Ser Como Criança Download PDF

Ser Como Criança

Ser como Criança Lee Vayle

Introdução

Esta pequena mensagem contendo alguns breves comentários do Rev. Lee Vayle, antecedeu ao sermão que seria pregado naquela noite, intitulado “Perguntas e Respostas Sobre a Deidade Nº. 5”, e que também serviria como uma introdução ao culto de Comunhão que seria ministrado logo mais.

 Na noite em que o Senhor Jesus Cristo tomou a Sua última ceia com os Seus discípulos, entre eles encontrava-se também Judas, aquele que naquela mesma noite Lhe trairia. Após ter se retirado para ir de encontro às autoridades para as quais ele O entregaria, Jesus então pôde compartilhar a sós com os Seus apóstolos as Suas últimas prescrições, pouco antes de se dirigirem para o Getsêmani. Entre elas houve uma importante declaração proferida pelo Filho de Deus que foi: “Vós sois Meus amigos, se fazeis o que Eu vos ordeno”.

Obviamente que Judas não era o Seu amigo, mesmo embora tivesse passado uma boa parte de tempo ao Seu lado, cumprindo com algum compromisso formal. Entretanto a mesa de companheirismo com Deus somente deve ser compartilhada com aqueles que resolutamente aceitam cumprir os Seus mandamentos. É na abnegada disposição em obedecer aos preceitos de Deus que se verifica uma verdadeira amizade e um genuíno companheirismo com Ele. Nossa amizade com o mundo ou com qualquer sistema ou doutrina que esteja fora de Sua Palavra é inimizade contra Deus, pois como disse o irmão Branham: “Um Palavra fora do lugar é o reino de Satanás”.

Satanás neste instante está conduzindo o mundo religioso na adoração a Deus, porém totalmente fora de Sua Palavra e sem nenhum respeito à Suas ordenanças, produzindo assim uma falsa comunhão com o Deus Criador. Há aqueles porém que obedecem a Deus com motivos errados e sem conhecer qual é a Sua soberana vontade. Tal adoração torna-se infrutífera, pois é necessária que ela seja feita em espírito e em verdade. Entretanto, não pode haver uma obediência à Palavra de Deus a menos que Ela seja conhecida. Para isso Deus nos enviou o Seu profeta a fim de corrigir a todo erro e por a Sua Igreja em ordem através da revelação de Sua Palavra. Todo o adorador fiel precisa servir a Deus andando na luz de Sua Palavra a fim de refletir em sua vida as marcas do caráter do Seu Filho. E está se aproximando o tempo em que aquilo que o Senhor Jesus Cristo nos prometeu se cumprirá, quando na ocasião em que Ele estiver Se manifestando na Sua gloriosa vinda, nós O veremos e seremos como Ele é.

Os verdadeiros filhos de Deus estão sendo estabelecidos por Ele mesmo em Sua Presença e o que os caracterizam como filhos é a sua submissão e um íntimo senso de dependência a Deus, da mesma forma como uma criança sente de seu pai. Nos dias de Jesus alguns discípulos disputavam para saber quais deles seria o maior no reino do céu, e ao apresentar-lhes uma criança Ele disse: “aquele que se tornar humilde como esta criança, esse é o maior no reino dos céus”. Uma criança sabe que precisa aprender, e como elas, temos que ser constantemente ensinados, dar ouvidos a voz do Pai, ir direto a Ele, dar a Deus a preeminência e deixar Jesus ter o Seu caminho em nossas vidas. Como uma criança, precisamos ser humildes para remover de nossas mentes aquilo que julgávamos ser a verdade e no qual colocávamos toda a nossa confiança; deixarmos de lado a velha doutrina, os credos decorados, os dogmas dos homens, estarmos dispostos a aceitar a correção de Deus, fazer renúncias e permitir que nossas mentes sejam controladas pela Palavra do Deus vivo.

Para ser um filho de Deus é necessário ser como uma criança, e ser como criança é estar sempre disposto a aprender mais e humildemente servir ao seu próximo, sem desejar ser superior ou tirar alguma vantagem sobre alguém, como muito bem resumiu o Rev. Lee Vayle nestas palavras:

“Quando eu estudo as mensagens e ouço o irmão Branham, eu só tenho uma coisa em mente: eu quero aprender. Eu tenho que aprender se eu quiser ensinar e ajudar a você, o qual talvez eu não possa. Talvez eu nem mesmo esteja fazendo isso e nunca tenha feito. Mas eu estou dizendo a você o meu desejo. O meu desejo não é saber algo com o objetivo de saber algo que eu possa ter como uma vantagem sobre alguém, para que eu possa ser alguém que eu não sou; de nenhuma maneira, meio e forma. Eu realmente desejo saber. Eu realmente quero saber. Eu creio que sou um dos filhos de Deus”.

                                                                                                                            Diógenes Dornelles

 

Ser Como Crianças

 Comentários Pré-Culto

 2 de Dezembro de 2000

 Irmão Lee Vayle

1               (…) Estou alegre em ver todos vocês aqui, como eu digo, confiando que Deus te abençoou neste último espaço de tempo e queLee Vayle continue a te abençoar enquanto o tempo está ficando mais curto. Agora, eu apenas estava pensando nesta noite, no último dia ou algo assim, concernente ao Senhor em Sua apelação ou como que Ele se dirigiu aos Seus discípulos – como que Ele conversava com eles e colocava-os na comunidade daquela hora, o reino de Deus que estava sobre a terra. E aqui em João 15 nós descobrimos Jesus dizendo algo absolutamente maravilhoso. No versículo 14, Ele disse: “Vós sois Meus amigos, se fazeis o que Eu vos ordeno”. E, sabe, eles cantam este hino:

 Companheirismo com Jesus,

Companheirismo divino,

Oh, que bendita e doce comunhão,

Jesus é o meu amigo.

