Ted Cruz para presidente dos EUA

Ted Cruz para presidente dos EUA: boa notícia para os evangélicos, má notícia para as elites do Partido Republicano

Bryan Fischer
Comentário de Julio Severo: Quando não há candidato em quem votar, é uma tristeza. Mas quando há, é uma alegria. Ted Cruz lançou sua candidatura à presidência dos EUA na maior universidade evangélica do mundo, a Liberty University, ligada a Matt Barber, dono do portal conservador Barbwire, onde sou colunista. Aliás, o texto abaixo, escrito por Bryan Fischer, foi publicado no Barbwire. Se Cruz de fato for até o fim, esta eleição será emocionante. Hoje, sonhei que eu estava numa área onde havia uma cabine de votação nos EUA. Por algum motivo, vi o primeiro eleitor americano votar e depois que ele saiu da cabine de votação, o voto dele foi colocado na minha mão e vi que o voto dele foi para Cruz. Fiquei extremamente alegre naquele momento. Não posso votar nos EUA, mas vou estar orando para que Cruz vença e se torne presidente, tornando-se assim, como diz Romanos, um “ministro de Deus.” Estamos cansados de ver presidentes e políticos americanos, verdadeiros servos de Satanás, facilitando a perseguição internacional dos cristãos. É hora de um evangélico como Ted Cruz vencer e mudar a política anticristã e pró-sodomia do governo dos EUA. Oro também para que como presidente dos EUA ele faça o que nenhum presidente americano nunca fez: RECONHECER OFICIALMENTE JERUSALÉM COMO CAPITAL DE ISRAEL! Meu apoio a Ted Cruz!
ted Cruz
TED CRUZ
Ted Cruz emocionou todos hoje com sua declaração oficial de sua candidatura para próximo presidente dos Estados Unidos.
Ele antecipou-se a todos os outros que estavam para lançar suas candidaturas e agora estão lutando para alcançar Cruz. Foi um exemplo brilhante de estratégia política.
Ao lançar sua campanha na Universidade Liberty (Liberdade), a maior universidade evangélica do mundo, Cruz estava também enviando uma mensagem poderosa para os eleitores cristãos conservadores: “Sou um de vocês.” Ele estava dizendo aos evangélicos que eles são os seus eleitores. Ele abraçou os evangélicos publicamente de um jeito que nunca se viu desde os dias de Ronald Reagan.
É impossível que um republicano ganhe a nomeação para a presidência dos EUA sem o apoio entusiasmado dos eleitores evangélicos. Pergunte isso a Romney e McCain. Cruz gerará o tipo de fervor e energia entre os evangélicos praticantes que são necessários para ganhar. Aliás, ele pode garantir o apoio dos eleitores evangélicos antes que os outros candidatos conservadores terminem de lançar suas candidaturas.
Quatro milhões de eleitores evangélicos ficaram em casa em 2012 e ao fazerem isso entregaram a eleição a Barack Obama. Cruz atrairá esses quatro milhões de conservadores para as urnas e eles trarão seus amigos com eles. Muitos deles.
Consultores políticos, que ganharam quantias espantosas de dinheiro para dizer aos republicanos como perder uma eleição após outra, se equivocaram totalmente sobre os eleitores “independentes.” A planilha deles diz que há republicanos na direita, democratas na esquerda, com os eleitores independentes no meio.
O que essa planilha não consegue explicar é o número de eleitores independentes que estão na direita da elite centrista mingau do Partido Republicano de hoje. Eles são independentes, não porque o Partido Republicano é conservador demais para eles, mas porque não é suficientemente conservador.
Tomando emprestado as palavras de Ronald Reagan, eles não deixaram o Partido Republicano. Foi o Partido Republicano que os deixou. Ted Cruz trará o partido de volta para eles e ele os trará de volta ao partido. Ele ganhará os independentes cujo voto é decisivo. Esses independentes podem dar a vitória para os republicanos em 2016.
Será fascinante assistir ao choro e ranger de dentes da elite do Partido Republicano se a candidatura de Cruz decolar. Logo descobriremos se há espaço suficiente para Ted Cruz no Partido Republicano, que diz que tem espaço para todos. Esse espaço pode acabar se comprovando muito menor do que os evangélicos querem acreditar.
As elites do Partido Republicano sempre acham que os eleitores evangélicos votarão nelas. Com uma condescendência arrogante, essas elites jogam um ou dois ossos para os evangélicos, então dão um tapinha na cabeça deles e lhes dizem para ficar no cantinho para não serem vistos nem ouvidos. Elas presumem que os evangélicos votarão no Partido Republicano porque eles não têm nenhum outro lugar para ir.
Com a nomeação de Cruz, esses dias chegarão ao fim. Serão as elites do Partido Republicano que não terão nenhum lugar para ir. Os evangélicos dirão que é hora das elites taparem o nariz e votarem num evangélico para conseguirem uma mudança de verdade.
No perfil que fizeram de Ted Cruz, o jornal esquerdista New York Times disse que as elites do Partido Republicano estão “céticas e iradas com Ted Cruz.” Parece que ele pode ser exatamente o homem que nós evangélicos estamos procurando como candidato.
Traduzido por Julio Severo do artigo do Barbwire: Ted Cruz Launch: Good News for Evangelicals, Bad News for GOP Elites
Fonte: www.juliosevero.com
================================================

