho. É por isso que o irmão Branham trouxe a Mensagem, ensinando-nos exatamente o plano completo e o propósito do Deus Todo-Poderoso.

 113            Esta geração sob o Sétimo Selo é o único povo que tem a visão panorâmica de Efésios capítulo 1. Ninguém mais tem. [“Amém”] Não senhor. Nem no dia de Paulo. Paulo disse isso, e não pôde pregar isso, não pôde fazê-lo, as pessoas não poderiam entender. Este é o único povo totalmente maduro. Isso é porque há algo em Melquisedeque e eu já lhe disse o que era. É pura e simplesmente a melhor coisa que eu vejo neste momento de que Melquisedeque era um sacerdote de Deus para os homens. Esse mesmo aqui que está ministrando para nós hoje. [Aponta para o quadro na parede – Ed.] E que o Cordeiro ainda está no trono e o que Ele está fazendo? Ministrando a Deus por nós. Há um intercessor lá, irmão e irmã, mas o próprio Deus aqui. Sem Aquele ali, irmão e irmã, Deus desceria e explodiria a criação sem restar nada. Vê para o que você está olhando sob Melquisedeque?

 114            Ninguém jamais saberia isso, exceto que Deus enviasse um profeta e eu não sei o que isso vai fazer por nós. Bem, eu sei o que isso irá fazer por nós. Vai aumentar a nossa fé. Vai ser parte da partida daqui. Eu amo isso. Você não? [“Amém”] Vamos lá, vamos nos levantar e nos despedir se você ama a Palavra de Deus.

 115            Pai Celestial, mais uma vez obrigado por Tua gentileza e bondade para conosco neste momento. E Senhor Jesus Cristo, sabemos que Tu estás conosco, ó Deus, para nos conduzir e guiar-nos e direto a toda a verdade. E esta é uma parte da verdade, e Senhor, sabemos que não há nenhuma verdade, a não ser a que se manifestaria como tal. Então Senhor, estamos felizes em saber que há uma manifestação aqui, nesta hora, a verdade de Melquisedeque captada em uma câmera. Deus mesmo ministrando a um povo e nos dizendo exatamente o destino que Ele cortou para nós em Si mesmo e por Seu Filho, Senhor, isso não poderia ser melhor. Nós nunca teríamos pedido por isso, nós não teríamos conhecido para pedir por isso mas nós Te agradecemos Senhor por trazê-lo para nós.

 116            Agora Senhor, deixe isso congelar em nossas mentes e bloquear todos os canais da alma de modo que isso não saia, mas que chegue até as nossas almas e que então comece a sair em expectativa, crendo com fé como nunca antes. Andando na luz para ter comunhão uns com os outros, com o Sangue de Jesus Cristo nos purificando. Assim, Pai, agora estamos… enquanto vamos para o culto batismal, rogamos Senhor, para que Tu abençoes aqueles que, se houver mais de um neste culto, ó Deus, e nós que estamos aqui para sermos uma parte disso, para saber que este é um grande testemunho a Ti neste tempo final que aqui é outro que quer expressar a fé em Ti Senhor nesta Mensagem do tempo do fim, em nosso grande Deus e Pai. Nós apenas Te pedimos agora para que nos abençoe Senhor, para este fim. Nós Te daremos o louvor. Em nome de Jesus. Amém. (…)

 [A fita continua com o culto batismal – Ed.]

 

 Tradução: Diógenes Dornelles

 “Eu creio definitivamente que uma comissão foi dada a mim por Deus e reiterada pelo profeta, de que era para eu esmiuçar o que ele disse e trazer isto para o povo. Para explicar ele e a sua mensagem e o seu ministério para as pessoas. Tenho feito isso por toda a minha vida. Essa é a única coisa que eu sabia como fazer”.

Lee Vayle

  Esta mensagem intitulada “Quem é Este Melquisedeque? Nº.7 – Sacerdote de Deus Para o Homem” (Who Is This Melchisedec? # 7 – Priest of God Unto Man) foi pregada pelo Rev. Lee Vayle, no dia 27 de agosto de 1988, sábado à noite, na Igreja do Evangelho da Graça, em Saint Paris, Ohio, EUA. Esta tradução foi feita na íntegra do inglês para o português, em setembro de 2013, com o auxílio do texto e áudio original. (Duração: 1 h e 18 min.)

www.doutrinadamensagem.com

http://diogenestraducoes.webnode.com.br/

www.doutrinadopai.com

http://www.pulpitoonline.com/

http://www.messagedoctrine.com/

www.leevayle.net

Gostou? Compartilhe na rede!
Tags

1 comentário  - Clique aqui para comentar!

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Dados do Autor

Doutrina da Mensagem Admin do site doutrina da mensagem » Blog do autor. » Site do autor.