 2               E essa é uma canção muito bonita, porém ela realmente não cai como uma Escritura. A Escritura não diz aqui que se você é alguém que é um estudante muito bom, e você é bom na oração, e você sente que você tem esta bendita comunhão… Como: “Eu vim ao jardim sozinho enquanto o orvalho ainda está sobre as rosas, e eu ouvi uma voz soando em meu ouvido”, sabe, e o Filho de Deus está conversando comigo, e eu estou conversando com Ele, e temos este maravilhoso relacionamento. E sobre as bases de seu sentimento e pensamentos sentimentais você canta:

 Companheirismo com Jesus,

Companheirismo divino,

Oh, que bendita e doce comunhão,

Jesus é o meu amigo.

 3               Bem, você está enganado. Ele disse: “Se você cumprir os Meus mandamentos”. Então a amizade com o Senhor é cumprir a ordem de Deus. E isso é muito simples quando você entende que a amizade com o mundo é absolutamente contrário a Deus. E o irmão Branham, o que foi que ele disse? “Uma palavra fora é o reino de Satanás”. E, sabe, muitas pessoas ainda não entendem isto. Elas dirão a você, e todos os teólogos, estou seguro, e todo mundo que é pelo menos um pouquinho versado ou que nem sequer necessariamente entraram na Escritura, eles dirão a você que Satanás uma vez conduziu à adoração de Deus. Então, se ele conduziu à adoração de Deus, ele foi criado para conduzir à adoração de Deus. E, é claro, o que ele fez? Ele disse: “Eu me exaltarei acima do Altíssimo, e eu estarei lá em cima, e eu serei um que recebe a adoração”,[1] e é claro, você sabe que no tempo do fim ele irá reclamar adoração. Mas até que ele esteja encarnado e reclame adoração, ele será o que ele sempre foi, que está conduzindo na adoração.

 4               Agora, eu entendo que até mesmo quando eu digo isto, de certo modo sinos tocam para mim, e isso realmente será como o mais amargo sal de Epsom[2] nas bocas daqueles que virão contra isto, porque eles dizem: “Bem, Satanás não poderia conduzir à adoração de Deus”. Bem, eu quero perguntar a você: quem está? Quem está dirigindo a igreja católica romana? Quem está dirigindo as filhas da prostituta? Quem está dirigindo os templos budistas e os islâmicos? Venha agora e responda a minha pergunta. [“Isso mesmo”] E o deus deste mundo cegou os olhos das pessoas. Bem, se ele os cegou, o quê os cegou? Como Eva ficou cega? Bem, ela deu ouvidos à palavra do diabo. [Satanás a cegou com a palavra, e abriu os seus olhos para a agradável perversidade – os prazeres do pecado ou incredulidade].

 5               Então você tem esta idéia aqui de que esta amizade com Jesus é um agradável tempo de adoração, e eu não tenho nenhum problema com isto. E isso é um grande tempo de, sabe, ficar junto e de se cantar os seus louvores; e eu não tenho nenhum problema com isso. E é um grande tempo de falar em línguas e profetizar e, quem sabe, apenas acertar no botão em cada tempo específico. O irmão Branham menciona isto. De qualquer forma ele nunca teve isso em [sua igreja], mas não estou dizendo que isso não está disponível. Isso está, mas certamente que os dons estão sobre a cornija da lareira, por assim dizer. Quero dizer que eu seguirei durante o tempo todo com isto, mas eu ainda seguirei durante o tempo todo com o fato de que aquela foto do sobrenatural – as nove labaredas de fogo no altar – são todos os nove dons, e de que ele possuía todos eles. Cada um: línguas, interpretação, profecia, palavra de sabedoria, palavra de conhecimento, fé, cura, milagres, discernimento de espíritos; e assim por diante, cada um deles.

 6               E ainda assim, aqui diz que eles virão naquele dia e dirão: “Senhor, temos expulsado demônios, temos profetizado em Teu nome, falado em línguas, fizemos todas estas coisas exatamente como Marcos 16 disse. Aleluia, Tu és o mesmo ontem, hoje e para sempre”, (isto é Hebreus 13:8 e não Marcos 16). Isto é Gênesis 18. Agora veja, nós não saberíamos disso exceto que o profeta nos contasse. Então não sejamos sábios aos nossos próprios olhos como se aprendêssemos algo por nós mesmos, ou que tivéssemos por nós mesmos. Nós obtemos isso do homem que Deus ordenou para ser o vaso para esta hora e a Palavra viva de Deus manifestada, e Deus manifestado em carne. E essas são declarações que sem elas nós jamais creríamos.

 7               Então, sabe, eles não podem crer que Satanás está conduzindo à adoração. Como a Bíblia diz que eles virão naquele dia e Deus dirá: “nunca vos conheci; apartai-vos de Mim vós que praticais a iniqüidade”. E eles não dirão a você que a iniqüidade é desde o princípio quando Satanás estava manejando a Palavra, e ele mudou a palavra disto.