Cinco frases ditas pelo candidato a presidente dos EUA, Ted Cruz

Exigir apoio ao Estado de Israel a uma plateia de árabes cristãos é um dos momentos já protagonizados pelo Senador republicano do Texas e membro do Tea Party, Ted Cruz.

ted cruz

O senador republicano do Texas Ted Cruz anunciou esta segunda-feira, no Twitter, que pretende candidatar-se à Presidência dos Estados Unidos em 2016. O site norte-americano Politico tratou de reunir alguns dos momentos mais polémicos do membro do movimento ultraconservador Tea Party.

Um deles foi quando Ted Cruz, perante uma plateia de árabes cristãos que o vaiavam em Washington, decidiu apelar ao apoio a Israel. “Fico triste por ver que alguns de vocês aqui, não todos, mas alguns, estão tão consumidos pelo ódio… Se não estão com Israel e com os judeus, então não estou com vocês“, disse.

Tal como o partido Republicano, Ted Cruz opõe-se ao Obamacare, plano de saúde criado durante a presidência de Barack Obama. Em setembro de 2013, para incentivar as pessoas a não desistirem de lutar contra este plano, Ted Cruz lembrou a frase de um ex-primeiro-ministro britânico, Neville Chamberlain: “Aceita os nazis. Sim, eles vão dominar o continente europeu, mas isso não é um problema nosso. Vamos apaziguá-los. Porquê? Porque isso não pode ser feito. De forma alguma poderemos estar contra eles”.

Numa entrevista ao The Daily Caller, Ted Cruz partilhou o que achava sobre Barack Obama. “Acho que o Presidente Obama é o Presidente mais radical que esta nação já viu… Em particular, acho que ele é um verdadeiro crente do controlo governamental da economia e da nossa vida quotidiana. Na minha ótica, estamos perante o que eu considero ser a batalha épica da nossa geração, literalmente a batalha sobre se continuamos a ser uma nação de mercado livre“.

Cético em relação às alterações climáticas enquanto ameaça, Ted Cruz recordou um exemplo concreto em entrevista à CNN: “Sabe, nos anos 70 — Eu lembro-me dos anos 70, diziam-nos que havia arrefecimento global. E diziam a toda a gente que o arrefecimento global era um problema grande e real… O problema das alterações climáticas é que não houve um dia na história mundial em que o clima não esteja a alterar“. Para Ted Cruz, nos últimos 15 anos não se verificou nenhum aquecimento”.

Sobre o antigo Senador Chuck Hagel, durante as audições para a sua nomeação a secretário da Defesa, Ted Cruz mostrou desconfianças: “Não sabemos, por exemplo, se ele recebeu compensações monetárias por discursar perante grupos extremistas ou radicais… É no mínimo relevante saber se os 200 mil dólares que ele depositou na sua conta bancária vieram diretamente da Arábia Saudita, se vieram diretamente da Coreia do Norte”. Mais: “A nomeação de Hagel foi publicamente celebrada pelo Governo iraniano — certamente uma ocorrência sem precedentes para um nomeado a secretário de Defesa”.

Fonte: O Observador

Gostou? Compartilhe na rede!
Tags

Nenhum comentário  - Clique aqui para comentar!

No comments yet.


RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment

Dados da Matéria

Dados do Autor

Doutrina da Mensagem Admin do site doutrina da mensagem » Blog do autor. » Site do autor.