 8               Então o que é a amizade com Jesus? Bem, nós simplesmente temos que trabalhar duro para isto: você é um amigo Dele se você der ouvidos aos Seus mandamentos e obedecer aos Seus mandamentos. Agora, você tem que primeiro ouvir e entender, ou você certamente não irá obedecê-los. Agora, existem tantas coisas como obedecer a uma porção de coisas que Deus disse, porém com um motivo errado, um entendimento errado, um discernimento errado da Palavra, e isto não irá funcionar, porque você tem que adorar em espírito e em verdade. Você tem que ter a ambos.

 9               Então “Amizade com Jesus é o divino companheirismo” é bom, mas segue por todo o caminho. Sabe, se nós andarmos na luz como Ele está na luz, temos amizade – companheirismo, um com o outro. O irmão Branham disse que companheirismo são dois homens num navio ou num barco, que é uma explanação muito simples. Como podem dois andar juntos a menos que estejam de acordo?

 10           Então você tem aqui o quadro perfeito que Jesus disse que toda a Escritura, cem por cento, segue com isto. Se você caminha com Ele, você tem que dar ouvidos a Ele, e dar ouvidos a Ele é ouvir a Sua Palavra. E a Bíblia disse que “se você não deixar de ouvir a Minha Palavra, Eu certamente manterei o Meu ouvido em sintonia com os seus lábios. Eu ouvirei as suas orações”. [Companheirismo. Proximidade].[3]

 11           Então tudo bem. A amizade com Jesus aqui está diretamente relacionado nas bases de se obedecer aos Seus mandamentos, “se fizerdes o que Eu vos ordeno”. Agora lembre-se, o grande mandamento que surgiu após o Pentecostes foi: “Arrependei-vos e sede batizados no Nome do Senhor Jesus Cristo”.[4]

 12           Então vamos ir um pouco mais adiante agora; e iremos para João, e veremos outra coisa aqui, que eu acho que é muito, muito interessante, e que podemos aplicá-la hoje. O que eu tenho dito agora é cruzar o quadro pelas Sete Eras da Igreja quanto ao desconhecido[5] específico. E a razão que eu digo “desconhecido específico” é porque isso simplesmente corta bem o caminho, e companheirismo com Ele é obedecer aos Seus mandamentos, andar na luz de Sua Palavra, que é uma questão de conduta. E isto é compreendido pelas Sete Eras da Igreja. Mas entraremos um pouco mais a fundo agora, e tomaremos algo que atravessa as Sete Eras da Igreja, mas que se torna ultra específico neste tempo em particular.

 13           Então, João 21:3-5. Simão Pedro disse-lhes: “Eu vou pescar”. E eles lhe disseram: “Nós também iremos contigo”. Agora, eu quero que você observe que isso acontece no tempo da ressurreição de Jesus – Ele tem ressuscitado dos mortos – e o tempo da Sua ascensão. Agora, lembre-se de que Jesus é ressuscitado dos mortos, e a prova é o fato de que Deus mesmo desce aqui agora com o mesmo ministério que Jesus tinha quando Ele esteve aqui sobre a terra na carne antes de Sua morte, provando Sua aparição aos gentios. E Ele está aqui até que Ele nos leve para cima na ascensão. Certo? Quando aquele Espírito que está em nosso meio se torna encarnado para nós, nós O coroaremos Rei dos reis e Senhor dos senhores. E este Espírito é Deus; alarido, voz, trombeta. Certo? E a voz é o povo ressuscitando dos mortos e a trombeta é o chamado para a Ceia das Bodas. Certo?

 14           Então tudo bem. Aqui está um período aí em que é simplesmente igual ao nosso, e Pedro diz: “Vamos pescar. Eu acho que eu não posso agüentar [6] mais. Eu sei que Ele está aqui em algum lugar. Isso tem sido confirmado. Mas agora estamos largados à expectativa, e então vamos simplesmente pescar”. Bem, isso é muito bom, porque o irmão Branham disse: “Você e eu estamos somente para plantar batatas e martelar em pregos e…”, sabe, cortar cabelos, para os homens, não para as mulheres, e, sabe, calças de ferro – calças longas para os homens mas não para as mulheres. Você não está com aquelas coisas, você sabe.

 15           E assim, existe um ponto aqui que embora Pedro estivesse certo, ele ainda estava errado. Ele foi precipitado outra vez. E ele estava de certa forma simplesmente jogando suas mãos para cima. Certo, bem, ele não deveria ter feito isto, mas de qualquer maneira ir pescar está tudo bem. Agora observe, este companheiro é um líder, e deste modo um monte de gente segue com ele. Agora, eu não estou lhe dizendo que isso é ruim. Estou apenas traçando um paralelo. Você me entende? Tudo bem. A Bíblia não diz que isto é ruim. “Nós iremos com você”, eles dizem.

 16           Agora alguém diz: “O que é esta promessa de Sua Presença, agora?”. O que você irá fazer? Você irá junto com eles? Bem, alguns irão, eu suponho. Eu não sei. Você tem que responder a pergunta agora. Quanto a mim, eu não posso, porque eu já tenho sido fritado em azeite. Você não tem mais que me ferver em azeite. (…) Estou cristalizado. Estou frito a tal ponto que eu não posso pensar em qualquer outra coisa.

 17           Agora, se eu não o faço, isso nada tem a ver com Deus e a Sua Santa Palavra, porque o que Ele está fazendo é soberano, e Ele está fazendo isto à parte de mim. Eu creio que Ele está fazendo isto para mim e por mim, da mesma forma como você crê. Então vamos prosseguir.

 18           Foram, e subiram logo para o barco, e naquela noite nada apanharam. (Agora você vê onde irá acabar? Você não terá nada. Nada. Agora, Deus é gracioso, e estes eram discípulos verdadeiros, então Ele irá trazê-los de volta) E, sendo já manhã, Jesus Se apresentou na praia, mas os discípulos não conheceram que era Jesus. (Agora, você tem isto exatamente hoje. As pessoas não sabem que Jesus está de volta na forma do Espírito Santo, o que simplesmente significa que Deus mesmo desceu para colocar todas as coisas debaixo dos pés de Jesus – Deus Se manifesta em carne humana mais uma vez) Disse-lhes, pois, Jesus: Filhos,[7] (Agora não é “amigos”; é “filhos”) tendes alguma coisa de comer?

 19           Agora, antes disso quando Jesus tinha trinta e três anos e meio, o qual nós cremos que Ele estava naqueles anos de Sua liderança dos discípulos, Ele os chama de “amigos”. E, eu não tenho dúvida, mas eu não sei – eu tenho este sentimento de que Pedro era mais velho, e eu tenho este sentimento de que havia pessoas mais velhas do que Jesus, embora o irmão Branham cite Josefo que dizia que Ele parecia ter cinqüenta anos de idade ou algo assim; Ele Se parecia como um homem velho, e Ele podia muito bem ter feito isto, porque Isaías disse que não havia beleza para que nós O contemplássemos, e nada para que nós O desejássemos. Então, Ele era particularmente um companheiro estranho talvez, e muito esquisito, incomum, você sabe, como os profetas são. E Ele disse: “Filhos, tendes alguma coisa de comer?”.

 20           Agora, sendo mais velho, e Este está em Sua ressurreição. Há muito tempo que Este não está mais em carne humana quando Ele estava associado com aqueles mesmos nascidos de uma mulher como Ele foi. Mas, é claro, o nascimento deles foi natural; o Seu foi sobrenatural. Ele os chamava de “amigos”, mas agora, retornando completamente num corpo glorificado para a Sua pré-encarnação anterior, você pode dizer, indo de volta para onde Ele estava antes de Abraão – naquele princípio em Ele estava – Ele agora os chama de “filhos”.

 21           Então é isto que eu estou vendo neste homem de trinta e três anos e meio de idade, que chama estas pessoas (separadas desde aquele tempo da ressurreição para Sua subida, de volta àquele local) de “amigos”. Mas agora, neste local onde Ele está pronto para ascender – e isto é na hora da ressurreição (Ele ressuscitou); e também notamos que outros subiram com Ele (Nós não temos chegado completamente a esta distância ainda, mas estamos neste período – paralelo) – Ele diz para eles: “Vocês são ‘filhos’.” Agora, o ponto é: Ele está chamando estas pessoas mais velhas [de “filhos”, ainda que bem pudesse] ser que um deles fosse velho o bastante para ser o Seu próprio pai. Nós não sabemos que idade eles tinham.

 22           Agora, eu estava em Jeffersonville quando o irmão Branham ficou lá numa reunião numa manhã de domingo. E eu não sei quantos de vocês se lembram do velho papa Wright, mas talvez vocês o tenham visto; eu não sei. Naquela ocasião ele estava muito frágil, muito doente. Seu corpo estava tão torturado pelo frio que ele se assentava lá fora no carro para deixar o sol aquecê-lo. E naquela manhã quando um pequeno e frágil homem… (Mitch [Olden – Ed.], você estava lá naquela manhã, você se lembra? Não consegue se lembrar. Tudo bem). Este frágil companheirinho com seu cabelo quase parecido com penas de tão branco, com uma manta sobre ele, ficou diante do irmão Branham por auxílio. E aqui estava um homem, com nem mesmo cinqüenta anos, olhando para um homem que eu acho que estava com oitenta, e parecia simplesmente um pai conversando com o seu filho. E eu pensei: “Quão estranho”. Este homem, parecendo uma criança, com oitenta anos de idade, talvez. E ele conversou com ele, e o irmão Branham orou por ele. E isso impressionou a minha mente; e essa é a primeira vez que eu realmente tenho falado sobre isto.

 23           Porém eu posso ver Jesus na ressurreição chegar a esta plena maturidade como um homem, pronto para assumir o Seu lugar no reino de Deus no céu, e então subsequentemente, sobre a terra. E Ele fica diante destas pessoas pronto para providenciar tudo para eles como um pai faria, e eles podiam ser mais velhos do que Ele. E Ele os chamou de filhos naquele tempo específico, o tempo [da ressurreição preparando para o Milênio].

 24           Agora vamos para Mateus 18 examinar isto sobre os filhos. Agora, em Mateus 18:1-4:

Naquela mesma hora chegaram os discípulos ao pé de Jesus, dizendo: Quem é o maior no reino dos céus?

Agora estamos nessa posição paralela com o próprio Pai, e Ele, na Coluna de Fogo, está bem aqui em algum lugar sobre a terra. Não cometa nenhum erro sobre isto. Ele não tem retornado ao céu até onde eu sei, embora o céu seja apenas um lugar elevado, e uma questão do que você pode chamar uma dimensão. Eu não irei discutir o ponto se é em direção ao céu acima do sol a um bilhão de milhas. Eu não vejo isto. Eu não posso ir pelas visões das pessoas e coisas. Eu somente posso seguir com a Palavra vindicada de Deus trazida por um profeta. E eu não sei se o irmão Branham alguma vez disse que ele foi raptado para cima e que fosse em direção acima do sol e das estrelas, da lua, para a total escuridão e depois atingisse a luz brilhante. Eu sei que ele conversou com um certo companheiro que havia feito isto mas o irmão Branham não disse que isso era cem por cento. Então eu não vou me preocupar com isto, sabe.

 25           O ponto de Deus é: eu creio que Ele está bem aqui sobre a terra na Coluna de Fogo. Ele não nos deixou. Ele não subiu para voltar, subir e voltar e assim por diante. Ele está bem aqui em algum lugar. Ele poderia estar bem neste edifício por tudo que eu sei. Eu não espero por isso, porque eu olho para mim mesmo e digo: “Bem, eu não seria capaz de atrair aquela grande atenção”. Mas Ele está em algum lugar aqui sobre a terra.

 26           Agora… Então naquele tempo, agora, Jesus, o ungido em Quem Deus estava habitando, disse: “Quem é o maior no reino do céu?”.

E Jesus, chamando um menino, o pôs no meio deles, e disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes (que é ser nascido de novo, cheio do Espírito Santo) e não vos fizerdes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus. Portanto, aquele que se tornar humilde como esta criança, esse é o maior no reino dos céus.

 27           Agora, na sétima era da igreja, essa é onde aqueles que estão esperando por nós para serem aperfeiçoados, e somos aperfeiçoados. Nós nem sequer morremos. Estou com oitenta e seis anos agora, e eu não tenho nenhuma esperança de morrer. Seria bom ter, sabe, ambos os lados da equação. Mas, até onde minha saúde interessa, o que não é a melhor; mas até onde minha vitalidade interessa, eu possuo uma tremenda vitalidade interior. Tenho um bando de ossos soltos e articulação dos dedos e das juntas e não posso continuar em cima com isto. E isto é tudo que existe quanto a isto. E sabe, eu posso pensar rapidamente sobre os meus pés. Eu raramente esqueço qualquer coisa, especialmente quando isto está relacionado ao que estou falando aqui na Escritura. Eu posso divagar. Em cinqüenta anos de pregação, eu jamais tenho perdido o meu caminho mais que seis vezes em algum desvio. Então eu tenho uma porção de vitalidade, sabe, até onde estou interessado, e eu gostaria de ter algumas partes de peças sobressalentes para que eu pudesse trocar.

 28            Mas o que eu estou tentando fazer você entender é que estamos numa hora, numa era, em que a Escritura distintamente nos diz em 1 João 3:1-2:

Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. (Esses são os nascidos de Deus) Por isso o mundo não nos conhece; porque não O conhece a Ele. Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando Ele Se manifestar, seremos semelhantes a Ele; porque assim como é O veremos.

 29           Agora, este é o tempo que na realidade se aproxima o que Jesus está fazendo aqui em Mateus 18, o tempo do reino. E aqui diz: “quem é o maior?”. E, se você não tem visto o empurrão e o impulso e o que está acontecendo em pouco tempo quando o irmão Branham morreu: “Quem será o maior?”. (…)

 30           Um líder se auto-nomeou divisor do mundo. Ele tem dividido o mundo em mais ou menos quatro ou cinco lugares. Ele teria a América e Galdona teria a América do Sul, e Edwald Frank teria a Europa, e este companheiro, Sidney Jackson, teria a África. Eu acho que eles se esqueceram da Nova Zelândia – eu não estou totalmente certo – e Austrália. Não, ele deu a Austrália e Nova Zelândia para Reg Searle. Mas havia uma montaria de cavalos o tempo todo, e eles ainda estão montando: “Quem é o maior? Quem sabe isto e quem sabe aquilo?”. Em outras palavras, quem está brilhando? Vê? Você tem um paralelo exato.

 31           Agora Ele disse: “Exceto que você se torne como uma criancinha…”. E então Ele diz: “Quem quer que seja, portanto, que se humilhar como esta criancinha, este é o maior no reino do céu”. Agora, que humildade esta criancinha mostrou? Ora, ele apenas ouviu a voz de Jesus e veio direto a Ele. Ele deixou Jesus ter o Seu caminho em sua vida. E este Jesus era Deus manifesto em carne. Agora, você tem que ser convertido, nascido de novo, e ser como criança; o que significa que você não sabe coisa alguma, e você tem que ser ensinado. E se você acha que você sabe de alguma coisa, está enganado, porque você não sabe, como uma criança, a menos que alguém lhe ensine.

 32           De todos os animais – os mamíferos – somos os mais tolos. Pelo menos os animais tem instinto; nós não. Você alguma vez observou os seus gatos? Eu tenho dois gatos, e eu nunca observei antes. Agora, se eu saio para fora: “gatinho, gatinho, gatinho”. Eles atravessam o chão? Oh, oh, não, não. Eles irão para o muro mais próximo. Eles irão diretos contra aquele muro para que nada possa atacá-los. Eles vão em volta do muro. Que tal o camundongo? Você não põe sua armadilha no chão; você põe sua armadilha de ratos junto ao muro. Os animais tem instintos. Eles sabem as coisas. Somos simplesmente tolos – estúpidos. Temos que ser ensinados.

 33           Assim, portanto, exceto que você se torne como uma criança e possa ser ensinado na Presença de Deus – porque esta é a Presença de Deus – bem, onde você estará? Você não é uma criancinha.

Bem, agora vamos ir para Apocalipse 3:14: (…)

E ao anjo da igreja que está em Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus…

 34           Agora, Deus começando a Se formar em carne humana foi rejeitado claramente no corpo de Jesus. Será Ele claramente rejeitado quando Ele vier no corpo de um profeta? E a resposta é sim! Sim! O profeta com Deus nele, será a Presença de Deus. Não que o profeta é Deus, mas a Presença está ali. E quando o profeta vai embora a Presença ainda está ali.

 35           Agora, Ele disse aqui:

Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente! Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-Te-ei da Minha boca. Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu.

Agora eu quero lhe fazer uma pergunta: onde estão os filhos de Deus nesta hora? Você tem a sua resposta; sentados bem aqui. Eu não creio que exista uma pessoa aqui que esteja inchada. Se você está e eu estou, seria melhor nós olharmos para cima. Se nós pensamos que não podemos ser ensinados, como eu tinha algum aqui por algum tempo: como eu fui desafiado por um homem, ele disse: “Além do mais, irmão Vayle, eu não concordo com o seu ensino dos últimos dois domingos”.

 36           E eu disse: “Concordar com o quê, o púlpito é meu?”. E minha resposta é uma resposta normal. “Você acha que você me dirá algo quando eu não deixo nem sequer Deus me dizer qualquer coisa?”. Agora, isso não é realmente verdade, mas eu quero deixar o meu ponto claro. Eu tenho muita dificuldade para ouvir a Deus, se realmente eu pudesse ouvi-Lo. Deveria eu ouvir a alguém aqui na congregação, ou em qualquer lugar no mundo quando estou neste púlpito? Esqueça isto! Eu conheço a minha lição sem sair por trás da Palavra.

 37           Como pode a era de Laodicéia ser qualificada como filhos e herdar o reino de Deus? Você não pode fazer isto; você não pode fazer isto. Os únicos que serão filhos são aqueles na Presença de Deus, e Ele nos estabelece todos na frente Dele. Sim, Ele estabelece. Ele estabelece a todos nós na frente Dele. Ele nos chama de Suas ovelhas, nos chama pelo nome, e todos chegam na frente Dele. E eu lhe direi uma coisa: a ovelha ouvirá a voz, e elas serão como crianças. Eles serão humildes e doces, e eles dirão: “Eu quero aprender; eu quero ouvir”.

 38           Quando eu estudo as mensagens e ouço o irmão Branham, eu só tenho uma coisa em mente: eu quero aprender. Eu tenho que aprender se eu quiser ensinar e ajudar a você, o qual talvez eu não possa. Talvez eu nem mesmo esteja fazendo isso e nunca tenha feito. Mas eu estou dizendo a você o meu desejo. O meu desejo não é saber algo com o objetivo de saber algo que eu possa ter como uma vantagem sobre alguém, para que eu possa ser alguém que eu não sou; de nenhuma maneira, meio e forma. Eu realmente desejo saber. Eu realmente quero saber. Eu creio que sou um dos filhos de Deus.

 39           A coisa a seguir é: quão bem eu me qualifico como Seu amigo? Eu não acho que me qualifico como um amigo próximo como me qualifico como uma criança que quer ouvir e aprender as coisas de Deus. Porque eu conheço toda a minha vida, embora eu acreditasse que eu estivesse seguramente cheio do Espírito Santo e que eu não estivesse como estas pessoas aqui: rico, acrescido em bens, e sem falta de nada. Na realidade, quando eu estava no pentecoste e eu ouvi um pregador pentecostal dizer: “Estou com orgulho de ser pentecostal”. Eu quase mergulhei debaixo do tapete do chão. Eu nunca ouvi tal coisa.

 40           Depois eu ouvi um homem quando eu estava com o irmão Branham pregando para ele em New England, Connecticut. Na realidade foi, e ele estava literalmente pregando este maravilhoso sermão. Ele era um ex-sujeito do FBI. E todos eles estavam contentes de que eles o tinham, porque ele era uma personalidade importante. E o seu sermão foi assim: “Eu sou um pentecostal. Eu gosto de ser um pentecostal. Você não gostaria de ser um pentecostal? Você não se unirá a nós e será um pentecostal?”.

 41           Agora, eu não mentirei a você. Eu não mentirei a você. Tudo isso é para ser somado. Por que eu não disse esta noite: “Você gostaria de ser um branhamita?”. Esqueça isto! [“Isso mesmo”] Você gostaria de conhecer a verdade sobre o profeta de Deus no tempo do fim? [Espaço em branco na fita – Trad.] Eu estarei contente em dizer a você. Eu estou feliz em mostrar a você a vindicação e mostrar a você como a Bíblia se sobressai, de que nós possuímos um Deus e sabemos Quem Ele é. Agora, a grande coisa é: somos nascidos de Deus. Absolutamente. Somos batizados com o Espírito Santo, e nós certamente sabemos que somos filhos.

 42           Agora, a Bíblia distintamente diz para se arrepender. Agora Ele diz aqui:

Eu te aconselho a comprar ouro provado no fogo, para que possas ser rico; e roupas brancas, para que possas se vestir, e para que a vergonha da tua nudez não apareça; e que unjas os teus olhos com colírio.

Agora, essa Escritura está muito errada bem aí; isto soa como se você tivesse o colírio. Você não o tem. Os pentecostais acham que você é batizado com o Espírito Santo. Eles são somente ungidos. Agora, esse é o grego real. Aqui na tradução em inglês diz: “Ouça, você tem isto; agora use isto”. Não, não, não, não, não. Você não tem isto. Venha e receba-o. Essa é a razão pela qual o irmão Branham continuava dizendo: “Venha receber o Espírito Santo, venha e seja nascido de novo”.

 43           Agora ouça:

Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; (Agora, isso tem a ver com Hebreus 12, que é o ensino) sê pois zeloso, e arrepende-te.

O zelo desta hora é expulsar de sua mente e da minha mente tudo que nós já sabíamos. Expulse-o! Se você tem guardado a sua velha doutrina, você está errado – tão errado quanto possa estar, porque ninguém nesta igreja hoje pode ficar junto de mim aqui, tendo lido os livros que eu li e estado por dentro do que eu tenho estado e saber o que eu sei, [Espaço em branco na fita – Trad.] da experiência espiritual acumulada, somado a experiência da Palavra do Deus vivo. Você tem que retirar de suas mentes aquilo que você pensava que você já sabia e soube. Examine isto e você chegará ao entendimento de que você possuía falhas em cada coisa em particular que você pensava que sabia. Porque o profeta estava aqui para corrigir o erro.

 44           Meu pequeno sermãozinho desta noite agora é este: como você tem avançado como um amigo de Jesus? Como é a sua amizade divina? Se ela é divina, isso quer dizer que você está caminhando com Ele, e nenhum dos dois pode andar juntos a menos que eles estejam de acordo. Mas Jesus prometeu aquele acordo,[8] e eu creio que o temos esta noite. A única coisa agora é obedecer ao que Ele disse. E o irmão Branham falou uma porção a respeito disso em “O Sinal”, onde ele disse o que deveríamos fazer. Ele não condenava as pessoas. Ele apenas disse que agora existem coisas a fazer, e ele queria que nós as fizéssemos.

 45           Então aqui estamos nós como amigos entre os melhores de todos, embora o que eu esteja mais olhando é para cada coisa simples para ser como aquela criancinha que o irmão Branham disse que seria o maior. Estou apenas dizendo o que Deus disse sobre isto. Se você e eu realmente queremos estar posicionados, e temos isto correto, para procurar a Deus por Sua preeminência quando rendemos a Ele a nossa preeminência ao sairmos do caminho. Isso é para chegar ao número um; a maior batalha no mundo começa na mente, para tornar essa mente sujeita ao controle da Palavra do Deus vivo, até que Palavra sobre Palavra seja acumulada nessa mente e a doutrina seja tão clara que tudo que possamos fazer seja pensar em termos da realidade da revelação, que tem sido vindicada, e nada mais [permaneça em nosso entendimento].

 46           Então aqui estamos nós como filhos na era de Laodicéia, eu creio de todo o meu coração. E nós estamos agora literalmente assentados no meio e na Presença de Deus. Você pode dizer o que você quiser, mas Ele está aqui. E Quem está aqui? Agora, vamos ser muito honestos: se Jesus tivesse que vir e não tivesse sido o tabernáculo de Deus, embora nascido de uma virgem, teria Ele sido eficaz e cumprido o plano do soberano Deus Todo-Poderoso? De jeito nenhum isso teria sido feito. Porque Deus tinha que estar Nele, reconciliando o mundo com Deus mesmo. Caso contrário você reduz Jesus a um profeta – a um homem bom e gentil. E não vê a verdadeira Deidade do Senhor Jesus Cristo e não vê a plenitude da Divindade. Mas quando você vê isto, você começa a entender agora, a criancinha que entrou; você se torna como uma criança e se arrepende. Remova de sua mente tudo aquilo que você alguma vez pensava que sabia. Crave-se a si mesmo com a Palavra.

 47           Se nós recebemos a verdade deste púlpito, e eu creio que estamos ou nós não estaríamos aqui, é melhor você estar seguro. Eu estou muito contente por nossas jovens crianças que estão crescendo na graça e na verdade, e espírito e verdade, e você saberá que a verdade é o equivalente do espírito e da graça. Você somente tem três deles: graça, espírito e verdade. E a verdade são duas partes do todo. Hã? Então agora diga-me que você julgou a verdade pelo espírito; você ainda está errado. Você somente pode julgar o espírito pela verdade. E você somente pode julgar a graça pela verdade. Quando você estudar a sua Escritura, você irá descobrir cada lugar na Bíblia: graça e verdade, graça e verdade, graça e verdade. E você encontrará espírito e verdade e espírito e verdade e espírito e verdade.

 48           Então qual é a maior parte de toda mensagem e de todo plano de Deus e de tudo que tem a ver com Deus? É a verdade. “Eu sou o caminho, a verdade e a vida: a realidade. E ninguém vem ao Pai senão por Mim”. E aqui nós vimos que Ele era essa verdade. Lembre-se, há somente um Deus verdadeiro. E há somente um Deus todo sábio, e isso é tudo que há.

 49           Então isto é um pequeno pensamento que eu tinha esta noite, e eu tenho tomado o meu tempo. E eu espero que você compreenda a hora em que vivemos e entenda um pouco mais de algumas dessas coisas que estão na Palavra de Deus que são muito, muito claras e muito, muito preciosas. E lembre-se, nós não somente podemos aspirar por isto, mas é requerido que nós nos tornemos isto, porque isso é uma parte da imagem. Nós somos aqueles que conhecem a Palavra, e conhecendo a Palavra, agora nós podemos obedecer a Palavra. E lembre-se, Sua Palavra não é dolorosa de se ouvir. Porque Ele disse: “Tomai o Meu jugo e aprendei de Mim”. E aí Ele disse: “Encontrareis consolo e paz em sua vida”. Porque Ele disse: “O Meu jugo é suave e o Meu fardo é leve”.

 50           Você ouve a tantas pessoas reclamando o tempo todo, e ainda assim a verdade do assunto é que quando você fica tão velho quanto eu estou, e você olha para trás, você descobrirá que suas reclamações eram estúpidas. Elas eram sem importância. Elas não eram dignas de você. E você diz: “Que coisa, isso foi realmente maravilhoso. Olhe o que Ele fez e o que Ele está fazendo”. Oh, as conseqüências de ser nascido de novo e um nascido de Deus é sublime e maravilhoso. E nós estaremos louvando a Ele por um grande tempo – bem, por toda a eternidade. Nós estaremos louvando-O, porque não há registro do Cordeiro já estar fora do trono. E não há registro da Coluna de Fogo não estar sobre o trono. E não há registro de você e eu e os nascidos de Deus estar em qualquer outro lugar a não ser na Nova Jerusalém, e nos novos céus e na nova terra.

 Bem, o Senhor te abençoe. Se eu não voltar… [Risos – Ed.]

 [O irmão Vayle volta para o escritório enquanto o culto de cântico continua – Ed.]

 Obs.: As palavras contidas entre colchetes nesta tradução são de notas acrescentadas pelo Rev. Lee Vayle ao áudio original.

Pr. Lee Vayle

E-mail: diogenes.dornelles@yahoo.com.br

 MSN: diogenes.dornelles@hotmail.com

 Se você deseja esta ou outras mensagens impressas gratuitamente escreva para o Pr D. Rosendo:

 radiounife@hotmail.com

 www.doutrinadamensagem.com 

 doutrinadamensagem@gmail.com

 

www.leevayle.net

 

www.messagedoctrine.com

 

Esta mensagem intitulada “Ser Como Crianças” (Be Like Children – Pre-service Comments) foi pregada pelo Rev. Lee Vayle, em 2 de dezembro de 2000, sábado à noite, na Igreja do Evangelho da Graça, em Saint Paris, Ohio, EUA. Esta tradução foi feita na íntegra do inglês para o português, em abril de 2010, com o auxílio do texto e áudio original. (Duração: 34 min.)

[1] Isaías 14:13 – N.T.

[2] Sal de Epsom é um sal amargo, também conhecido como epsomita, que contém sulfato de magnésio – N.T.

[3] Do inglês “kinship”, que também significa parentesco; ligação; ter o mesmo sangue – N.T.

[4] Atos 3:38 – N.T.

[5] Do inglês “unidentified”, que também quer dizer “não identificado” – N.T.

[6] Do inglês “take”, palavra que possui muitos sentidos, mas que no contexto apresentado também poderia ser “assumir”; “guiar”; “aceitar”; “suportar” – N.T.

[7] Do inglês “children”, palavra que se repete ao longo de todo sermão, podendo também ser traduzido como “crianças” – N.T.

[8] Do inglês “agreement”, que também significa “entendimento”, “contrato” – N.T.

Gostou? Compartilhe na rede!
Tags

6 Comments  - Clique aqui para comentar!

  • Great ˇV I should certainly pronounce, impressed with your web site. I had no trouble navigating through all the tabs and related info ended up being truly simple to do to access. I recently found what I hoped for before you know it in the least. Quite unusual. Is likely to appreciate it for those who add forums or anything, website theme . a tones way for your client to communicate. Excellent task..

    Comentário feito por Nauru wakacje — 17 de março de 2013 @ 7:42

  • Thank you brother for your kind words. we are working to make available to all a good collection of doctrinal studies. God bless you

    Comentário feito por admin — 28 de março de 2013 @ 11:28

  • you might have a great blog here! would you like to make some invite posts on my weblog?

    [URL=http://www.cheapmkbag4sale.com/ipad-iphone-cases-c-47.html]michael kors website[/URL]

    Comentário feito por Lomsappappy — 27 de março de 2013 @ 17:05

  • Yes brother, you can let our studies available on your blog, everything is for the edification of the body of Jesus Christ

    Shalom

    Comentário feito por admin — 27 de março de 2013 @ 18:58

  • seria um previlegio eu ter conhecido este valoroso homem de deus lee vayle mas estou satisfeito em ler e estudar como um ministro verdadeiro suas notas e conhecimento profundos da mensagem continuem com este intuito somente de lançar sobre a noiva nao uma outra luz mas a verdadeira luz que veio atrves de um verdadeiro profeta.

    Comentário feito por julio cesar de andrade carneiro — 20 de abril de 2013 @ 14:59

  • ideas in about blogging.

    Comentário feito por Terrence Pernin — 25 de novembro de 2013 @ 4:45

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Dados da Matéria

Dados do Autor

Doutrina da Mensagem Admin do site doutrina da mensagem » Blog do autor. » Site do autor.